História Stuck with me - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga, V
Tags Romance, Sonho, Suga
Visualizações 5
Palavras 1.569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Estão gostando??

Capítulo 6 - Não se afaste


Depois que Taehyung saiu fui até a saída do shopping, fiquei lá esperando por Yoongi que não demorou muito para chegar, entrei no carro no banco de passageiro.

-O que aconteceu ?- ele perguntou assim que me sentei no banco.

-A esposa dele apareceu e bom você já pode imaginar né -

-Ela te ofendeu?- perguntou .

-Ser chamada de oferecida é ofensa?- perguntei e ele bufou.- o que foi Yoongi?-

-Nada - ele ligou o carro e começamos a sair do shopping.

-O que aconteceu Yoongi? sua cara está péssima-

-Será que podíamos tomar alguma coisa antes de eu te deixar em casa, eu to precisando conversar- assenti, ele me levou até um bar, nós entramos e nos sentamos em uma mesa perto a janela pedimos duas garrafas de cerveja.

-Vai fala o que houve - Yoongi largou a garrafa na mesa e olhou para mim.

-Lembra daquela época que eu era apaixonado por você?- assenti - então Lia não esquece disso -

-Como assim?- perguntei confusa.

-Toda vez que olho pra você é como se fosse o fim pra ela, e hoje ela jogou isso na minha cara, que só estou com ela porque você não me quis - engoli em seco.

-Mas é por causa disso?-

-Não, rose eu nunca ficaria com alguém sem nenhum sentimento por ela e muito menos pedir em casamento, eu só queria que ela esquecesse isso sabe, focasse em nós no futuro não no passado - Yoongi falou com um tom tristonho.

-Entendo, mas você sente ainda algo por mim?- perguntei um pouco insegura.

-Você foi meu primeiro amor rose durante 6 anos na minha vida, não tem como esquecer o que eu sentia por você, eu te amava e ainda amo, mas não como antes, agora eu só sinto um carinho por você e faço de tudo para que esse sentimento não se confunda e aumente-

-Eu estou feliz por vocês, mas a lia tem que mudar essa forma de pensar, e eu não quero ficar no meio de vocês dois em todas as brigas que tiverem, a lia não pode te culpar pra sempre né? Pode deixar Yoongi eu vou conversar com ela, e outra Yoongi obrigada por pelo menos sentir um carinho por mim, e desculpa por não ter te correspondido durante todos os anos que você gostava de mim -falei e Yoongi sorriu.

-Só não entendo como um milagre aconteceu, Taehyung foi o único cara que até hoje mexeu com você-

-É que…- fiquei quieta e Yoongi me olhou.

-Eu to sabendo que sua mãe te levou para uma vidente- ele começou a rir e eu dei um tapa em seu ombro.

-Quem te contou?-

-A lia meio óbvio né - ele tomou um gole de sua cerveja - e ai o que a mulher falou?

-Falou que eu estava presa a alguém por isso que não conseguia me relacionar com ninguém -

-Então foi por isso que a metade da escola não teve chance de te fazer feliz?- assenti - e por que o Taehyung está conseguindo?

-Por que é ele - falei e Yoongi arregalou os olhos.

-E como você soube?-

-Eu sonhava com ele - ele se engasgou - Yoongi- bati em suas costas.

-Meu deus do céu, você sonhava com ele, gente to pasmado -comecei a rir.

-É isso mesmo, no começo eu não ligava muito, mas agora que eu encontrei ele parece que estou bem comigo mesma -

-É tem que está mesmo, ficou ai esperando ele até agora, e vai ser bom porque eu não aguento mais o Taehyung em um casamento forçado- falou Yoongi revirando os olhos e bebendo mais um gole.

-Vocês são bem próximos - ele assentiu.

-Sim, ele é meu patrão e meu melhor amigo -

-legal, Yoongi é melhor irmos a lia vai ficar muito brava com você - ele assentiu e se levantou fomos pagar a conta e saímos indo para o carro, assim que entrei Yoongi deu partida e me levou para a casa, no caminho conversavamos de coisas aleatórias do nosso passado  na escola, eram boas lembranças.

 

Assim que cheguei em casa percebi que havia um carro preto na frente.

-O que o Taehyung está fazendo aqui?- perguntou Yoongi estacionando o seu carro na frente de casa.

-espera ai como ele descobriu minha casa?- perguntei.

-Não fui eu -

-Certo, eu vou descobrir - sai do carro e Yoongi ia fazer o mesmo mas eu o impedi.- vai embora Yoongi senão a lia vai ficar muito brava, assim que eu souber o que ele está fazendo aqui te falo prometo - Yoongi assentiu, fui até a porta de minha casa e a abri, assim que fiz isso vi minha mãe e o Taehyung sentados na mesa na cozinha, fui até eles.

-Boa noite mãe - fui até ela depositando um beijo em sua testa.

-Boa noite filha, porque demorou tanto ?-perguntou.

-Tive que resolver um problema com o Yoongi sobre o casamento, ele pediu minha ajuda e eu não pude negar - falei e Taehyung me olhou nos olhos.

-Bom eu vou deixar vocês sozinhos - minha mãe saiu da cozinha me deixando sozinha com ele.

-Desculpa ter vindo em sua casa, é que eu não consigo parar de pensar em você, e eu queria saber se chegou bem mesmo - assenti e me sentei a sua frente.

-Taehyung, eu não quero brigas com a sua mulher, não quero que nada atrapalhe minha vida, eu te encontrei e estou feliz muito feliz mesmo, mas enquanto estiver casado eu não vou poder ficar com você-

-Ela não vai mais brigar com você rose, eu briguei com ela por você, me peça tudo mas não se afaste de mim, eu não quero isso, eu quero ficar com você - me levantei da cadeira para sair dali mas ele segurou em meu pulso e me prensou na parede - rose por favor, não se afaste de mim - ele aproximou seu rosto do meu e selou nossos lábios em um beijo calmo e apaixonado cheio de vontade, ele pediu passagem e eu sedi sem esforços, sua língua explorava cada canto de minha boca, o beijo era como em meus sonhos tão doce e cheio de desejos, aquele beijo de apaixonado passou para excitante Taehyung aumentou a intensidade passando suas mãos em contorno a minha cintura me trazendo mais pra perto de seu corpo, o ar nos faltava mas mesmo assim não queríamos parar, mas foi impossível já que precisávamos , Taehyung colou nossas testas nós tínhamos o contato visual e nada nos fez parar com aquilo, eu estava presa aquele olhar.

-Não se afaste Rose -

-Eu tenho - me afastei dele

-Ótimo, eu vou resolver o meu casamento e assim que isso acontecer, eu vou vir aqui e é bom você não estar com ninguém, você é minha Rose - senti meu corpo se arrepiar com o tom de voz que ele falou, ele se aproximou e selou meus lábios -Minha - ele se afastou e saiu de casa.

-Sua?-

Fui para o meu quarto e me joguei em cima da cama sem ao menos trocar de roupa, estava muito cansada minha cabeça estava a mil, não parava de pensar em Taehyung e em como o Yoongi e a Lia estão, precisaria conversar com ela sobre hoje, fecho meus olhos só para poder relaxar um pouco, tudo vem atoma o beijo, o primeiro momento em que nossos olhares se encontraram, como eu o achei tão rápido, será que foi o destino que nos reservou esse momento? Será que vamos ficar juntos? Ou será que a vida passada pode se repetir?

São tantas coisas que martelam em minha cabeça que eu nem sei quando vou ter as respostas, a vidente me disse que assim como a alma dele reencarnou a da pessoa que eu mais odiava também, quem será essa pessoa?

 

Acordei com o som do meu celular tocando, olhei as horas e vi que estava atrasada, lia me ligava então resolvi atender.

-Alô -

-Estou na frente da sua casa, anda logo que você já está atrasada -

-Ta bom só vou me vestir - desliguei e comecei a me vestir rapidamente, coloquei a calça e o uniforme passei um perfume e um batom para disfarçar um pouco minha cara de sono, desci as escadas correndo e fui até a porta assim que abri me deparei com o carro de Taehyung, lia estava escorada nele me esperando assim que me aproximei Taehyung saiu do carro para me cumprimentar.

-Bom dia, é então alguem pode me explicar?- lia me abraçou de lado.

-Calma priminha, ele foi no café hoje, e assim que ele perguntou sobre você percebi que estava atrasada ele educado se ofereceu para vir te buscar, e eu aceitei já que Yoongi não quis deixar eu vir com o carro dele -

-Não precisava, mas obrigado Taehyung - falei e ele veio até mim.

-De nada, bom é melhor irmos senão as duas vão ficar encrencadas- assentimos, fui no banco do passageiro enquanto lia foi no banco de trás, o caminho eu permaneci em silêncio, percebi que meu cabelo estava solto e resolvi prende lo logo, enquanto fazia isso Taehyung me olhava, olhava cada parte do meu corpo até chegar em meus olhos.

-Eu sei que ela é linda mas será que você poderia prestar atenção no trânsito porque o sinal já abriu -


Notas Finais


❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...