História Strings - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Cameron Dallas, Colegial, Romance, Shawn Mendes
Exibições 92
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, FemmeSlash, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIII GENTENEEEY
n postei antes pq tava tendo umas apresentações ai n deu
Mas continuem comentando, isso incentiva muito ❤
Amo vcs
Bjs ♡

Capítulo 13 - Indescribable


Samantha P.O.V

Esses merdas me vem com uma merda de uma porra de uma prova surpresa. A minha sorte era que eu lembrava de maioria dos conteúdos do ano passado, foi um ano que eu não tive nada pra fazer o ano todo. Terminei, passei a caneta naquela merda e levei para o professor. Voltei pra minha cadeira e fiquei olhando em volta, as pessoas que ainda faziam a prova, uns não pareciam estar nem aí, outros estavam com cara de quem cogitava bastante suicídio, em específico, Kate.

Comecei a ficar olhando pra mesa e pensando em coisas aleatórias da vida, até que eu vejo uma mão grandes balançando na frente do meu rosto. Me virei pra Shawn e ele sorriu:

- O professor disse que quem acabar pode sair e ficar andando por aí. -ele falou baixinho, se inclinando na minha direção.

- Ah, ótimo. -me levantei- Vamos logo, eu vou morrer se ficar mais um pouco dentro dessa sala. -falei colocando a mão em seus ombros e o levando para fora da sala.

Nós saímos da sala, mal saímos do bloco e ouvimos Kate pedindo para nós esperarmos ela.

- Ele ia entregar pra vocês mas os bonitos parecem que nasceram de 3 semanas e não conseguem esperar. -ela entregou uma daquelas barrinhas bem pequenas de chocolate pra cada.

- Ah, muito bom. -falei abrindo o doce e enfiando de uma vez na boca.

Terminei de engolir o doce e Emma surgiu atrás da gente, eu estava determinada a conseguir mais um pedaço de chocolate. Então, tive uma idéia genial.

Fui para frente de Shawn, ele juntou as sobrancelha, estranhando a aproximação repentina, eu peguei a embalagem do meu chocolate e enfiei no bolso do moletom dele.

- Eu não ganhei chocolate. -falei bem baixinho, pisquei e ele deu um sorriso muito bonito- Emma, me dá um pedaço, eu não ganhei chocolate, saí da sala antes dele começar a distribuir.

- O que era isso que você tava enfiando no bolso dele? -ela se aproximou mais, terminou de abrir o chocolate.

- Nada... Eu estava apenas... -travei.

- Eu estava apenas abraçando ela. -Shawn passou o braço pelos meus ombros, não sei o porque, mas minhas bochechas começaram a arder de leve e pude sentir o suor começar a brotar entre as juntas de meus dedos- Certo, Sam? -ele me olhou, eu assenti com a cabeça.

- Ah, por favor, eu não sou tão idiota assim.

- Perdeu. -Kate pegou o chocolate da mão dela e ia começando a correr, Emma deu um berro.

Kate começou a rir tanto que deixou o chocolate cair. Emma choramingou, ah, mas que frescura, perder um chocolate desse.

- O que não mata engorda. -corri e peguei o chocolate, assoprei, esfreguei de leve no meu moletom e enfiei na boca.

- Ah, mas que merda, eu ia pegar. -Emma reclamou.

(...)

Nós saímos do bloco, sentamos em um banco qualquer e começamos a conversar, bem, eles estavam conversando, eu estava apenas tentando achar uma maneira de ir para o aconchego dos braços de Shawn, hoje o dia está meio chuvoso, e ele estava tão quentinho. Eu podia simplesmente abraçar Kate ou Emma até me esquentar, mas não ia ser igual, Shawn é muito maior que eu em todos os aspectos, é muito mais confortável.

- Ei, Terra chamando Sam. -Kate estalou os dedos em frente aos meus olhos.

- Eu tô com sede. -falei a primeira coisa que me veio a cabeça, Emma apontou para o bebedouro que estava bem próximo de nós e me olhou com uma cara de "ninguém está te segurando", fui beber água e quando voltei senti um início de vento gelado bater em meu rosto, se eu sentasse onde estava antes, o vento ia bater em mim primeiro, então fui sentar no outro canto do banco, onde eu teria 3 silhuetas para me proteger do vento. Ainda bem que a anterior a mim era Shawn, como disse anteriormente, ele é muito maior que eu, ou seja, o vento ia bater todo nele e eu iria ficar atrás do mesmo, quentinha.

- Tu vai mesmo me deixar no vento? AH, ME POUPE. -Kate se levantou e veio para o meu lado, sorte que o banco é bem longo.

- Tadinho. -Emma falou se levantando e indo para o lado de Kate.

- Por favor, fica aí. -falei dando um toque sutil na mão de Shawn- É só virar de costas para o vento. -falei, ele fez. Ficar de costas para o vento significava ficar de frente para mim, e como ambos estávamos inclinados para frente, foi meio estranho, ficamos com nossos rostos a uns 15 centímetros de distância.

- Então, o que você está achando do colégio até agora? -puxei assunto, olhando ele olho no olho, pela primeira vez. Ele estava com o mesmo olhar calmo de sempre.

- Ah, o colégio em si é normal. Mas o diferencial aqui são as pessoas. -seus olhos pareceram sorrir, assim como seus lábios- Vocês não são aquelas pessoas normal e tediosas, aqui cada um tem uma personalidade forte, bem definida, e mesmo assim, vocês acabam sendo mais unidos que pessoas parecidas.

- Que tipo de personalidade você acha que eu tenho? -falei apoiando a cabeça em minha mão, e meu cotovelo em minha perna.

- Ah, você é meio que indescritível. -ele sorriu mais, pareceu meio pensativo- Eu não faço a mínima idéia de como tentar descrever a sua personalidade. -em seguida ele gargalhou.

(...)

Katherine P.O.V

Eu pedi a técnica para ajudar as pessoas na aula de natação. Mentira, eu ia só gritar com Sam, vi no quadro dela que hoje era natação, então ela provavelmente veio, consegui arrastar Cameron comigo. Nós fomos para a piscina em que quem só fazia a aula lá nadava, já pude ver ela olhando para a água.

- Ei, Sam! Entra logo! -falei entrando na área da piscina, ela me olhou e revirou os olhos.

- Ah não, eu não acredito que você veio gritar comigo logo na primeira aula do ano.

- Entra logo. -empurrei ela na piscina, ela voltou pra superfície me olhando feio, eu abri o meu melhor sorriso de vilã maléfica destruidora de sonhos.


Notas Finais


Eiii
N sei se vcs que são leitores novos sabem mas nos temos um grupo no wpp, se quiserem entrar é só mandar o número ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...