História Storm - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Brigas, Drama, Novela, One Direction, Originais, Romance, Suspense, Violencia
Exibições 6
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oooooi meu povo, tudo bem com vocês? demorei pra postar, mas é que estive em época de vestibular e já sabem NÉ.
Mas tá ai, aproveitem 💕

Capítulo 2 - Questions


Fanfic / Fanfiction Storm - Capítulo 2 - Questions

A premiação havia começado.As mesas eram distribuídas pelo salão de modo que a movimentação de pessoas pudesse acontecer.Marie e Charlotte sentaram juntas a uma mesa perto do palco, aonde mal conseguiam se comunicar devido ao som alto e a gritaria constante

- MULHER AONDE PEGA BEBIDA?- Marie gritou para Charlie que estava na sua frente

- ALI NO BAR DO CANTO, MAS NÃO SE ATREVA A LEVANTAR DAI QUE AGORA É O DISCURSO DO LOGAN, RESPEITO HASHID – gritou de volta a Marie que revirou os olhos e acenou ao garçom.Charlie a encarou indrécula e Sra Hashid deu uma risadinha de canto previsível.

-Boa noite – Logan subiu ao palco, no seu smoking reluzente preto e sua barba rala mal feita, pigarreando após o silêncio universal – Bom, acredito que todos aqui já tiveram algum sonho em algum dia da vida, e assim como vocês, eu tive.Assisti a todos aqueles programas de comida caseira prática do Discovery home&health, sim, minha mãe achou que eu era gay até os 15 – riu – e então percebi que poderia buscar esse objetivo, porque não afinal? E assim fiz, e se hoje estamos aqui, sentados nessas mesas, degustando da mais alta gastronomia dos Estados Unidos, acreditem, é porquê eu acreditei. Sem mais delongas – levantou as sombrancelhas – só tenho a agradecer pelo prêmio espetacular desse ano, e muito obrigado a todos os presentes e que me apoiaram nessa jornada dura, não foi fácil não – riu – James sabe bem disso, vegetarianos me odeiam, já trabalhei em açougue,e foi produtivo, acreditem – James riu do outro lado do salão, mostrando profundo entendimento do quanto o amigo havia se dedicado – e é isso galera, obrigado pela presença de todos e aproveitem porquê hoje o circo pega fogo e o palhaço morre, FUI – uma Salma de palmas foram dadas e Logan desceu do palco sentando a mesa de seus pais, na qual sua mãe chorava como nunca.

- Nem parece que ficou ensaiando o discurso no espelho lá de casa – Charlie riu alegremente – Esse menino é de ouro, Marie

- Ele merece,não?- focou os olhos em algum ponto em baixo da mesa – ta rico, falado, habilidoso, tem coisa melhor?

- o Logan não faz muita questão dessas coisas – Charlie disse tomando um gole do seu coquetel distraidamente

- Deve pegar mulher demais, vida boa em – Marie disse num olhar sonhador e Charlie riu abafado. De longe algum convidado chegou a mesa e começou a conversar com Charlie sobre o jornal, fazendo Marie pensar longe em alguma coisa aleatória. A festa finalmente abriu a pista, e ao som de Praise You, Fatboy Slim Marie levantou animada e correu para o bar do canto do salão. Voltou com dois Martinis para ela e Charlie,e assim estendeu o copo para a amiga

- Você viu quem ta aqui?- Charlie disse baixinho, se é que era possível

-Não, quem?- Marie disse tomando pelo canudinho o líquido

- Ivana Wishcer – o rosto alegre de Marie passou para um maxilar travado e suas mãos passaram em seu rosto- ó, não quero saber de briga nenhuma, se comporte Hashid.Marie olhou para cima em busca de uma forma de manter a calma e e suspirou

- Se eu disser o que eu realmente queria fazer com ela você ia ficar brava Charlie – riu debochadamente

-Ei, relaxa

- Olha,tirando o fato de que ela quase destruiu minha carreira na faculdade de medicina, ta tudo bem – levantou o copo em ironia.Charlie riu e balançou a cabeça – Eu vou beber tanto, mas tanto, que eu vou sair daqui pro alcólicos anônimos. Beijos amor – Marie saiu alegremente deixando Charlie rindo sozinha. Alguns minutos depois Logan se aproximou da mesa vazia já, colocando as mãos geladas sileciosamente no ombro da amiga

-Ei Charliezinha – a garota deu um leve pulo após o susto e Logan segurou a risada

- VOCÊ TA LOUCO? – gritou, porém aquilo saiu como uma fala normal no meio de tanta gritaria

- Ainda não fiquei – fez uma expressão de duvida e Charlotte riu, abraçando-o singela

-Nem acredito que meu homemzinho é um dos melhores chefes dos Estados Unidos, nem parece que ensaiou esse discurso no espelho do banheiro – riu – eu to orgulhosa Zummach!- Logan riu e observou o olhar sincero da amiga que para ele era uma das figuras mais confiáveis e importantes de sua vida

- Ai, para de viadagem – empurrou seu ombro – Vamos afundar o caneco também, vem – puxou a amiga pelo braço para o garçom mais próximo e depois de 2 shots de tequila ouve-se um grito de Arriba de Charlotte

No outro lado do salão o Sr Clark parecia incomodado.Estava sozinho desde que a festa havia começado, por querer sentar com alguns colegas de direito penal de L.A .Olhou ao redor em busca dos amigos e avistou a figura de Marie Jane Hashid escorada no bar em um leve estado alcólico ainda.Ela mantinha os olhos baixos,focados no chão,e o pensamento longe. 

Portava um vestido nude que constrastava com sua pele levemente bronzeada do sol de Los Angeles. Seus cabelos se erguiam num coque despojado e algumas mechas caiam nos olhos, dando um tom natural,e era assim que gostava de se sentir, a vontade.
James se encaminhou em sua direção  e segurando o riso, disse alto
- TOMA CUIDADO COM A IVANA - Marie dá um pulo e acorda do transe, rindo em deboche e revirando os olhos
- Me poupe Clark, to aqui bebendo na humildade, deixa eu fazer pelo menos isso em paz - virou mais um copo de alguma bebida por ali. James balançou  a cabeça  e se virou
- Agora que eu entendi - estreitou os olhos - você tá bebada, arrastada - sua expressão ficou séria
- To - Marie riu da inocência do rapaz
- Pelo amor de deus em mulher, vai no banheiro, lava esse rosto, eu preciso falar bem sério com você -apontou o banheiro com os dedos. Marie ignorou e se abaixou, fazendo menção de uma ânsia por conta da bebida - Mer, você vai vomitar - puxou a amiga pelos braços  e a levou a pia do banheiro, segurando seus cabelos  e balançando a cabeça injuriado. Hashid não colocou nada pra fora, e levantou em profunda confusão - Se acalma ai, te espero do lado de fora - deu um sorriso sutil  e se encaminhou ao lado de fora do salão, no jardim.
Marie lavou o rosto  e tentou manter o equilibrio, agora com maior sanidade. Andou para o jardim do espaço  e pediu um cigarro a um dos seguranças
- Moço, me dá uma pitada? - o segurança olhou em desconfiança  e tirou o cigarro do bolso
- TÁ LOUCA É, DESDE QUANDO VOCÊ FUMA? - James arrancou o cigarro de sua mão e Marie olhou confusa - Segurança pode ir pra lá porquê essa mulher Ta visivelmente descontrolada - jogou e pisou no cigarro
- Eu.. fumo as vezes..  e dai? - tentou parecer estável e adulta. James riu e se tornou sério após
- Agora é serio. Acha que tá sã a ponto de me escutar?
Marie franziu o nariz e balançou  a cabeça em um sim, sentando descalço na grama. James desajustou a gravata  e engoliu em seco, sabia que o que iria falar poderia ser não muito bem vindo. 


Notas Finais


E ai, curtiram????? ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...