História Submissive Love - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Jikook, Romance, Vhope, Vkook, Yoonmin, Yoonseok
Exibições 72
Palavras 1.510
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então meus amores preparem o kokoro porque vou jogar a bomba e sair correndo rsrsrs
Me perdoem por qualquer erro e boa leitura.

Capítulo 8 - Rules


Fanfic / Fanfiction Submissive Love - Capítulo 8 - Rules

[POV’S JUNGKOOK]

Estara quase terminando de me arrumar, ainda era difícil acreditar que jimin iria sair comigo ou que estava de bom humor pra fazer qualquer coisa parecida, o primo dele também vai e eu confesso que não gostei muito do garoto, ele tem uma ligação estranha com Jimin que eu não consigo entender.

Aquela altura do campeonato Jungkook já se pegava sentindo ciúmes de seu Hyung, não era de se esperar menos já que boa parte dos momentos memoráveis de sua vida se passaram com o menor, claro que o maknae não entenderia a relação que aqueles dois têm um com o outro, ninguém entenderia aquele vínculo nem mesmo os dois.

Desci as escadas sem pressa alguma encontrando Yoongi com um sorriso safado no rosto, puta garoto sexy mas tá na cara que o que ele tem de gostoso tem de babaca, passei pelo esverdeado dando um breve sorriso me sentando à espera de jimin. E droga valeu a pena cada segundo que esperei, ele estava lindo, vestia uma calça jeans que marcavam perfeitamente suas coxas junto de uma camisa branca de botões, seus cabelos estavam úmidos e caídos pelo rosto deixando-o ainda mais sexy.

-Vamos logo -Jimin disse puxando à mim e a yoongi-

O trajeto até o tal parque fora detestável, jimin e yoongi só falavam de coisas fúteis como com quantas pessoas já dormiram e etc, sinceramente não acredito que eu gosto de uma pessoa feito jimin, ele é totalmente o oposto de pessoa que eu pensaria em namorar, mas... Não somos um casal, somos?. Eu não posso alimentar esperanças de ter algo a mais de jimin, eu sou só mais um nessa lista idiota dele. Chegamos no tal lugar e até que valeu a pena ter aguentado aquela conversa, era maravilhoso, havia uma fonte enorme no meio do parque e era rodeado por árvores grandes com algumas flores, o gramado estara impecável, crianças e até adultos corriam pelo lugar, outros estavam apenas sentados em toalhas de mesa comendo ou lendo qualquer coisa, eu não conseguia conter minha euforia, sai do carro às pressas indo até uma grande árvore um pouco afastada de tudo que me chamou bastante atenção.

-Puta merda Jungkook, espera -Jimin gritou se aproximando de mim com uma cesta grande enquanto yoongi contava os passos atrás do menor, esse cara me assusta-

Esticamos uma grande toalha de mesa embaixo da árvore escolhida pegando alguns pratos e copos colocando sobre a mesma, jimin trouxe comida para um batalhão, não sei como tudo aquilo coube naquela cesta, havia frutas, pães, algumas bebidas e doces e uma garrafa de vinho, tomei a liberdade de servir à todos e comemos calados apenas olhando tudo em volta.

-Então Jungkook,  está morando com ChimChim -Yoongi disse comendo algumas uvas logo bebericando seu vinho-

-E-estou, meu pa...

-Não precisa entrar muito em detalhes saeng -Jimin disse interrompendo o mais novo logo lançando um olhar furioso para Jungkook, o garoto não queria que o primo soubesse, não aguentaria interrogatórios e muito menos brincadeiras idiotas-

-Aish Jimin, deixa o garoto falar -O sorriso debochado do esverdeado estara estampado em seu rosto-

-Eu acredito que Jimin já te explicou tudo yoongi -Digo seco voltando minha atenção para jimin que agora estava com uma expressão satisfeita e tocou minha mão brevemente acariciando-a com o polegar-

-Que se foda, vou comprar sorvete vocês querem? -yoongi se levanta se afastando um pouco e olha para trás esperando nossas respostas-

-Não obrigado -dissemos e logo o esverdeado some de nossas vistas adentrando uma loja qualquer do outro lado do parque-

-Jungkook eu acho que você não entendeu -jimin se aproxima e deita sua cabeça em meu colo- ninguém tem que saber da nossa relação, muito menos yoongi, ele como primo por mais que não pareça é muito ciumento.

-Entendi senhor -digo sentindo o desânimo em minha própria voz- senhor posso fazer uma pergunta?

-Faça -jimin fecha os olhos se aconchegando em meu colo-

-O senhor é bissexual? Bom eu estava ouvindo a conversa de vocês no carro... e eu fiquei curioso

-Sou sim kookie, mas isso não é importante porque estou com você agora.

-Entendi -não contive o sorriso largo em meu rosto e levei minha mão até seus cabelos afagando os mesmos, ele estava comigo? O que será que ele quis dizer, eu era importante pro mais velho? Droga são muitas perguntas, eu não deveria alimentar algo que sequer possa existir, estamos falando de Jimin, ele pensa mais com a cabeça de baixo do que com a de cima, de qualquer forma eu teria muito tempo para descobrir o que ele realmente sente.

-Jungkook, como foi pra você fazer sexo? -o garoto surpreendera o mais novo com tal pergunta, aquilo não era assunto para ser discutido naquele momento-

-Foi... muito bom, não posso dizer que foi especial porque, eu não estava preparado, mas ainda assim gostei muito senhor.

-Hmm... -jimin se levanta se sentando à frente de Jungkook logo selando seus lábios nos do mais novo, nada de língua ou quaisquer outras coisas, os dois apenas sentiram os lábios um do outro-

-Vamos embora? Eu não estou confortável com tanta gente olhando -digo já sentindo minhas bochechas corarem-

-Tudo bem -Jimin se afasta deixando novamente um breve selar no mais novo e começa a juntar toda a bagunça feita por eles- yoongi foi e ficou, certeza de que esta paquerando alguém, depois mando Bon buscá-lo.

O trajeto de volta para casa fora perfeito, eu e jimin cantamos e interpretamos várias músicas , outrora o garoto pegava minhas mãos e as acariciava ou apenas deixava selinhos em meus lábios, nunca imaginei que Jimin poderia ser romântico ou sensível como estava sendo, a questão seria “por quanto tempo?”. Alguns minutos depois chegamos, teria de parar com a mania de sempre dormir na viagem de volta para casa, mas ninguém mandou ser tão longe.

-Jungkook vá colocar um pijama e eu te espero na sala de televisão ok?

-Ok senhor -vou direto para meu quarto vestindo meu pijama, enrolei um pouco para descer já que estava um pouco cansado, algum tempo depois me levanto indo para sala onde jimin me esperava, aquela casa era tão grande que eu nem sabia onde ficava essa tal sala-

E lá estava ele novamente, apenas com uma calça de moletom que caía um pouco nos quadris, a visão dos deuses. Adentrei a sala ficando deslumbrado por ver tanta coisa ali dentro, haviam videogames muitos livros em uma estante enorme, um sofá grande que ficara no centro da sala à frente da tv que já estava com o filme em pause suponho que me esperando para assistirmos juntos.

-Vem logo Jungkook -Jimin dá batidinhas no sofá para que eu me sentasse ao seu lado e assim o fiz, ele segurava um balde grande de pipocas, haviam chocolates e doces espalhados pela mesinha à frente do sofá junto de dois copos grandes de refrigerante-

-Pode dar play senhor -pego uma das barrinhas de chocolate-

-Jimin , me chama de jimin -ele da play no filme que aparentemente era de terror, me puxou para junto de si, ainda era complicado entender as mudanças de humor de jimin, parece que o garoto reprime a si mesmo de tentar ser feliz, eu não o culpo, talvez o passado tenho o deixado dessa maneira-

-Hyung? -me viro o olhando-

-Fala -ele diz sem tirar os olhos da TV-

-Porque você gosta de dominar e machucar as pessoas?

-Isso não é da sua conta saeng -o garoto solta um suspiro longo, ele detestara se lembrar o que o fez ser o que é agora, odiava ter de conviver com seu passado-

-M-me desculpe, eu não queria irritar você -Me afasto do mais velho abrindo minha barra de chocolate logo comendo a mesma-

-Não mandei você se afastar Jungkook, venha cá, eu só disse que você não precisa saber de tudo que aconteceu e que acontece em minha vida.

-E você acha que sou o que? -me levanto deixando a embalagem do doce na mesinha- ah eu acabei de me lembrar, sou apenas seu brinquedinho sexual e companhia quando está se sentindo sozinho, bom agora o “senhor” não precisa mais disso pode se comer com seu priminho, agora me dê licença, vou pro meu quarto -saio sem dar tempo para o mais velho se pronunciar e subo correndo para meu quarto adentrando o mesmo logo o trancando e me jogando na cama-

[POV’S JIMIN]

Aquela criança estava de brincadeira com minha cara, ele não entendeu o que eu quis dizer com “ser meu e obedecer” é claro que tenho que ter paciência, isso é tudo muito novo para Jungkook, mas não serei flexível só porque ele não entende, vou mostrar para ele as consequências de suas atitudes infantis.


Notas Finais


Bom espero que tenham gostado a tia volta depois amo vocês e muitos beijinhos de bala e arco íris ♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...