História Submissa I - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bdsm, Drama Romance, Obsessão, Sexo
Exibições 241
Palavras 1.069
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Nó corri vou, mais ta ai mais um capítulo..

Esse vai ter três partes e vou porta ao longo da semana, espero que curta.

BOA LEITURA LINDAS ♡♡

Capítulo 11 - ~ O coração do Amo - Part 1


Fanfic / Fanfiction Submissa I - Capítulo 11 - ~ O coração do Amo - Part 1

Por que eu aceitei ir nesse jantar? Todos vão olhar pra mim como se eu fosse uma cópia mal feita de uma mulher que eles amavam, até o Bém vai me olhar assim.. EU NÃO VOU!

Mais se eu não for ele vai ficar com raiva.. Merda!

 Faltam uma hora e eu estou olhando pro vestido e me perguntando o que eu estou fazendo. Tá, eu tenho que ir, preciso mostrar pra todos quem eu sou. Coloco o vestido, ele é preto sem decote e com uma fenda na perna direita, ponho um salto preto com detalhes em prata. Faço uma maquiagem simples e deixo o cabelo solto. Pronto to linda, só falta uma coisinha. Pego o colar que Benny me deu e coloco, uma mensagem chega.

"Cheguei" @B

"Está bem, vou descer"

Pego a bolsa e saio, desso as escadas e vejo Bennett conversando com minha mãe, ele desvia o olhar para o meu e sorri.

- Uau, querida você esta linda.. - minha mãe fala sorrindo, ela chega paro de mim sussurra - Por que você não me disse que estava saindo com um gato desse?..

- Mãe.. - falo sem graça - a gente tá indo - do um beijo na bochecha dela e puxo Benny pra fora, ele não para de me olhar - A minha mãe falou alguma coisa?..

- Nada de mais. Você tá linda.. - minhas bochechas esquentam - nunca vi nada mais lindo..

- Assim eu me apaixono.. - paro na porta do carro, ele se aproxima do meu ouvido 

- Talvez eu queira isso.. - minha pele fica toda arrepiada, ele sorri e abre a porta - senhorita...

 Recupero o ar que perde a segundos atrás e entro no carro, o observo atravessar o carro, caramba ele tá muito gato, com um terno azul escuro perfeitamente alinhado, uma camisa bem engomada e cabelo pentiado para trás com perfeição.

- Eu já disse que você esta linda? - ele fala sorrindo 

- Para. 

- O quê,  eu so estou falando a verdade..

- Bennett vamos logo, por que eu to tentando te odiar aqui! 

- Vamos, mais a gente precisa passar na minha casa.

- Pra que?

- Você vai ver...

                                   ●●●

- Eu posso saber o que o senhor veio fazer aqui?! - pergunto entrando no apartamento 

- Agora pode - ele pega minha mão e me leva até o quarto. - tira a roupa! - ele manda.

- O quê? - ele revira os olhos - Que eu me lembre nós temos uma festa pra ir e outra eu ainda estou com raiva de você.

- Roberta você quer tirar essa roupa! 

- O que você vai fazer? - ele passa a mão nas minhas costas e abre o zíper, Seus dedos roçam minhas costa, vestido cai revelando meus seios.

Benny pega uma caixa retangular e tira duas argolas com espécie de parafusos em volta. Ele pega um de meus seios e aperta.

- Já usou prendedores de mamilos? - ele coloca um deles na minha mão, nego. - Hoje vai usar..- ele coloca a boca em meu mamilo o deixando duro  - existe vários tipo de de prendedores, eu prefiro esses. - solto um breve gemido - Você gosta quando te toco assim..

- O que você acha, senhor?..- falo com ironia.

- Isso não é jeito de responder.. - e ameaça coloca o primeiro prendedor, dou um passo a trás

- Sim, senhor eu gosto.. - ele puxa minha cintura pra perto, é tão alto e eu tão pequena.

- Eu vou ajustar de um jeito que não incomode tanto.. - ele olha nos meus olhos - posso colocar?..

- Acho que sim..

- Sim.. ou não..

- Sim - ele ajusta a primeira peça, a pressão foi crecendo - ta doendo..

- Calma respira, vai passar.. - ele beija meu pescoço, isso foi em mim como viagra, a dor de meu mamilo virou prazer. Ele coloca a outra e me dá um beijo doce na bochecha. - prontinho...

                                 ●●●

A cada passo que dou nesse Jardim fico mais nervosa, acho que Bem percebeu por que pegou em minha mão e a beijou.

- Calma, minha família não morde..

Entramos na imensa casa onde ha pessoas conversando e rindo,  a mãe de bem foi a primeira a nos comprimentar, ela foi bem simpática como sempre, depois foi a vez de conhecer seu pai que sem dúvida era um belo homem.

- Ela é uma bela mulher filho! - ele tá um tapinha no ombro do filho  

- É ela é..

- Bennett! - me viro para a direção da voz e me assusto ao ver Helena com um cara loiro e bonito - ..que bom te ver aqui.

- Liam é bom te ver também - ele o abraça, Helena efica me olhando igualmente surpresa - deixa eu te apresenta uma pessoa. Liam essa é Roberta.

- Prazer.. - ele estende a mão e a pego, Helena fecha a cara e logo me afasto. - Você me lembra alguém..

- Muita gente diz isso.. - Liam olha para Bem, ótimo ele também acha que me pareço com a outra, deixa eu mudar de assunto. - Helena o que faz aqui?..

- Eu vim com o liam, meu namorado. - ela fala sorrindo.

- Vocês se conhecem? 

- Somos primas.. - ela fala.

- Nossa que coincidência!

- Muita.. - ela fala outras vez e ri,  um casal chama por liam 

- Eu ja volto, você vem amor? - ela confirma

Um garçom passa e Bem pega duas taças, as pego a devolvo ao garçom.

- Nada de bebidas, senhor..

- Achei que eu era o amo aqui.. - ele chega mais perto, seu perfume me envade.

- Tio Bey! - Duas criancas vem correndo ate nós, Bennett se abaixa a abre os braços, a garotinha tem que levantar os pezinhos. - A gente tava com saudade..

- Eu Também meus anjinhos..- ele beija a bochecha dos dois.

- Está bem agora deixem o tio de vocês em paz.. - uma mulher morena fala -  Oi maninho..- ela o da um abraço

- Oi..

- Minha mãe disse que você estava com uma garota nova e eu tinha que vir ver esse milagre.. - ela se vira pra mim e sorri - Oi prazer, Beatriz..

- Prazer Roberta.

- Agora me diz como você aguenta meu irmão?..

- Bia..


Notas Finais


Gente quando eu tava fazendo minhas pesquisas de Campo descobrir que um prendedor mal colocado pode causar isquemia. Tomem cuidado!

Gostaram do capítulo, eu percebe que esse capítulo faltou alguma coisa, acho que é pq eu fiquei atormentada com a ideia de ter que posta hoje e perdi aquela Química com as palavras.
E eu não quero isso, não quero que isso vira uma obrigação, eu quero que a gente se divirta juntos; eu escrevendo e vcs lendo. Então toda vez que eu demorar pra posta e porque eu não achei que escreve algo bom ou porq eu fiquei sem inspirações.

É isso!

Link do vestido:

Negro no We Heart It - http://weheartit.com/entry/191169654

Bjos**


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...