História Strangers. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Riverdale, Teen Wolf
Personagens Alice Cooper: Mãe de Betty, Archibald "Archie" Andrews, Cheryl Blossom, Derek Hale, Elizabeth "Betty" Cooper, Ethan, Forsythe "Jughead" Jones III, Hal Cooper, Isaac Lahey, Jordan Parrish, Laura Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Marmaduke "Moose" Mason, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Peter Hale, Polly Cooper, Pop Tate, Reginald "Reggie" Mantle, Scott McCall, Treinador Clayton, Veronica Lodge
Visualizações 72
Palavras 1.458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Squamish - II


Fanfic / Fanfiction Strangers. - Capítulo 11 - Squamish - II

Point of View

Jughead Jones

 

Calmamente eu caminhei até ele, o ódio já percorria minhas veias e eu fechei meu punho pronto para desmanchá-lo em seu rosto, mas me segurei.

- O quê você quer? - Perguntei sério, e ele esboçou um sorriso cínico.

- Eu te fiz uma pergunta. - Ele respondeu enquanto apontava para placa.

- Nós viermos passar alguns dias aqui, talvez a gente vá amanha mesmo.. 

- Bom.. - Ele desviou seu olhar sobre mim, olhando para a loira. - Você precisa tomar cuidado, muito cuidado.. - Virou-se de costas para nós, adentrando as profundezas da floresta.

- Juggie.. - Senti as mãos meigas e leves da loira massagearem meus ombros e me virei, olhando-a fixamente. - O que ele queria?

- Nada de mais, relaxa aí.. - Me sentei sobre o chão de pedregulhos e ela sentou-se ao meu lado, como ela nunca desistia fácil, me lançou um olhar desconfiado.

- Ou você me fala eu vou descobrir sozinha! - Ela levantou-se bruscamente, foi até a barraca e pegou sua mochila e quando estava prestes a seguir a trilha da floresta eu me levantei e corri até ela segurando sua mão.

- Espera.. - Respirei fundo e fechei os olhos por alguns momentos, que foram o suficiente para que ela soltasse sua mão da minha e cruzasse os braços, com um olhar desafiador. - Você lembra dele, não é? - Voltei a olhá-la e ela apenas assentiu com a cabeça - Essa propriedade era da família dele, ele só disse que era meio errado nós ficarmos aqui.

- Ah bom.. - Ela descruzou os braços e largou a mochila no chão, assim sentando-se. Abriu a mochila, retirando umas bolachas. - Você quer? 

- Eu estou sem fome.. - Respondi, me deitando sobre a folhagem. 

- Você nunca tem fome, não é? - Ela perguntou, mordiscando sua bolacha. Eu apenas sorri e fiquei quieto.

- Meninos, a gente vai entrar.. - Disse V, arrastando Archie até a barraca.

- V-você vai entrar agora? - Perguntei, me erguendo.

- Sim.. - Ela guardou seu pacote de bolachas na bolsa e levantou-se, caminhando até a barraca.

Hesitei em entrar, mas levado pelo impulso eu fui. Me sentei sobre o chão coberto por um lençol que eu trouxe, ela deu de costas para mim e retirou sua blusa, eu engoli a seco mas permaneci calado, senti minhas bochechas ficarem cada vez mais avermelhadas e meu corpo estremeceu. Observei atenciosamente ela vestir-se novamente, quando ela se virou eu abaixei minha cabeça e me retrai um pouco mais ao vê-la aproximar-se de mim.

- Hey.. O que houve? - Ela esboçou um sorriso, enquanto sentava-se ao meu lado, tentou juntas nossas mãos, mas eu a afastei bruscamente e pude notar sua troca de expressão. - Juggie?!

- Não se aproxima, por favor.. - Implorei, por mais que eu quisesse que ela me tocasse eu não me sentia bem com aquilo, não sei.. Era estranho e eu me sentia inseguro. - Por favor..

- Foi algum problema comigo? Se foi, me desculpa por isso, mas é que eu só.. - Ela respirou fundo, tentando buscar um pouco de ar para continuar a falar. - Ok, eu fui uma boba de tirar a roupa na sua frente.. Mas é que, sei lá, nós somos tão próximos, lógico que eu não quero que você me entenda mal, não tive segundas intenções.. 

- Você não precisa falar nada, apenas me deixe dormir.. - Pedi e esperei ela se afastar, me deitei de costas para ela.

- Se você não me contar, talvez seja pior.. - Ela murmurou, e novamente aproximou-se de mim.

- Eu não quero falar, você pode me respeitar? - Perguntei, impaciente com sua insistência.

- Eu posso ao menos te cobrir? Está frio.. 

Pensei em negar, mas eu joguei a coberta para ela e fiquei apenas esperando. Ela cobriu meu corpo por completo, suas mãos delicadas e leves acariciaram meus cabelos que estavam por fora da touca. Me virei de relance,  e a observei, ela dormiu em uma distância de mim, o ideal. Me virei, fitando o forro azul da barraca, dominado pelo sono fui fechando meus olhos ao poucos e por fim adormeci.

Point of View

Elizabeth Cooper

 

O sol escapava pelo forro azul da barraca, iluminado meu rosto. Me espreguicei e olhei para o lado, não vi Juggie, mas não me assustei, acho que ele deveria estar fotografando em algum lugar por aí.

Pus uma roupa leve, um biquíni por baixo de minha blusa de regata branca acompanhada de um short jeans que torneava minhas pernas, na verdade eu odiava me vestir assim. Me achava estranha e vulgar, pus um casaco e penteei meus cabelos em meu habitual rabo de cavalo, afrouxei-o e sai da barraca. Esbocei um sorriso ao ver Archie e V brincando na água, me sentei sobre o pedregulho que rodeava o grande lago.

Olhei ao redor e nada de Juggie, eu começaria a me preocupar se ele não tivesse me dado um baita susto, enquanto sentava-se ao meu lado, me mostrou algumas fotos que ele tirou na floresta. Nós passamos alguns minutos conversando, mas uma tensão nos tomou.

- Sobre ontem.. - Ele tomou iniciativa para falar, respirou fundo fechando seus olhos por alguns segundos - Me desculpa por ser rude com você, eu só não.. não estou acostumado com isso.

- Tudo bem, você não foi rude comigo. Eu que fui boba em tirar a roupa na sua frente, foi mal Juggie.. - Sorri, tentando mudar o clima que havia ficado ali.

Archie saiu do lago, tive o imenso prazer de ver seu abdômen definido e todo molhado. Chacoalhei a cabeça, qual é ele é namorado da minha amiga, além do mais, não faz meu tipo.

- E aí cara, tá afim de dar um mergulho? - Seu sotaque americano as vezes era desconfortável e engraçado. Ele perguntou, sentou-se ao lado de Juggie.

- Ah, não rola.. - Ele respondeu, meio cabisbaixo.

- Ah, qual é.. - Reclamou o ruivo. - Tá naqueles dias? - Um sorrisinho safado adornou seus lábios.

- Eu só não quero ir.. - Ele respondeu mais uma vez, notei sua expressão mudar, ele ficava cada fez mais inquieto e sua respiração ofegante.

- Qual é, para de ser um molenga! Não está nem gelado. - Insistiu o ruivo.

- EU.NÃO.QUERO! - Ele gritou, um grito alto o suficiente para deixar alguém surdo. 

- Juggie, se acalma.. - Me aproximei dele, segurei seu rosto que já pingava de tanto suor. Sua respiração estava ofegante e ele não conseguia conte-la, eu não sabia o quê fazer, Achie acompanhava meu desespero mas não fazia nada, apenas ficava quieto. - Olhe para, olhe para mim. - Seu olhos, antes fitando o chão fixaram-se sobre os meus, mas o seu estado não mudou. 

Fui rápida eficaz, selei nossos lábios o fazendo prender a respiração. Ainda de olhos fechados eu afastei nossos lábios, ficando de frente para ele, minhas bochechas ruborizaram.

- O quê foi.. - Ele me olhou, ainda incrédulo  da situação.

- Quando eu.. Quando eu te beijei, você prendeu a respiração.. - Sorri sem mostrar os dentes, agora o olhando.

- Uow.. - Disse Archie, um pouco atordoado. - Eu vou indo..

- Não se preocupa com isso, é apenas uma crise de pânico.. - Ele disse tentando mudar de assunto.

- Desculpa, desculpa por isso..

- Não precisa pedir desculpas.. - Ele sorri sem mostrar os dentes, levantou-se e voltou para a barraca.

O sol ia embora dando lugar a lua quando nós já estávamos prontos para sair, depois desse "beijo" eu e Juggie passamos a tarde toda sem trocar uma palavra, arrumamos as coisas e seguimos a mesma trilha de que dava no parque, nós despedimos de Juggie que ficou pelo lado sul e voltamos para a casa de ônibus, como sempre fazíamos.

Ao chegar na academia falamos com Delia, que sinceramente pouco importava-se conosco. Subimos para o quarto, V e Archie iriam para o cinema, mas eu preferi ficar em casa, estava exausta do passei e precisava descansar. 

Tomei um belo banho e pus um babydoll, penteei meu cabelo e me deitei na cama, cobrindo toda extensão do meu corpo. Antes de dormir, eu pensei em tudo isso que havia acontecido hoje, todo esse lance com Jughead , eu precisava saber porque ele agiu daquela forma quando eu tirei a roupa perto dele, e porque ele agiu brutalmente com o ruivo quando ele o chamou para um mergulho. Eu precisava saber, e aquilo me deixava inquieta. Abri a gaveta e peguei meu frasco de pílulas, tomei umas duas e bebi um pouco d'água, apaguei o abajur e com o efeito instantâneo das pílulas eu dormi como um anjo.

 

 


Notas Finais


Oi genteee, demorou mas eu voltei. Ah, sobre o problema do seu celular, eu não sei quando eu vou dar um jeito nele mas mesmo assim vai sair capitulo normalmente. Eu estou escrevendo no pc então é meio novo mas eu desenrolo, espero que tenham gostado e obrigado por lerem! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...