História Stranger Things 3 - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Joyce Byers, Karen Wheeler, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Personagens Originais, Steve Harrington, Will Byers
Tags Revelaçoes, Stranger Things, Thirteen, Twelve
Visualizações 12
Palavras 207
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Chapter 8 - Blackout


Povs Twelve

Quando entramos numa casa abandonada, Eleven está desmaiada no sofá. 

- Tem algo errado com ela. - Clarke fala ao notar veias negras crescendo pelo seu corpo. -É exatamente igual a que Zero teve quando foi levado.

- Não há nada de errado com ela. Ela fica assim quando usa os poderes. - nossas veias.ficam azuis e não negras, mas resolvi não discutir com Mike. - Por favor acorde.

Falou e me senti mal.

Povs Hopper.

Vi o devorador de mentes. Aquele monstro das sombras. Duas pessoas ao lado dele. E eu as conhecia de algum lugar...

"Experimentos mortos:

Belle, 002:

Encontrar pessoas com sua mente, se conectar com eletrônicos.

Causa da morte: Pedido de assassinato movido por Brenner. Experimento 005"

O rosto de minha filha...

"Sarah, 003

Regeneração involuntária, levitar.

Causa da morte: Marcada para abrir portal com sua mente."

Eles a pegaram? Em todo este tempo? Bom... agora seu rosto era negro, assim como seu olho. Vestes de hospital, cabelo normal. 

- Por que não se oferece a ele pai?

- Você não é mais minha filha,

- Quem disse isso? - comecei a correr. - TEM MAIS DE NÓS! AJUDE-ME PAI! AJUDEM ELES! NÓS JÁ ESTAMOS MORTOS! MAS... ELE QUER NOSSO PODER! ME AJUDEEEE! AJUDE NOS!!!!!!! ' sai correndo ao ouvir um grito e ela voltar ao "normal".


Notas Finais


Curtinho, eu sei, mas hoje eu vou dormir


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...