História Strings - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Exibições 19
Palavras 2.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente!

Capítulo 23 - Capítulo 22


Com a cabeça apoiada em meu braço na mesa, via uma foto minha com Shawn no casamento da minha mãe ele beijava minha testa delicadamente nessa foto e os raios de sol aparecia cuidadosamente na nossa foto. Lá se foram 8 meses mais dolorosos da minha vida, eu sentia tanta falta do Shawn doía quando eu via notícias dele com a Lindsay é pior coisa é ver eles dois juntos.

Shawn Pov's

Sentado em minha sacada via uma foto minha com a Blair no meu celular no dia do casamento de sua mãe, ela sorria delicamente enquanto eu a beijava em sua testa e o sol invadia cuidadosamente a nossa foto. 8 meses se passaram e eu não consigo para de amá-la e fico cada vez mais confuso com o que aconteceu na festa da Blair.
Resolvi revirar meu quarto inteiro pra vê se eu encontrava alguma coisa até que eu comcei a mexer nas da Lindsay, vi planos, fotos de Blair riscadas que formava um X vermelho em seu rosto. Jogando mais coisas no chão vi um papel dizendo como mata a Blair, peguei aquilo tudo e desci desesperadamente.
- É ISSO QUE VOCÊ FAZ?- parei atrás dela enquanto ela penteava o seus cabelos.
- O que você tá dizendo amor?- ela riu nervosa.
- VOCÊ FEZ PLANOS PRA FICAR COMIGO E MATA-LA NO FINAL DAS CONTAS?- ela levantou.
- Onde você encontrou isso?- ela disse pausadamente..
- Nas suas coisas!- coloquei na mesa batendo-os.- Olha, eu vou sair daqui até você pedir desculpa senão eu vou direto pra polícia.
- Tem certeza?- ela parou na minha frente e cruzou seus braços.- Você vai se arrepender!
- Ser arrepender? Lindsay, se toca cara! eu tô passando 8 meses mais torturantes sem a Blair e você ainda diz isso?
- VOCÊ VAI ME LARGAR AQUI? SE VOCÊ FIZER ISSO VAI VER O QUE VAI ACONTECER!- ela gritou mas eu voltei e fiquei cara a cara com ela.
- Lindsay se eu for embora você fica com isso apartamento mas se fizer algo com a Blair eu juro, EU JURO...- cuspi na cara dela.- Que vou voltar pra te torturar cada passo seu!- ela ficou assustada peguei minhas coisas e sai correndo para Stanford.

Blair Pov's.
Depois que a aula acabou e resolvi andar um pouco no campus pra pensar um pouco até que eu encontro o Shawn encostado no seu carro sorrindo pra mim.
- O que faz aqui?- disse parando na sua frente.
- Me desculpar por ser um garoto muito idiota e não acreditar em uma menina linda e minha!- ele tirou seus óculos escuros e sorriu.
- Você descobriu o plano da Lindsay?-disse enquanto tirava os meus cabelos do rosto.
- Sim!- ele me puxou pela cintura.- Me desculpa?- ele deu um sorriso esperançoso.
- Não!- disse e dei um tapa no seu braço.- Eu disse pra você!- ele riu.
- Como eu posso ganhar um sim dessa menina gostosa que eu amo?- ele sorriu.
- Conquistando-a!- sorri.
- Vamos tomar um sorvete?- ele riu.
- Sério?- rimos.- É assim que você a conquista?
- Vamos pra cama?- ele disse em duvida e eu ri.
- Idiota!- ri.
- Por você!- ela sussurrou e pôs suas mãos grandes em meu rosto.- Eu juro dessa vez...- ele deu uma pausa.- Que nada, nada mesmo, não vai nos separar posso morrer mais não vai nos separar mesmo estando morto!- ele riu.- Não vou deixar mais uma vez você escapar dos meus braços.- ele sussurrou perto da minha boca.
- Tem certeza?- deixei sem querer uma lágrima no meu rosto.
- Absoluta, você não vai sair de mim!- ele me abraçou, um abraço de saudade.
- Eu te amo tanto Mendes!- sussurrei em seu pescoço.- Você não sabe o quanto!- alisei sua nuca.
- Posso até tentar saber, eu te amo tanto também minha baixinha.- ele me beijou.
Seus lábios continuavam macios e doces, seu beijo me dava sempre calor mas é calor bom.
- Agora vamos tomar sorvete? eu tô com vontade!- ele disse e eu ri.
- Vamos, Mendes!- ri.
- Você ainda tem esse sotaque, "Mendês"- ele me imitou e riu.
- Idiota!- rimos.
Eu entrei no carro e fomos.

Depois de tomar sorvete nós dois fomos pro meu loft ficar deitados na minha cama conversando sobre o meu estágio e sobre de sua turnê.
- Amor.- ele disse.
- Oi?- disse.
- Qual seria o nome da nossa princesinha?- ele encostou seu queixo na minha cabeça.
- Hum... Gwen.- disse.
- Homem aranha?- ele riu.
-Talvez!- ri.- Por que? você quer ter um agora?- me sentei.
- E de menino?- ele pôs sua mão na minha coxa.
- Bruce e você não respondeu!
- Quero sim!- ele sorriu.
- Amor, a gente não pode ter.-cruzei minhas pernas.
- Eu quero ter um amor, vê-la ou ve-lo correndo pela nossa casa me chamando.
- Isso não é uma ideia boa.- cocei minha nuca.- Você está no auge da sua carreira, eu também.
- Edai?- ele sentou rapidamente.- Isso não não impede de nós dois termos um.
- Não Shawn.- disse.
- Ok.- ele sorriu torto.
- Ei.- disse enquanto sentava no seu colo.- Não fique assim, só que eu não quero as suas fãs me odeiem mais.
- Uma hora outra elas tem que entender.
- Sei amor, mas não.- sorri.- Mas a gente ainda pode fazer isso.- arranhei suas costas.- E isso.- deixei um chupão, chupão mesmo em seu pescoço logo sinto seu pênis duro.
- Olha o que você faz comigo.- ele disse entre os seus suspiros.- Cuidado.- ele sussurrou e mordeu de leve meu peito.
- Só você aqui que vai ficar sem roupa.- sorri maliciosa.
- Não Blair.- ele negou fortemente.
- Sim, Shawn!- fui beijando seu abdômen maravilhoso até chegar na sua cueca e começar a masturba-lo.
Shawn inverteu as posições e começou a tirar minha roupa rapidamente.
- Amor, calma!- ri.
- Assim você não me deixa calmo!- ele deu um chupão no meu peito que com certeza ia ficar com marca.
Quando ele tirou minha calcinha, Shawn começou a me masturbar com sua língua e dois dedos seus enquanto me olhava.
Shawn pegou uma camisinha pôs no seu pênis e começou a fazer movimentos devagar até eu acostumar. Quando eu tive o meu orgasmo ele deu mais estocadas e logo chegou.
Sentei na cama prendi meus cabelos e logo ele volta e deita comigo.
- Já disse que você sempre foi maravilhosa?- ele perguntou enquanto alisava minhas costas.
- Sim, mas pode dizer de novo eu não ligo.-rimos.
- Mal posso esperar a nossa filhinha aqui!- ele sorriu.
- Amor, não!- eu disse sem graça.
- Ah, por que não amor!?- ele virou pra mim.
- Porque eu não quero ta bom?- fui direta ele ficou em silêncio.
- Ok!- ele disse e se virou.
- Ah, amor!- disse passei por cima dele pra ficar de frente.- Não fique assim!- comecei a mexer no seu cabelo.
- Ok, se você não quer não vou te obrigar a ter!- ele sorriu fraco.
- Ei, eu te amo tá?- pus minha perna em cima da sua.
- Eu também.- ele me beijou.
Ficamos conversando mais um pouco e cochilamos.
[...]

Acordei inspontaneamente olhei pro lado Shawn não estava ali só havia um bilhetinho dizendo "fui no Starbucks; de seu príncipe xxx" sorri com a sua assinatura me estiquei toda e me levantei pra tomar um banho. Parei no espelho vi o chupão que ele me deu no peito ri daquilo, coloquei minha lingerie e pus uma camiseta do Shawn que estava ali na minha cama. Quando eu estava descendo as escadas Shawn entrou com nosso lanche e com mais alguém.
- Amor quem tá... NAAAAASH!- corri pro seu colo.
- Snoopy, que saudade!- ele me abraçou forte e me colocou no chão.
- Né!- sorri animada.
- Vem, Blair!- Shawn me chamou na cozinha e fomos.
Conversamos bastante, rimos bastante e ficamos também lembrando da nossa época no colegial.
- Gente, vamos à uma balada mais tarde?- olhei pros dois.
- Eu topo!- Nash levantou a mão.
- Não sei...- Shawn coçou a nuca.
- Ah, vamos amor- disse.
- É mozao, vamos!- Nash imitou minha voz e nós rimos.
- Ok, eu vou.- ele sorriu.
- Oba! Vou falar com a Jade, ela sabe onde tem as melhores baladas!- sorri e subi pra ligar.

[...]

- UNO!- gritei.
- Isso não vale!- Shawn disse.
- Vale sim!- mandei um beijo no ar.- Eu atendo!- me levantei e fui ver quem era.
- Oi!- Mack disse junto com a Jade.
- Jade me desculpe.- beijei a Mack.
- Ei, você está com o Shawn!- ela disse.
- Beijar uma amiga não conta como traição.- pisquei pra ela.
- Quero um também!- Jade sorriu maliciosa.
- Claro!- dei um nela.- Entrem.

Nós conversamos mais um pouco na sala e logo, eu e o Shawn subimos para nos arrumar.

Sai do banheiro só enrolada na toalha e o Shawn deu um puxão me deixando nua.
- Shawn!!- ele não disse nada e logo me beijou.
- Te amo!- ele sorriu.
- Eu também!- sorri boba.- Agora deixa eu por minha roupa.
Escolhi minha roupa e pus na cama enquanto eu colocava minha lingerie.
- Isso tá muito curto.- Shawn disse sério.
- Não acho!- me olhei no espelho.
- Troca saia, Blair.
- Não.- olhei pra ele.- Estou bem assim.
Shawn não disse nada, se arrumou e lg o desceu. Eu não entendi nada então passei meu batom e perfume e desci.
 
Shawn ficou quieto enquanto eu e eles conversávamos.

Shawn Pov's.

Eu não deveria ter aceitado pra ir à balada, toda vez quando eu saio com a Blair e com os nossos amigos numca dá certo principalmente com ela. Blair quando bebe, bebe até demais e sempre acabamos em briga.
Quando nós chegamos, Blair e a Mack foram direto pra pista dançar juntas eu e Nash fomos pro open bar.
- Ei, você está tenso.- ele disse.
- É... sempre quando nós saímos assim, eu acabo discutindo com a Blair.
- Cara, não fique assim. Se divirta, Blair está na pista e você precisa dela.- nos a olhamos.
- Verdade!- bebi minha tequila e fui dançar.

Blair Pov's.

Eu já tinha bebido uns seis copos de tequila, Shawn tinha desaparecido e tinha um homem me paquerando desde da hora que eu entrei. Quando eu percebi, já beijava ele.
- BLAIR!- Shawn disse.
Eu simplesmente o ignorei e continuei beijando o cara mas ele me puxou pelo braço entramos no nosso carro e fomos pra casa.

Shawn Pov's.
Ter visto aquilo e ela por ter me ignorado, ja tinha passado dos limites. Imediatamente a levei pra casa dela.
- Você está maluca?- a joguei no sofá.
- Não!- ela me olhou.
- VOCÊ ESTAVA SE AGARRANDO COM AQUELE CARA, BLAIR! COMO PÔDE?- eu gritava tanto que a minha voz mal saía direito.
- POIS É, VOCÊ ME TRAIU!- ela se levantou.- MAIS DE DUAS VEZES COM A PUTA DA LINDSAY.- ela gritava tanto que chegava a ficar vermelha.
Minha mão foi diretamente ao seu rosto fazendo-a caindo no sofá.

Blair Pov's.

Isso era a última coisa que eu esperava do Shawn, ele me bater. Sua mão, foi pra minha cara me fazendo imediatamente por a mão na minha bochecha.
- NÃO ACREDITO!- gritei.- EU NÃO ACREDITO QUE VOCÊ FEZ ISSO COMIGO!- olhei pra ele chorando.
- Desculpa!!- ele foi pra cima de mim mas eu dei um passo pra trás.
- SAI DAQUI!- gritei chorando.
- Blair...
- SAI SHAWN!- eu gritei mais.- NÃO APAREÇA MAIS NA MINHA VIDA!- o empurrei pra fora da minha casa.
Fechei a porta e corri pro banheiro olhar minha bochecha. Inchada e roxa, ela se encontrava assim meus olhos estavam completamente preto por causa da maquiagem. Tirei minha roupa e me sentei no chuveiro, a única coisa que eu queria fazer e chorar.

Shawn Pov's.

Cheguei na minha casa bati a porta e fui jogando tudo no chão, literalmente tudo. Cheguei no banheiro dei um soco no espelho o fazendo trincar e fazendo minha mão ficar cortada. Não sei porque eu fiz isso com ela, realmente, eu não sei porque fiz isso.
Tirei minha roupa ficando só de boxer e me joguei na cama pensando na merda que eu fiz.

Roupa de Blair ( http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=6325826&.svc=copypaste-and&id=199799041)


Notas Finais


Espero que gostem, comentem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...