História Strange - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs
Tags Chandler Riggs
Visualizações 50
Palavras 1.841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi genteeeee!!!
Olha eu toda atrasada de novo!!! Sério, juro que vou tentar atualizar com mais frequência
Espero que gostem!!

Capítulo 35 - Briga


Acabei adormecendo no sofá e acordei toda torta no dia seguinte e sem vontade nenhuma de ir pra escola, mas como eu já tinha faltado ontem minha mãe não vai me deixar faltar de novo, tirei o cobertor que apareceu magicamente no sofá,(minha mãe deve ter me cobrido) e depois levantei pra tomar um banho no meu quarto e me arrumei para ir para escola. Quando fiquei pronta minha mãe me levou para escola e eu entrei na mesma me arrastando

 

-Porque faltou ontem?-perguntou Megan chegando perto de mim

-Dormi demais, estava me inscrevendo para as universidades-falei Ainda cansada

-Que bom que eu não tenho que me  preocupar mais com isso- falou sorrindo como uma boba

 

Na hora lembrei da ameaça da Brianna, tenho que falar com ela hoje mesmo, se eu não eu juro que vou me condenar pelo resto da minha vida... será que eu deveria falar isso com a Megan?

 

-Tenho que te falar uma coisa- comecei nervosa

-Pode falar

-É...- falei tentando ao máximo não gaguejar mas não dava para impedir- eu beijei o chandler, de novo, ontem- falei fugindo da conversa

-O que?! Como assim?!- falou gritando no meio do corredor chamando a atenção de todo mundo

-Cala a boca sua escandalosa- falei rindo da cara dela

-Você é a pessoa mais indecisa que eu conheço na minha vida!- falou num tom mais baixo- Você não tinha falado que isso acabou?!

-Sim, tinha acabado... até eu me dar conta de que eu estava...- travei na hora de terminar a frase

-Você estava?...- me incentivou a continuar

-Que eu estou apaixonada por ele- falei tentando acabar com aquilo logo 

 

Sabe aquele grito tão alto que faz seus ouvidos doerem? Então, foi exatamente assim que Megan gritou quando eu falei aquilo

 

-Shiu, tá maluca?!- falei tampando a boca Dela para ela parar de fazer escândalo

-Desculpa, desculpa, não me controlei... meu Deus eu nunca imaginei que isso aconteceria- falou em um tom de voz mais baixo

-E você acha que eu imaginei?- perguntei sarcástica 

-Mas, e o Josh? Vai parar de andar com ele? E também... chandler está com a Brianna e se ela fizer algo contra você?

-(você não faz a menor ideia)- falei em pensamento- Relaxa que eu já falei pra ele que se quiser ficar comigo vai ter que ficar longe Dela e quanto ao Josh... eu não sei, ele é tão bom para mim, adoro sair com ele mas infelizmente não é por ele que eu estou apaixonada

-Difícil essa situação ein, mas vamos para a aula porque se não a gente vai se atrasar- falou me puxando para a sala

 

Os primeiros tempos passaram se arrastando e eu não conseguia me concentrar em nada do que os professores estavam falando, eu até tentava prestar atenção nas matérias mas minha cabeça estava longe de tudo, eu só conseguia pensar na Megan e na situação que ela podia entrar se eu não fizesse nada a respeito, com certeza perderia minha melhor amiga

 

O sinal do intervalo tocou e na mesma hora todos os alunos se levantaram e saíram ignorando totalmente o professor que estava no meio da explicação, mas não vai ser eu que vou ligar para isso, Ainda mais porque não gosto desse professor, fazia questão de ignora-lo. Andei até a cafeteria para pegar minha comida e logo depois me sentei na mesa que sempre sentava com as meninas, estávamos conversando sobre coisas bobas e de repente nos assustamos com um grito que vinha das minhas costas

 

-FOI VOCÊ NÃO É?! TUDO ISSO FOI CULPA SUA!!- Brianna gritou quando eu me virei assustada

-O que aconteceu?- perguntei confusa e assustada

-Brianna para! Já falei que não foi culpa dela- Chandler chegou na cantina correndo e chegando perto da gente

 

Nessa hora todos os alunos presentes na cantina já estavam quietos e prestando atenção na gente

 

-COMO QUE NÃO?! CLARO QUE FOI ELA, SEMPRE É ELA!!- falou gesticulando e gritando comigo- DESDE O COMEÇO ELA SEMPRE QUIS SEPARAR A GENTE

-Opa, Opa, pode parando aí, se ele quis terminar com você a única culpada disso é você mesma e essa discussão é entre vocês dois, eu não tenho que participar disso- falei sem paciência pra discutir

-CLARO QUE VOCÊ NÃO TEM NADA A VER COM ISSO, PORQUE ELE É MEU NAMORADO!! MAS ACHO QUE VOCÊ AINDA NÃO ENTENDEU, SEU PROJETO DE VAGABUNDA!!- falou cheia de raiva nos olhos

-Gente, se acalmem...- Chandler tentou civilizar as coisas ali, mas depois daquilo eu não consegui me segurar

-EU SOU O PROJETO DE VAGABUNDA?! SE ENXERGA SUA PIRANHA TODO MUNDO SABE QUE A VAGABUNDA AQUI É VOCÊ!! SERÁ QUE VOCÊ É TÃO DESESPERADA POR ATENÇÃO QUE NÃO CONSEGUE ENXERGAR QUE É A ATENÇÃO ERRADA?!- gritei para todos escutarem

 

Ela ficou um tempo calada apenas olhando para mim, eu achei que ela fosse começar a gritar e me xingar mais Ainda, mas o que aconteceu foi um pouco mais humilhante... Do nada ela simplesmente pulou em cima de mim e nos duas fomos para o chão, ela ficava em cima de mim distribuindo tapas em tudo quanto é lugar do meu corpo, mas em um reflexo eu consegui vira-la para o chão e foi minha vez de bater, e eu batia nela sem pena alguma, queria que ela sentisse toda a dor que eu senti por todos esses anos em que tiver que aturar o bullying Dela sobre mim, eu dava tapas e até alunos socos nela enquanto todos na cantina gritavam briga, briga!

 

Eu poderia ficar o dia inteiro batendo nela, poderia ficar horas lá sem me cansar, mas infelizmente no meio da surra que eu estava dando nela, senti dois braços passarem por mim e me senti sendo levantada e afastada de Brianna, eu nem sequer olhei para trás para ver quem me segurava, apenas continuava me debatendo tentando me soltar para bater mais nela

 

Ela estava caída no chão e foi ajudada por chandler a se levantar, quando vi o estado de seu rosto me assustei, ela estava com a cara toda vermelha e com algumas marcas de dedos no rosto todo

-Se você acha que eu não estava falando sério antes, agora pode ter certeza que eu vou fazer o que combinei com você, isso eu te prometo! - Brianna falou quase chorando

 

Nessa hora me acalmei e parei de me debater, olhei para as meninas que me encaravam assustadas e talvez, um pouco felizes... olhei para trás e vi que quem me segurava era Mingus que estava mais apavorado que Chandler e se eu não estivesse naquela situação eu riria de suas caras hilárias 

 

-MAS O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?!- o diretor chegou esbravejando, ferrou...

-Essa nerdzinha, ela veio para cima de mim como uma louca!

-Não foi nada disso, ela que começou com tudo e eu...

-Parem as duas- falou me interrompendo- Pra minha sala, AGORA- falou com raiva

 

Senti Mingus soltando meus braços de leve e imediatamente sai andando na frente de Brianna e ignorando todos os olhares que estavam em cima de mim, não acredito que briguei na escola, logo eu! Nossa minha mãe vai me matar, se eu já  estava de castigo antes, agora eu vou é para a prisão, porque logo eu vou me Meter nessas roubadas?

 

Chandler Riggs ON: 

 

No dia seguinte na escola eu acordei decidido que iria terminar com Brianna e ficar com a Mary, depois que aquilo aconteceu ontem eu tive certeza de que era com Mary que eu queria ficar e que eu já estava cansado de ser usado para chamar atenção. Cheguei na escola e de cara vi Sam e Mingus, foi na direção deles cumprimenta-los e ficamos conversando sobre coisas bobas, até que eu toquei no assunto da Mary e acabei contando o que aconteceu

 

-Mas e agora? O que você vai fazer?- Sam perguntou curioso 

-Eu vou terminar com a Brianna, já cansei de ficar sendo capacho Dela, e é da Mary que eu gosto- respondi convicto 

-Boa sorte, Brianna vai enlouquecer... Mas tudo bem, pelo menos você abriu os olhos - Mingus falou

-Sim, prefiro mil vezes a Mary- falou Sam fazendo todos rirem- Estamos orgulhosos que você finalmente se deu valor cara

-Valeu, agora eu vou enfrentar a fera- falei quando o primeiro sinal tocou

Eu teria que esperar até o quarto tempo para poder conversar com a Brianna, pois era o único tempo que ficávamos na mesma sala, então eu tive que esperar passar três longos tempos de aulas chatas , o bom é que eu teria como pensar em tudo que vou dizer, não vou ser rude e apenas dizer que quero terminar, nós namoramos a anos e nos conhecemos a mais anos Ainda, claro que eu vou ter o mínimo de consideração com ela e esperar não magoala, não  sou um babaca

 

Os três tempos tinham passado rápido e já estava na hora de conversar com a Brianna. Eu já estava na sala de aula, apenas esperando ela entrar... depois de uns segundos ela entrou conversando com Hana e as duas estavam rindo

 

-Oi amor- disse sorrindo e me deu um selinho rápido

-Oi, brianna... tenho que conversar com você, uma coisa séria- falei sentando na cadeira ao lado dela

-Fala- disse prestando atenção em mim

-Eu...bom, nós dois nos conhecemos a anos e sempre fomos muito amigos e eu sempre lembrarei de você, sempre foi o meu primeiro amor e essa coisa toda, mas... de um tempo para ca eu tenho notado que você está diferente, parece que não gosta mais de mim e só está comigo por interesse

-Isso não é verdade- falou fingindo Estar ofendida

-Não, tudo bem, eu não ligo mais- falei a interrompendo e a deixando com uma expressão confusa- Porque eu quero terminar com você, eu gosto muito de voce mas não está dando mais para mim e...

-Perai... tá terminando comigo?- perguntou com raiva

-Sim, eu estou- falei suspirando

-Mas... estava tudo indo tão bem, o que?... Foi a Mary né?! FOI ELA NE?! não é possível que você esteja me largando para ficar com aquela... com aquela VAGABUNDA!

-Ei pode parando!!, ela não tem nada a ver com isso(mais ou menos) isso é entre eu e você- falei firme 

-Eu juro que vou arrebentar vocês dois!!!- disse começando a dar uma de maluca

-Você vai arrebentar quem senhorita maphins?- o professor de história perguntou entrando na sala já que ela estava gritando

-Ninguém, só estava brincando- falou fugindo da conversa

-Tudo bem então voltando o assunto...

 

Ele começou a falar sobre a matéria e toda a sala ficou quieta, eu só olhava para a Brianna, ela estava vermelha e balançando a perna sem parar, ela estava prestes a explodir. Nenhuma vez sequer ela olhou para a minha cara, não que eu esperasse o contrário e não vou julga-lá. Assim que o sinal tocou, Brianna saiu correndo na sala de aula, sai logo depois desconfiado e decidi ir atras Dela

-FOI VOCÊ NÃO É?! TUDO ISSO É CULPA SUA- escutei a voz da Brianna de longe

 

Ah eu mereço...

 


Notas Finais


Comentem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...