História Stranger - Vhope - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 157
Palavras 636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Eightt


[ 3 De maio 2:50 PM ]
 Comecei a ficar mais entendiado ainda, e a Curiosidade aumentava, Será que era mesmo TaeTae? Eu precisava ver mesmo se era ele..
Cheguei perto do garoto de saias rosas novamente, E Comecei a observar, Ele tinha a mesma aparência, mas não era tão igual.. Ainda estou com um pouco de medo de perguntar.

Desviei meu caminho o seguindo e fui para outro lado, E Ele logo percebeu minha presença seus olhos fixaram em meu corpo, mas eu continuei seguindo em frente sem falar uma palavra sequer.

Quando eu menos esperava, eu vi uma sombra me seguir, olhei um pouco para baixo e vi Um tênis branco, e era exatamente oque aquele Garoto que estava vendo pouco tempo atrás. Decidi dar passos rápidas a procura de ignora-lo e não iniciar uma conversa.

- Ei espere... Espere.. - Ele falava atrás de mim, Até que eu parei.
Para minha surpresa, ele não foi até mim, foi até uma garota que estava na minha frente, eu fiquei de boca aberta com aquilo, Fui trollado mais uma vez, Ai hobi idiota e mongoloide.

Bem, eu decidi me desviar mais uma vez daquele caminho, Tava pouco me ligando para oque aqueles dois estavam dialogando, Então simplesmente dei de ombros e fui-me embora do local.

Até que de novo recebo uma mensagem. Peguei meu celular e o desbloqueei com minha senha curta, fácil e super fofa que era simplesmente meu apelido preferido! Hobi.

Era TaeTae me chamando.
[ TaeHyung •Online ]
Tae - Oi meu bebê, Cade você? 

Hobi - Eu estou na minha escola horrível.
Tae - eu também... que chato né.

Hobi - Sim sim... 

Depois daquilo, comecei a andar. para frente, Eu estava muito distraído Mexendo em meu celular branco, Até que trombo em uma pessoa desconhecida sem querer.

- A-Ai, desculpe...
- N-Nada, a culpa foi minha... - 
Quando fui ver, eu dei cabeçada com o mesmo menino que eu estava vendo a poucos meninos atrás, Começamos a nos olhar confusos, mas eu sabia que esse garoto era a cara de Tae, meus lábios se mexiam mas não saiam nada deles.

Eu comecei a me tremer, será que era mesmo ele?
Corri do local, a procura de me esconder e nunca mais ver ele novamente, Até que ouço gritos de ''Ei espere''! e ele andava para perto de mim...
 
Só faltava eu chorar, se essa pessoa ser a que estou pensando que é Vou morrer de felicidade...
Comecei a ignorar cada chamada que ele me dava, Até que recebo um puxão no braço que grito de dor, Parece ter deslocado mas não.

- A-ai... - 
- Por quê Correu assim? oque eu fiz para tu ? - 
- N-Nada, eu nem sei quem é você... - Aish, agora estou parecendo um pimentão, ótimo.

- Tudo bem... quer ser meu amigo? - Ele deu um leve sorriso e eu assim retribui todo contente e alegre parecendo um bobão.
- Siiim, eu quero! - Eu lhe dei um abraço como se conhecesse a muito tempo.

Agora que estou vendo, não parece muito tae, Parece ser mais velho ou sei lá, talvez eu esteja fundo uns para achar que parece com ele, Mas agora oque importa é que eu tenho um amigo, Coisa que raramente acontece nessa minha linda vidinha de tabelas de sofrimentos de J-HOPE 

- Eu nunca tive amigos, homens... então.. Se eu te tratar de forma estranha, me desculpe entendeu? - Ele disse com a cabeça para baixo.
- Não não, mas tipo de que forma você quer dizer? - 
- Uma forma, um pouco carinhosa, Afinidade em mil... como se conhecesse a muito tempo, - 

- Ahh, isso é fofo.. tudo bem, eu não ligo.. - Eu dei um leve sorriso ao vê-lo aos meus braços me abraçando carinhosamente

[...]
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...