História Alternative Future(Sobre edição) - Capítulo 81


Escrita por: ~ e ~ritobeta1

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Chariel, Charisk, Error!sans, Frisk Overpower, Ink!sans, Male Frisk, Papyton, Romance, Sanrisk, Toriel X Asgore, Undertale
Exibições 70
Palavras 2.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shounen, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Skol está aqui, as vezes a gente fica se repetindo sem ao menos perceber e isso muitas vezes irrita as pessoas ao nosso redor... Sinceramente acredito que as pessoas deviam ter mais paciência nesse aspecto e simplesmente controlar o fluxo da conversa afinal eu sou ruim em conversar...


E então eu estava de boa na lagoa quando eu percebi uma coisa... Eu acabei lendo essa novel que eu gostei muito chamada Swallowed Star, eu vou deixar o Link dela nas Notas Finais porque pelo que eu lembre não se pode deixar links nas Notas do Autor :c

Vocês sabem que eu faço diversas modificações na história correto? Então para não bugar tanto a cabeça de vocês eu vou modificar uma coisa nesse capítulo que vocês vão estranhar mas depois vão entender melhor eu prometo.

As partes que eu parar e deixar "..." é por que no caso Sofia/Frisk parou de ler.

Capítulo 81 - Arco 5.2: Universal Reset


Pov. Sofia/Frisk

 

Agora a única coisa que falta é eu conseguir encontrar seis almas da virtude com energia maior do que 150... Isso vai ser um problema, a energia contida dentro de uma alma é geralmente chamada de "determinação" ou pelo menos sua essência é chamada assim, cada alma possui atributos diferentes e quanto mais ligado a esse atributo especifico a pessoa for maior será a quantidade de "determinação" que sua alma vai produzir... Mas as pessoas não são seres que só podem ter uma ação, elas podem ter todas as 7 virtudes em suas personalidades e mesmo assim ter quantidades minúsculas de "determinação" em sua alma pois seu atributo não está sendo devidamente alimentado como deveria.

 

Coloquei a mão no peito da Sofia... Esse é nosso corpo agora então eu não tenho motivos para ficar tímido nesse momento, respirei fundo e fiz nossa alma sair para fora - Grande afinidade com Paciência e razoável afinidade com Determinação - As almas dos híbridos algumas vezes nascem com dois atributos o que é bem raro para falar a verdade, Sans/Pai tinha o atributo de Paciência mesmo sendo um monstro graças a um experimento que Gaster fez no cadáver da antiga portadora de Paciência que caiu no Underground... Não vamos entrar em detalhes, talvez alguns de vocês não tenham "Determinação" o suficiente para aguentar essa história.

 

Depois de me satisfazer respirando a vontade, eu abri o menu e cliquei na opção Database, coloquei as especificações na barra de pesquisa e um ícone girando apareceu na tela do menu com uma mensagem "Por favor aguarde alguns instantes"... Eu não vou comentar sobre isto! Eu tenho que me segurar e não dizer o quanto isto é ridículo...

 

Fiquei esperando calmamente até que um barulhinho foi escutado e eu mudei minha visão para a tela com animo leve... Na tela tinha as seguintes informações:

 

Frisk Dreemurr(o imortal, deus, calamidade, general da morte, rei do flerte, lolicon, senpai...)

Idade: 972 anos(Tempo de rotação do planeta azul envolta de si mesmo na área 6261316 em média de 24:00 horas, 365 dias completa um ano, calculo final...)

Determinação Numérica: 1325

Localização atual: Extremo Sul do planeta azul, nome local Antártida, localização exata...

 

Lendo as informações eu não pude deixar de tomar uma respiração para me acalmar... - Por que existe um Frisk Dreemurr vivo nesse mundo? - Eu deveria ter sido o único Frisk desse lugar... Além do New!Frisk obviamente... Não pode ser, certo? - Comecei a duvidar dos meus pensamentos... Eu não quero confirmar usando o poder de "Deus", mas... Eu tenho que me encontrar com esse Frisk atual para entender melhor a situação, não vamos tirar conclusões precipitadas...

 

Liguei o rastreador do menu e uma seta transparente apareceu no topo do meu campo de visão apontando na direção onde Frisk estava... Eu já disse que esses poderes de "Deus" são estranhos demais?

 

~ Quebra do Tempo ~

 

Depois de uma viagem curta com telecinese, cheguei ao continente antártico, a temperatura caiu rapidamente quanto mais eu me aproximava, criei uma camada de proteção usando pressão ao meu redor e "pousei" no chão congelado do lugar, eu digo "pisar" entre aspas mesmo por que nem que me paguem eu encostaria meu pé nisto, eu estou sobrevoando a uma altitude extremamente baixa só isso, soprei para ver o ar quente que estava nos meus pulmões e fiquei rindo vendo a fumaça que saiu... Eu juro que é por causa da Sofia! Eu não tenho mania de ficar fazendo essas coisas! Ou será que é culpa do Frisk... Vamos se concentrar em encontrar o "eu" desse lugar!

 

~ Vamos pular um pouco o tempo? Ou você quer ver eu voando igual a um pássaro nesse lugar congelado? ~

 

Em cima de uma montanha, um pequeno ponto de luz brilhava como se fosse um mini sol, essa luz radiante vinha do peito do jovem que estava com sua alma para fora, ele levantou os olhos quando me percebeu chegando e com uma expressão de puro desinteresse disse - O que você veio fazer aqui? - Seus olhos não estavam semi serrados como antigamente, mas por algum motivo parecia que ele estava com os olhos fechados o tempo todo, cansaço era óbvio vindo do seu corpo e olheiras estavam cobrindo abaixo de seus olhos, seus cabelos chegavam até sua cintura de tão grande e se alguém fosse descrever sua aparência seria... Selvagem.

 

Aterrissei perto dele e o cumprimentei de maneira leve - Prazer em conhece-lo eu sou... Eu sou Sorisk - Novamente a minha péssima nomeação veio a tona... Frisk olhou para mim com seus olhos cansados e falou de maneira baixa e rouca - Se você veio até aqui provavelmente quer algo comigo... Apenas desembucha fazendo o favor... - Ele não se moveu nenhuma vez enquanto falava e seus olhos olhavam sempre para baixo e nunca na minha direção... - Eu preciso... Que você me entregue as almas que estão junto a você... - Falei hesitante já que isto me lembrou uma coisa... Ele pela primeira vez mostrou alguma reação as minhas palavras e com um pouco de interesse disse - O que você planeja fazer com elas? - No momento que eu abri a boca para explicar senti uma pontada no meu cérebro e uma mensagem muito parecido com a qual tem no menu flutuou a minha frente.

 

" Você não tem permissão para mencionar detalhes que ultrapassam sua autoridade, você possui uma advertência e quando alcançar trés você será imediatamente eliminado".

 

Vendo que eu não falei, uma sobrancelha se levantou no rosto de Frisk e ele disse com sua voz rouca - Olha amiga... Eu até poderia te entregar as almas se elas concordassem mas... Você tem que fazer um favor para mim e somente se você conseguir cumprir ele, eu te ajudarei - Me concentrei em suas palavras ignorando a dor que estava latejando e então quando ele abriu a boca eu me surpreendi com o que saiu... - Me mate - Eu... O que eu faço?

 

Frisk - Você parece pensativo... Não que eu duvide de você, mas isso que eu disse é apenas "se" você é capaz de me matar - Falou ele francamente me olhando nos olhos - Você me lembra bastante alguém que eu conhecia... Mas isso não importa agora, você quer as almas? Me mate e você vai ter elas... Eu juro não revidar - Falou Frisk fechando os olhos e esperando eu tomar minha decisão... Eu tenho que matar a mim mesmo? Espera, ele não sou eu, mas... Que dor de cabeça!

 

Eu desisti de confirmar com ele minhas suspeitas anteriores e ativei o menu e comecei a pesquisar o número Universal que eu estava "6261316" como esperado eu estava no Universo certo então tem duas coisas que podem ter acontecido... Ou os administradores estavam me mostrando imagens de um mundo que não existia, ou esse Frisk na minha frente... Essa possibilidade é impossível então vamos deixar ela para lá... Agora eu tenho que pensar sobre o que ele me disse "matar ou não matar" essa é a questão... Não adianta, não existe uma possibilidade onde eu posso roubar as almas dele do jeito que está indo então a única maneira afinal de contas é... Matar ele.

 

Sorisk - Eu prometo que vou fazer rápido - Frisk balançou a cabeça de forma satisfeita e continuou com os olhos fechados esperando... Eu não quero fazer isto Frisk... Eu também não quero Sofia, mas... Isso é necessário!

 

Poder celestial se fundou a mana no meu peito e começou a criar uma lança feita de ossos, camada por camada de ossos azuis se juntando em meio ao ar criando uma lança celestial... O poder dos "Deuses" não são onipotentes como é dito, o que torna "Deus" um ser superior é o controle sobre o menu e acesso a arquivos escondidos e manipular eles a sua vontade... Lógico que existem "Deuses da Guerra" mas eles são em menor número, alguns Universos tem diversos Deuses poderosos mas pelo menos no Universo onde eu estou o máximo que um "Deus" pode fazer em combate é usar a sua Chama Celestial para fortalecer a mana que percorre o corpo por 3x até 4x.

 

Verdade seja dita, se eu lutasse aqui contra esse Frisk, a minha chance de derrota seria gigantesca, mas a situação é diferente então... Eu não posso falhar! Assim que a lança estava de bom tamanho e espessura ela começou a emanar uma aura de majestade, vendo isto até mesmo eu temi o poder que ela carregava, com uma respiração profunda eu corri até Frisk e o levantei do chão o jogando para cima e então com toda a força que minha telecinese poderia trazer, eu enviei a Lança bem no meio do peito de Frisk e vi seu corpo partindo ao meio enquanto ele mantinha um sorriso no rosto calmo... Senti vontade de vomitar por algum motivo, mas segurei a ânsia que subia pelo meu estomago.

 

Em passos lentos, eu fui até onde o coração de Frisk estava, uma rachadura tinha quebrado os dois lados do coração e provavelmente se despedaçaria em breve... Balancei a cabeça de maneira piedosa e aproximei minha mão até que... Como se regredindo no tempo, as partes do corpo de Frisk que tinham sido separadas pela lança começaram a voar de volta para seu corpo e se curar a uma velocidade anormal, regeneração é algo totalmente fora do senso comum, nenhum monstro conhecido que não seja dragões já possuíram essa habilidade e até mesmo os Dragões portadores de tal poder desde o nascimento não tem uma taxa de regeneração tão alta...

 

Em alguns segundos, Frisk estava ao normal na minha frente como se nada tivesse acontecido, um sorriso triste estava no seu rosto e ele disse de maneira piedosa para mim - Você falhou... Sinto muito - Arregalei os olhos e cerrei os dentes... Eu não posso falhar aqui! Eu não posso de maneira nenhuma... Falhar! Eu não queria usar isto contra ele mas... Não tenho escolha!

 

Abri o menu e selecionei os Status do meu corpo, aumentei todos os atributos até o máximo e acelerei na direção de Frisk que mesmo conseguindo me acompanhar continuava parado, coloquei a mão na alma dele que estava a vista e comecei a puxar ela com Energia Celestial, como se pequenas garras estivessem agarrando a alma de Frisk eu comecei a puxar de maneira desesperada para arrancar fora dele as outras almas... A reação durante o tempo todo foi ficar com um rosto neutro e cansado olhando para as minhas ações, cerrei os dentes vendo isto e gritei com todas as minhas forças - Por favor eu imploro! Almas da virtude me ajudem! Eu vou consertar tudo! - A dor na minha cabeça que eu estava sentindo antes não era nada comparada a que veio agora, parecia que meu cérebro iria explodir a qualquer momento, minha visão começou a ficar turva por causa da dor... Provavelmente eu iria desmaiar em breve, nesse momento eu senti uma reação do meu ato desesperado de puxar as almas... Elas se separaram e começaram a girar envolta de Frisk.

 

Com minha visão turva eu me afastei e fiquei olhando para a cena, Frisk se sentou no chão enquanto as almas giravam ao seu redor e falou francamente - Vocês não precisam mais me seguir... Já fizeram o suficiente... Eu sei, não se preocupem... Se isso acontecer, vocês sabem o que fazer certo? - Frisk estava conversando com as almas ao seu redor, pelo que eu pude entender, minha mente estava se afastando da realidade aos poucos, mas eu estava me segurando para não desmaiar, um aviso ficava martelando minha cabeça.

 

" Você não tem permissão para mencionar detalhes que ultrapassam sua autoridade, você possui duas advertências e quando alcançar trés você será imediatamente eliminado".

 

Comecei a sentir um calor familiar no meu peito e aos poucos meus sentidos foram voltando, abri os olhos e a primeira coisa que eu vi foi Frisk com seus olhos ficando gradualmente avermelhados, sua respiração estava estranha e seus olhos que antes não tinham nenhuma vontade estavam olhando para mim de maneira... Estranha.

 

O calor percorreu cada lugar do meu corpo e vozes começaram a ser ouvidas na minha cabeça - Você prometeu ajudar a nós... Então nosso pedido é por favor... Salve Frisk - Seis vozes se sobrepuseram na minha cabeça e quando eu entendi sua origem, um sorriso se formou no meu rosto... Enquanto isto a alma de Frisk que antes eram tão brilhante quanto o sol estava sendo corroída por uma mancha escura que se espalhava em todas as direções em sua alma... Com os meus sentidos dormentes ainda eu abri o menu e fui na opção que eu tanto desejava... Universal Reset.

 

" Aviso do Sistema: Você deseja utilizar Universal Reset? Importante lembrar que os acontecimentos não serão sempre os mesmos e que todos terão suas memórias apagadas... Deseja continuar? "

 

Cliquei em sim e então um estrondo foi ouvido ao meu redor, como se o mundo estivesse se desintegrando a céu começou a cair com vigor e apenas escuridão permaneceu onde devia ser a imagem do céu, como se um vórtice tivesse aparecido, tudo foi sugado a um único ponto, imagens da realidade se quebravam e então eram sugadas uma por uma... Vendo o Universo chegando ao seu fim de tal jeito eu comecei a ficar ansiosa/o... Eu fiz a coisa certa?

 

Essa foi a última coisa que eu pensei antes de ser sugado para o vórtice também assim como todo o resto do Universo que um dia existiu e desapareceu sem deixar rastros...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...