História Submisso - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 44
Palavras 684
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


CHEGAY!!!!
TA NA HORA TA HORA
TA HORA DE POSTAR
POSTA LEMON E ORANGE
E AS TRETAS SEM PARAR

CHEGAMOS A 40 FUKING FAVORITOS, E EU SÓ TENHO A AGRADECER A VOCÊS, A DEUS E AS MINHAS AMIGAS!!!!! É nois cuzão. Brinks amo vcs leitores e leitoras, parece que eu vo falar daquele porco, sabe o Leitão então, não que eu esteja chamando vcs de gordo, desculpa ae.


Muito obg pelos favs, e os coments é muito importante é gratificante para mim.
Vlw. Nem sei explicar a minha tamanha felicidade, depois de tudo que tá acontecendo comigo, eu ainda tenho forças que vocês me dão para continuar a fic, eu quero que ela seja infinita, serião.

Nesse cap, vcs vão ter uma pequena aula de ciências. E cada nome dos personagens que estiver no capslok e meio que um POVs dele.

Acho que nunca fiz uma nota tão grande assim.

Bjs na bunda
Goodbye lovers
Boa leitura.
~Astartis

Capítulo 26 - Positivo ou Negativo


Fanfic / Fanfiction Submisso - Capítulo 26 - Positivo ou Negativo

Autora on

Outro dia 

Josh e Jay estavam indo de encontro ao hospital com os policiais para ter notícias de Scott. Marietta, Maggie, Becky, Suzan e Chloe tomavam café da manhã na casa de Josh, todos juntos a mando da Maggie, que estava com algumas peças de roupas das empregadas. Logo após o café da manhã, das meninas, duas viaturas com dois policiais cada foram busca-las mansão, as levando para o hospital, a pedido do Delegado e Josh.

Já estavam todos no sala de espera do  já que o Dr. Marks e sua equipe ainda estavam na sala de cirurgia de Scott. Só se via aparelhos e mais aparelhos entrando. E ninguém poderia entrar no quarto do Scott.

[...]

O Doutor chega na sala de espera.

DOUTOR: Me desculpe, mas fizemos tudo o que podemos, muito esforço, e... -

CHLOE: Fala logo porra -disse nervosa.

DOUTOR: Calma senhorita, o Bebê, infelizmente tivemos que tira-lo, por falta de sangue do senhor Reese, e ele está precisando, caso isso ele também não resistirá. Algum de vocês têm o sangue compatível com o do senhor Reese?

JOSH: Qual é o tipo sanguíneo dele?

DOUTOR: O negativo.

SUZAN: Então qualquer um pode doar o sangue né? Pois O- é universal.

DOUTOR: Não é bem assim mocinha, o sangue O negativo é considerado universal, por conter hemoglobinas de outros sangues o que o torna universal para ser distribuído, mas para o caso de ser atribuído tem que ser re uma pessoa cujo o sangue seja O-. 

JOSH: Maggie qual seu tipo sanguíneo?

MAGGIE: É O, só que é positivo.

DOUTOR: Poderia até ser você, se suas RHs fossem negativo, o que te torna incompatível, vocês não conhecem ninguém com o sangue O-?

JAY: Josh você não é?

JOSH: Eu... Eu não sei -disse confuso.

JAY: Você é, por dos três Langmans, dois são positivos e um é negativo seu anta -disse revirando os olhos.

DOUTOR: Vamos fazer os exames, se você for, pode doar o sangue para seu... 

JOSH: Ele é meu namorado, doutor.

DOUTOR: Mas você sabe se tem outra pessoa, com sangue negativo.

SUZAN: Doutor onde o senhor está querendo chegar em? -disse impaciente.

DOUTOR: E por volta de dois litros e meio para doar, você não conseguira doar tudo -disse referindo-se a Josh.

JOSH: Eu consigo, eu sou forte.

[...]

Os exames foram feitos, e realmente Josh era O negativo. O delegado ainda se recusou em falar com qualquer pessoa presente naquela sala de espera, sem antes poder ver Scott, por isso mandou todos voltarem aos aposentos, e levasse Jay, de volta à cela dele, de qualquer modo, o delegado não acreditou no depoimento do mesmo.

Josh se preparava para doar sangue, estava sentando em uma poltrona no mesmo quarto que Scott, que dormia tranquilamente. Logo a enfermeira entrara com a seringa, e o resto de matérial que ligava o sangue de Josh ao seu princeso.


O líquido vermelho pingava cada vez mais na bolsa. Josh foi se sentindo mais fraco, e seus olhos pesados foram se fechando, até que dormiu.

[...] 

Josh acordou e quando oilhoupai o pequeno vão não coberto pela cortina da janela do quarto percebeu que já era noite. E ao seu lado, tinha uma bandeja, com sopa, água, suco e frutas, as bebidas estavam geladas, e a sopa quente, dava a entender que foi deixada ali a pouco tempo. Pegou a bandeja com cuidado porém rápido para não deixar cair nada, e comeu uma colher de sopa -comida de hospital é horrível- pensou ele. Logo bebendo a água é comendo uma fruta, e voltando a dormir.

[...]

-isso está demorando- pensa ele suspirando ligo em seguida.

—Ja acordou? Achei que ia dormir mais. -disse Scott enquanto comia sua sopa.

—Está acordado? -Perguntou Josh com o maior sorriso bobo

—Sim, a muito tempo, olhando você dormir, o que é muito fofo. -Disse Scott

—Eu te amo. -Disse Josh sorrindo e Scott corando 

—Eu hein tá louco. -disse Scott espantado

—O que foi? Louco de amor por você. Eu estou demonstrando o meu amor por você ue, não pode mais? 

—Poder até pode, mas assim do nada é meio loucura, idiota. -disse Scott rindo -eu também te amo, muito.

 Eu hein tá louco - disse Josh tentando imitar ao seu namorado. Caindo os dois na gargalhada. 

















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...