História Strangers - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Fifth Harmony, Halsey, Lausey, Norminah
Visualizações 9
Palavras 992
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem :)

Capítulo 2 - Fears


Fanfic / Fanfiction Strangers - Capítulo 2 - Fears

POV LAUREN

23 de março de 2015

 

- Lauren! Lauren!

 - Ally, já estou a ir!

- Estamos atrasadas! A está hora já devíamos estar na escola! Os teus pais confiam em mim para vires cá dormir e eu te levar à escola e tu acordas à hora de entrares na escola!

- Realmente foi um grande erro eles confiarem, levaste-me para uma festa num domingo à noite, tendo eu aulas no dia seguinte! Que falta de responsabilidade Allyson! - Saí da cama a correr, ao ver que a Ally vinha lançada para me bater.

Ally, era minha amiga desde pequena, crescemos juntas e ela era como uma irmã para mim, estava perto de mim em qualquer situação e os meus pais gostavam dela como uma filha. 


...

 

A primeira aula já tinha acabado quando cheguei à escola. Encontrei logo Dinah, minha melhor amiga, que me abraçou como se não me visse há anos e que logo fez uma piada. 

- Não achas que estás atrasada? A aula da tua professora preferida já acabou. Não querendo ser parva, mas acho que ela me anda a fazer olhinhos. - Fez uma cara de provocadora.

- Dinah, primeiro ela não é minha professora preferida, segundo eu acho que a tua namorada não achou piada à brincadeira. - Fiz sinal para que olhasse para trás. - Bom dia, Mani.

- Bom dia, amor. - Dinah disse, virando-se para a beijar.

- Bom dia Lauren. - Sorriu para mim, ignorando Dinah. 

- Amor? - Dinah disse, ainda agarrando Normani que tentava, sem sucesso, sair dos braços da namorada. 

- Porque não vais agarrar a professora? - Normani perguntou, demonstrando claramente a sua crise de ciúmes. 

 

Decidi sair de fininho antes que me metessem na confusão. Elas eram sem dúvida o casal mais querido que conhecia e mesmo que não tivesse sido eu a juntá-las eu continuaria a achar isso. Ambas eram ciumentas e as pequenas discussões que tinham sempre eram devido aos ciúmes, mas verdade seja dita, que passado 5 minutos elas já tinham acabado a discussão e resolvido tudo.

 

...

 

 Fui até o bar e pedi um café, era segunda feira e depois da saída de ontem, mal conseguia manter os olhos abertos e infelizmente o dia de aulas seria puxado, sem falar do treino de vôlei que com certeza me iria deixar morta. 
Após terminar o café, ouvi o toque para a entrada e só queria fugir da escola e voltar para a cama. 

- Mais uma aula e vou almoçar. - Pensei para mim. 

 

...

 

A aula passou e finalmente era hora de almoço, rapidamente almocei e fui para um sítio calmo ouvir música e ler. Estava a precisar de um tempo para mim, pensar na minha vida. Estava prestes a terminar o 11º ano e tenho certeza que o 12º passaria a correr e eu ainda nem sabia que faculdade queria fazer. 

Os meus pensamentos foram interrompidos pela Dinah que se sentou sem perguntar, ao meu lado, debaixo de uma árvore.

- Que se passa Laur? Almoças-te a correr, não abriste a boca e agora estás aqui sozinha.

- Dinah, o 11º ano está a meses do fim e eu não tenho nenhum objetivo para o futuro. 

- A sério que estás assim por causa disso? Com as tuas notas não tens que te preocupar com isso, escolhas o que escolheres vais ter notas para entrar e ainda tens o próximo ano para pensar. Não stresses.

- Eu não consigo. Vejo toda à gente com objetivos definidos e eu aqui sem nada pensado.

- Lauren, tu não és toda à gente e não tens de te preocupar com isso, confia em mim.

- Obrigada, DJ! - Abracei-a.

- Sempre aqui !!

As aulas da tarde passaram rápido e o treino de vôlei tinha sido cansativo como já era de se prever.

Tinha acabado de chegar a casa e a minha irmã correu disparada escondendo-se atrás de mim, para se proteger do meu irmão que lhe atirava com água. 

- Chris, pára com isso!! 

- Laur, ele passou a tarde toda a atirar-me com água. - A minha irmã disse.

- Isso é verdade Chris? - Perguntei com um ar sério?

Ele virou a cara e de repente atirou-me com água e fugiu fazendo-me ir atrás dele e pegando-o ao colo assim que o apanhei. Chris tinha 7 anos e Taylor 5. A minha vida não seria a mesma coisa sem as duas pestinhas. 

- Boa noite mãe. - Disse assim que cheguei à cozinha. 

- Boa noite filha. O jantar está quase pronto. 

- Está bem, vou para o meu quarto, assim que estiver pronto, chama-me por favor. 

- Claro. Vai lá. 

Subi para o meu quarto e fui desfazer o saco do treino. Fui até o computador ouvir música e pesquisar alguns cursos. 

A minha vida estava tão chata, que eu já não sabia se havia de dormir ou dormir. Cada vez que saia com Ally ou com a Dinah e a Normani divertia-me e esquecia tudo, mas depois disso a minha vida voltava ao mesmo e tudo o que me restava era pensar na minha ex, se é que lhe posso chamar isso, ou pensar no meu futuro que estava muito incerto. 

Lucy tinha sido a primeira pessoa de quem realmente gostei, tudo corria às mil maravilhas até o dia que ela decidiu que não gostava de mim e que as coisas não resultavam. De um momento para o outro ela desapareceu da minha vida e eu ainda não havia ultrapassado isso completamente, mas a minha vida não pararia por causa disso. 


... 

Após jantar, ajudei a minha mãe a arrumar as coisas do mesmo e voltei para o meu quarto com o intuito de ir dormir, uma vez que não havia mais nada para fazer.

Quando estava quase a dormir, senti o telemóvel a vibrar e fiquei surpreendida com a mensagem que tinha acabado de receber. 

- Tenho saudades.



 

 


Notas Finais


Sei que este capítulo foi um pouco chato mas juro que a história vai começar a desenrolar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...