História Story of my Life - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Glee
Personagens Blaine Anderson, Brittany S. Pierce, Kurt Hummel, Quinn Fabray, Rachel Berry, Santana Lopez
Tags Brittana, Faberry, Glee
Visualizações 132
Palavras 1.571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá como vocês estão?

Boa leitura e desconsiderem os erros =D
Caso vocês queiram falar comigo é só me chamar no twitter @camz_cabello23

Capítulo 41 - 41- Aproveitando a tarde


Apesar de Finn ter atrapalhado meu domingo o jantar em família de ontem salvou qualquer situação desagradável que ele poderia ter causado.

À noite depois que todos haviam ido embora eu fui até o quarto de Sun e contei para ela toda a situação deixando-a irritadíssima com Finn... Ela me pediu para tomar cuidado com ele e ela estaria de olho em tudo a partir de agora, pelo menos enquanto estivéssemos em Lima.

Amanhã será a audiência para a guarda de Claire e está um reboliço na mídia  sobre esse assunto, todos estão querendo saber mais detalhes sobre o caso e sobre Claire... Falando nela hoje depois de conversar com Sun decidimos que depois da audiência se Claire topar vou apresenta-la para as pessoas, para meus fãs e assim quem sabe esse assunto não perca um pouco o foco e tudo volte ao normal. Quando conversei com Claire sobre a ideia de Sun ela topou achando que assim também seria melhor.

Sabia que toda a situação mal resolvida com Julie estava deixando Claire cada segundo mais agoniada então sugeri que ela convidasse a irmã para um passeio e aqui estamos nós quatro... Beth, Julie, Claire e eu.

Notei algumas pessoas de longe apontando para mim, mas até agora ninguém veio falar comigo, Sun contratou um segurança que se mantinha longe apenas nos observando, ele ficaria acompanhando-me até amanhã já que quarta feira eu já estaria voltando para NY.

Beth e Julie pareciam se entender bem, pois as duas corriam pelo parque enquanto Claire as perseguia fazendo uma sessão de cosquinha quando pegava uma delas. Julie quando me encontrou apenas ficou me olhando e manteve certa distancia, parecia querer falar algo, mas até agora permanecia quieta.

Julie pelo que pude perceber era uma menina doce, esperta e muito inteligente e amava a irmã mais velha com todas as forças... Apesar de estar meio ressentida com Claire assim que a encontrou hoje correu para seus braços abraçando-a fortemente pelo pescoço enquanto dizia que a amava e pedia desculpas por ter ficado brava sem motivo algum. Em pouco tempo que observando-as notei o quanto uma é ligada a outra, mesmo que não estejam morando juntas à ligação entre elas é visível... O sorriso sincero de Claire desde que Julie chegou é capaz de iluminar qualquer escuridão e o olhar doce de Julie para a irmã é capaz de faze qualquer tristeza ir embora.

- Nós estamos morta Rach – disse Beth jogando-se em cima de mim enquanto Julie fazia o mesmo com Claire que sentou-se ao meu lado – Eu não aguento mais... Preciso repor minha energia – disse abraçando-me pelo pescoço e a apertei contra mim – Eu vou morrer sufocada Rach, para – disse tentando se afastar enquanto eu a apertava.

- Pronto pode respirar dramática – disse deixando ela se arrumar em meu colo e deixei um beijo em sua testa – Se divertiram? – perguntei para elas.

- É muito legal brincar aqui no parque – comentou Julie animada enquanto se arrumava no colo de Claire – Eu estou adorando à tarde.

- Isso é ótimo – disse para ela – O que vocês acham de repor a energia tomando um sorvete? – perguntei fazendo Beth pular em meu colo meu colo – Beth eu vou cair deitada aqui na grama e você vai junto comigo se continuar pulando assim – disse rindo.

- Eu topo! – respondeu Julie e Beth.

- Eu posso ir comprar o sorvete, quem vai comigo? – disse Claire olhando para nós e Beth logo começou a pular no lugar falando que ia junto – Você não vai Julie?

- Eu vou fazer companhia para a Rachel – disse sentando-se ao meu lado enquanto sorria para a irmã mais velha.

- Você tem dinheiro? – perguntei para Claire que assentiu – O meu sorvete é de morango – avisei.

- Chocolate – Julie falou animada.

- Pode deixar, logo voltamos – disse Claire virando-se para Beth – Vem Beth – disse abaixando-se para Beth pular em suas costas  enquanto gritava para Claire correr.

- Por que você não quis ir com Beth e Claire comprar sorvete? – perguntei para a menina ao meu lado.

- Porque eu quero perguntar algo para você – respondeu Julie olhando atentamente para mim – Você vai tirar a Claire de mim? – perguntou com os olhos brilhando de lágrimas que não estavam ali um minuto atrás.

- Não, jamais faria isso com você – disse virando-me completamente para ela e peguei suas mãos nas minhas – Você sabe por que sua irmã foi embora da sua casa?

– Papai apenas disse que era porque Claire estava namorando uma menina e isso é errado – falou triste.

- E o que você acha disso? Acha que é errado?

- Não acho errado... Minha mamãe disse que tudo o que importa é o amor e se duas pessoas do mesmo sexo se amam isso não é errado desde que as duas pessoas sejam felizes.

- Sua mãe era muito inteligente – comentei ganhando um sorriso dela – Sua irmã ela se apaixonou por uma menina e quando seu pai descobriu isso ele a mandou a embora e Claire sofreu por causa disso... Quando eu conheci a ela estava triste e morava de favor na casa de uma amiga, isso não é certo, sua irmã ainda não é adulta, precisa de cuidado, carinho, proteção e amor como qualquer outra pessoa, ela precisa de um lar não acha? – perguntei ganhando um aceno – Eu quero dar um lar para Claire, quero dar uma casa para ela chamar de lar, mas jamais vou rouba-la de você, isso nunca foi minha intenção... Se um dia você precisar de um lar eu também vou correr para ajudar você igualzinho estou fazendo com Claire – disse sinceramente a sentindo apertar minhas mãos nas suas.

- Eu tenho medo de que o papai não me deixe mais vê-la – disse com os olhinhos cheios de lágrimas e a puxei para um abraço.

- Eu nunca, nunca vou permitir que isso aconteça e sabe porque? – perguntei a vendo mexer a cabeça enquanto me abraçava apertado – Porque eu sei o quanto o laço entre as irmãs é importante e se ele se romper eu imagino o quanto vai doer e não quero que você nem a Claire sofram.

- Promete que não vai deixar eu e a Claire longe uma da outra? – perguntou afastando-se de mim e delicadamente levei minhas mãos até seu rosto limpando suas lágrimas.

- Eu prometo que vou fazer de tudo para que você não fique longe da Claire - afirmei deixando um beijo em sua testa.

- Claire está feliz – disse para mim – Fazia tempo que eu não via minha irmã assim.

- Como assim?

- Quando mamãe morreu Claire tentava ser forte por minha causa, mas eu sabia que ela estava sofrendo, mesmo ela não querendo eu escutava o choro dela baixinho à noite. Quando eu olhava para ela não via o brilho no olhar dela... Minha mãe sempre me falou que quando a pessoa perde o brilho do olhar devemos nos preocupar, pois os olhos são a janela de nossa alma e se o brilho se apaga alguma coisa está errada – disse para mim – Mesmo depois que ela foi embora de casa quando eu a via ela continua com o brilho apagado, mas depois que nós nos encontramos você aquela dia alguma coisa mudou, pois o brilho mesmo que fraco começou a surgir novamente no olhar dela...

- Eu te prometo que eu vou fazer de tudo para que o olhar da sua irmã continue sempre brilhando – disse depois que ela ficou em silêncio.

- Eu sei que vai.

- Posso te abraçar? – perguntei para ela vendo-a assentir e a puxei para meus braços sentindo-a retribuir meu abraço – Julie – chamei atraindo sua atenção – Eu quero que saiba que se você precisar de qualquer coisa você pode contar comigo também... Se precisar de algo avise a Claire que ela fala comigo... Para dizer a verdade eu mesmo vou te passar meu numero e caso aconteça algo você mesma me liga.

- Obrigado – disse com um sorriso para mim – Como vai ser amanhã? Meu pai está muito bravo com essa situação, mas apenas me disse que Claire quer ir embora de vez das nossas vidas e ela não liga mais para a nossa família, mas eu não acredito nele – disse para mim e entendi o motivo da pergunta e de como ela estava arredia com Claire.

- Amanhã vai ter uma audiência aonde eu vou pedir para ser responsável legal da Claire... Isso significa que se eu ganhar amanhã eu vou poder cuidar dela sem que seu pai intervira... Ele não vai poder machuca-la novamente entende?

- Eu vou torcer para que você ganhe, mas meu pai não pode saber disso – disse rindo – Ela está feliz, eu quero que ela sempre fique assim.

- Eu também quero – disse virando-me quando vi Claire e Beth chegando carregando nossos sorvetes.

- Vocês foram fabricar o sorvete? – perguntou Julie rindo e pegando seu sorvete.

- Nós vimos vocês conversando então fomos dar uma volta – comentou Beth sentando ao meu lado.

- Depois do nosso sorvete o que acham de brincar de pega pega? – sugeri ganhando a atenção delas.

- Você vai brincar de pega pega? – perguntou Claire rindo.

- Claro que sim, qual o problema?

- Você é meio velha Rach – disse Beth rindo.

- A velha que vocês nunca vão conseguir pegar – falei rindo enquanto tomava meu sorvete e passava uma tarde com elas, curtindo o momento de felicidade e esperando que ele não acabasse amanhã.

 

 

 


Notas Finais


GALERA prometo que vou atualizar as outras fics ainda hoje ou amanhã :D Então se preparem kkk
Comentem, favoritem e espero que tenham gostado...
Previa:
"- Eu já tenho minha decisão tomada – disse o juiz levantando-se da cadeira e olhando para frente."


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...