História Strings - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Exibições 49
Palavras 1.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente, de novo

Capítulo 26 - Capítulo 25


- Tem certeza que você vai ficar bem?- Niall dizia pela milésima vez.
- Sim.- disse.
- Ok, quando eu chegar em Londres eu te mando mensagem.- ele me deu um beijo.
- Cuidado!- disse e ele riu.
- Blair Gustin.- o enfermeiro me chamou e eu entrei na salinha.

Eu estraguei a minha vida, não vou poder mais planejar nada. Não estou nem um pouco contente com a minha atitude, sobre o bebê? Shawn não vai saber nunca, contarei a minha mãe com certeza ela vai me ajudar, meu irmão vai ter um treco e Mack vai gostar.
Fiquei sentada na recepção olhando pro nada, muito tensa ao mesmo triste pra caramba. Não consigo acreditar no que eu fiz.
- Blair, seu exame.- o enfermeiro que me atendeu me deu o papel.
- Obrigada.- sorri torto e fui para o meu carro.
Abri o papel e li "POSITIVO" minha vida está uma desgraça. mandei uma mensagem a Mack e Jade dizendo que eu ia passar na Universidade busca-las.

- Oi Blair.- Jade disse.
- Oi.- sorri torto.
- O que houve?- Mack já estava com cara desconfiada.
- Lêem.- dei pra elas e eu comecei a dirigir.
- Sabia!- Mack disse.- Você não vai abortar!- ela brigou comigo.
- Não vou.- disse.
- Mas eu acho isso bom.- Jade dobrou o papel.
- Ela abortar!?- Mack disse quase gritando.
- Não!- ela disse bem claro.- Ela está grávida.
- Sim, vai contar pro Shawn hoje.- Mack disse.
- Não vou.
- Claro que vai! Eu hein.
- NÃO VOU MACKENZIE!- gritei e elas ficaram assustada.
- Mack, deixa que ela resolve.- Jade disse.
- Você está indo aonde?- ela disse séria.
- Grant.- respondi e nós ficamos quietas até chegarmos lá.

Toquei a campainha e a minha mãe nos entendeu.
- Blair!- ela me abraçou forte.- Senti tanta a sua falta, bebê.
- Eu também mãe. Muita.- eu a abracei mais forte.
- Oi meninas.- ela as abraçaram.- Entrem.
- Oi Blair.- Nash disse.
- Oi Nas.- beijei sua bochecha e dei um abraço nela.
- Então, o que tem para nos dizer.- Grant disse sério.
- Eu...- sentei no sofá.- Estou grávida.- olhei pra eles.
- Ai meu deus!- minha mãe disse.- De quem filha?- ela disse já preocupada.
- Shawn.- disse sem olhar pra eles.
- Quantos meses?- Grant disse.
- 3 meses.- mostrei o exame pra eles.
- Bom, menos mal.- minha mãe disse.
- Menos mal, mãe?- Grant disse.- Mãe ela está carregando um bebê.
- E eu não vou ficar com ele.
- O QUE?- Grant disse junto com a Mack.
- Blair, você já abortou uma vez agora você vai dar?- Mack disse.
- POR QUE VOCÊ QUER TANTO ESSE BEBÊ? ELE NÃO É SEU!- gritei.
- PORQUE VOCÊ TEM QUE TER RESPONSABILIDADE COM ISSO, VOCÊ QUE FEZ. ISSO É SÉRIO BLAIR!- ela gritou mais alto.
- Eu tenho 22 anos, tomo minha decisão.- disse.
- Blair, não faz isso.- Nash disse.- Você tem a gente, nós vamos amar muito esse bebê.
- Filha, nós vamos deixar você pensar nisso. Pensa direito.- ela me abraçou.
- E eu não vou contar pro Shawn.
- COMO NÃO?- Grant gritou.
- COMO EU DISSE, A DECISÃO É MINHA GRANT!- gritei mais alto.
- Conta para o seu pai.- minha mãe disse.
- Vou sim.- sorri torto.

Nós sentamos no sofá e ficamos conversando até dá a hora de eu ir embora.
- Filha se cuida.- ela me abraçou.- Eu te amo muito.
- Eu também mãe.- beijei sua bochecha.
- Saiba que estarei aqui pra te apoiar em tudo, junto com o seu irmão e o seu pai.
- E eu!- Nash disse.-Te amo snoppy.- ele me abraçou.
- Amo vocês.- sorri torto.
- Tchau meninas.- minha mãe se despediu delas e o Nash também.
Entramos no carro e demos partida.

Deixei elas em casa e logo fui pra minha. Abri a porta do meu quarto, me joguei na cama e liguei meu celular.

Mensagem on.

"Deu positivo..."
"Sério?"
"Sim, Nialler."
"Não se preocupe, estarei ao seu lado sempre"
"Obrigada!"
"O que vai fazer?"
"Não contarei nada ao Shawn."
"Blair..."
"É melhor assim."
"Pelo menos, ele ou ela terá o melhor padrinho do mundo!"
"Não, eu vou dar pra adoção."
"Blair, não faça isso!"
"Já está decidido."
"Pensa direito!! Vou dormir"
"ok..."
"Durma bem! xx"
" Você também. xxx"

Mensagem off.
Joguei meu celular na cama e fiquei lembrando dos meus momentos com Shawn.

Flashback on.

- Sempre sinto a sua falta.- Shawn dizia enquanto mexia no meu cordão.
- Mas você sabe onde eu sempre estou.- disse olhando pra ele.
- Eu sei, mas não é igual. Ainda amo a época que eu te perturbava na aula de Química.- ri.
- Eu também.- passei a mão no seu rosto.
- Saiba que onde eu estiver, eu vou te amar.- ele disse olhando para os meus olhos à deriva.
- Eu digo a mesma coisa, você foi o meu primeiro amor.- sorri.- Já são meia noite, tenho que entrar.
- Ah qual é, está tão bom assim.- ele me abraçou por trás.
- Ok, mais uma hora!- rimos.
E nós ficamos ali na grama de Stanford conversando, vendo as estrelas e trocando carícias.

Flashback off.

Me peguei chorando por ter lembrado disso. Depois de tudo que nós tivemos, tudo foi por água abaixo por causa dele.
Limpei meu rosto e me encostei no travesseiro peguei meu celular e mandei uma mensagem pro Cameron vir pra minha casa.
Escutei a campainha tocar, deixei aquele balde de pipoca no sofá e fui ver quem era.
- Oi!- ele deu um sorriso.- Meu abraço?- ele esticou os braços.
Apesar de não não parecer muito, Cameron sempre foi meu melhor amigo desde da época que eu me mudei.
- Senti muito a sua falta.- afundei meu rosto no pescoço dele.
- Eu também, princesa.- ele me impurrou pra dentro e fechou a porta.
- Tenho uma coisa pra te contar.- eu me sentei no sofá de frente pra ele.
- O que você fez dessa vez menina?- ele riu.
- Como já sabe daquele caso com Shawn.-ele concordou.- Muito antes disso, nós transamos e agora estou grávida.
- Meu deus, seus pais?- ele me olhou assustado.
- Já sabem.- sorri torto.
- E o Shawn?
- Não vou contar.- ele me olhou confuso.
- Como não?- ele pôs sua mão na testa.
- Não quero que ele saiba, quero cuidar desse bebê sozinha.
- Sozinha não vai, estarei aqui pra sempre!- ele me abraçou.
- Amo você.- disse.
- Amo mais.- ele beijou minha testa e logo depois fomos pro meu quarto ficar vendo tv.

- Já tem nome?- ele me olhou enquanto acariciava minha barriga um pouco grande.
- Não, vou dar para doação.
- Como assim?
- Eu não te contei, alguém vai adotar.
- Blair, eu sei que você teimosa mas por favor não faz isso. Você tem tudo, um bebê não vai te atrapalhar em nada. Se bobiar, vai te trazer o melhor só não faz isso.
Ele me fez ficar olhando para os seus olhos até eu tomar uma decisão.
- Ok.- disse.
- Eu adoraria ser o padrinho.- ele riu.
- Eu vou adorar você como padrinho.- ele sorriu e beijou minha barriga.
- Agora o nome.- ele ficou alisando minha barriga.
- Stacy ou Bruce.- eu disse.
- Belos nomes.- sorri.
Ficamos conversando sobre nomes até perder a hora.

roupa da Blair ( http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=6325826&.svc=copypaste-and&id=153443655)


Notas Finais


Comente! :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...