História Succubus - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 27
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Survival, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Serio os dialogos desse cap estão excepicionais,espero que gostem e boa leitura a todos.

Capítulo 2 - Tristeza-Amor?-Felicidade!


Fanfic / Fanfiction Succubus - Capítulo 2 - Tristeza-Amor?-Felicidade!

Mika on-Ela me jogou na cama descendo minha calça e minha cueca um pouco abaixo do joelho,começou a me masturbar e dar pequenas lambidas em meu membro,eu ainda não estava acreditando que aquilo estava acontecendo mas mesmo assim estava achando maravilhoso,soltei pequenos gemidos de prazer quando ela encostava a língua em meu membro.

 

Krul-Que gemido fofo o MikaChan esta dando*continuou a lamber meu membro e agora colocava ele um pouco na boca mas tirava rapidamente para me fazer enlouquecer*ei MikaChan coloca sua língua para fora.
-*ela subiu para perto do meu rosto quase colocando o seu rosto no meu,eu fiz o que ela pediu*assim?
Krul-Bom garoto*ela começou a me beijar e a chupar minha língua,eu estava achando isso meio estranho mas estava gostando de alguma forma*esta gostando?*enquanto ela falava isso sua mão voltou para meu membro*.
-*não respondi minha expressão já dizia tudo,nos ficamos alguns minutos nesse ritmo ate que gozei em sua mão*.
Krul-Mais já?*falou em um tom triste*não não nos estamos apenas começando*me assustei com ela usando algum tipo de magia eu acho em meu membro que fez ele voltar a ficar duro como uma rocha,voltamos a fazer o que já estávamos fazendo,gozei mais duas vezes e sempre que gozava ela usava essa magia não sei muito bem o que esta acontecendo aqui*Já chega disso isso esta começando a me entediar vamos brincar de um jeito diferente MikaChan*ela tirou sua roupa e eu tirei a minha,ela começou a esfregar sua intimidade no meu membro,isso estava perfeito nunca havia sentido uma sensação tão boa na minha vida,ela aumentou a velocidade e nos dois gozamos dessa vez e ela novamente fez meu membro subir e voltou a esfregar sua intimidade em mim*.
-Acho que esta na hora de nos irmos para a parte mais interessante porque eu já estou me cansando disso*falei e ela fez uma expressão estranha*.
Krul-Tem certeza acho que não e uma boa hora para isso*ela falou com uma expressão meio medrosa como se estivesse tentando fugir*.
-Não vai me dizer que você e uma succubus virgem?*ela não respondeu mais a expressão em seu rosto dizia tudo achei isso muito fofo*não precisa responder sua cara já diz tudo,acho que agora eu estou no comando*inverti nossas posições e coloquei meu membro na entrada da sua intimidade*esta pronta*antes que ela pudesse falar algo eu introduzi meu membro todo em sua intimidade de uma só vez o que me fez gozar na hora mas como das outras vezes meu membro ergue-se novamente,comecei a me movimentar devagar,quando fui aumentar a velocidade ela me parou*.
Krul-Acha que esta no controle?não e porque e minha primeira vez que você vai comandar isso*ela inverteu a posições novamente não deixando eu dizer nada e voltamos a fazer o que estávamos fazendo,gozamos mais 4 vezes eu estava secando já de tanto que estávamos fazendo aquilo*excesso de ejaculação vai certamente ser a causa da sua morte,MikaChan você tem amigos e família certo? o que eles vão pensar disso,acho que vai ser super constrangedor para você quando descobrirem que você morreu por causa disso.
-*comecei a soltar algumas lagrimas ao ouvir aquilo,antes que ela pergunta-se ou risse do porque eu estava chorando eu logo respondi*Eu não tenho nenhum amigo...e eu não acho que meus pais vão se interessar em como eu morri,eles não me ligaram nem uma única fez desde que eu sai da casa deles e quando finalmente me ligaram foi para me dar mais trabalho e despesas,eu sempre estive sozinho...embora ficar sozinho ta bom também... porem eu queria ter uma vida plena...muitas vezes eu me reergui dessas situações e dei tudo que eu tinha...mas na verdade eu não consegui mudar nada...eu estou cansado de enfrentar...a realidade...e...a pessoa desprezível que eu sou...*ela parou de se mover e me interrompeu antes que continuasse a falar da minha inútil vida*.
Krul-....*ficou um pequeno silencio no ar*minha nossa você esta chorando...sobre tudo isso você e a minha comida MikaChan eu vou consumir sua alma depois de secar todo o sémem do seu pau,eu não estou interessada na sua experiência de vida.
-Não não foi isso...desculpa eu não pretendia que isso acontecesse! vamos continuar,depois de viver por 19 anos... eu nunca estive mais feliz que agora,conseguir fazer sexo com uma garota fofa que nem você,mesmo que eu morra no processo,eu já estou satisfeito*encostei ela em meu peito dando-lhe um abraço forte e apertado*OBRIGADO!
Krul-O que...é isso?*falou com uma voz baixa e meio triste também no meu ouvido*só morre logo*falou com a mesma voz,após ouvir aquelas palavras meus olhos ficaram embasados e escuros assim eu acabei adormecendo*.

 

Sinto um raio de sol entrando pela porta do meu quarto o que me fez acordar,abro meus olhos lentamente e percebo que estava em meu quarto,pensei por um momento que tudo aquilo foi um sonho mas meu quarto não deixava mentir tudo aquilo realmente aconteceu-isso e estranho eu ainda estou vivo...no final ela me deixou ir...bom pelo menos a parte de fazer sexo com uma succubus funcionou,mas será que isso conta mesmo como sucesso?agora eu preciso achar algum método de como cometer suicidio na internet-ao falar isso ouço o barulho do meu apartamento abrindo.

 

Krul-Cheguei!!!,minha nossa você finalmente acordou*falou com algumas sacolas de mercado na mão*.
-Huh você esta ehh?*estranhei o que ela estava fazendo aqui? e a cauda de succubus dela havia sumido*.
Krul-Eu não sou uma succubus,succubus e uma existência que se desenvolve seduzindo e destruindo homens por outro lado nos viramos meio humanos se nos apaixonarmos por outro humano,e também nos fazemos um contrato com a pessoa que nos amamos*falou sorrindo deixando as sacolas na mesa*.
-Você se apaixonou por mim?!*fiquei surpreso pelas suas palavras*.
Krul-Sim exatamente MikaChan eu gosto de você na verdade eu te amo é por isso...que eu não vou deixar você dizer mais"eu estou satisfeito em morrer agora"esse tipo de coisa okay?*falou fazendo uma careta o que me deixou feliz e me tirou uma risada*.
-*soltei algumas lagrimas ao ouvir aquilo,ela me abraço em seguida e sentou no meu colo de frente*Obrigado KrulChan.
Kurl-Bem... eu ainda vou te secar todas as noites*meda um selinho após falar isso e levanta do meu colo*eu vou preparar o jantar para nos dois enquanto isso pode ficar no computador avontade*.
-Não se preocupe eu vou te ajudar com o jantar hoje...

 

Continua....


Notas Finais


Espero que tenham gostado!!!pode falar os dialogos estavam fodas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...