História Such Desire. - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~Vickssea

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bunnykook, Jikook, Jimin, Jungkook, Jungkook!ukesquad, Kookmin, Mpreg, Top!jimin, Vickssea
Exibições 948
Palavras 2.641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bunnykook: Olá
Prazer
A noite
Hmmmmmm
É nossa

adkalfas

Então, como começar isso.. Alguns de vocês já devem ter percebido que FT e A Conquista foram restauradas. Pois é, não quero envolver vocês ainda mais do que já foram envolvidos em conflitos do começo do ano, até porque eu quero deixar claro que os leitores sempre foram minha prioridade, e acho que da Dani também, e enfim, as coisas estão mais calmas agora, e eu espero que vocês possam voltar a desfrutar de SD, e que ainda tenham animo pra acompanhar. Prometo que vai valer a pena.

Obrigada pela compreensão.

//

Vickssea: Olá. Há quanto tempo, caros leitorinhos (?) A gente não tá de cara pra continuar falando pq é, tem muita coisa pra ser explicada, mas enfim, nós voltaremos com a fic e estamos de bem de novo (?)

Mil desculpas por fazerem vocês se privarem da fic, até pq é uma coisa que afetou vocês diretamente, mas enfim. A gente já restaurou flower trap e SD TÁ DE VOLTA, certamente os outros projetos também? Quem sabe.... Kkkkk'

Voltamos com um cap bem gostoso pra vocês nos perdoarem, talvez não, mas espero que levem em conta o esforço kkkkk'

Boa leitura e eu estava com saudades <3

Capítulo 8 - Such a drama king.


Fanfic / Fanfiction Such Desire. - Capítulo 8 - Such a drama king.

Capítulo Sete: O rei do Drama.

Quando Jeongguk chegou no quarto, praticamente devorou sua comida e abriu o notebook, colocando em alguns sites de pesquisa, caso Jimin entrasse em seu quarto. A verdade é que estava realmente pensando no que SeungHyun havia o dito, mas não podia quebrar a cabeça com aquilo agora e sim, precisava se concentrar no que faria a seguir com o tio mas, pela reação dele, parecia irritado e isso poderia prejudicar uma parte de seu plano.

Jimin subiu as escadas relutantemente, acabando por bater na porta do sobrinho. —Precisamos conversar. —Disse, entrando no quarto.

O mais novo olhou rapidamente para a porta ao ouvir a voz do mais velho e assentiu, mesmo que estivesse um pouco confuso quanto ao que Jimin queria falar.

—Eu não fiz nada dessa vez.

—Ken me disse que você estava conversando com alguém estranho. Posso saber o que aconteceu? —Disse Jimin cruzando os braços e encarando o menor. —Tá metido com droga? Devendo a traficante? Abra o jogo comigo, Jeongguk.

Jeongguk franziu o cenho para o mais velho, sem saber o que dizer, não queria mentir, mas também não estava pronto pra dizer a verdade. —É claro que não.— Respondeu. —Aquele é só um.. Um antigo colega. Um conhecido.

—Olhe nos meus olhos. —Disse puxando o queixo do adolescente para lhe encarar. —O que você está fazendo? Tá mentindo? Então o que você quer? Não tô entendendo onde você quer chegar. —Disse, largando o rosto do mais novo com violência.

Jeongguk encarou o outro incrédulo. —Eu não estou mentindo, droga.— Passou as mãos pelo rosto. —Eu não tenho nada a ver com ele, pelo menos não mais. Por que é tão difícil assim pra você acreditar em mim? Eu não levo a porra de um voto de confiança?— Mordeu o lábio, tentando se acalmar. —Ele é meu ex.— Murmurou. —Não significa nada pra mim.

—Ah, claro, um ex. —Jimin revirou os olhos. —Nada mais que o esperado, então. Não preciso me preocupar, não é? —Disse, encarando a barriga de Jeongguk.

Jeongguk arregalou os olhos ao ouvir aquilo. —Não, não precisa.— Balançou a cabeça negativamente, ainda incrédulo. —Eu não sei que merda você quis dizer com isso, mas, seja o que for, não precisa se preocupar, eu não sou nenhum idiota como você pensa.

—Ótimo. —Jimin brincou com os próprios dedos, começando a ir em direção à porta. —Eu estou no meu quarto, se quiser. —Disse dando de ombros e saindo dali.

—Idiota.— Sussurrou, trancando a porta depois que Jimin saiu e se jogando na cama. Jimin conseguia o tirar do sério, e a cada merda que saía de sua boca só dava Jeongguk mais motivos para continuar sua pequena vingança. —Caralho, Jimin, você tá muito fodido.— Murmurou para si mesmo, rindo logo em seguida.

 

No quarto ao lado Jimin deitou na cama, um pouco mais aliviado depois da conversa com o sobrinho e suspirou, se ajeitando em seus edredons, pronto para tirar um cochilo. Quando acordou, já era a hora de sair e não demorou a ficar pronto e se dirigir ao seu carro.

Jimin chegou no hospital ao mesmo tempo que uma ambulância com uma garota com uma fratura exposta, lesão na cabeça e medula espinhal. Correu para a sala de cirurgia, convocando Namjoon e Sowon, sua ortopedista e entraram numa cirurgia de quatro horas para salvar a paciente..

Que deu certo. Saíram da sala exaustos, mas aliviados pela paciente apresentar quadro estável. Jimin foi pro escritório resolver burocracias, mas não demorou muito a ser bipado mais uma vez e assim, o dia logo se passou.

 

Jeongguk só saiu do quarto ao ouvir o barulho do carro de Jimin, e quando isso finalmente aconteceu, desceu para a piscina, dessa vez não podia ficar nu, já que ainda haviam empregados na casa, mas acabou passando o resto da tarde brincando com Baros na água. Só saiu da piscina quando estava anoitecendo e vieram lhe chamar para o jantar, então apenas se secou rapidamente e se sentou à mesa, com Baros ao seus pés. Depois disso se jogou no sofá com o cachorro ao seu lado, e enquanto via um seriado, acabou adormecendo ali.

Jimin só se viu ser liberado às duas da manhã. Queria ficar para fazer plantão, mas foi impedido por Seokjin, seu melhor amigo e sócio, que avisou assumir as pontas enquanto ele fosse descansar. E Jimin estava realmente exausto.

Voltou para casa quase se arrastando, encontrando Jeongguk dormindo no sofá. Será que o garoto tinha esperado por ele? Pensou.

O mais novo acabou acordando com o barulho da porta sendo aberta, e quando levantou a cabeça viu Jimin ali. —Chegou agora, hyung?

—Sim. Resolveu dormir aí novamente? —Disse o Park, tirando seu casaco molhado de chuva e passando a mão pelos cabelos.

—Ah, é, aqui é mais claro, o meu quarto é muito escuro.— Sorriu de canto. —Você podia me deixar dormir com você.

—Por que eu deveria? —Disse Jimin, arqueando a sobrancelha e colocando as chaves do carro e carteira em cima da mesa. —Está com fome? Vou comer alguma coisa. Aliás Jeon, são quatro da manhã e você vai acordar daqui a pouco.

—Porque eu sou carente.— Disse simplista, já rumando para a escada. —Vou te esperar no quarto.— Sorriu, sem dar tempo de Jimin responder e correu para cima e dentro do quarto do mais velho.

—Aish, esse garoto. —Jimin resmungou, se servindo um pouco de comida e ficou ali pensativo, até suspirar resignado e começar a subir para o seu quarto. Revirou os olhos ao ver Jeongguk esparramado em sua cama como se fosse dele. —Garoto folgado. —Resmungou, indo tomar banho e colocar uma roupa mais confortável.

Depois de jogar as pernas de Jeon para o lado, se ajeitou na cama, logo caindo no sono também.

 

Jeongguk só acordou algumas horas mais tarde com Jimin o cutucando para ir para a escola mas, precisava do dia livre com o mais velho, então.. Grunhiu, levando as mãos até o estômago.

—Eu não posso, não me sinto bem.

—Eu sabia, você está grávido mesmo. —Disse Jimin, pulando em seu lugar e se virando pra Jeon. —Abre a boca. Tá sentindo enjôo? Ânsia de vômito? Ou afasia?

Jeongguk gemeu com aquilo, ignorando o que Jimin disse primeiro. —Acho que eu vou vomitar.— Falou, fingindo ânsia, sem nem ao menos sair da cama do mais velho. —Eu vou vomitar algum órgão pra fora.

Jimin revirou os olhos, resmungando um dramático e levantou a blusa de Jeongguk, apalpando a barriga do mesmo, que estava inchada. —Isso é provavelmente por causa das besteiras que você come. Mas eu não desconsidero fazer um teste de gravidez. Vou buscar um remédio. —Disse, se levantando da cama e indo até sua farmácia, no banheiro.

 —Eu não tô grávido.— Murmurou com o rosto enfiado no travesseiro. —Como eu posso estar grávido se eu nem dei?— Suspirou dramaticamente. —Talvez eu só esteja morrendo mesmo, Jimin.

—Se você me aparece grávido aqui, eu te enfio uma camisinha pelo pior lugar possível. —Resmungou Jimin, sabendo que era verdade. Se ele estivesse grávido, teria sido detectado na época que ele estava no hospital. —Jeongguk, você já escapou da morte duas vezes, não é uma dor de barriga que vai te derrubar. —Disse Jimin, dando o medicamento líquido para o sobrinho. —Engole tudo.

—A morte não escolhe hora.— Falou, bebericando um pouco daquele líquido, mas logo fazendo uma careta. —Ai meu Deus, e você quer me envenenar, qual o seu problema?— Resmungou, se enrolando no edredom até que estivesse completamente coberto.

—Deixa de ser dramático, garoto. —Pegou o rosto de Jeongguk e o obrigou a tomar todo o resto. —Daqui a pouco você está melhor. —Disse, se ajeitando no seu lugar.

Jeongguk bufou, puxando o edredom até que estivesse apenas com os olhos à mostra, e ficou encarando Jimin por algum tempo. —Eu queria muito um sorvete.— Falou de repente.

Jimin o olhou de lado, cético. —Eu vou fingir que não ouvi isso. Descanse. Feche os olhos e durma. —Falou Jimin, ligando a televisão embutida no seu quarto. Não ia conseguir dormir com o trabalho que o sobrinho lhe dava.

—Esse pode ser meu último pedido, Jimin e você vai me negar?— Suspirou, se inclinando por cima do mais velho e pegando o controle de sua mão, colocando em algum canal de desenho.

—Você podia ganhar prêmio de adolescente mais dramático. —Disse Jimin irônico. —O que é isso?—Falou, franzindo o cenho para o desenho que passava na TV. —Você tirou do meu canal médico. —Contestou, cético.

—Ah, certo, certo.— Falou, passando os canais, até parar em um pornô, e soltou uma risadinha baixa. —Pronto, é esse seu canal médico?

—Você é muito engraçadinho. —Ironizou, tomando o controle de Jeongguk e colocando no canal médico. —Vai descansar senão te mando pra escola com dor e tudo.

—Ah, que isso, hyung.— Sorriu, se aproximando mais de Jimin, e pegando o controle novamente, voltando para o canal anterior. —Vai dizer que não gosta?— Mordeu o lábio. —Eles parecem gostar.— Falou, se referindo ao casal na televisão.

—Do que você está falando? Nem disso você gosta. —Disse Jimin, com bom humor, tentando levar na esportiva. Não era nada demais assistir um pornô, afinal. Ele não era tão maleável assim.

—Ah, mas eu adoraria estar no lugar dela.— Sorriu de canto, jogando uma de suas pernas por cima do mais velho. —Olha o tamanho dele, parece ser tão gostoso.

—Eu acho que você está precisando de remédio pra controlar esses hormônios. —Disse Jimin com um sorriso e tirando a perna do menino de cima de si. —Vou parar de te proibir de sair e ver gente, pelo visto a coisa tá ficando séria. —Jimin riu.

—Ah, eu não preciso sair de casa pra isso.— Deu um sorriso sugestivo. —O quão grande você é, hyung?— Perguntou, mudando sua expressão para inocente.

Jimin encarou Jeongguk chocado, com a expressão séria. Agora ele tinha passado dos limites. —Não te interessa. —Falou, grosseiramente. —Não faça esse tipo de pergunta inapropriada Jeongguk. —Falou, se afastando do garoto, incomodado.

—Ei, eu estava perguntando sobre sua altura.— Riu, rolando para seu lado da cama novamente e encarando o mais velho, enquanto ainda ria da reação do outro.

Jimin revirou os olhos, mudando o canal. —Claro, e eu sou um k-idol. —Falou, mau humorado. —Eu sou seu tio, não se esqueça disso. Ou vou ter que te ensinar a ter respeito também? —Disse, bem próximo do rosto alheio.

—Hmm, depende, como faria isso? Me dando umas palmadas?— Perguntou, analisando o rosto do outro e dando uma atenção especial para os lábios cheios do mais velho.

—Te coloco de castigo pro resto da vida. —Falou Jimin, se distraindo com os lábios rosados do garoto se movendo. Acabou se dando conta e piscou, desviando o olhar. —Ou talvez, se fosse preciso mesmo. Não sou muito adepto da violência, mas quem sabe. —Falou, se remexendo em seu lugar e de braços cruzados, desconfortável.

—Certo.— Jeongguk sorriu. —Ah, hyung, voltou a doer.— Falou, colocando as mãos na barriga, e se jogando no colo de Jimin.

Jimin espremeu os olhos com a manha de Jeongguk. —Porque você não para quieto. Se você não descansar, vai doer mais ainda. —Resmungou, ajeitando o menino do seu lado da cama.

—Você pode me fazer um carinho pra eu relaxar?— Perguntou com uma expressão que esperava ser fofa no rosto.

Jimin piscou, surpreso com o pedido e mesmo sem saber como fazer aquilo, levou uma de suas mãos aos cabelos do mais novo, os acariciando. Ele provavelmente sentia falta do carinho da mãe ou algo assim.

Jeongguk ronronou com aquilo, se ajeitando até que estivesse com a cabeça no colo do mais velho, sentia seus olhos ficarem pesados, não era bem isso que tinha em mente mas, não esperava que o cafuné de Jimin fosse tão gostoso.

Jimin suspirou, vendo a respiração de jungkook acalmar até que pegasse no sono em seu colo. Ele precisava mesmo descansar para ficar bom.

Mas não durou vinte minutos até o garoto acordar, o olhando curiosamente

Jeongguk estava surpreso por ainda estar no colo de Jimin quando acordou, e lentamente se levantou, dizendo que iria tomar um banho, e que depois iriam assistir aquele filme que Park estava o devendo.

Foi até o quarto e se banhou rapidamente, e quando foi se vestir, viu que ainda tinha uma calcinha preta de renda, e sorriu pervertido, já sabendo o que faria a seguir. Vestiu a calcinha e um short branco por cima, optando por ficar sem camisa, e logo voltou ao quarto de Jimin, com uma expressão inocente no rosto.

Jimin tinha mandado servir algumas comidas leves para ele e Jeongguk no quarto, já que o menino estava doente e pelo visto, acampando no seu quarto.

O médico suspirou ao ver Jeongguk entrando no seu quarto seminu, com aquela pele branquinha à mostra, assim que os empregados terminaram de colocar a mesa. —Quando você vai parar com essa mania de ficar seminu por aí? Coloque uma camiseta. —Disse Jimin enfezado, apontando para o seu closet.

—Hyunggg!— Fez um biquinho, se jogando na cama e se debatendo levemente. —Eu estou com calor, tão calor que eu queria mesmo era ficar pelado.

—Não sei do que você tá falando. O ar condicionado está resfriando normalmente. —Disse Jimin arqueando uma das sobrancelhas. Acabou resmungando um mimado e começando a beliscar algumas coisas que havia ali na mesa.

Jeongguk suspirou, sentando-se ao lado de Jimin e comendo algumas coisas, vez ou outra encostando seus dedos levemente na mão do mais velho, e gemendo toda vez que mordia um pedaço de algo que achava gostoso.

—Está se sentindo melhor? —Disse, olhando o sobrinho de soslaio, comendo algum pedaço de fruta.

—Hm, mais ou menos, agora minhas costas doem, acho que dormi de mal jeito.— Falou, arqueando as costas.

—Depois passo um relaxante muscular onde estiver doendo. Eu uso muito depois das corridas com o Baros. Ele me deixa moído. —Disse Jimin com um sorriso e terminando de comer.

—Que tal fazer isso agora?— Falou, deitando de barriga para baixo, e olhando esperançoso para o mais velho. —Eu preciso muito de uma massagem.

—Hey, eu não disse que ia... —Mas ao ver a cara chorosa do garoto, suspirou. —Cuidar de um adolescente é pior que cuidar de um cachorro, conclusão. —Disse Jimin consigo mesmo, enquanto ia buscar o massageador.

Jeongguk sorriu ao ver o outro ceder, e se ajeitou melhor na cama, colocando um travesseiro embaixo de seu estômago, fazendo com que sua bunda ficasse mais empinada, e esperou que Jimin voltasse.

O mais velho parou no meio do caminho ao ver Jeongguk empinado na cama. Era impressão sua ou ele estava usando calcinha? Se aproximou, descrente, vendo as nuances do garoto pelo short transparente e vendo que realmente, era uma calcinha. Como era que aquilo... Ugh, mas devia ser tão gostoso tocar por cim- Jimin tossiu, desviando aqueles pensamentos e respirando fundo ao começar a massagem no sobrinho.

 Jeongguk soltava alguns pequenos sons ao ser massageado pelo tio, e arqueava ainda mais as costas, dando destaque a sua bunda. —Ah, você é realmente bom nisso, Ji..

Jimin grunhiu, apertando a pele contra os dedos. —Pare de se mexer. —O garoto estava roçando contra a cama e daquele jeito obsceno, faltaria pouco para Jimin ficar duro. O que Jeongguk pensava estar fazendo, afinal?

—Desculpa, é que suas mãos são tão.. Boas.— Olhava Jimin por cima do ombro, e mordeu o lábio quando viu o outro analisando seu corpo. —Você poderia fazer mais pra baixo também.

—Não sou massageador de bunda. Seu folgado aproveitador. —Jimin deu uma tapa surpresa nas nádegas do outro e levantou, indo lavar as mãos.

Jeongguk estaria mentindo se dissesse que aquele tapa não havia o excitado um pouco, mas achou melhor não comentar, se concentrando logo em finalizar seu plano, afinal, faltava pouco para o desfecho final.


Notas Finais


Bunnykook: É isso aí, acho que muitos terão que reler os capítulos passados KJFKSLGSD mas enfim, o que importa é que SD ta de volta e espero que curtam, pq eu amo esse jungkookinho, é um dos meus preferidos aaaaaaaaa

//

Vickssea: Então, quem soube soube, quem não soube, beleza, eu e a rebeca tivemos umas tretas pessoais e resolvemos nos afastar. Foi... Hm, um período turbulento.

Mas, nos perdoamos, seguimos de boa e estamos convivendo tranquilamente kkkk' Salve uma briga ou outra pq é de praxe (berro), mas voltamos a ser amigas e estamos bem.

Nos desculpem mais uma vez por envolver vocês nisso e espero que não tenham ódio de mim ou dela, até pq ninguém tem nada a ver com isso, foi coisa nossa e as fics foram afetadas, but... We came back (?) we! Haushsus

Muito obrigada, desculpem novamente e até o próximo capítulo. ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...