História Strange boy - Imagine Suga - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, Drama, Imagine Suga, Romance, Shoujo, Suga
Visualizações 396
Palavras 1.636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oooooi genteeeeee, aqui tá o capítulo 4 e como disse no capítulo anterior, alguns meninos do Bts já apareceram, e o resto vai aparecer nos próximos capítulos, eu prometo! AUHSAUHSUA
Bom, obrigada por estar lendo e por estar acompanhando!
Espero que gostem <33
Spoiler: O Jimin é safadinho HSAUSHAU

Capítulo 4 - Capítulo 4 - Confusa mas feliz?


Fanfic / Fanfiction Strange boy - Imagine Suga - Capítulo 4 - Capítulo 4 - Confusa mas feliz?

Pov Yoongi



Ainda bem que minha toalha caiu. Você deve estar se perguntando o porquê de eu pensar assim, mas naquela hora que eu beijei o pescoço da (s/n) eu já tava agindo por impulso, se nada tivesse acontecido, era possível que eu continuasse com o que estava fazendo, me deixando confuso e complicando as coisas.

Bom, pelo menos agora descobri porque ela não dava bola pra mim, ela achava que eu era gay mas da onde surgiu essa história? Atualmente, não entendo mais esses boatos e não entendo nem a mim mesmo, algumas vezes acabo agindo estranho e isso só acontece quando a (s/n) ta por perto, não é possível que eu esteja começando a ... deixa pra lá, é impossível.

Hoje é o nosso primeiro dia de aula, a (s/n) ainda não acordou e sua mãe pediu pra que chamasse ela pro café da manhã. Subi as escadas e fui indo até seu quarto. Bati na porta algumas vezes e chamei pelo nome dela, mas nada de respostas, ela tinha um sono bem profundo. Até que eu acabei me irritando e abri a sua porta sem mais nem menos.

E lá estava ela, deitada na cama, com os seus cabelos curtos bagunçados e com seu pijama que era basicamente uma camiseta masculina e um shorts bem curto, por causa disso, dava para ver bem de leve a sua calcinha, mas não continuei olhando, porque por algum motivo, sentia uma culpa por estar observando ela sem ao menos ela ter deixado. Naquele estado, ela parecia um lindo anjo dormindo.

Decidi acordar ela com mais delicadeza, sentei na cama ao lado de seu corpo e fiquei observando ela por um momento, a realidade é que eu não vinha me reconhecendo, tudo aquilo era bem estranho pra mim, mas eu preferia não pensar muito, ao invés de perder tempo pensando, preferia compôr músicas, enquanto me baseava nos meus problemas.

Chamei ela pelo nome, balancei seu corpo, cutuquei seu ombro, mas nada, nada funcionava, como pode alguém dormir tão profundamente dessa forma? Quando decidi me levantar pra pensar  em uma outra forma de acordar ela, fui puxado pelo braço e logo estava sendo abraçado por ela, mas ela citou um nome bem nessa hora: “Taichi”. Quem era ele? E porque ela tava chamando o nome dele nessas horas, enquanto me abraçava?

Não pude evitar em ficar irritado, levantei com tudo e me soltei dos braços dela. Então, gritei:

Yg: (s/n)!!!! ACORDA VOCÊ VAI SE ATRASAR SUA PREGUIÇOSA DO CARALHO

(s/n): hm...an? O que o Yoongi ta fazendo no meu quarto? Eu to sonhando?

Yg: NÃO, VOCÊ NÃO TÁ SONHANDO E É PRA ACORDAR LOGO DORMINHOCA – me aproximei dela e puxei suas bochechas pra me vingar pelo fato de ter me chamado pelo nome de um cara que não faço a mínima idéia de quem seja e nem quero saber, isso não tem nada haver comigo.

(s/n): Yoongi? Não puxa minhas bochechas logo pela manhã, isso dóooooi

Yg: A culpa é sua por dormir demais e me deixar irritado, vamos, acorda antes que eu puxe todo o seu cobertor

(s/n): Tá bom ta bom, eu já to acordando, pode deixar

Saí do quarto dela e a deixei a sós para se arrumar rapidamente, se não, chegaríamos atrasados logo no primeiro dia deu aula.



Pov (s/n)



Hoje, acordei sendo chamado pelo Yg, apesar do fato de que ele estava irritado com algo, ele veio me acordar, alguém com um sono tão pesado como eu, fico feliz que ele tenha feito isso por mim, se bem que não é grande coisa né.

Tive um sonho estranho, um sonho com o meu ex-namorado, Taichi. Sim amores, garotas como eu também já tiveram namorado. E ele em especial, é alguém muito importante para mim, a nossa história é um pouco complicada, mas resumindo, a gente começou a namorar, ficamos juntos por 1 ano e separamos porque já não estava dando certo e depois viramos praticamente melhores amigos. Inclusive, a gente conversa quase todos os dias, na realidade, acho que desde o início éramos para ser bons amigos, mas eu admito que eu gostava muito dele e que no fundo, não queria que tivéssemos acabado apenas como amigos, mas isso já é passado.

Me arrumei rapidamente, me maquiei bem simples, ajeitei meu  cabelo e desci para tomar o café da manhã. Depois disso, eu e Yg saímos de casa em direção ao colégio.

Chegando no colégio:

Yg: olha, ninguém pode saber que a gente ta morando juntos e não fala comigo na escola

(s/n): oxi que louco, porque?

Yg: você vai saber quando eu entrar na escola, então a gente se separa aqui.

Fiquei observando ele entrando na escola de longe e vi como são as coisas. Várias meninas cercaram ele dando bom dia, chamando o nome dele, senti que algo me incomodava, mas o que? Não sabia.

Ele realmente fazia sucesso nessa escola, e lá dentro ele era alguém totalmente diferente, gentil, engraçado, e cercado de garotas, um típico príncipe playboy que a gente vê naqueles doramas sabe. Não sei porque se fechava dessa forma, eu prefiro ele quando estamos em casa, ele não veste uma máscara quando estamos juntos, isso me deixa um pouco feliz, me faz me sentir especial.

Primeiramente fui para a sala dos professores, já que era aluna transferida, eu tinha que me apresentar pra classe.

Chegando na porta da classe com meu professor, ouvi as vozes das pessoas de dentro e senti meu coração palpitar rapidamente, eu estava muito nervosa.

Entrei na sala.

Professor: bom dia, tenho uma novidade pra vocês, uma aluna transferida do Brasil, por favor ajudem ela, já que ela não sabe de nada dessa escola. Enfim, pode vir se apresentar.

(s/n): Bom dia, meu nome é (s/n) e a partir de hoje estarei estudando com vocês, espero que nos demos bem! - dei um sorriso e tentei parecer o mais natural possível, mesmo que estivesse com o coração disparando a mil

Professor: okay, pode sentar ao lado daquele garoto no fundo, vamos começar a aula!

Fui lá e sentei na minha carteira.

(s/n): Oi, será que posso perguntar seu nome?

????: Ah sim, meu nome é Jungkook – disse um pouco envergonhado, acho que ele é do tipo tímido, que fofo

(s/n): Bom, espero que a gente possa se dar bem daqui pra frente! – disse sorrindo

Jk(Jungkook): Sim, bom, se tiver alguma dúvida pode me perguntar qualquer coisa...

(s/n): Ah sim, na verdade isso vai me ajudar muito porque eu não conheço ninguém ainda hehehe Então se você puder me apresentar alguns lugares da escola e essas coisas... eu ia ficar bem agradecida kkkk

Jk: kkkk entendi... Bom eu posso te ajudar então, no intervalo de almoço me espera na porta da classe que vou te guiar pros lugares, pode ser?

(s/n): Se estiver tudo bem pra você, ta tudo bem pra mim – sorri pra ele – já que vou estar dependendo totalmente de você hoje hahaha

Jk: Combinado então! – olhou nos meus olhos e me mostrou um sorriso sereno, o que me fez voltar meu olhar pra ele também, quando nossos olhos ficaram se observando por um tempo fomos interrompidos pelo professor

Professor: Vocês! Parem de falar, estão bagunçando logo no primeiro dia de aula? Sorte de vocês por eu ser bonzinho, mas fiquem quietos a partir de agora!

Quando ouvimos o professor, nos olhamos e começamos a rir um do outro, era como se nós já nos conhecêssemos há um tempo, nossas conversas rolavam em uma naturalidade que quem nos via jurava que éramos amigos de longa data.

Chegou a hora do almoço, então, encontrei com Jungkook na porta.

(s/n): Então, por onde começamos?

Jk: Ah, vamos comer

(s/n): Comer?

Jk: Você pretende ficar sem comer no intervalo de almoço? – disse rindo da minha cara

(s/n): Ah não sei né kkk Vamos comer então – começamos a andar pela escola

Jk: Vamos lá então, você trouxe uma marmita ou vai comprar?

(s/n): Hoje vou comprar, não deu tempo de fazer porque eu acordei atrasada hahaha

Jk: Então você sabe cozinhar? Que legal, me ensina um dia desses como pagamento por hoje hahaha, se quiser, claro – disse sorrindo

(s/n): Depois de falar assim, não tem como eu não te ensinar né, seria falta de educação não aceitar essa proposta – falei rindo

Assim, ficamos de combinar na casa de um de nós pra cozinhar e essas coisas. De repente, enquanto Jungkook me mostrava o pátio, um garoto aparece.

???: Eai Jungkook, quem é essa linda garota ao seu lado? – disse pegando e depositando um beijo suave na parte de cima da minha mão

(s/n): M-meu nome é (s/n), vou estudar nessa escola a partir de hoje, sou uma aluna transferida do Brasil – disse envergonhada com o ato dele

Jk: Não cai na dele (s/n) hahaha, esse cara é péssimo para garotas boas como você – disse sorrindo, encostando sua mão no topo da minha cabeça – Esse é o Jimin, ele tem a mesma idade que a gente

Jm(Jimin): Bom, ele só ta exagerando, mas não posso te dizer que não me interesso por garotas como você, então, toma cuidado porque posso te surpreender – disse olhando nos meus olhos e mordendo seu lábios, o que me fez arrepiar, estaria eu, sendo alvo de uma caça? HAHAHA impossível

Jk: Não contamina a (s/n), esquece tudo o que ele disse, ta? Vou te mostrar o terraço agora, vamos – falou segurando na minha mão e me puxando em seguida.

Assim, passei meu dia, um pouco confusa, mas feliz, sinto que vou conseguir seguir bem nessa escola.

 

Pov Yoongi

 

Hoje estava sendo realmente cansativo, as garotas não saiam do meu pé então não consegui nem conversar com meus amigos. Quando consegui um tempo, fui procurar por eles no pátio, mas acabo vendo algo.

“Porque Jungkook ta andando de mãos dadas com a (s/n)?” 


Notas Finais


Obrigada por ler! Se quiser dar alguma sugestão ou comentar se tá gostando da história, fica a vontade! AHSUAHUSA
O que vocês acharam do Jimin todo ousado?RSRSRS
Bom, gente se encontra no próximo capítulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...