História Stranger Dreams (Camren) - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Justin Bieber, Lauren Jauregui
Exibições 1.134
Palavras 2.532
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 50 - Where Is Harry?


P.O.V Camila

 

 Depois de finalmente conseguir dormir uma noite tranquila e sem aquele tipo de sonho, eu posso dizer que estou disposta para fazer a limpeza naquela casa de campo. Lauren chamou Justin e Harry para ir com a gente, e é claro que o meu casal favorito, Logan e Niall irão também. Por sorte a Emma vai passar o fim de semana em sua casa, então não precisamos nos preocupar com desconfianças. Após tomar meu banho e comer algo de café da manhã, eu fui encontrá-los no carro da Lauren. Iriamos passar no Walmart para comprarmos produtos de limpeza e bebidas, o dia vai ser cansativo e divertido.

 

...

 

Chegamos no supermercado depois de muita bagunça e risadas no carro, Lauren estacionou e no mesmo momento Logan gritou fazendo todos pensar que Lauren havia atropelado alguém.

 

- O que foi, cara? -Harry respondeu com a mão sobre o peito. - Qual seu problema?

- A EMMA ESTÁ VINDO FAZER COMPRAS AQUI! -Ele gritou e todos nós entramos em desespero.

- ELA VAI DESCOBRIR. -Harry gritou junto com Justin, estava tão descontrolado que Niall teve que dar um tapa em seu rosto.

- Calma, pessoal. Ainda é meio dia, Emma levaria uns 40 minutos da casa dela até aqui. -Niall disse tentando nos acalmar. 

- A mensagem chegou agora, ela mandou faz 30 minutos. -Logan disse assustado.

- PORRA, LOGAN.-Justin disse dando tapas em sua nuca junto com Harry.

- Temos dez minutos para comprar bebidas e produtos de limpeza... CADA UM PEGA UM CARRINHO, VAMOS, PESSOAL. -Lauren disse saindo do carro e correndo para dentro do Walmart.

 

 Harry saiu correndo logo atrás balançando os braços e gritando feito uma garotinha, corremos atrás e então nos separamos quando cada um pegou um carrinho.

 Saí correndo pelo corredor atrás das prateleiras de produtos de limpeza, mas Niall já havia chegado primeiro, então não pensei duas vezes e corri até os esfregões, peguei sete e então corri até a ala de alimentos, não sabia o que cada um comia, então coloquei vários marshmallows e Doritos. Faltavam apenas 5 minutos para sairmos dali quando vi várias pessoas correndo para um lugar só, me perguntei se havia acontecido algo com os meninos ou até mesmo Lauren e então corri pra lá, e realmente era. Harry estava sendo segurado por um segurança enquanto Lauren, Justin, Logan e Niall tentavam se explicar para o gerente do Walmart. Parece que Harry pegou uma caixa de detergentes do carrinho de uma mulher e ela não gostou nem um pouco, obviamente.

 

- Eu peguei o detergente, EU SEI QUE ELE É SEU, SE NÃO QUISER CAIR NA MADEIRA VOCÊ FALA DIREITO COMIGO, GATA. -Harry disse indo pra cima da mulher que também estava sendo segurada por outro segurança. Vamos acabar dando de cara com Emma por causa do descontrole de Harry.

 

 Corri até Lauren e avisei que só faltavam dois minutos, pegamos nossos carrinhos e o dos outros garotos e levamos até o caixa mais vazio. Começos a passar as compras e a pagar quando Logan gritou novamente.

 

- OLHA A EMMA ALI! -Apontou o dedo para a entrada do supermercado. Emma estava andando com o carrinho enquanto tirava fotos com o celular. No mesmo momento Lauren socou seu braço para que parasse de gritar.

 

 Justin apareceu correndo do fundo do supermercado enquanto duas crianças corriam atrás dele gritando sobre um milk-shake roubado. Ele entrou na multidão e então tirou Harry dos braços do segurança que ficou sem reação. Jogou Harry nos ombros e então pegou a caixa de detergente e a jogou dentro do carrinho junto com todas as compras que estávamos passando no caixa. Lauren jogou duzentos dólares para a mulher que nos atendia e então corremos para o estacionamento. Aquele momento foi tão desesperador que estávamos rindo sem parar de tudo. Harry gritava o tempo todo que as crianças e o segurança estavam se aproximando, sua voz estava mais fina que a minha. 

 

- EU JÁ TÔ FICANDO ROXO! -Harry gritou por Justin o segurar apertando sua cintura e de alguma forma prender sua respiração. Justin se irritou e o jogou dentro do carrinho.

 

 Colocamos tudo no porta-malas e entramos no carro ás pressas. Ótimo, vamos ser presos faltando dias para a festa de Emma.

Lauren deu a partida no carro e saímos dali o mais rápido possível. Ninguém nos pegou a não ser pelo radar de multas. Nos ajeitamos no carro e rimos da situação até que nossas barrigas começassem a doer relembrando de cada momento. 

 

- Cara, aquilo tudo não daria duzentos dólares, você é tão burra. -Justin disse rindo da cara de Lauren.

- Não tem problema, peguei o dinheiro da sua carteira. -Ela retrucou e começamos a rir novamente.

 

 O caminho inteiro até a casa de campo foi seguido de reclamações das nossas dores de barriga e do frio que estava fazendo. Quando chegamos na casa já havia se passado duas horas e a neve havia piorado, mas tínhamos um dia todo pela frente, tempo não era problema. Saímos do carro e percebemos que estava faltando alguém conosco.

 

- Ops... -Justin disse mordendo os lábios. - Acho que deixei o Harry no carrinho.

- Justin! -Todos disseram ao mesmo tempo.

 

 Ligamos no celular de Harry e ouvimos um toque dentro do carro, mas não havia ninguém ali, nem um celular. Começamos a ouvir barulhos de golpes atrás do carro e decidimos abrir, no mesmo momento Harry caiu na neve com todas as compras.

 

- Seu filho da puta, você fez de propósito. -Harry se levantou dando tapas no peito de Justin que não parava de rir.

 

 Entramos na casa e eu e Lauren guardamos as besteiras na cozinha. Eu estava guardando as bebidas quando Lauren me abraçou por trás e beijou meu pescoço, senti meus pelos arrepiarem.

 

- Lauren! -Disse sorrindo e me virando para ela.

- Shhh! -Ela disse me levantando e me colocando sobre a bancada. Começou a distribuir beijos pelo meu pescoço e a morder meu lábio enquanto suas mãos entravam debaixo de minha blusa.

 

 Fechei os olhos e deixei escapar um suspiro ao sentir a língua de Lauren vir de encontro com a minha, mas fomos interrompidas por Niall.

 

- Não é hora disso, precisamos limpar essa casa empoeirada! -Ele disse nos molhando com as mãos depois de mergulhá-las em um balde de água.

 

 Dei um último beijo calmo em Lauren e então peguei um espanador, talvez o serviço mais fácil.

 

- Podemos ficar no mesmo cômodo. -Lauren disse enquanto ‘’abraçava’’ minha cintura.

- Como se você fosse limpar alguma coisa se eu estivesse com você. -Eu ri.

- Tentei. -Ela disse por fim e me deu um selinho.

 

 Nos separamos pelos cômodos da casa e começamos a limpar, infelizmente não fiquei junto de Lauren ou não iria conseguir limpar nada. Mas fiquei com Justin. Comecei a passar o espanador pelos móveis planejados da sala de estar, Justin varreu todo aquele espaço enquanto fazia da vassoura o seu microfone, Lauren havia colocado Green Day para tocar no som do carro lá fora. Estava alto o suficiente para que pudéssemos ouvir de todos os cantos da casa. Como meu trabalho era mínimo acabei terminando antes de Justin, então decidi limpar o quarto de Lauren já que ninguém se ofereceu.

 Entrei no quarto e me perdi imaginando como deve ter sido morar aqui. Seu quarto é todo colorido e ela tem vários livros e pôsteres legais, lembranças... Sempre quis conversar com Lauren sobre a sua vida pessoal, mas pela sua afeição não parece gostar muito desse tipo do assunto. De qualquer forma, qualquer que tenha sido seu passado, sei que foi uma boa pessoa. Meu celular vibrou e acabei voltando de volta para a Terra, era um convite no Skype. Abri e no mesmo momento a tela da webcam se abriu, era Halsey.

 

- Como encontrou o meu Skype? -Perguntei á Halsey enquanto observava o lugar em que ela estava, acho que conheço esse lugar, mas ao mesmo tempo não me recordo.

- Oi também, Camila. -Ela riu ficando vermelha. -Nossa, você está linda, a cada dia me surpreendo com a garota maravilhosa que voc... -A interrompi.

- "A cada dia"? -Halsey não pode estar aqui, ainda falta muito até que o estágio acabe. E se estiver me espionando?

- Não preciso vê-la para saber que está linda, sei que está. -Ela sorriu e dei um suspiro de alívio. - Enfim, estou com saudades, Camila. Sinto falta do nosso encontro, falta do seu beijo. Eu estou apaixonada por você, sabe disso, não sabe? -Ela disse se sentando na janela.

- Halsey, eu já te expliquei que eu e Laur... -Vi uma lágrima cair do rosto de Halsey e senti meu coração se partir.

- Não se preocupe, eu sei. E sei que isso é passageiro, vai ser. -As lágrimas pararam de cair e Halsey abriu um grande sorriso, o que me fez questionar se ela estava fingindo.

- O que disse? -Perguntei.

- Vejo você em breve, Camila. Eu amo você, espero que fique bem. -Halsey fez um coração com a mão e desligou. Antes que eu pudesse ao menos refletir sobre o que acabara de acontecer Lauren agarrou minha cintura me fazendo pular de susto.

- L-Lauren, oi. -Me virei para ela e a abracei sem dizer nada.

- Aconteceu alguma coisa? -Ela disse me fazendo olhar para ela.

- Não, eu só me assustei. -Respondi. Não quero encher ela com isso, Lauren anda se estressando demais com Halsey e eu também.

- Os garotos fizeram uma fogueira nos fundos. A floresta ajudou. -Ela sorriu e me deu um selinho. - Vamos? -Perguntou.

 

 Assenti com a cabeça e pegamos alguns cobertores, descemos as escadas e Lauren me abraçou de lado. Fomos até a fogueira e os meninos estavam sentados em troncos de árvore cortados em volta da fogueira com uma grande bandeja de marshmallows ao lado e algumas garrafas de bebidas. Niall estava abraçado com Logan com a cabeça apoiada em seu ombro e Harry estava sentado do lado de Justin com os braços cruzados e uma cara feia, talvez pelo que aconteceu hoje. Mas Justin pareceu não ligar.

Entregamos as cobertas para cada um e sentamos ao lado de Justin. Lauren me abraçou de lado e então nos cobriu.

 

- Cara, o dia foi cansativo. -Justin disse enquanto colocava um marshmallow sobre a fogueira.

- Vai se foder. -Harry disse jogando o marshmallow de Justin na fogueira e nos fazendo rir.

- Qual é, Harry, não vai acontecer de novo. -Lauren disse tentando amenizar a sua raiva.

- Eu quase morri. -Revirou os olhos. Justin o olhava sorrindo e ao mesmo tempo tentando não rir, tentava pedir desculpa, mas nada era suficiente.

 

 Justin então o abraçou com força enquanto dava beijos em sua cabeça, Harry o socou no meio das pernas dizendo que o desculpou, mas que teria volta.

 

- A neve está aumentando, pessoal, e já anoiteceu. É perigoso voltar para o campus com esse tempo e essa escuridão, o farol do carro não vai ajudar muito. -Niall disse enquanto se aconchegava nos braços de Logan. Os dois são tão cuidadosos um com o outro que é impossível não sorrir vendo esses momentos.

- Podemos passar a noite aqui, todos os quartos estão com camas e tem quarto o suficiente para todos nós. Mas não tem mais aquecedor. -Lauren disse e vimos e todos começaram a reclamar.

- Podemos tirar o sofá da sala e colocar todos os colchões ali, tem um aquecedor lá. -Dei a ideia para Lauren e todos concordaram.

 

 Passamos a noite na fogueira conversando e rindo. Aos poucos o fogo foi se apagando e decidimos entrar. Os meninos foram pegar alguns colchões e cobertas para levar para sala e Lauren foi pegar o colchão de seu quarto. Deixei que fosse sozinha, mas a escuridão estava me assustando e fui até o quarto. Entrei e fiquei parada na parede ao lado da porta apenas observando-a. Lauren é tão bonita e tão boa comigo, sabia que no fundo, aquela garota que era rude comigo nas madrugadas em que nos encontrávamos por acaso nos corredores do campo não era totalmente assim. As coisas mudaram tanto com o tempo.

 

- Ouviu o que eu disse? -Lauren perguntou estralando os dedos diante dos meus olhos me fazendo acordar.

- O que? Desculpa. -Ri colocando a mão sobre a testa. 

- Tudo bem ficarmos aqui essa noite? -Ela disse me puxando para perto de si.

- Claro. Os outros querem também. -Respondi e então a beijei calmamente.

 

 Lauren acariciava meu rosto enquanto afastada meu cabelo do rosto colocando atrás de minha orelha. Comecei a andar junto com ela até a cama e a empurrei fazendo com que se sentasse. Sentei em seu colo e seus dedos deslizaram pelo meu rosto e desceram até o meu ombro, derrubando meu casaco. Deu beijos em meu ombro e leves mordidas em meu pescoço, tirou meu casaco e me deitou, então fechou a porta do quarto e voltou para a cama deitando por cima de mim.

 Lauren contornava minha silhueta com a ponta dos dedos enquanto me olhava nos olhos, me beijou de forma intensa e suas mãos foram parar debaixo de minha blusa, apertando meus seios e os massageando. Dei um gemido entre o beijo e Lauren pareceu se divertir com isso. Afastou minhas pernas uma da outra, colocou sua coxa no meio e começou a força-la no meio de minhas pernas me fazendo gemer novamente. A medida que os gemidos aumentavam ela forçava mais, coloquei a mão na boca para que ninguém nos ouvisse, mas talvez fosse quase impossível. Desci minha mão por suas costas e apertei sua bunda enquanto ela beijava meus peitos com minha blusa levantada, quando colocou a mão em minha calça e eu a impedi.

 

- Já devem estar sentindo nossa falta, vão desconfiar. -Eu disse sussurrando enquanto beijava seu pescoço.

- Só mais um minuto. -Lauren disse.

- Nada disso. -Retruquei e então a tirei de cima de mim. Arrumei minha blusa e coloquei o casaco, pegamos os colchões e os cobertores e fomos pra sala.

 

 Chegando lá todos nos olharam com uma expressão estranha e começaram a gemer sem parar me deixando vermelha como um tomate.

 

- Nunca pegaram alguém, idiotas? -Lauren disse jogando a coberta em Justin.

 

 Organizamos os colchões e ligamos o aquecedor. Olhando de longe parecia uma cama gigante, era o suficiente para todos nós. Justin e Harry trancaram as portas e fecharam as janelas cobrindo-as com as cortinas. Apagaram a luz e todos nós deitamos para ver um filme. Assistimos Invocação do Mal e Invocação do Mal 2, Niall e Logan foram os primeiros a dormir. 

Eu, Lauren, Harry e Justin continuamos a assistir. Me aconcheguei em Lauren e observei Justin e Harry. É como se, cada vez que eu os olhasse, os dois estivessem mais pertos um do outro. Deixei escapar um riso pensando nos dois juntos, mas ninguém ouviu.

 Aos poucos fomos dormindo. A casa se silenciou quando o filme acabou e só se podia ouvir os galhos batendo na janela. O dia foi longo, mas conseguimos limpar tudo e ainda tive ótimos momentos com Lauren. Nunca me esquecerei desse dia.


Notas Finais


PELA PRIMEIRA VEZ UM CAPÍTULO POSTADO EXATAMENTE AS 18h q
Espero que vocês tenham gostado, esse capítulo é um dos meus preferidos ❤️

Tenho mais uma pergunta: depois da Lauren e da Camila, qual personagem vocês mais gostam? XOXO

-L


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...