História Suck Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man), Os Vingadores (The Avengers)
Tags Stony
Visualizações 374
Palavras 1.512
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Fantasia, Romance e Novela, Yaoi

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meu tchutchucos, seis tão beleza?
sim essa é minha primeira de muitas
mentira
to nesse mundo sofredor do spirit tem 3 anos
só que eu apaguei minha antiga conta pra
sabe
"recomeço de vida"
dai esses dias eu tava vendo umas hq's dos vingadores e me deu uma vontade loca de escrever
dai está
espero que likem rses

Capítulo 1 - Capítulo Único


Suck

vermelho, essa é a cor que se encontravam meu pescoço, respirações misturadas e uma cama já sem concerto, De uns dias para cá, tony esta me usando como droga, ele diz que eu sou a solução dos problemas dele, que eu sou a morfina que ele precisa pra sua dor, Sempre me perguntei o porque de ele ter se casado com pepper se ele sempre vem até mim com sede, mas não nego que gosto, cada toque seu era hipnotizante, quando começamos a nos despir, a cada peça removida era um beijo atrapalhado junto de uma mordida, ele me dizia palavras sujas, qual é, eu ainda sou inocente me muita coisa! seus sopros dentre beijos no meu corpo me faziam soltar pequenos gemidos.

- E-Eu não aguento... - respirei fundo segurando um gemido sôfrego - mais esperar, tony!

Ele sorriu de canto, tirou me mim a última peça, segurando meu membro firmemente e o apertando vez ou outra, o que me surpreendeu um pouco, começou a me masturbar lentamente, indo e vindo, eu me contorcia a baixo dele, segurando grande parte dos gemidos.

- Vamos Rogers, eu quero ouvir...não segure - ele começou a acelerar vez ou outra fazendo movimentos circulares na cabeça, meu olhos reviravam a cada êxtase que corria pelo meu corpo por causa dos atos do stark, os movimentos qie estavam rápidos de mais foram cessando até pararem totalmente, meu membro pulsava, minha respiração estava embaraçada, meus gemidos eram fracos, meus olhos não conseguiam se abrir, tony me puxa mais para perto, me olha no fundo dos olhos e me da um beijo lento, enquanto recomeçava os movimentos, desta vez, lentos e calmos, ele separa o beijo descendo para perto do meu amigo lá de baixo, abocanha meu membro lambendo cada parte do mesmo, lambia toda a extensão do falo, eu não sabia se estava gritando ou gemendo mais, e o meu desespero em telo dentro de mim não era pequeno, então exagerei mesmo.

Gozei em sua boca sem preceber, mal respirava direito, não estava cansado, isso não era nem o começo do que nós pretendiamos, tony se levanto e fica de pé ao lado da cama, acena para que eu o siga, fico confuso, ele não disse mais nada até agora, quando entro na sala ele me empurra para o sofá ficando por cima de mim amarrando minhas mãos, eu juro que não estou entendendo mais nada, ele parecia um açougueiro amaciando carne, só que desta vez ele estava muito diferente, seu olhar estava sombrio.

- Tony, o que você está fazendo? - perguntei me remexendo no sofá, agoniado.

- A mesma coisa que eu fiz todas as outras vezes, só que desta vez, vai ter um detalhe a mais! - ele ri, segurou minha cintura e me virou de costas - eu não sei se você curte sadomasoquismo mas...eu queria experimentar então se doer muito...- ele chega bem perto do meu ouvido,.- gema o mais alto que puder, só se estiver gostando é claro...se não gostar, é só pedir para parar.

Concordei, tony dava tapas na minha bunda que ardiam muito e não tinha como eu me mexer, eu estava preso as vontades dele então eu só gemi. depois de um tempo sendo espancado, ele se levanta para trocar as posições, ficando por baixo de mim.

- Antes de eu te deixar aleijado, eu quero que faça quatro coisas, em primeiro lugar...- ele tira a sua box, já sabia o que ele queria, eu já nem me importava com as suas falas - Pode começar quando quiser!

- Idiota! - digo baixo antes de engolir o membro do mais novo/velho sei lá, seus olhos fechados mordendo o labio inferior meio que seduziam, ia da base a extensão umidecendo ele por completo, não demorou muito para que stark gozasse me fazendo engolir tudo.

- Em segundo, Senta... - diz me puxando para cima, me ageitando encima dele, mal me preparei ele enfiou o pênis na minha entrada. Gemi alto, mordendo firmemente meus lábios, fazendo um fio de sangue descer pelo queixo - Se acalme steve, nem comecei a me movimentar ainda, ou melhor...você não começou a se movimentar! - ele diz malicioso, eu me sentia constrangido, confesso - Rebole! - falou frio.

Obedeci quase imediatamente, pois quando tony queria algo, e nesse algo ele não fizesse uma piada que seja, ou faziamos, ou ele obrigavam a gente fazer, eu não estava a fim de velo extressado então só fiz o que pediu, minhas mãos amarradas me atrapalhavam em me segurar para não cair, suas mãos seguiram até minha cintura, me guiando praticamente.

- Pule! - ele diz com os olhos fechados - Quique, suba e deça, não importa só faça, e rápido! - ele diz baixo, me ajudando a realizar o seu pedido, eu estava suado, me sentia um objeto obediente, mas, isso não me incomodava, não literalmente. Depois de eu passar uns mitutos pulando encima do falo, acho que ele perde a paciência e começa a estocar forte dentro de mim, quase senti meu corpo se partindo ao meio com tamanha velocidade. ele foi diminuindo até parar, nós dois ofegantes, olhando um pro outro eu ainda indeciso e receoso em falar algo até tony começar.

- Então é isso? - ele ri soprano, é um pouco difícil de palavras me afetarem, mas as vezes eu acho que ele fala coisas pra machucar muito, ele volta a ficar sério passando a mão pelo meu pescoço - Me perdoe se estou sendo um babaca, aproveitador, rude, mandão e exigente demais pra você, acho que deviamos diminuir um pouco a carga horária de sexo - ele solta outro riso fraco, me deito em seu peito sentindo os teus dedos acariciando meus cabelos.

- Tem algum motivo específico para essa necessidade sexual frenética desde a semana passada? - pergunto.

- Nada específico, sobrecarga eu acho, depois que nós dois ficamos responsáveis pelos vingadores eu...é demais, eu ja estou acostumado a ter muita coisa pra fazer só que tá no limite já, papeis de todos os países pedindo proteção, eu não sei o que fazer, estou com a cabeça embaraçosa.

- E trepar comigo vai diminuir esse peso de responsabilidade? - respondo, ele da um suspiro longo - Porque se casou com pepper?

- Porque você se casou com bucky? - ele revidou, ele consegue me deuxar sem reação em segundos - Steve, esta preocupado comigo ou é só impressão minha?

- Não é isso...é que, não sei tony, você é confuso, horas parece que gosta de mim, horas parece que me odeia. - Ele ri fraco.

- Você é um tremendo de um chifrudo gostoso! - ele diz fazendo eu levantar a cabeça confuso. - Não entendeu? - dei de ombros - Bucky Barnes está tendo relações amorosas com natasha e pepper. e eu...eu só vim dar o troco, mas você é hipnotizante, quanto mais eu provo de você mais eu quero, só que isso esta atrapalhando seu trabalho rogers.

- É muita coisa para digerir...- digo perplexo - como assim me afetando?

- Você mal consegue fazer tuas missões direito, esta cansado sempre, não aguenta a pressão do amigo aqui? - ele ri, me deito novamente sobre seu peito - Vamos parae por um tempo, para que não levantemos suspeitas de mais, tente falar com o barnes depois, mas seja sincero steve, não o rebaixe, farei o mesmo com pepper.

- Tony stark pedindo para eu ser mais gentil do que eu ja sou? o que esta acontecendo? meu mel afetou teus neurônios? - digo

- Pare de ser convencido! - ele diz rindo me tirando de cima dele, se levantando atrás das tuas roupas.

- Mas já!? - digo me sentando no sofá.

- Já senhor idoso, esta amanhecendo, eu tenho que estar em casa sabe?, eu não sou bilionário atoa, tenho que trabalhar. - ele diz colocando a blusa.

- Eu sei tony... eu sei - digo baixo me deitando no sofá denovo, el já tinha colocado todas as peças de roupas, e estava saindo do banheiro quando parou no meio do caminho e ficou me olhando - Que foi? vai ficar ai me secando ou vai se despedir direito de mim? - digo

ele ri se aproximando para me beijar, de primeira foi um pequeno selar de lábios mas depois começou a esquentar, pediu passagem de lingua e eu cedi, meus braços foram ao teu pescoço quase que imediatamente, ele mordia e sugava meus labios lentamente até nos faltar ar e nos separarmos.

- Depois arrume um geito de esconder esses roxos do corpo, parece que você foi espancado e não transado comigo! - ele da dois tapinhas no meu ombro e vai em direção a porta - Te vejo semana que vem picolé?

- Não me chama assim, já disse que não gosto - digo levantando do sofá indo para a cozinha - ta pode ser, tanto faz!

- Ficiu irritadinho foi? - riu - usa essa boca para algo mais útil rogers, tipo me chupar - ele diz abrindo a porta.

- Bitch please! - digo olhando para ele.

- Suck me bitch! - ele grita antes de sair pela porta, acho que essa semana vai ser bem cheia de trocadilhos, me aguarde stark.


Notas Finais


Siim meus amores, não shippo mas sim, stony é um otp da porra
obs: sabe a parte que o tony pede para o steve pular?
https://twitter.com/pervyfanboy/status/816449984870551552
PELO AMO DE DEUS, SE NÃO APERTA NESSE LINK SEM O FONE DE OUVIDO E COM GENTE PERTO
foi avisado
comenta o que achou rsrs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...