História Stranger Love - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, I'M, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Ki Hyun, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Jikook, Markson, Namjin, Vhope
Exibições 74
Palavras 1.987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá.... Eu disse que ia tentar postar ontem o terceiro mas não deu.. Agora sem mais delongas e bora pro capitulo...

Capítulo 3 - Terceiro


Fanfic / Fanfiction Stranger Love - Capítulo 3 - Terceiro

                           Jungkook   
                                  
   Ultimo dia de férias. Tinha que ser justo amanha o primeiro dia de aula? Não aguento mais a escola e o pior é que ainda falta mais ano que vem pra acabar.
   Quero um futuro sim, mas aquela escola só me da dor de cabeça e só não troco por causa do Hobi pois seus pais estudaram ali e é "coisa de geração", mas se tem uma coisa que eu tenho certeza é que quando eu sair da escola irei ser mais feliz do que nunca.
     Appa sempre diz que eu irei sentir falta das pessoas e dos professores e amigos, sendo que nem amigos tenho, só Hoseok mesmo, tirando ele ninguém.

      Estava perdido nos meus pensamentos ao acordar e meu celular toca, pego pra ver quem esta ligando e pra minha surpresa era Hoseok.

      -Oi- disse com a voz rouca pois recém tinha acordado.
  
      -Olá bixano-  disse alegre- Amanhã começa as aulas- disse como se aquilo fosse a melhor coisa do mundo- Preparado?
   
      -Hoseok se tem uma coisa que eu não estou é- dou uma pausa- não estou nem um pouco a fim de falar sobre a escola.

     -Nossa grosso, sei que não esta feliz pra amanhã, mas também não precisa da uma de cavalo pra cima de todo mundo
  
     -Desculpa Hobi, mas é que eu odeio a escola e você sabe disso não aguento mais aquela merda- disse e o mesmo riu- Ta rindo do que desgraça?- disse confuso.
   
     -E com escola você quis incluir a Kunna?- o escutei rindo.  
  
    -Mas que merda Hoseok- disse rindo- E respondendo a sua pergunta... Não.
 
    -Você ainda gosta dela né?- disse dando uma pausa e ficando em silencio,          provavelmente esperando minha resposta- É provavelmente você ainda ama ela.
  
    -Ela quem?- disse se fingindo de desentendido.

   -Jeon Jungkook eu juro que eu vou te bater. Para de se fazer de desentendido. Eu to falando da Julie.
                                                     

Sinto que vai dar merda.


  -Eu já disse que não gosto mais dela que merda, ela foi embora e eu tenho que superar isso Hoseok- disse com um suspiro, pois sentia que ia chorar se ficassemos falando dela.

   -Ta Jungkook, eu vou ai na sua casa porque eu preciso falar contigo e até porque não sou rico pra ficar falando pelo telefone sendo que moro do seu lado. Já to chegando.
 
  
   Estava só de bermuda mesmo, se tem uma pessoa que eu não me importo nem que me veja pelado é Hoseok. Tenho vergonha ate de appa, mas não de Hoseok.
  Não demorou muito pra tocarem a campainha. E logo a porta de meu quarto é aberta e vejo Hoseok entrando.

     -Então, eu sei que você gostava, gosta, ama sei lá ela, mas a gente precisa você esquecer ela. Você precisa desencalhar- disse se atirando na minha cama.

     -Hoseok você tem que entender, ela foi minha primeira namorada, minha única namorada que tive na vida toda, não é algo que se esquece da noite pro dia- disse e o mesmo me olhou com uma cara estranha.

Por mais incrível que pareça, mas eu tive uma namorada. Seu nome era Julie e eu realmente gostava muito dela, ela era diferente de todas, inclusive foi ela que se aproximou de mim. Foi a primeira pessoa que disse um "eu te amo" sem ser meu appa e Hoseok.
   Nos conhecemos quando tínhamos quatorze anos e foi com ela que dei meu primeiro beijo. Pois é, beijei a primeira vez com quatorze anos, diferente do Hoseok que perdeu o bv com oito anos de idade. Mas como
tudo acaba um dia, ela teve que voltar para os Estados Unidos. Fiquei muito mal pois a amava muito, mas por mais que o tempo passe eu nunca irei esquece-la.

   -Já sei, você vai ter que achar uma outra menina, me diz uma menina que você goste pelo menos um pouquinho- me olhou e sentou na cama esperando minha resposta- Vamos, não é uma coisa tão difícil assim.

    -Tá bom- parei um pouco pra pensar- Kunna? Eu acho que eu gosto um pouco dela.

     -Sabia- bate em sua coxa- Eu sempre vejo você babando por ela. Por que não me contou antes?  Lembra do nosso trato?

     -Primeiro, eu não babo por ela. Segundo, não te contei porque não é nada de mais e terceiro, nunca esquecerei de nosso trato.

    -Você baba muito por ela kookie, mas tenho que concordar que ela é bonitinha e  com certeza ira fazer você esquecer pelo menos um pouco da Julie, mesmo que não queira será necessário.

    -Tá mas como eu vou chegar perto dela e coisa do tipo?- perguntei e vejo-o dando um sorriso- Você ta pensando merda só pode.

     -Amanhã eu te falo melhor, agora eu vou ter que ir, e vê se amanhã vai arrumadinho né- disse como se fosse algo obvio.

    -Tá, só não pense em fazer nenhuma merda por favor Hoseok- disse e o mesmo da um sorrisinho malicioso- Hoseok- falo bravo.

    -Ok, ok. Não irei fazer nada. Agora vou indo tchau- disse indo ate a porta e saindo.

     É nessas horas que eu me pergunto como enfiar a cabeça na terra e não sair mais. Hoseok vai com certeza aprontar alguma e eu não quero estar perto.
     Eu acho que o que vai me ajudar a sair desses pensamentos será a comida do appa. É com certeza.
  Desci as escadas e fui pra cozinha, onde com certeza appa estaria, e acertei.

     -Appa- chamei e o mesmo que estava de costas se virou.

    -Boa tarde dorminhoco- riu- To fazendo kalbi-kui, sei que você ama.

   -Eu já disse que te amo?- disse e
começamos a rir.

         E assim foi o dia, comemos, assistimos muitos filmes e falamos um pouco sobre as coisas. Fazia tempo que não tinha um dia assim com appa, ele passa muito ocupado com o restaurante e sempre quando chega é muito tarde e está cansado.
     Mas como já era passado das onze tive que ir dormir porque amanhã terei que ir para aquele inferno vulgo escola.
   Estava dormindo em um sono profundo até que uma desgraça me liga.

Talvez eu cometa um assassinato hoje

    Olho para ver quem é o filho da mãe, o capeta do Chanyeol. Eu vou matar ele.

     -Eu juro que se isso não for algo serio amanhã eu te mato- disse ficando irritado- Você sabe que horas são?

    -São.... Exatamente 2:49, e eu to te ligando porque eu queria te pedir uma coisa- da uma pausa- Você me leva amanhã na escola?

    É definitivamente eu irei cometer um assassinato.

-EU NÃO TO ACREDITANDO SEU FILHO DA PUTA QUE VOCÊ ME LIGOU PRA ISSO. NÃO VOU TE DAR CARONA E AGORA VAI TOMAR NO CU- desliguei em sua cara.

    Porque uma pessoa liga as duas da manha só pra pedir uma carona? Ele tem merda na cabeça só pode. Ainda bem que estou com muito sono e consigo voltar a dormir, porque se eu não conseguisse eu ia matar ele agora mesmo.
      Parece que só consegui dormir cinco minutos e a bosta do despertador tocou. 5:30 da manhã, que droga.
    Desliguei o despertador querendo o tacar na parede e fui para o banheiro, meio que tenho uma vantagem por meu quarto ser suíte. Ligo o chuveiro e tomo um banho não muito demorado e faço o resto de minha higiene. Volto para o quarto e me troco, botando o uniforme e um tênis. Olho para o relógio e MEU DEUS SEIS E QUARENTA COMO ASSIM.
   Peguei minha mochila com as coisas já arrumada, meu celular e desci as escadas correndo. Appa já tinha preparado o café, comi um pão rápido, escovei os dentes e appa me levou para a escola.
    Cheguei lá faltando dois minutos para bater o sinal.  Corri até meu armário e deixei as coisas ali e peguei o necessário para a aula.
   Química, logo no primeiro período e o pior é que as duplas de química é sempre ela que escolhe. Eu to realmente fodido.
    Procurei Hoseok mas não o encontrei.
    Bateu o sinal e eu fui para a sala.
   Logo entrando cada mesa tinha um papel com o nome das duplas, procurei meu nome e não estava sentado ao lado de Hoseok. Mas quando fui ver Hoseok estava na minha frente, mas ao seu lado não se encontrava nenhum nome, assim como ao meu lado, talvez eu posso sentar ao seu lado, mas logo que a professora entrou percebi que talvez não.  Junto a professora entrou dois alunos que diria ser novos, um com uma estrutura um pouco baixa e cabelos castanho escuro, e o outro um pouco mais alto com cabelos castanho bem claro e logo a professora começa a falar.

     -Bom alunos, como podem ver esses são colegas novos- disse olhando para eles- Se apresentem meninos, digam qual o nome de vocês, idade e de onde vieram.


     Eu acho que ela pensa que eles mataram alguém, só pode.

    Então o baixinho começou a falar.

    -Bom, primeiramente bom dia, meu nome é Park Jimin, eu tenho 18 anos e eu sou daqui de Busan mesmo- então deu um sorriso.

   Que filho da puta, ele tem um sorriso muito bonito, aposto que já tem menina caidinha por ele.

     Depois o outro começou a falar.

   -Olá, meu nome é Kim Taehyung, me chamem de Tae, eu tenho 17 e sou de Daegu e também sou primo do Jimin- disse ele ficando corado.

    -Ah, não sabia que eram primos, que legal- disse na maior empolgação- Então meninos, sejam bem vindos a nossa escola. Temos dois lugares sobrando, Jimin do lado do Jungkook que esta sentado ali atrás e Tae do lado de Hoseok, o que está na frente.

   Não, serião. Eu não quero nenhum menino com para de filhinho de papai do meu lado, caralho viu.
    O menino veio e sentou do meu lado me analisando de baixo pra cima, super discreto. Já não gostei.

     -Oi, meu nome é Jimin- disse e deu aquele sorriso de novo.
 
    -É eu escutei quando você se apresentou- disse seco

    -Nossa, você é sempre assim ou acordou de mal humor?       
 
    -Não sei se você percebeu mas eu não estou afim de falar, obrigado.
                           
      Ele se virou e  começou a fazer as coisas que a professora pediu. Eu não estava gostando dele só pela sua cara, e ao contrario de mim e Jimin que não estávamos bem, Hoseok e Taehyung estavam se divertindo e contando coisas um para o outro. Tae parece legal.
    A aula de química tinha acabado então fui para a de historia e assim por diante, e a cada hora Jimin parecia me incomodar mais, sendo que nem palavras troquei direito com ele. 
   Bateu o sinal para o intervalo e eu fui direto no Hoseok.

    -Como vai você e seu novo amiguinho- disse dando ênfase no "amiguinho".

    -Não acredito que você ta com ciumes Jungkook, ele é só um aluno novo, estou sendo simpático. Já você esta sendo muito chato com o Jimin, nem conversou com o cara e já ta dando patada nele.

     -Sei lá- disse dando os ombros- Não fui com a cara dele.

    -Para de falar merda e vamos lá no Tae, irei te apresentar ele- disse me puxando pelo braço.

    -Oie Tae- disse Hoseok- Esse é meu amigo que eu te disse.

     -É eu vi ele na sala, ele ta atrás da gente né!?- riu.
 

     Só queria saber do que ele está rindo mas ok.

      -Oi meu nome é Jungkook- disse estendendo a mão e o mesmo aperta.

     -O meu é Taehyung, mas me chame de Tae ou de V, que na verdade é uma longa história mas pode me chamar-  disse dando um sorriso retangular.

 
    Acho que ter sorriso bonito esta na família.

    -Então, vamos comer- disse Hoseok e então concordamos.

    Conversamos os vinte minutos que tínhamos inteiro, gostei muito do Tae ele é muito gente boa. Ao contrario de seu primo que mal chegou na escola e já estava agarrado com uma menina no corredor. 
    Tão idiota.


Notas Finais


Já estamos vendo aqui um Vhope brotar minha gente..... Espero que estejam gostando. E desculpa qualquer erro. Bjs....

~Juh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...