História Submetida a amar-te - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christopher Uckermann, Dulce María
Personagens Christopher Uckermann, Dulce Maria
Tags Vondy
Exibições 119
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olha quem apareceu depois de 1.5000 anos.
Isso aí,eu mesma,vou explicar o pq do meu sumiço depois do capitulo :)

Capítulo 59 - Cap...(59)


Christopher entrou no prédio de Dulce e estacionou o carro na garagem,ele olhou Dulce que dormia profundamente,afastou o cabelo dela que cobria seus olhos e sorriu,sempre que a olhava dormi, se lembrava de um anjo inocente,se ele não tivesse presenciado o que ela era capaz de fazer como naquela tarde,jamais iria imaginar qualquer coisa do tipo.

—Eu sei que sou linda,mais não precisa ficar me admirando enquanto eu durmo!—Dulce deu um sorrisinho para ele e abriu os olhos bem devagar.

—É linda sim,mais muito convencida também.—Christopher acariciou a bochecha dela,se afastou e respirou fundo com a cabeça encostada no volante do carro.

—Ei você está bem?—Dulce se assustou ao vê Christopher agindo daquela forma.

—Sim estou,só estou muito cansado.—A mesma sorriu  e abriu a porta do carro.

—Então vem,vamos dormi eu também me sinto muito cansada.—Ela desceu do carro e estendeu a mão para ele,que olhou pra ela com um sorriso malicioso e desceu logo em seguida.—Pode tirando esse sorrisinho do rosto,eu só quero dormi abraçadinha com você hoje.

—Com um cara gostoso como eu na sua cama,seminu, você só vai querer dormi mesmo?—Ele apertou o controle do carro para trancar o mesmo e pegou a mão de Dulce.

—Sim,se a gente for transar eu sou capaz de dormi no meio do ato!—Christopher gargalhou imaginando a cena.

—Só você pra fazer esse tipo de comentário morango.—Ele abraçou ela e foram em direção ao elevador.

—Você vai  mesmo fica aqui comigo?A Mai provavelmente não vai dormi em casa, e eu não quero ficar sozinha.—Christopher se encostou na parede do elevador e lançou um olhar sexy,para ela.

—Admite logo que não quer que eu vá embora.—Dulce entrou no elevador e apertou o botão da cobertura,ficou de frente para Christopher de braços cruzados e o encarou.

—Não vou admitir nada,se quiser ir embora vai,eu ligo para meu namorado reserva pra vim ficar comigo!—Christopher gargalhou alto e puxou ela pela cintura colando o corpo de ambos.

—Então quer dizer que eu sou o seu namorado titular?—Ele fez o movimento de beija-la,mas a mesma virou o rosto rindo.

—Eu não disse nada disso.—Ela gemeu ao sentir Christopher beijar o pescoço dela.

—Mais pensou,não estou certo?—Ele a mirou  e sorriu convencido,quando ela deu um tapa em seu peito.

—Você se acha muito Christopher Uckermann.—Dulce entrelaçou os braços no pescoço dele e deu um beijo calmo e carinhoso no mesmo,que recebeu de bom grado.

—Eu não me acho gata,eu simplesmente sou o cara,admite!—Ele deu uma piscadela para Dulce,e logo saíram do elevador de mãos dadas.

—Então senhor “cara” você vai ficar comigo essa noite ou não?—Christopher se encostou na porta do apartamento de Dulce e esperou ela abri.

—Eu fico com você,se me prometer não me atacar enquanto eu durmo—Dulce sorriu e abriu a porta do apartamento.

—Você tem minha palavra,que eu não irei fazer nada que te deixe muito cansado.—Ela piscou pra ele e entrou no apartamento.

—Me sinto aliviado.—Ele levou a mão ao peito e entrou logo em seguida, atrás dela.

—Você já vai pra cama,ou vai tomar banho comigo?—Ela disse,já tirando a jaqueta que usava,junto com a camiseta, ficando apenas de sutiã.


—Vou com você.—Ele tirou a camisa de uma forma abrupta e jogou no chão,seu olhar já estava cheio de luxúria e desejo,pela mulher sexy e atraente a sua frente.


—É só banho Uckermann,nada de mais atrevido.—Ela levou a mão ao fecho do sutiã e o abriu,jogando de lado com sorriu ardiloso para Christopher.—Você está me entendendo mocinho?Ei,meus olhos estão aqui em cima!—Ela deu uma risadinha,com ás mãos na cintura sem se importar nem um pouco por está com os seios expostos.Os olhos de Christopher por nenhum momento deixou de admira-la.

—Caralho, você adora me provoca morango,pois acho bom você correr, se não quiser que eu te foda inteirinha aqui em cima desse sofá!—Ele deu um passo a frente ao mesmo tempo que Dulce dava um passo para trás.


—Christopher você me prometeu que não iria me atacar.—Christopher fingiu uma cara pensativa e a mirou.


—Eu não,que eu me recorde,você que prometeu que não iria fazer nada que me deixasse muito cansado,dessa forma eu não prometi nada,relacionado a te pegar de jeito e te foder inteirinha até te deixar de pernas bambas!—Dulce deu mais alguns passos pra trás enquanto Christopher avançava pra ela.


—Fodeu!—Ela praguejou e olhou pra ele,ambos estavam em um impasse,Dulce estava totalmente sem saída. 


—Acho bom você começa a correr morango,porque te foder é exatamente o que eu quero agora!

 

 

                                                                                  |...|

 

Um pouco longe dali,mais especificamente no subúrbio do México ou em outras palavras,no submundo.Se encontrava uma roda com muita gente,todos gritavam palavras obscenas e pedidos desesperados de vitória,estava tendo uma briga de rua,mais não era qualquer um que lutava ali no meio da multidão e sim um garoto de aproximadamente quatorze anos.

 

—VAI D-BOY QUEBRA ESSE CARA LOGO DE UMA VEZ!—Outro garoto gritava eufórico.  

—MANDA ESSE FILHO DA PUTA PARA O HOSPITAL LOGO D-BOY!—Outro menino da mesma idade,gritava sem parar.

 

   D-boy rodava no chão com um cara duas vezes maior que ele,quem olhasse de longe aquela briga tinha certeza absoluta que o garoto levaria a pior,mais não era o que seu adversário achava,pelo fato  do garoto ser menor,era mais agiu e habilidoso,ele batia sem parar no homem,que estava ficando cansado e sem energia para continuar aquela luta.

 

—TRUCIDA ESSE CARA IRMÃO!

—ACABA COM ELE,FALTA POUCO!

 

Às pessoas esbravejavam,os gritos era ensurdecedores e agoniantes ao mesmo tempo,se os dois lutadores não tivessem foco e adrenalina nas veias,certamente iria se deixar levar pelo grito da torcida.Mas Christian não dava a mínima pra isso,ele estava entre a multidão procurando por uma pessoa apenas,ou melhor dizendo o cara de várias faces.

 

—Liam você viu o fantasma por aí?—Christian perguntou olhando ao redor.

—Hoje ele não apareceu por aqui não cara,mas relaxa aí,daqui a pouco ele está estourando na quebrada!—Chris assentiu e continuou andando por aquele local.

—VAMOS FAZER BARULHO PARA ESSE MOLEQUE,GALERA,COM APENAS QUATORZE ANOS,D-BOY É O VENCEDOR DA NOITE!

 

      A multidão ovacionava D-boy,o garoto tinha o maxilar avermelhado num tom quase roxo o supercílio sangrando,mais não perdia o sorriso orgulhoso nos lábios.O entusiasmo da multidão chamou a atenção de Christian,ele olhou em direção ao garoto e quase tomou um susto,ao vê seu irmão mais novo junto de outros moleques,comemorando com o vencedor da briga.

 

—Que porra esse merdinha está fazendo aqui?—Chris falou pra si mesmo,fitando o irmão caçula,que estava distraindo um homem,enquanto um outro garoto  roubava a carteira do cara.—Christopher vai matar esse pivete!—Chris caminhou até o irmão a passos largos,e o pegou pelo pescoço.—QUE PORRA VOCÊ ESTÁ FAZENDO AQUI JOSHUA?


Notas Finais


Gente eu andei sumida,pq estou com bloqueio criativo,não sai quase nada da cachola,ás vezes ainda tenho alguns relampejo de ideias legais e anoto,aí vou juntando um com outro e o capitulo sai,mas juro pra vcs nunca tive um bloqueio tão prolongado quanto esse,está um saco isso gente,mas eu sei que uma ora esse infeliz vai pra marte infernizar outro ser de lá kkkkk
Juro pra vocês que tentei dar meu melhor aqui,espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...