História Submissive (Harry Styles) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Harry Styles, Justin Bieber, Logan Lerman, Matthew Gray Gubler, One Direction, Shawn Mendes
Personagens Barbara Palvin, Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Logan Lerman, Matthew Gray Gubler, Niall Horan, Personagens Originais, Shawn Mendes, Zayn Malik
Tags Barbara Palvin, Gay, Harry, Harry Styles, Lemon, Liam Payne, Logan Lerman, Romance, Sexo, Shawn, Shawn Mendes, Zayn
Visualizações 92
Palavras 1.988
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Professora Nova e Roda de Conversa


Fanfic / Fanfiction Submissive (Harry Styles) - Capítulo 5 - Professora Nova e Roda de Conversa

POVs Harry

 

 Ontem depois que Shawn me convidou para ir ao porão junto de seus amigos nós não falamos mais sobre o assunto, na verdade ele passou o dia fora do quarto enquanto eu fiquei estudando, parei apenas uns minutos para comer um lanche antes de voltar, também conversei com Logan, ele me contou sobre a faculdade e sobre as pessoas de lá, disse também que sente falta da comida da nossa cozinheira, e eu confesso que sinto também.

 Hoje eu já estou arrumado para a aula e caminhando pelo Campus enquanto penso no que Shawn me falou, talvez eu realmente devesse ir e tentar fazer novos amigos, mas e se isso for só um plano deles para fazerem alguma brincadeira idiota comigo? Eu não sei, por algum motivo confio em Shawn.

 

- Bom dia. -Camila disse ao me ver. - Viu Niall no dormitório?
- Não, eu sai cedo pra não ouvir aquele som infernal pela segunda vez. -Falei.
- Imagino. -Camila riu. - Niall deve ter dormido depois do primeiro sinal e se atrasou.
- Precisa estar com muito sono pra dormir depois daquele barulho. -Falei e ri.
- Realmente. -Ela sorriu. - Vamos indo? Se esperarmos por ele vamos nos atrasar também.
- Vamos. -Afirmei.

 

 Camila caminhou pela minha frente, nós tomamos um pouco de café antes de entrar para sala de aula, nos sentamos em nossos lugares que também sentamos ontem. Minutos depois Niall chegou correndo, disse que acabou dormindo depois do primeiro sinal, Camila me olhou com um sorriso vitorioso, eu revirei os olhos e ri.

 Alguns minutos passaram-se é uma mulher de cabelo loiro e olhos azuis entrou, ela aparenta ter uns quarenta anos mas é muito bonita.

 

- Bom dia, acredito que vocês ainda não me conheçam ou eu dei aula aqui ontem? -Ela perguntou.

 

 O pessoal da sala negou, então ela deu um sorriso e caminhou para o meio da sala de aula, na frente da lousa.

 

- Me chamo Vera Farmiga, sou a professora de história de vocês. -Ela disser sorriu novamente. - Vou querer saber o nome de todos.

 

 Ela foi perguntando de mesa em mesa o nome de todo mundo, depois de um tempinho todos os nomes foram ditos e ela começou a falar de sua vida, falar sobre sua carreira e também o que pretende nos ensinar esse ano. O tempo foi passando cada vez mais e mais, até que a sua aula acabou e o professor Adam entrou na sala de aula.

 

...

 

 Minha mãe foi cheia de deveres, o professor Adam cobrou novamente as redações e disse que precisamos entregar segunda sem falta, depois eu conheci meu professor de química, seu nome é Jensen e ele aparenta ter pelo menos sessenta anos.

 Passei a tarde em ligação com o Logan via Skype, é incrível como essa tecnologia nos ajuda tanto hoje em dia, e ainda sim existem pessoas que dizem que é ruim, bom, é ruim apenas em partes por conta de pessoas ruins que usam a internet para fazer coisas ruins.

 

- Já pensou sobre ir lá no porão? -Shawn perguntou ao entrar no quarto.
- Eu vou. -Respondi sem pensar muito.
- Tudo bem então, lá podemos conversar sobre as nossas férias e assim a redação fica fácil. -Ele sorriu. 

 

 Shawn parece ser um garoto legal, mas ele vive saindo do quarto e passando horas e horas fora, não que eu seja preocupado com isso, mas digamos que não existe muitas coisas para se fazer por aqui, e agora sei que ele se reúne no porão com seus amigos para beber algumas cervejas e conversar, isso é contra as regras, o que mais será que ele faz que é contra as regras? De qualquer forma não vou ficar enchendo o saco dele ou observando sua vida, tenho mais coisas pra fazer. Peguei uma camiseta branca e uma calça jeans, levei tudo para o banheiro, lá peguei uma toalha seca. Por sorte de novo o banheiro não está com pessoas dentro, ainda bem que ando tomando banho apenas nesse horário, assim não vou correr risco de ninguém olhar minha bunda, não que olhariam, mas ainda sim é desconfortável.

 Tirei minhas roupas e logo entrei no box, o fechei com a cortina de plástico que na verdade não cobre nada e comecei a me lavar, fiz de tudo para fazer isso o mais rápido o possível, não quero que ninguém chegue e me veja aqui.

 Assim que terminei o banho eu me enxuguei com a toalha e vesti minhas roupas, coloquei as roupas sujas para lavar e peguei as que eu havia deixado aqui outro dia. Fui para o meu quarto e abri o guarda-roupa para guardar as roupas e pegar meu creme, o passei em meus braços, eu queria poder passar o creme por todo o meu corpo, mas com Shawn aqui ficaria estranho e desconfortável.

 

- Meu colega de quarto passa creme? -Ele me olhou sorrindo e com as sobrancelhas levantadas.
- Por favor, estamos no século vinte e um. -Falei enquanto espalho o creme em minha pele.
- Eu sei, não é um julgamento. -Ele disse rindo. - Mas geralmente adolescentes não se cuidam com creme e tal, não homens.
- Não sou todo mundo, como já diz minha mãe. -Falei e ri. - Enfim, se quiser passar também é só pegar o creme.
- Valeu. -Shawn disse e levantou de sua cama, pensei que ele ia pegar o creme mas na verdade pegou uma camisa xadrez verde e a vestiu. - Vamos pro porão?
- Vamos. -Falei.

 

 Guardei o creme e vesti um casaco preto, saímos juntos do quarto e caminhamos pelo corredor, descemos as escadas e saímos do dormitório sem ninguém interromper. Quando chegamos lá fora Shawn enviou alguma mensagem pra alguém, então fez um sinal para eu segui-lo, assim fiz. Andamos pelo jardim de trás do dormitório e então chegamos em uma entrada do dormitório que leva pra baixo do chão, esse então é o porão.

 

- Ei gente. -Shawn disse após bater na porta.
- E aí cara. -Liam falou ao abrir a porta. - E aí, Novato.
- Meu nome é Harry. -Falei após descer no porão.
- Harry Lerman Styles, eu sei. -Liam estendeu sua mão. - Me desculpa por ontem, eu pensei que você ia cair na brincadeira.
- Contato que você não seja um babaca tá tudo bem. -O cumprimentei e ri.
- Bom, aquele garoto de regata preta é o Justin. -Shawn me disse apontando para o tal garoto que tem várias tatuagens pelo braço.
- E aí. -Justin disse e fez um sinal com sua mão assim que me viu.
- E aquele com piercing na boca é o Luke. -Shawn falou por fim.
- Não liga pro Liam, ele é o mestre das piadas sem graça. -Luke disse e riu.
- Cala a boca. -Liam revirou os olhos. - Enfim, tem cerveja no cooler.
- Eu não bebo. -O olhei. - Na verdade nunca bebi.
- Se não quiser não bebe. -Liam falou após pegar uma lata de cerveja, então se sentou no sofá junto de Luke e Justin.
- Vamos lá. -Shawn pegou uma lata e abriu. - Experimenta, se não gostar não bebe.

 

 Ele me entregou a lata, eu dei um pequeno gole e isso foi o suficiente para um gosto horrivelmente amargo invadir minha boca, engoli o líquido na força e entreguei a lata de cerveja pra ele, com certeza não vou beber isso. Shawn acabou rindo depois de ver a careta que eu fiz por conta do gosto, eu revirei os olhos por conta disso mas ri junto, me sentei no sofá junto dele e dos outros.

 

- Então Harry. -Liam bebeu um pouco de sua cerveja. - O que tá achando daqui?
- Eu não sei, é estranho... mas não é tão ruim quanto parecia ser. -Respondi.
- Acho que não poderia existir coisa melhor. -Justin disse após beber um pouco. - Aqui não temos nossos pais enchendo o saco.
- Mas temos os inspetores. -Luke falou rindo.
- Meus pais me avisaram apenas um dia antes de que eu iria vir estudar aqui. -Falei. - Eu tive 24 horas pra aceitar isso.
- Uau. -Shawn me olhou. - Por que tomaram essa decisão? Você faz muitas merdas? -Perguntou.
- Na verdade não. -Ri e o olhei. - Eles fizeram isso porque meu irmão, o Logan, ele foi fazer faculdade na Carolina do Sul e eu fiquei "sozinho", então eles decidiram que seria melhor pra mim passar dia e noite com pessoas da minha idade.
- Um pouco exagerado talvez. -Liam arqueou sua sobrancelha.
- Mania de rico é fazer um exagero de tudo. -Luke bebeu um pouco.

 

 Percebi que Shawn ficou um pouco confuso sobre isso, o que é estranho, quer dizer, a maioria me conhece por conta de meu sobrenome, Styles é o nome da empresa do meu pai, não é sobre moda, mas o lema é "a moda dos melhores negócios".

 

- Você é filho do Desmond da Styles? -Liam me perguntou.
- Sim. -Respondi.
- Quem diria que meu colega de quarto é dono de uma das maiores empresas de empreendendorismo da cidade. -Shawn falou rindo.
- Você vai continuar os negócios do seu pai? -Luke me perguntou.
- Eu não sei, eu me daria bem com isso... mas é meio bizarro pensar no que eu quero fazer pro resto da vida. -Suspirei.

 

 Continuamos conversando sobre faculdade, trabalho, o que queremos fazer e tudo mais, descobri que apesar de Liam ser o capitão do time ele quer mesmo é ser psicólogo, já Luke tem o sonho de ser um belo engenheiro, Justin ainda não sabe sobre isso, e Shawn diz que gosta de filosofia, mas quer ser um escritor, quer ser um professor de filosofia enquanto escreve livros de ficção, é uma coisa legal.

 A conversa foi indo, realmente eles não são idiotas como Zayn havia dito, na verdade são bem legais. Passou um tempo e Luke e Justin foram embora, sobrou apenas eu, Liam e Shawn, mas Liam ficou com sono demais depois de um tempo.

 

- Vamos voltar? Eles já devem ter apagado as luzes mas conseguimos ir de boa se fomos devagar. -Shawn disse me olhando.
- O que acontece se pegarem a gente andando por aí? -Perguntei.
- advertência. -Ele disse rindo. - Mas relaxa, ninguém vai ver.
- Vamos então. -Falei é pressionei meus lábios.

 

 Shawn me deixou sair primeiro e me pediu para ficar olhando em volta, assim que ele saiu ele fechou as portas e trancou, por algum motivo ele e seus amigos que ficam com a chave do porão, ou pode ser uma cópia. Andamos devagar e de olho em tudo a nossa volta, conseguimos chegar no dormitório e fomos para o nosso quarto o mais silencioso o possível.

 

- Pronto, falei que não iríamos ser pegos. -Ele falou me olhando, então se sentou em sua cama.
- Não falamos sobre nossas férias. -O olhei.
- Verdade. -Ele passou a mão em seu cabelo. - Se quiser meu número pra você me ligar amanhã e conversarmos, é que eu tô com sono agora e não vou conseguir falar sobre isso.
- Claro, podemos ligar. -Falei e entreguei meu celular pra ele.
- Marquei o número e o meu Skype, assim na gasto seus créditos. -Ele riu.
- Valeu Shawn. -Coloquei meu celular pra carregar.

 

 Tirei meu tênis e a calça, vesti um short e uma outra camiseta, então deitei em minha cama e me cobri, Shawn ainda está de pé e por isso a lanterna de seu celular ilumina o quarto, ele tirou sua camiseta e sua calça mas não vestiu nada, apenas deitou em sua cama de cueca e se cobriu até a cintura, mas ok Harry, você não deveria ficar reparando nessas coisas. Me virei pra parede e fechei os olhos, ainda bem que amanhã vou poder ficar em casa tranquilamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...