História Stranger love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Lily Collins
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Myfavgangster
Exibições 122
Palavras 1.361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


E aí meus gostosoxx?
Desculpe a demora
Como vocês viram eu mudei o nome da fic porque eu achei que tava muito grande,credo
BORA LER CAMBADA

Capítulo 9 - One day together


Fanfic / Fanfiction Stranger love - Capítulo 9 - One day together

"Histórias de amor podem ser montadas todos os dias, só que é necessário ter os autores certos"

           Julie Dudley P.O.V

    Acordei com raios solares iluminando o quarto,quando abri os olhos meu olhar foi diretamente para minha cintura,onde um braço fechado por tatuagens se encontrava em cima dela. Sorri feito uma boba me lembrando do que havia acontecido na noite anterior,mas aí um pensamento me perturbou. O Justin é um galinha,você foi idiota em se entregar,sua babaca, o que você acha? Que vocês vão se casar e ter 8 filhos só porque transaram?- gritou meu subconsciente.

    Bufei,pedindo pra Deus pra que ele cale o meu subconsciente,pois ele estava me perturbando. Foi aí que Justin me puxou mais contra o seu corpo me fazendo ficar colado ao seu peitoral,suspirei.

    -Pensando morena?- aquela voz rouca adentrou os meus ouvidos me fazendo estremecer.

   -Não Justin,imagina,eu estava contando carneirinhos- falei irônica

   -Tá vendo? A gente trata bem as pessoas e recebe um fora desses como agradecimento- falou dramático colocando a mão no peito.

   -Desculpa. Ah senhor educado, bom dia- falei debochada

   -Bom dia- falou debochado também

   -Justin que horas são?- perguntei tentando me espreguiçar,já que o Justin parecia um grude.

   -Oito e meia- falou calmamente

   -O QUE?- gritei me levantando rapidamente- Nós temos que ir pra escola- falei aflita

    -Hoje você não vai sair daqui hoje querida,você vai passar o dia comigo!- falou calmo,mas ao mesmo tempo ríspido,me puxando novamente para o seu lado me abraçando

    -Isso tudo é carência? Só pode ser né?! Eu tenho que ir para casa- falei pausadamente a última parte

     -Já falei você vai dar qualquer desculpa pro teu pai e vai passar o dia aqui- falou me pressionando ainda mais contra o seu corpo

      -Tudo bem,tudo bem- falei me rendendo- Então,o que vamos fazer aqui o dia inteiro?- falei olhando para o seu rosto,sorriu malicioso

     -Muitas coisas querida- falou malicioso,dei um tapa no seu peito- Calma morena,vamos começar voltando a dormir porque eu ainda tô com sono- falou bocejando

     -Concordo- falei me aconchegando ao seu corpo. Fechei os meus olhos sentindo eles pesarem,dormi.

      ...☆...

   Acordamos novamente,mas diferente de antes já eram 13:00 da tarde

     -Te cansei ontem né?!- Escutei a voz rouca de Justin no meu ouvido me fazendo arrepiar

      -Convencido,você nem é tão grande

     -O que?- falou elevando o tom de voz e dando um pulo da cama

      -Bem... Podemos reavaliar desse ângulo podemos ver que não somente seu "amiguinho" é grande,mas também sua bunda Srta.Kim Kardashian- falei e em seguida gargalhei com sua cara de confuso e logo em seguida ele também gargalhou entendendo o que eu havia dito,voltou a se deitar na cama

       -O nome do meu amiguinho como você disse tem nome- falou empinando o nariz.

      -Sério?Qual o nome dele?- perguntei curiosa

       -Jerry- comecei a gargalhar só que eu fui inventar de me virar na cama e cai no chão rindo,fiquei lá no chão rindo por uns 5 minutos,até que me levantei limpando as lágrimas! é meu povo eu ri tanto que chorei

     -Jerry sério?Ah tá entendi,no caso as mulheres são o Tom porque temos que ficar procurando ele- falei zoando com a cara dele e comecei a gargalhar de novo

     -É ri mesmo,mas ontem foi no Jerry que você gemeu- falou mordendo o lábio inferior,me levantei enrolada no lençol.

     -Posso tomar banho?- falei fazendo biquinho,é claro dramatizando

      -Pode,mas eu vou junto- falou se levantando

       -Nunca,pode ficando aí,porque eu sei que se você for,eu não vou tomar banho- falei indo em direção ao banheiro

       -Só vou deixar por hoje- falou me mandando um sorriso torto. Entrei no banheiro e fui tomar meu banho.

  ...☆...

    Desci as escadas,encontrando Justin sentado no sofá- lê-se: esparramado - fui em direção à cozinha,abrindo a geladeira:

       -Não recebo nem um beijo de bom dia?- Justin falou debochado,entrando na cozinha

       -Vai tomar no seu cu Justin, num tem nada pra comer não?- falo fechando a geladeira

       -Me respeita hein!Por algum acaso você tá vendo alguma comida na geladeira?

       Ai seu grosso,credo- falei botando a mão no peito,me fingindo de ofendida

      -Grosso é meu pau,no armário tem cereal,abre aí e pega- falou saindo da cozinha,mas eu o impedi

       -Justin seu lindo,gostoso,maravilhoso,amor da minha vida,eu já posso ir embora?- falei sorrindo "doce"

      -Eu já disse que não! Hoje você vai passar o dia comigo!- falou ríspido e saiu da cozinha

       -Ai credo,pessoa mal amada- resmunguei comigo mesma,peguei o leite na geladeira e o cereal no armário,botei em uma tigela e comecei a comer até que o Justin apareceu

        -Vai se arrumar que nós vamos sair- falou mandão entrando na cozinha

        -Eu vou assim?- falei me levantando e mostrando minha roupa,pois eu estava com uma blusa e cueca dele

        -Claro que não! Eu mandei o Mike comprar uma roupa pra você só não sei se vai caber- falou no estilo Justin de ser (n/a: Meus gostosoxxx,oiii, só passei aqui pra falar isso,tchau)

        -Quem diabos é Mike?- falei arqueando uma sobrancelha

         -Você faz perguntas demais,vai se arrumar, o saco das roupas estão em cima da poltrona no meu quarto- falou e saiu da cozinha,pessoa bipolar- pensei. Assim que terminei de comer,subi as escadas indo até o quarto do Sr.bipolar,onde eu vi umas sacolas em cima de uma poltrona com cara de mais velha que a minha vó que tinha lá. Peguei as sacolas e fui para o closet do Justin que por sinal é bem maior que o meu. Abri a primeira sacola que era da Victoria Secret's,lá encontrando uma langerie preta rendada. Me despi logo em seguida colocando a langerie, não vi necessidade de tomar outro banho,abri outra sacola agora da Louis Vuitton achando lá um vestido rosa claro,que devia bater no meio das minhas coxas e uma sandália. Me vesti,e arrumei o cabelo,não passei maquiagem,pois as minhas estavam em casas. Assim que terminei de me arrumar desci as escadas,encontrando com Justin no final dela.

       - Vamos?- perguntou me encarando

       -Vamos!- confirmei,saímos de casa e eu dei de cara com uma Ferrari prata que parecia espelhada,entramos nela e Justin deu a partida,mas aí eu me liguei que eu tinha esquecido de perguntar uma coisa:

        -Pra onde nós vamos?- perguntei curiosa olhando pra ele

         -Deixa de ser curiosa- falou sem olhar pra mim. Bufei,a viagem seria longa

     ...☆...

       -Chegamos- falou Justin parando o carro em frente à,espera aí. CARALHADA! ELE ME TROUXE NA PLACA DE HOLLYWOOD. Eu nunca tinha vindo aqui antes,porra o Justin subiu no meu conceito

         - AI MY GODIN! OBRIGADA - gritei pulando em cima dele e enchendo ele de beijos no rosto,ele começou a rir. Nossa, que sorriso maravilho... O que? Julie querida o que tá acontecendo com você?

         -Tá bom,agora dá licença que eu tenho que pegar a cesta no porta malas. Isso mesmo gente ele preparou um piquenique,que fofinho. Nós arrumamos as coisas e começamos a comer,graças ao meu bom Deus. Depois de um tempo quebrei o silêncio.

          -Justin porque você escolheu essa vida?- falei me referindo ao fato dele ser um gangster

           -Desde moleque eu tenho uma "atração"- falou fazendo aspas com os dedos- Então eu simplesmente decidi segui-lá- me explicou calmamente e voltou a olhar pra vista

            -A tá- falei entendendo o porque,até que eu entendi rápido porque eu sou lerda pra caralho. Ficamos olhando pra vista até 20:00 horas. Mas Justin decidiu que era melhor embora,e foi aí que eu me liguei. Como é que eu me explicar para o meu pai?

            -Justin o que eu vou falar para o meu pai?- falei de olhos arregalados,entrando no carro

            -Eu vou falar com o teu velho- falou dando partida

            -Você vai falar com o meu pai?- exclamei desacreditada

             -Não foi o que eu disse?- perguntou ainda prestando atenção na estrada

             -Credo,olha o coração menino- falei fazendo ele dar uma risada anasalada.

        ...☆...

     Quando chegamos na minha casa comecei a soar frio e a orar o pai nosso,nunca se sabe né?!. Toquei a campainha,porque pra melhorar eu tinha esquecido a chave em casa.

          -Resolveu aparecer?- perguntou meu pai bravo olhando pra MIM,porque quando ele olhou pro Justin ele ficou parecendo um touro.

      -O que significa isso Julie Mc Campbel Dudley?- Fodeu ele me chamou pelo nome inteiro. Meu Deus,eu sou muito nova pra me encontrar com o senhor

        Continua...


Notas Finais


O que acharam gostosoxxx?
Bem,espero que tenham gostado porque eu fiquei maior tempo pra escrever esse cap
Se der comentem por favor
BEIJOCAS NA BUNDA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...