História Strange Magic - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Fantasia, Luta, Magia, Romance
Exibições 5
Palavras 1.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoal,espero que curtam a fanfic,se tiver alguma Dica ou crítica construtiva pode me falar,Boa Leitura e até as notas finais.

Capítulo 1 - O Inicio


Fanfic / Fanfiction Strange Magic - Capítulo 1 - O Inicio

19/06/2063 ás 15:22 Nas Províncias De Gharnes

Estava confusa a agitação do momento me deixava naquele estado,como princesa de  Lesirih não podia deixar aquilo me afetar por muito tempo,devo me recompor e coordenar tudo corretamente.

Breve chegaram os príncipes e princesas dos outros Reinos,Falando nisso acho melhor me dirigir a biblioteca e pesquisar mais sobre o assunto séria trágico não saber pelo menos o básico sobre eles.

Andei lentamente até a Biblioteca,observo o local e os servos correndo para lá e para cá desesperados afim de terminar tudo a tempo.A luz do sol que emanava das janelas batia no meu cabelo cor de rosa e deixava o mesmo com uma cor mais vivida e brilhante,o som dos meus passos ecoavam pelo lugar que apesar da turbulência estava silencioso.

Finalmente encontro a estimada Biblioteca,toco os meus finos e pálidos dedos na porta de um metal rígido e de um tom alaranjado,deslizei meus dedos pelos seus detalhes e logo após empurrei-a e ela rangeu um pouco até ficar completamente aberta,dou de cara com milhares de estantes com uma enorme diversidade de cores,tamanhos e gêneros,o cheiro das páginas enriquecedoras de cada livro adentravam pelas minhas narinas,dei um leve suspiro e continuei caminhando fui até a sessão ''Reinos'' e procurei atenciosamente passando meus dedos pela lateral dos livros e lendo seus títulos rapidamente,depois de alguns momentos encontrei o que estava procurando e apanhei-o.Sua capa era grossa assim como sua espessura,ele era marrom e seu título em um dourado fascinante,abri e fui direto para o sumario,primeiro abri na página 13 que falava sobre o Reino Gharnes,comecei a ler prestando bastante atenção.

Reino Gharnes: Em sua maioria é feita por Elfos e Fadas,sua especialidade são sua alta habilidade com ervas medicinais,Poderes envolvendo a natureza,Música e dança e ótimos e pregar peças e fazer travessuras,sua Rainha é uma ninfa bastante poderosa e esbelta chamada Evellyan

Reino Helsken: Os sobrenaturais predominantes são Lobisomens e Vampiros,não se sabe como o Rei Sholder conseguiu fazer essas raças se darem bem,o mesmo é um Vampiro temido por muitos em todos os Reinos,eles são talentosos em Lutar corpo-a-corpo e os rumores dizem serem bons cozinheiros.

Reino Lesirih: Basicamente constituído por Bruxas (os) e Feiticeiros (as),são conhecidos por fazerem poções potentes e seu vasto conhecimento sobre Magia,Governada pelo Rei Hunter e a Rainha Clarice,dizem que para chegarem ao poder sabotaram outros Reinos.

Fechei o livro Bruscamente,um som alto tomou conta da silenciosa Biblioteca,bufei com raiva pelo que havia acabado de ler,Fechei os olhos por um momento tentando manter a calma,Abri eles novamente.

-Como eles ousam escrever isso sobre o meu Reino? essas mentiras desprezíveis causaram tanta repercussão que caiu até nos livros-murmurei para mim mesma em um tom frustado. Tomei o livro em minhas mãos e coloquei-o na estante novamente,me virei e caminhei até a saída.

Senti que estava sendo observada e parei no mesmo instante,olhei ao redor e nada,voltei a caminhar dessa vez com passos mais rápidos não que o salto e o vestido permitissem tal ação funcionar com sucesso,a sensação continuava e cada vez mais me sentia incomodada,senti que até meu ultimo fio de cabelo havia se arrepiado,alguém tinha tocado meu ombro me virei e vi que era apenas um servo e parecia muito cansado.

-O que houve?-virei-me em sua direção ficando de frente para ele.
-Desculpe princesa incomoda-la princesa Allyce,mas estão solicitando sua presença na entrada-ele usou o restante do folego que existia dentro de seus pulmões pois logo que terminou de falar começou a procurar por ar.
-Já chegaram?! Obrigada,se quiser pode descansar pelo jeito você trabalhou o suficiente-com um tom gentil agradeci e o mesmo balançou a cabeça em forma de confirmação com uma expressão agradecida.

No fim era só o criado.

Coloquei as mãos sobre os bordados do vestido e levantei-os um pouco para poder me locomover mais rapidamente. Comecei a dar passos cada vez mais ligeiros em direção a entrada,meus longos cabelos balançavam Insanamente para os lados e chicoteavam as minhas costas. Escutei bastante murmurio próximo a mim,aumento o ritmo e chego ao encontro dos demais que me olham da cabeça aos pés e voltam a olhar para a multidão que se formou. Soltei o vestido e fiquei ao lado de um dos príncipes e assim que a Diretora e o Diretor apareceram um silencio imediato se instalou.

-Bem-vindos a Escola de treinamentos Strange Magic,espero que se sintam confortáveis e acolhidos,aqui vocês iram treinar seus poderes para o possível combate contra o Reino Unknown,seus representantes serão os seus amados príncipes e princesas então qualquer dúvida se dirija a eles-A diretora falava com um entusiasmo incrível.Ela ficou de lado e nos apresentou para o povo,em seguida se retirou e deu lugar ao diretor-
-Vocês não estão aqui para brincadeira,saibam que a vida de seus Reinos dependem disso se não quiserem ver seus familiares mortos aconselho a darem o máximo de si aqui,Há um limite de poder graças a nossas barreiras então podem tirar o cavalinho da chuva se acham que vão fazer o que bem entenderem ,agora podem dar uma volta pelo local,hoje não haverá aula então aproveitem,passar bem- Ele recitou cada palavra friamente e em um tom duro,em meio a multidão vi expressões assustada e outras simplesmente irritadas,ele foi rígido demais para apenas um discurso de boas vindas-

Observei enquanto a multidão se desfazia,fiquei uns minutos parada apenas sentindo a suave brisa do vento tocar meu rosto por um momento me desliguei e senti como se estive-se sozinha e nada pode-se me atrapalhar.

-Princesa Allyce?-uma voz masculina chamou pelo meu nome.Me virei para ver quem havia retirado meu momento de paz interior-
-Sim?-com um leve descuido deixei soar a frustração em minha voz.Era um garoto de um tom de pele mais escuro que o meu,seu bronzeado era estonteante e os seus olhos castanhos claros eram hipnotizantes, o cabelo preto como carvão apresentava um brilho de dar inveja a muitas donzelas,apresentava vestimentas um tanto incomuns para mim.
-Desculpe se atrapalhei vossa alteza,sou Jesen e vou dar o máximo de mim para ajudar-Sua voz era doce e suave,ele se curvou e logo em seguida levantou novamente.
-Me ajudar? cada membro da família real vai ter um ajudante?-Levantei a sobrancelha direita e olhei para ele com uma expressão confusa pois não haviam comentado nada sobre isso para mim-
-Sim,pensei que já tivessem falado sobre isso,mas não se preocupe você já sabe agora...-Ele parou de falar repentinamente e levou a mão até seu cabelo balançando-o um pouco-Bem...acho que é tudo,qualquer coisa pode me chamar até mais-Acenando e com um sorriso no rosto ele se distanciou cada vez mais de mim-
-Então o melhor no momento é ir até o meu quarto e descansa--Fui interrompida por uma garota que usava um vestido Azul Escuro com alguns detalhes parecidos com plantas cor azul clara,usava um leque que cobria de seu nariz até o pescoço,seus olhos eram de um Violetta estonteante semelhantes há Ametistas,um lindo e longo cabelo azul marinho que ia até a cintura e em suas pontas algumas mechas encaracoladas.
-É a princesa Allyce de Lesirih não é? não é tudo isso como  os rumores dizem- Ela com a sua mão livre tocou meu queixo e inclinou minha cabeça para cima e retirou o leque deixando a amostra o restante do seu fino rosto branco como papel,tinha a impressão que se toca-se ele poderia quebrar como uma frágil porcelana.
-Sim,e você parece ser a princesa de Helsken,então é verdade seus olhos são as mais belas ametistas,gostaria de me soltar por gentileza?-Com uma voz gentil e uma expressão calma pedi pacificamente para ela me soltar-
-Sinto muito,me Chamo Gleyci é um prazer até qualquer hora princesa,cuidado para não se perder hihi-Dizendo isso ela me soltou e reabriu seu leque de uma maneira elegante e dando uma risadinha hipócrita caminhou em direção do que parecia ser o Jardim.   

Dei um suspiro e balancei minha cabeça para os lados tentando ignorar o que acabou de se passar.

É incrível como as coisas na nobreza  funcionam Tratados,Uniões,Acordos,Laços,Guerras,Discórdia e o principal Hipocrisia as vezes me sinto sufocada com tudo isso mas eu meio que já estou acostumada viver sua vida todo confinada num castelo estudando faz você aprender e escutar muita coisa.Como meu pai sempre diz ''A Hipocrisia é a chave do sucesso'' Não sei por qual motivo ele concorda cegamente nisso e nem o que o levou a tal pensamento e sinceramente não quero nem imaginar.

Levo meus olhos até o e percebo que já são 15:05.

-Oh não!,eu esqueci completamente da reunião.Novamente levantei um pouco o vestido do chão e andei o mais depressa que aquela situação me permitia e a sensação de estar sendo observada tinha voltado para me assombrar. 

 


Notas Finais


Muito obrigado se você leu tudo,até o próximo capitulo beijos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...