História Strong Life - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Aiacos de Garuda, Albafica de Peixes, Asmita de Virgem, Defteros de Gêmeos, Dégel de Aquário, Dohko de Libra, Hades, Kardia de Escorpião, Lune de Balron, Manigold de Câncer, Minos de Grifon, Radamanthys de Wyvern, Shion de Áries
Tags Drama
Visualizações 36
Palavras 1.639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiiii

Capítulo 21 - Concepções


Albafica P.V


Estava tudo tão estranho... e eu não conseguia enxergar nada... mas sentia uma dor horrível no coração

Minos, Minos? MINOS?! MINOS! Socorro por favor... eu não vejo nada, Minos! Alguem... socorro.

Minos P.V

- Como ele está?. - perguntei ao médico

- O quadro está estável... ele não irá morrer mas precisa reagir por si só, mas alguns minutos atrasado e ele teria morrido. - o médico disse

- Rosas Brancas são as preferidas dele, não me pergunte como eu sei, apenas sei. - coloquei ao lado da cama de Albafica em um vaso as flores. - Pode nos deixar á sós um pouco?. - o médico assentiu e saiu do quarto

- Eu queria poder ter te visto em outra hora e conversar com a cabeça fria, mas como você viu pelos jornais nada está indo para a direção certa. Eu vou ter dois irmãos filhos do meu pai com um dos meus melhores amigos, meu pai é gay, não sei como Radamantys e Aiacos reagiram á essa notícia mas a essas alturas já sabem de tudo, Hilda está por ai e eu não sei o que está fazendo e. - Minos hesitou um pouco e passou dois dedos pela bochecha do azul. - E eu... provavelmente estou... Apaixonado por você Albafica. - tirou os dedos e levou-os até seu rosto e esfregou as maos em sua cara quase se odiando. - Eu sei que é errado! Porra! Eu sei mais eu te amo!. - falou quase chorando. - Somos primos mais eu não me vejo sem você... então por favor se existe um Deus e eu sei que existe. Que você volte para mim meu amor... volte e teremos milhares de filhos e uma casa no meio do campo. - beijou a mão de Albafica e logo em seguida saiu do quarto do azulado.


Albafica P.V

Se eu correr será que acho a porta para sair daqui?. - Albafica correu pelo vazio que logo se transformou em um campo cheio de rosas brancas e uma lago com agua cristalina

Ei psiu... oi, você pode me dizer onde estou?. - viu uma rapaz alto de costas com os cabelos cinza

Minos?. - correu para o rapaz, mas ao vê-lo sorriu triste não era Minos

- Papai está com você. - o rapaz sorriu ele tinha os olhos azuis de Albafica o mesmo sorriso de Minos, o cabelo de Minos e a feiçao de Abafica

Quem é seu pai?. - Albafica perguntou curioso

Minos, e você é a minha mãe. - o rapaz o abraçou forte

M-mãe?!. - Albafica se assustou

- Perdão, deixe-me explicar... - o rapaz o soltou e se sentou no chão e olhou para Albafica que logo se sentou tambem

- Você está em Var Hun o mundo sagrado, e eu sou o seu futuro filho com Minos Valar, sim... Eu sei vocês são primos e estão brigados, mas mamãe o amor que irá brotar em vocês será tão puro quanto o nascer do Sol e eu fui permitido por Deus para lhe dar uma prévia do que vai acontecer... Muitas coisas acontecerão, muitas pessoas vão chorar mas é necessário, eu ainda não fui feito e nem tenho planos para nascer, mas tudo que Deus faz é perfeito mamãe, você está em coma e eu não vou me lembrar dessa conversa quando nascer. Mas o papai vai amá-lo mais que tudo, tenha paciência com ele. - o jovem riu. - Aliás ele é um Valar.

Então tudo ficou escuro de novo e eu não conseguia mais pensar em nada... acho que dormi.


Hades P.V

- Eu tinha que te ver. - Hades entrava devagar no quarto hospitalar de Degel

- Ja viu agora vai embora!. - Degel não olhava em seu rosto

- Degel por favor vamos conversar. - Hades falava fraco

- Okay, vamos conversar sobre você ter me enganado tirado minha virgindade e enfiado em mim duas cobras como você!. - Degel mordia os labios furioso

- Não fale assim dos nossos filhos!. - Hades gritou

- Vai se foder!. - Degel virou o rosto e olhou direto nas orbes escuras de Hades. - Não são nada seus! Graças a você estou aqui neste hospital... Graças á você não sei se voltarei á andar!


Naquele momento o mundo de Hades caiu


- C-como assim? Não andar? Amor do que está falando?. - tentou tocar em Degel mas o mesmo desviou

- Isso mesmo que você ouviu Senhor Hades Valar!. - bateu palmas tentando conter a dor. - estou Paraplégico

- Degel vamos cuidar disso eu vo. - Degel gritou

- Eu não quero nasa seu! Nada! Nada! Me deixa em paz! Eu me odeio! Me odeio por todas as vezes que me deitei na cama com você... e quando me levou á primeira vez para a sua outra casa e me levou para o andar de cima... tirou as minhas roupas e dizia que eu era a pessoa mais linda da sua vida, e eu chorava de alegria... me mostrei de todas as formas para você! Me deitei, me abaixei, cavalguei em você... e você me retribui com isso? Ama tanto a sua empresa que é capaz de... de... mentir? Você nunca me amou... você não sabe o que é amar Hades... o amor não existe em você. - Degel falou enquanto chorava e se enrolava no lençol

- Degel... - Hades estava surpreso com as palavras de Degel. - Quando te levei a primeira vez para nossa casa e lhe despis em nossa cama, eu despi um deus em forma de ser humano, sua boca, seus olhos, seu cabelo verde, tudo de diferente em você me fez trair Hilda e me arriscar em ter um relacionamento com alguem anos mais novo, quando lhe despi e desci até a sua região íntima. - Hades passou sua mão pelo braço de Degel. - E chupei seu botão rosado... colocando meus dedos nele, percebi que era o homem da minha vida, e na nossa terceira noite de amor quente... já imaginava que estaria gestante, afinal, nunca usávamos nada e sabe porque? Porque quando eu estou com você eu só quero ficar dentro de você... beijar você... chupar seu botão... te fazer gozar. - Hades tocou os labios de Degel. - Eu estou aqui e não importa se me queira por perto ou não... Eu te Amo Degel.

- Vai embora Hades... as suas palavras mentem tanto quanto o seu pau!. - Degel virou o rosto limpando as lágrimas

- Eu não vou desistir Degel. - Hades abriu a porta do quarto. - Ah, ja ia me esquecendo... Eu me separei de Hilda. - saiu rápido do quarto deixando o esverdeado com a cabeça confusa.


Aiacos P.V

- Bom dia, sou Aiacos Valar, e vim lhe dizer sobre as notícias capas de Jornais e Revistas

- Então é verdade? Hades é gay?

- Não seja tonto claro que não!

- Eu acho que é

- Se for ou não... não temos nada haver com isso!

- SENHORES POR FAVOR!. - Aiacos bateu na grande mesa que se encontrava na sala de reunião da empresa Valar

- Eu não posso dizer que sim ou que não... apenas meu pai pode, mas eu peço que tenham calma e a mente aberta... Suas concepções e respostas são importantes. Iram continuar cona sociedade... ou não?. - a video conferência estava em todos os telões da sala com os acionistas do outro lado da tela, em suas casas ou viagens.

- Eu não vejo porque não... Se Minos gosta de homems não muda o fato dele ser um perfeito Empresário

- Aquilo não é um homem é uma criança

- ele tem dezesseis anos

- Hades o ama! Se não o amasse não arriscaria tanto por uma simples pessoa!. - Aiacos gritou e fez os acionistas se calarem

- Já tomamos nossa decisão

- e qual será?. - Aiacos perguntou

- Hades contiuará no comando de tudo. - uma mulher respondeu e logo as telas se apagaram e Aiacos se jogou na cadeira cansado mas alguem batia na porta da sala

- Entre. - ele disse

- Aiacquinhos! Você nem me falou quando havia voltado. - era Violet

- Estava ocupado. - mentira

- sempre... quer uma massagem?. - ela andou até o maior e se esfregou nele

- não precisa, pode sair. - disse frio

- Mas Aiacos faz meses que não tranzamos! E eu sei que você ama sexo!. - disse com raiva

- quero ficar só!. - empurrou a mulher

- imbecil. - saiu da sala com raiva

Após uns minutos Aiacos caiu no sono deitado no sofá da sala de reuniões, após isso ouviu a porta se abrir devagar e alguem varrer o local

- O que está fazendo?. - perguntou se levantando

- V-varrendo senhor. - o jovem loiro respondeu

- Eu não quero que faça isso... Afrodite... Venha cá estou com saudades amor. - abraçou o pequeno

- Senhor A-Aiacos... a-aqui não. - o jovem corou e o abraçou

- Aiacos... seu Aiacos, não sou senhor de ninguem minha vida. - o beijou e o puxou para o sofá. - Não precisa continuar com esse trabalho, aceite meu convite e vá morar em minha casa... Dinheiro e Prazer nunca lhe faltarão... principalmente sexo.... - colocou Afrodite de frente para si em seu colo, lambeu dois dedos e os enfiou junto as mãos na calça de serviço do rapaz e começou a esfregar a entrada do rapaz. - Nada lhe faltará. - penetrou dois dedos na entrada do rapaz e tirava e colocava tirava e colocava devagar

- A-Aiacos... está doendo. - o Jovem disse

- É claro que está amor... você é Virgem. - sorriu e o beijou. - Não vamos fazer amor aqui... apenas queria lhe beijar, morri de saudades meu loiro

- E-eu tambem amor... eu te amo. - Afrodite o abraçou com força e Aiacos retirou os dedos do garoto e os lambeu

- Tem seu gosto amor... doce...

Eu nunca disse que Eu te Amo para o Afrodite mas eu o amo, amo mais do que amo a mim mesmo e falarej na nossa primeira vez, e na nossa primeira vez ele não andará por semanas!


Continua


Notas Finais


Oiiaiiaiiaiuuw oii volteeeeeei
Espero que tenham gostado, proximo capítulo será sobre os outros personagens


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...