História Strings - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Cameron Dallas, Magcon, Romance, Shawn Mendes
Exibições 20
Palavras 911
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente ❤

Capítulo 27 - Capítulo 26


Três anos e dez meses se passaram, Bruce nasceu e além de se parecer comigo ele parece muito mais com Shawn. Desde do dia que eu fui em um evento com Niall e vi Shawn, não ouvia mais comentários sobre ele fico triste por saber que ele andou sumido mas fico aliviada por ele não está perto de mim.
Eu finalmente terminei minha faculdade, consegui meu emprego de fotógrafa está sendo um sucesso. Mackenzie e eu não ficamos mais, eu estou namorando o Niall ironia não?
Nesse exato momento estou estacionando o meu carro em frente a garagem da casa do Grant com o Bruce atrás quieto, tirei meu cinto, peguei a minha bolsa e fui tirar o Bruce da cadeirinha.

- Mamãe.- Bruce disse.
- Diga.- olhei pra ele.
- Tio Cam está lá também?- ele deu um pulo saindo do carro.
- Sim.- sorri.
Ele pegou a minha mão e fui até a campainha.
- Sabia que era você!- Cameron disse rindo e pegando ele no colo fazendo-o gargalhar.-Oi Blair!- ele me abraçou.
- Oi Dallas!- beijei sua bochecha.
- Vem, vamos entrar.- ele disse e entramos.

Shawn Pov's.

Depois de três anos, fui pra Califórnia rever meus pais, a cidade e meus melhores amigos.
Grant resolveu fazer uma resenha com nossos amigos, a Tia May estava lá me fazendo lembrar as vezes da Blair. A campainha tinha tocado e Cameron demorou um pouco pra entrar, pelo que parecia tinha uma criança no colo dele não dei importância e voltei a tomar minha cerveja.
- Oi gen...- Blair me olhou assustada.
- Te?- Nash completou a frase fazendo todos rirem.
Ela não tinha mudado nada, ainda com a sua carinha de menininha sapeca.
Blair e a sua mania de usar camisas de homem por cima de um top, sempre com seus tênis nunca abandona.
Mas me fez lembrar o nosso primeiro baile que ela me olhava sorrindo, isso já era o bastante.
- Oi filha!- a mãe dela a abraçou.
- Oi mãe.- ela afundou o seu rosto no pescoço dela.
- Como vai meu garotão, sua tia sentiu saudades. Como vai a sua mãe?- ela a apegou aquele garoto no colo.
- Vai bem tia!- ele disse.
- Shawn?- Lindsay disse.
- Oi.- olhei pra ela.
- Quer ir embora?- ela começou a beijar meu pescoço.
- Não.- me afastei dela.
- Ok.- ela bufou.

Blair Pov's.

Depois de ter falado com todos, fui pra cozinha com Grant. Adivinha o que eu fui fazer? exatamente, chorar.
- Pronto.- limpei meu rosto.- Desculpa.
- Não se desculpe.- ele me abraçou.
- Eu tinha achado que não sentia mais nada, mas quando eu o vi sentado lá com Lindsay. Simplesmente me deu vontade de correr pra abraça-lo e dizer que eu ainda o amo.
- É melhor ignora-lo.- ele passou a mão no meu rosto.- Manter esse negócio que o Bruce é o nosso primo.
- Ainda bem que ele sabe mentir bem!- rimos.
- Não puxou a você!- ele disse e eu dei um tapa nele.
- Ai Blair!- ele resmungou.
- Resmungão!- ri. Peguei a bandeja com salgadinhos e Grant pegou cerveja, suco e fomos pra sala.

Depois de ter conversado com todos, relembrando a nossa adolescência, eles foram embora só ficando o Cameron e o Nash.
- Shawn quase te engoliu pelos os olhos.- minha mãe disse.
- Eu sei.- disse passando pano na pia.
- Quando você vai falar?- ela parou do meu lado.
- Nunca?- olhei pra ela.
- Blair não é assim...
- Mãe, não quero falar sobre isso. Bruce está bem com Niall, com vocês, Cameron e comigo. Ele nunca tocou nesse assunto, então, deixe isso quieto.- respirei fundo.
- Ok, você que decide!- ela disse e me abraçou.- Te amo Snoppy.
- Te amo mais.- beijei sua bochecha e nós fomos pra sala.
- Mamãe!- ele correu para os meus braços.
- Oi.- sorri.
- Tio Cameron me ensinou a jogar GTA.- eu olhei pra ele.
- Sério?- ri.
- Ele também me contou que é o seu jogo favorito, agora podemos jogar juntos!- ele riu e eu olhei pro Cameron.
- Verdade meu amor.- beijei sua bochecha.- Vamos dormir?
- Sim.- ele sorriu.
- Já volto.- disse pro Cameron.
Fui para o meu antigo quarto, ninguém mexeu nele está no mesmo jeito que eu deixei anos atrás. Dei um banho no Bruce, arrumei-o e fiquei contando histórias pra ele pegar no sono.

- Ele dormiu?- Cam disse enquanto eu sentava ao lado dele no balanço.
- Sim, até que foi rápido.- rimos.- Ele tem o mesmo medo que eu.- sorri torto.
- Dormir?- concordei.
- As vezes ele enrola pra dormir.- olhei pra ele.
- É qual é o seu método?- ele disse.
- "Não se preocupe, você ficará bem."- olhei pra ele.
- O mesmo que eu falava pra você.- ele sorriu.
- Sim.- sorri e ele me abraçou.
- Está com sono?- ele me olhou.
- Um pouco.- disse.
- Então, vamos dormir.- levantamos eu fui para o meu quarto e ele no dele.
Sentei na ponta da cama olhando pra janela, vi o Shawn tirando a sua blusa e pondo em cima da cadeira como de costume. Ele passou a mão no rosto e olhou pra janela, mas ele não me viu. Fiquei observando ele e depois foi pra sua cama. Meus olhos ficaram marejados de lágrimas, chorei em silêncio até pegar no sono.

Roupa da Blair (http://www.polyvore.com/m/set?.embedder=6325826&.svc=copypaste-and&id=202247769)


Notas Finais


Espero que gostem, comentem ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...