História Strange Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook, Taekook, Vkook, Yoonmin
Visualizações 138
Palavras 1.771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HMMMM! Jungkook é azarado nessa vida... Só lamento Kookie.
Espero que gostem :D

Capítulo 5 - Meus olhos queimam


Todo mundo sabe que sábado e domingo são os melhores dias da semana. Relaxar, dormir e acordar tarde (se você não faz curso),  e tudo só melhora quando você fica sozinho em casa. Eu não via a hora de chegar o sabadão.

 

Pausa [><] O dia era para ser perfeito, pelo menos na minha cabeça estava, até acontecer o inesperado.

Play [>]

 

Acordei tarde, já eram 14:45 a casa estava muito silenciosa. Me levantei da cama limpando os olhos e fui ao banheiro fazer minhas higienes diárias, peguei a escova e coloquei a pasta nela, coloquei-a em minha boca e comecei a escovar os dentes.

Série o dia todo junto com pipoca. Isso que farei hoje!

Pela casa estar silenciosa obviamente eu estava sozinho. Mas... Onde será que o hyung foi?

Saindo do banheiro e indo para a sala, estava tudo limpo, o hyung deve ter levantado cedo. Avistei um post-it na TV, me aproximei para ver melhor.

 

“Kookie eu fui à casa do Yoongi e provavelmente dormirei lá hoje.

Fiz comida e comprei leite para você.

~ Tenha um ótimo final de semana <3”

 

 

Puf... Dormir lá uh? Jimin eu sei que você vai aprontar com o Yoongi, você irá se despir na frente dele e... O QUE EU ESTOU PENSANDO?

Tirei o post-it da TV e o amassei arremessando no lixo, obvio que caiu fora, mas não tem problema, depois eu limpo.

 Voltei ao banheiro, lavei minha escova e minha boca.

 

TINDOM

(era para ser o som da campainha)

 

Certeza que o hyung esqueceu algo.

Fui até a janela do quarto e dei uma olhada, infelizmente eu só conseguia ver o corpo, mas acho que não tem problema. É o Jimin mesmo não é?!

Peguei a chave e desci para abrir o portão, enquanto fui me aproximando eu fui percebendo algumas coisas.

O Jimin tem essa roupa? Desde quando as coxas do Jimin hyung são assim? O hyung não tem esse sapato...

Fui olhando para cima... para cima...

- Vai demorar? – Questiona Taehyung impaciente.

Porque você? Porque JUSTO você?

Com as minhas mãos tremendo levei a chave a fechadura e abri o portão.

- O-o que faz aqui? Como sabe onde eu moro?

- O Yoongi e seu amigo me ligaram dizendo que você estava sozinho. Seu amigo me mandou passar uma noite aqui já que somos “namorados” e porque você não pode ficar sozinho.

- HÃ? Eu posso ficar sozinho, pode voltar.

- Vai me convidar para entrar ou não?

Eu deveria?

- Tá... Entra...

Aquele Jimin e aquele Yoongi não prestam. Por isso ele deixou um “tenha um ótimo final de semana”, certeza que isso foi tudo combinado! E além disso eu ainda estava traumatizado com as barbaridades que o Taehyung me falou ontem.

- Jungkook? Vai ficar aí?

- Já estou indo... – Dei um sorriso falso.

Jimin você me paga! Parece que aquela queda não colocou seu cérebro no lugar.

Bati o portão e tranquei. Subi marchando atrás do Taehyung. O mesmo estava observando minha casa, ele passava a mão em todos os móveis, parecia que estava checando se estava limpo.

- Onde eu durmo?

Dormir? Ele é louco? Deve ter dado três horas da tarde e ele quer dormir?

- Ainda é cedo.

- Mas eu quero saber.

- Você...

Olhei para a estante e bati meu olho no porta retrato de uma foto minha toda estranha e ainda com o Jimin do lado, no mesmo sofá que ele estava tocando. Rapidamente corri e deitei o porta retrato.

- O que foi? Porque correu?

- Nada! Continuando... Você dorme no sofá.

- Não tem como dar uma cama para o seu namorado dormir?

Engoli seco, minha garganta pareceu ser rasgada por dentro.

- N-não! Não tem! Nem somos namorados e o hyung sabe que não.

- Ele parecia acreditar que namoramos.

Alisei minha testa ao imaginar o que eu teria que passar essa noite com o Taehyung.

- Você não quer ir para a sua casa? Eu digo que você ficou comigo.

- Eu prometi para ele que ficaria. Seu amigo é muito insistente.

É pedir muito para morrer agora?

- Jungkook... Porque seu amigo nunca puxa assunto?

- Como assim?

- Esqueça. Acho que estou pensando demais.

Estranho...

- Você quer comer algo?

- Não, comi antes de vir pra cá.

O que eu faço? Será que ele gosta de ver séries?

- Quer assistir algo?

- Não.

COLABORE COMIGO!

- O que quer fazer?

- Quero ler.

Ler? Quem diabos que ler na casa do outro?

- Ler?! O que quer ler?

- Que livro você tem?

Eu não lia muito, só quando necessário. Os livros que tem em casa são do Jimin e são os que ele alugou para o trabalho da faculdade.

- Eu não tenho muitos livr...

- O que é aquilo? – Me interrompeu e apontou para algo que estava atrás de mim.

"Aquilo"? Será que ele está vendo outra foto?

Olhei para onde o mesmo olhava, ele estava apontando para um livro de criança, meu livro de infância que guardei.

- Ah... É um livro meu que guardei... Desde criança eu o tenho.

- Posso ler?

- C-claro! Porque não né?!

Peguei o livro e dei para ele.

- Os três porquinhos...

Os olhos dele brilhavam, parecia que ele estava vendo até ouro na frente dele.

- Você nunca leu?

- Não, meus pais não me deixavam ler esse tipo de história.

- Como assim? Mas isso é para criança.

- Exatamente por isso que eles não me deixavam ler. Eu tinha que ler livros normais, sem imagens, com mais de cem páginas.

Que tipo de família era a dele?

- Pode ler.

Ele se acomodou no sofá, me sentei do seu lado. Quando ele abriu o livro ele sorriu, pareceu gostar demais do que via.

- Woah! Tem desenho...

Ele vive na caverna é? Se os pais dele não o deixava ver livros assim pelo menos as professoras da escola deveria ler para os alunos... Ou então ele deveria ter comprado um quando adulto.

 

Pausa [><] Vocês devem conhecer um amigo (a) ou talvez algum familiar que fica revendo milhares de vezes a mesma coisa? Pois é, o Taehyung é desse tipo. Eu cheguei a dar vários cochilos.

Celera [>]

 

Eu já estava cansado de vê-lo ficar sempre na mesma página, ele estava focado demais e relia várias vezes e SEMPRE estava rindo.

Será que ele está lendo mesmo?

Foi o que eu sempre estava me perguntando. Cochilei diversas vezes e quando acordava eu o via na mesma página.

- Taeh...

- Agora não, sh!

Então fica aí com esse livro velho!

Me levantei do sofá e ele segurou meu pulso.

- Aonde vai?

- Vou comer alguma coisa.

- Leia comigo!

- QUE MANÉ LER COM VOCÊ! JÁ FAZEM MAIS DE DUAS HORAS QUE VOCÊ ESTÁ NA MESMA PÁGINA!

- Mas você cochilou o tempo todo, não leu comigo!

- Era uma vez os três porquinhos... blábláblá... Esse livro é meu como e já o li diversas vezes! Estou cansado de ficar sentado do seu lado vendo você olhar a MESMA página!

- Oh...

- OH? OH NADA! O tempo todo gargalhava na mesma página por um momento achei que nem o lia e estava voando em seus próprios pensamentos. Você é estranho!

- Leia comigo, é divertido.

Ele me puxou fazendo eu me sentar no sofá. Eu estava tão cansado e tão irritado com aquele livro e o bendito do Taehyung, a cozinha estava tão perto e a faca...

- Você não está se divertindo.

- Não mesmo.

- O que gosta de fazer então?

- Ver séries, hoje eu tinha planejado ver o dia todo.

- Que série você está vendo?

- No momento The Walking Dead.

- Já vi.

Então morra!

- TSC! Então leia seu livro e eu vejo minha série.

-  Mas se você ver a série eu não conseguirei me concentrar no livro.

- ENTÃO LEIA SEU LIVRO E EU VOU DORMIR!

Me levantei bufando e fui para o quarto.

ESTRAGOU TODO MEU DIA!

Deitei na cama e tentei relaxar, tentei não pensar que o Taehyung estava na minha casa lendo meu livro de infância e que ele estragou todo meu planejamento para hoje.

 

Pausa [><] Acho que vocês não querem ficar sabendo da próxima cena a seguir onde eu o xingo mentalmente de todos os nomes possíveis que poderia ofende-lo. Então vamos pular para a parte em que meu dia (que já não estava bom) foi completamente arruinado.

Acelera muito [>>]

 

- Jungkook? – Me chamou sussurrando.

- O que você quer?

- Acho que eu ouvi algo.

- E daí?

- Parece que entrou alguém aqui dentro.

 

BUM!

(o barulho de algo caindo vindo de lá de baixo)

 

- Ouviu isso? – Taehyung perguntou assustado.

- Ouvi...

Eu comecei a ficar com medo também.

- Vamos nos esconder. – Sugeriu o mais velho.

Era uma ótima ideia do momento. Me levantei calmamente da cama e o puxei para dentro do closet.

 

Pausa [><] Esse closet era extremamente pequeno e muito apertado, então vocês podem nos imaginar espremidos ali quase nos beijando.

Continuando [>]

 

- Você não trancou o portão?

- Eu tranquei! Eu tranquei!

- Então pularam...

Ouvi risadas vindo de lá de baixo e então o barulho de alguém subindo as escadas.

- Você está com seu celular não é? – Perguntou Taehyung.

Olhei o vão da porta do closet, eu havia deixado meu celular em cima da cama.

- Você é um burro!

- Numa situação dessas eu nem lembrei.

- Como vamos chamar a polícia?

A porta foi aberta, os passos eram acelerados, parecia que a pessoa que estava dentro de casa estava correndo.

- Não faça barulho. – Ordenou o mais velho.

Passos e mais passos, não era uma pessoa só, parecia ser duas.

- Estou com tanto medo... – Disse com a voz trêmula.

Olhei novamente pelo vão da porta do closet, meu celular estava tão longe, mas tão perto...

 

PÁ!

(a porta do quarto que já estava aberta foi batida na parede)

 

As risadas ficaram mais altas e então... Jimin e Yoongi se deitam na cama P E L A D O S!

- Dessa vez eu não irei te perdoar Jimin. – Disse Yoongi.

- Você sabe que eu não aguento tudo de uma vez.

Olhei para o Taehyung que estava tão espantado quanto eu. Ele me olhava imóvel.

- Jiminnie... Eu vou enfiar tudo e você vai ter que aguentar sem gritar. Vamos depressa antes que o Jungkook e seu namorado cheguem.

Porque eles não fizeram isso na casa do Yoongi? Porque aqui? PORQUE ELES VIERAM PARA CÁ?


Notas Finais


Porra Jimin!
O tajinho do kookie só queria ver séries o dia todo, não pornô ao vivo do lado do Crush


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...