História Story of my Life - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Personagens Blaine Anderson, Brittany S. Pierce, Kurt Hummel, Quinn Fabray, Rachel Berry, Santana Lopez
Tags Brittana, Faberry, Glee
Visualizações 137
Palavras 2.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá como vocês estão?

Boa leitura e desconsiderem os erros =D
Caso vocês queiram falar comigo é só me chamar no twitter @camz_cabello23

Capítulo 39 - 39- Pedido


- Vai dar tudo certo princesa – escutei a voz de Sun soando pelo meu telefone – Fica calma! Não é como se a loira fantasma fosse falar alguma coisa diferente do que sim para você – comentou rindo – Imagina se ela casar nós vamos nos ferrar – comentou e escutei Claire rindo.

- Eu ainda posso escutar vocês duas – disse chamando a atenção delas escutando um desculpa – O que vocês vão fazer mesmo? Claire toma cuidado quando sair ok – avisei para ela... Eu estava esperando Quinn chegar ao nosso parque, mas por estar nervosa demais liguei para Sun que iria passar o dia com Claire e estávamos as três ao telefone nesse momento.

- Pode deixar princesa, eu vou cuidar dela – garantiu Sun para mim.

- Vocês vão aonde mesmo? – perguntei para elas.

- Eu vou ir tocar piano com a Beth – disse Claire para mim – E depois eu a Cris nós vamos fazer o que mesmo?

- COMPRAS – disse Sun animada.

- Tudo bem, se divirtam – falei para elas – Sun tente não transformar a Claire numa consumista igual você, por favor – pedi escutando sua risada - Sun tem fotógrafos aqui na cidade está sabendo? Não deixe eles chegarem até ela.

- Eu vou cuidar dela princesa relaxa a piriquita ai – disse arrancando uma risada – É você que deveria tomar cuidado para não ser seguida princesa... Posso ter conseguido fazer a gravadora aceitar essa relação, mas eles ainda não querem que você assuma, tudo tem que ser feito devagar antes de você sair do armário.

- Pode deixar, obrigado por falaram comigo – agradeci - Eu estou mais calma e eu vou desligar agora – avisei escutando elas desejando boa sorte e tchau.

Depois de acordar com Claire dormindo agarrada a mim levantei-me com todo o cuidado possível e a deixei descansando e fui até a cozinha para preparar nosso café da manhã e encontrei Sun devorando um bolo enquanto papai estava tomando café com pão. Sun havia chegado nas primeiras horas do dia e como encontrou-me dormindo com Claire nos deixou descansando e ficou fazendo companhia para o papai que havia chegado somente agora do plantão, dizendo que estava cansado papai se recolheu logo após deixar um beijo em minha cabeça e outra em Sun. Claire logo apareceu na cozinha com o rosto amassado por conta do sono e logo sentamos na mesa conversando sobre assuntos aleatórios e acabei contando para as duas sobre meus planos de pedir Quinn em namoro... Antes que ficasse muito tarde deixei as duas na cozinha conversando e fui até meu quarto me arrumar para sair, precisa passar ver Beth e minha mãe antes de sumir durante o dia inteiro com Quinn, deixando um beijo em cada um delas eu sai.

Consegui aproveitar bem minha manhã com Beth antes de ter que sair e ir para o parque. Quando cheguei na casa da minha mãe Beth ainda estava dormindo então aproveitamos para colocar a conversa em dia, minha mãe me contava das visitas constantes de Claire que vinha sempre ficar com Beth e da amizades que as duas estavam criando. Quando percebi que Beth iria ficar apaga mais tempo do que eu poderia ficar ali resolvi ir acordar minha irmã e ao entrar em seu quarto notei o quanto ela se parece com Quinn... Beth fisicamente é uma mini Quinn, mas até nas pequenas coisas elas são parecidas, o jeito de dormir e o sono pesado... Depois de muito esforço finalmente consegui acorda-la e fez uma festa pulando em cima de mim quando finalmente ficou acordada, tomamos café juntas, tocamos piano, falamos de Claire e depois contei para ela sobre mim e Quinn e falei sobre o meu pedido que iria fazer, quando ganhei sua aprovação meu coração não poderia estar mais feliz.

- Oie meu amor – disse Quinn atrás de mim fazendo-me levantar rapidamente da toalha que estava sentada para abraça-la fortemente.

- Eu te amo – sussurrei ainda abraçando seu pescoço deixando seu cheiro maravilhoso invadir olfato – Eu amo você Lucy Quinn Fabray – disse afastando-me dela vendo aquele sorriso que é somente meu.

- Eu também amo você Rach, sempre – disse para mim antes que eu juntasse nossos lábios num beijo repleto de amor e desejo... Começou suave, mas no decorrer dos minutos foi sua língua pediu passagem que logo foi concebida e senti suas mãos em minha cintura puxando-me para mais perto enquanto o beijo aumentava a intensidade.

- Eu amo quando você me beija assim – disse ainda com os olhos fechados mesmo depois do beijo ter terminado, mesmo sem ver eu podia ver seu sorriso.

- E eu amo beijar você assim – disse deixando um selinho em minha boca e abri os olhos – Eu amo esse lugar – disse olhando ao redor.

- Eu também gosto, vamos sentar – falei apontando para a toalha – Nós vamos fazer um piquenique o que acha?

- Eu amo piqueniques – falou se aproximando no carvalho e encostando-se nele e abriu espaço para mim me acomodar entre suas pernas – Sempre tive bons momentos aqui quando a questão é piquenique.

- Eu me lembro – disse sentando entre suas pernas e logo seus braços se fecharam ao meu redor puxando-me ainda mais para ela – Eu amei sua roupa – confessei – Eu acho que você fica extremamente sexy usando jeans, tênis e essa camiseta.

- Eu acho que vou mudar meu guarda roupa para camisetas, jeans e tênis – disse rindo.

- Eu vou aprovar com toda a certeza, mas não se desfaça daquelas suas roupas sociais – disse virando-me parcialmente para ela – Eu acho muito sexy você com aquela roupa, com aquela autoridade, meu maior sonho é arrancar toda aquela roupa e fazer os botões da sua blusa social voarem para todos os lados – disse deixando um beijo em seu pescoço e escutei-a engolindo em seco, ponto pra mim.

- Você não deveria me dizer essas coisas quando estamos em público – me repreendeu – Mesmo não tendo ninguém aqui, poderia facilmente alguém aparecer e se eu perder meu controle não vai ser legal.

- Você não consegue aguentar um pouco de provocações Quinnie? – perguntei virando-me para ela passando os braços ao redor de seu pescoço enquanto eu sentava em seu colo e me aproximei notando sua respiração se alterando.

- Não... Não consigo... – respondeu com dificuldade enquanto eu distribuía beijos por todo seu pescoço.

- Eu amo ver e senti o que causo em você – sussurrei em seu ouvido antes de morder o lóbulo de sua orelha fazendo ela me apertar e gemer baixinho.

- Se você não parar agora com essas provocações eu vou arrancar sua roupa aqui mesmo e só vamos parar depois de eu te deixar sem forças – disse olhando para mim e notei sua pupila dilatada – Eu te amo e você não tem noção do seu poder sobre mim Rachel Berry, não brinque comigo.

- Não vou brincar... Agora... Depois se você quiser eu deixo você arrancar minha roupa e acabar com minhas forças – disse deixando beijos por todo seu rosto.

- Eu... Eu acho... Nós deveríamos... Deveríamos comer... O piquenique...

Eu apenas deixei um selinho demorado e me virei buscando a cestas com as coisas para comer... Saber os efeitos que causo em Quinn me deixa radiante... É maravilhosa essa sensação.

Nós sentamos uma ao lado da outra enquanto eu lhe mostrava tudo o que havia trazido na cesta que consistia em sanduiches vegan e com bacon, depois mostrei seu bolo favorito e os docinhos de morango que comprei na sua padaria favorita.

- Você vai me deixar gorda desse jeito Rach – disse depois que terminamos – Eu nunca comi tanto.

- Meu amor mesmo se você quisesse você nunca ficaria gorda – disse sentando-me em seu colo novamente e observei que a cesta estava ao nosso lado, perfeito – E se você ficasse gordinha eu ia continuar te amando do mesmo jeito.

- Você é tão trouxa por mim – disse rindo enquanto passava os braços ao meu redor e me arrumei melhor no seu colo e comecei a fazer um carinho em seu rosto.

- Eu sou completamente trouxa por você Quinn... Eu sempre fui trouxa por você... E mesmo quando nós estávamos longe de você eu seguia sendo trouxa por você – confessei e vendo que ela falaria algo coloquei rapidamente meu dedo em sua boca impedindo-a de falar qualquer coisa nesse momento– Quinnie eu sei que você tem suas dúvidas e perguntas sobre o que houve cinco anos atrás e eu te prometo que eu vou te contar tudo, mas eu ainda preciso de tempo para conseguir falar sobre isso tudo bem? – perguntei a vendo mexer a cabeça em concordância – Eu amo você e sempre te amei... Em todos esses anos aonde estivemos separadas eu jamais deixei de sentir esse amor por você... Meu primeiro do dia e o último sempre era sobre você... Eu tentei fugir, tentei negar meus sentimentos, tentei esquecer, tentei procurar em outras pessoas o que você me fazia sentir e mesmo procurando eu nunca encontrei ninguém que me fizesse sentir desse jeito... Meu coração dispara quando você está perto, quando me olha eu fico hipnotizada, quando estávamos juntas eu não sinto frio somente calor... Durante esses anos que estivemos separadas eu me fechei para todos e para tudo, mas ai você apareceu e do nada todas aquelas barreiras, aqueles murros foram desmoronando e você me tinha novamente em suas mãos... Em cinco anos eu pensei que jamais iria precisar de alguém novamente, que somente eu bastava para ser feliz e eu estava apenas existindo mais deixando de viver e você me abriu os olhos quando entrou novamente em minha vida... Existir somente não basta agora... Hoje eu quero viver, quero amar, quero ser feliz, mas quero essas coisas somente se você estiver ao meu lado... Eu prometo jamais, jamais deixa-la novamente, prometo não deixar meu medo me dominar, prometo lutar por você e te provar dia a dia que você é o amor da minha vida... Eu te trouxe nesse lugar porque anos atrás você me trouxe para um piquenique e me pediu em namoro nesse mesmo local e hoje eu quero fazer o mesmo com você... As coisas não vão ser fáceis, eu tenho uma vida publica e ela é uma merda quando não estamos acostumadas, mas prometo proteger você e vou lutar para que nada intervira na nossa relação... Eu te amo Quinnie e eu gostaria de saber se você me daria à honra de ser minha namorada – disse a vendo abrir e fechar a boca e apenas afastei-me momentaneamente para pegar algo dentro da cesta e estendi para ela - Você aceita namorar comigo? – perguntei abrindo a caixinha relevando duas alianças pratas pequenas e discretas – Eu comprei essa aliança porque juntas elas completam um coração e quando estou com você sinto meu coração batendo corretamente dentro de mim, pois somente você me completa – disse mostrando para ela – Se você observar ela tem esse pequeno fio de ouro que representa mais que o nosso namoro, representa meu sonho de um dia ser mais do que a namorada de Quinn Fabray, representa o meu sonho de um dia carregar o seu sobrenome junto com o meu...

- Rach... Eu...

- Basta você dizer sim Quinnie – respondi vendo seu sorriso gigante enquanto seu olhar brilhava como eu nunca tinha visto antes.

- Sim – disse abraçando-me fortemente pela cintura enquanto escondia o rosto no meu pescoço – Eu te amo Rachel Berry.

- Eu também – respondi depois que nós nos separamos e estendi a caixinha com a aliança para ela – Posso? -  perguntei olhando para ela que apenas assentiu e com delicadeza coloquei a aliança em seu dedo depois beijei o mesmo – Quinn – chamei sua atenção que estava voltada para o anel em seu dedo – Eu amo você, mas eu ainda não posso usar essa aliança em meu dedo, juro que vai ser por pouco tempo, mas ainda não posso colocar... Eu...

- Eu sei e está tudo bem – tranquilizou-me – Eu posso usar a minha? – perguntou olhando para o anel e apenas assenti – Perfeito, pois eu não queria tirar ela mesmo – disse dando um beijo em meu rosto.

- Eu vou usar a minha, mas vai ser nesse colar até eu realmente poder me assumir – disse tirando uma correntinha de dentro da blusa e abrindo-a para colocar o anel ali – Juro que será por pouco tempo.

- Fica tranquila namorada – disse para mim – Eu estou muito feliz Rach.

- Eu também estou muito feliz amor – respondi beijando seus lábios delicadamente e senti o amor explodindo dentro de mim – Amor – chamei adorando como essa palavra estava saindo e observei seus olhos olhando atentamente para mim – Faz amor comigo – pedi beijando seus lábios delicadamente.

- Rachel alguém pode nos ver aqui – disse para mim.

- Ninguém vai nos ver amor – respondi arrumando-me em seu colo e comecei a beijar seu pescoço sentindo ela aos poucos se rendendo – Faz amor comigo Quinnie – sussurrei em seu ouvido a sentindo passar os braços ao meu redor e nos virar deitando delicadamente em cima de mim – Eu te amo – falei sorrindo para ela.

- Eu também amo você, sempre – disse sorrindo antes de se abaixar puxando-me para um beijo repleto de amor e eu sabia que minha tarde estava só começando.

 

 


Notas Finais


Comentem, favoritem e espero que tenham gostado...
Previa:
"- Que parte você não entendeu que eu não quero você? Que parte do nunca te amei você não consegue entender Finn – disse irritada tirando meu braço do aperto de sua mão – Nunca, nunca mais encoste em mim..."


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...