História In The Name Of Love - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kanye West, Kim Kardashian, Kylie Jenner
Personagens Justin Bieber, Kanye West, Kim Kardashian, Kylie Jenner, Personagens Originais
Tags Kim Kardashian, Kylie Jenner
Exibições 198
Palavras 2.166
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Kylie e muito burra viu...

Gente serio,to muito impressionada com o crescimento da fic. Temos 15 capítulos e ja temos 30 favorios e 1.000 e pouco de visualização. Caralho asmo muito vocês

Comentem, asdordo ver o sofrimento de vocês

Capítulo 15 - I'm sorry boy


Fanfic / Fanfiction In The Name Of Love - Capítulo 15 - I'm sorry boy

     Justin Bieber Povs
     3 meses depois...

Acordei com uma puta dor de cabeça,abri os olhos mais os fechei rapidamente por causa da ardência causada pela claridade. Fiquei jogado na cama com os olhos fechados por um tempo ate que resolvi tomar coragem e abri-los. Olhei pro lado e a prostituta ja havia ido embora. Levantei fui pro banheiro,tirei a roupa entrei no boxer,liguei o chuveiro e deixei a agua gelada cair por meu corpo. Depois de um longo banho sai do boxer com a toalha enrolada no quadril fui pro closet vesti um box vermelha uma bermuda jeans uma regata preta calcei um supra vermelho,coloquei óculos escuros algumas correntes,um relogio de ouro e abaixei um pouco a bermuda deixando a cueca de fora. Passei alguns hidratantes,perfume e sai. Fui no quarto de hospedes bati na porta e entrei. Olhei pra cama e a morena essa abraçada no travesseiro,com uma perna em cima do mesmo,usando um babi doll preto de renda justíssimo que me fez se arrepender de ter brigado com ela.

-Kylie?- Chamei

-Hum?- Perguntou sonolenta ainda de olhos fechados e provavelmente dormindo

-Eu.. Eu- Falei mais acabei me perdendo em meus pensamentos maliciosos.

-Você?- Perguntou do mesmo jeito so que dessa vez com a voz mais alta

-Eu.. Vou.. Sair rapidinho- Falei olhando pra sua farta e durinha bunda

-Ta tchau- Falou e trocou de lado ficando de costas para mim

-Tchau..- Falei baixinho e sai batendo a porta

Quando estava perto da escada ouvi a porta sendo abrida e logo a garota me chamou

-Justin!

-Hum?-Perguntei e me virei a olhando

-Vai demorar muito? - Perguntou e veio ate mim

-Não - Falei e RI fraco pelo nariz balançando a cabeça negativamente

-Ta.. Toma cuidado - Falou me deu um selinho e foi para o meu quarto

Sorri fraco e desci as escadas fui pra cozinha e dei de encontro com minha mãe que estava conversando com a Vanessa tomando cafe

-Meu bebê! - Falou doce assim que me viu veio ate mim e me abraçou forte, me tirando o ar

-Oi mãe - Falei me afastei e respirei fundo recuperando o ar

-Vai sair? - Perguntou meio triste

-Tenho compromisso - Falei simples dei um beijo no alto de sua cabeça me virei e fui ate a porta

-Não vai comer nada? -Perguntou vindo atras de mim. Ela faz de tudo pra puxar assunto

-Vou comprar alguma coisa no caminho- Falei e sai batendo a porta

   Pattie Mallette Povs

Suspirei triste e fiquei encarando a porta enquanto acariciava meu braço

-Fica triste não Dona Pattie, esse menino é assim mesmo. Bom, vou fazer meu trabalho - Vanessa falou pegando uma vassoura

-Quer ajuda? - Perguntei e fui ate ela

-Magina dona Pattie. A garota esta la em cima, vá falar com ela- falou tirando o avental

-Garota? - perguntei

-Kylie- Falou e saiu

  -Ah meu deus- falei alegre e subi as escadas apressadamente

Bati na porta do quarto de Justin entrei a fui de cara com a garota jogada na cama com coberta ate a polpa da bunda, usando um baby doll preto de renda e abraçada em um travesseiro. Como esta linda meu deus,eu falei que ela ia se tornar uma linda mulher.

-Querida? - Perguntei fui ate a garota me sentei de seu lado e acaricei seu rosto angelical

-Pattie? - Perguntou abrindo os olhinhos devagar logo um sorriso tomou seu rosto e ela me abraçou forte

-Como esta? - perguntei sorrindo e retribuindo seu abraço apertado e gostoso

-Melhor agora e a senhora? - Perguntou e me olhou

-Otima. Senhora não, não estou tão velha assim- Falei e nos rimos

-Que bom que esta aqui, precisava mesmo de um conselho materno- A garota falou- E como você e quase uma mãe pra mim

-Claro meu amor, o que aconteceu? -Perguntei. Desde que ela e Justin se conheceram ne apeguei tão fortemente a essa garota, ja a considero como a filha que sempre quis ter. Ela é tão doce meiga,educada,fofa,gentil. Impossivel nao amar

-Então,eu tive uns problemas com minha mãe sai de casa e vim morar aqui com o Justin. Ai meus tios e os amigos de meu pai, ate mesmo minhas tias, falaram que meu pai esta sofrendo muito pela minha ausência. Você sabe,sempre fomos muito apegados um ao ontro. Mais sabe.. So de ver minha mãe meu almoço ja protesta. Mais eu não aguento ver meu pai sofrendo por minha causa. E ele me chamou pra tomar cafe hoje. O que você acha que eu devo fazer? - Perguntou aflita segurando minha mão

-Bom querida.. Acho que você deve seguir seu coraçãozinho. Justin me contou o que aconteceu, e eu sinceramente fiquei muito chateada. Mais acho que você deveria seguir seu coração. - Falei e acaricei seu rosto

-Obrigado Pattie-falou e me abraçou  forte

    Kylie West Povs

Passei o dia todo com a Pattie, conversamos muito e ela me contou coisas muito fofas e engraçadas sobre o Justin, tipo que quando ele viu meu primeiro desfile ele tentou me abraçar pela TV mais ficou triste por perceber que não iria conseguir pois estavamos muito longe. Pattie e como a mãe que eu nunca tive, ele presta atenção em tudo, e super cuidadosa e gentil. Dói saber que minha mãe também era assim, mais agora me odeia.

  Flash Back On
-Calma minha princesa, a mamãe ta aqui. Tudo vai ser diferente a partir de agora. Vai passar-
  Flash Back Off

  Flash Back On
-Você não passa de uma vadia nojenta. -
  Flask Back Off

Quando deu 17:00 fui pro quarto de Justin, onde eu estava dormindo a uns 2 meses, tomei um banho rapido vesti uma blusa de frio preta, uma legging justa preta, um colete jeans sem mangas clarinho, calcei uma bota preta cano baixo, passei um batom preto, fiz uma maquiagem, coloquei um cachecol preto, um brinco preto,um relógio com as estações da lua, fiz um coque bagunçado coloquei oculos escuros peguei a bolsa e desci. Pattie estava cuidando do jardim,coisa que ela gosta muito. Fui na garagem e olhei os carros caríssimos de Justin

-Ele não vai se importar- pensei comigo mesma e fui ate a Ferrari branca

   No Starbucks..

Desci do carro com meus seguranças e vi alguns paparazzis, ele ja chegou.. Respirei fundo ergui  a cabeça e andei em direção ao estabelecimento. Quando entrei passei o olho pelo lugar e encontrei Kanye sentado em uma mesa no canto cabisbaixo. Fui ate o mesmo e assim que ele me notou (me nota senpai) se levantou veio ate mim e tentou me dar um beijo, mais eu me afastei

-Por favor.. - Falei baixinho porem séria

-Desculpe querida- Falou e puxou a cadeira para mim sentar. Suspirei e me sentei- Quer pedir alguma coisa?

-Fala logo. Tenho que voltar logo pra casa, não avisei Justin que sai- Falei seria, Cruzei as pernas e apoiei os cotovelos na mesa

-Não sabia que você deve explicações para eu- falou irônico

-Nao devo,não devo a ninguém, sou livre,mais ele fica preocupado quando eu saio sem avisar e fico muito tempo fora. Diferente de- você falei fria

-Kylie..

-Apenas fale logo. - O interrompi ja me estressando

-Volte para casa meu amor- Falou e segurou minha mão

-Por que deveria? Pra ser humilhada? Prefiro ficar na casa de Justin,ele cuida de mim, ele me protege - Falei

-Ele so quer te comer Kylie

-Tomara viu. Porque o loirinho e bom na cama

-Não quero ouvir isso

-Problema e seu fofo, a boca é minha

-Kylie por favor, estou tentando facilitar as coisas

-As coisas nunca, NUNCA, vão ficar fáceis para nos. Você ja viu o mundo que vivemos? Viu o mundo que me criou? Voces me obrigaram a ser o que eu não queria ser a vida toda

-Sua mãe sente saudades..

-UMA MÃE.. -Respirei fundo retomando a calma- Uma mãe faria tudo que ela fez com a própria filha?

-Ela errou querida eu sei, mais esta arrependida

-Se você soubesse pelo menos metade do que ela ja me fez, você não teria coragem de olhar na cara dela

-Voce também nunca ajudou

-Nao?

-Não! Você sempre teve essa mania insuportável de responder de ser grossa de se achar dona da razão

-Talvez seja porque você me criou assim

-Eu não te criei pra ser um piranha

-E assim que quer me convencer a voltar para aquele inferno?

-Filha, a casa de Justin não e seu lugar

-Eu me sinto bem ao lado dele Kanye

-Ele é perigoso

-Você ajudou ele a ser!  E eu Juro Kanye Omari West que se algo acontecer com ele,eu acabo com você. Porque ninguém, ouviu bem? Ninguem mexe com a minha loirinha! - Falei e me levantei brava

-Filha espera, por favor, volte para a casa, eu preciso de você, você é meu mundo. Eu te amo querida - falou quase chorando e se levantou, fazendo meu coração se partir. Respirei fundo para não deixar lágrimas rolarem me virei e sai de cabeça erguida. Sempre me ensinaram a nunca abaixar a cabeça para o mundo. E ele é meu mundo.- Filha..

Ignorei seu chamado e fui para o carro, entrei no mesmo e desabei no volante.

Eu não posso fazer isso, não posso deixar Justin depois de tudo que ele me fez. Mais eu não posso deixar meu pai depois de tudo que ele me fez. Liguei o carro e sai cantando pneu.

Em menos de 15 minutos cheguei na casa de Justin, pedi para abrirem os portões e assim fizeram, estacionei o carro no quintal dei a chave pra um segurança e subi as escadas em direção a imensa porta principal.
Abri a mesma devagar entrei e me virei para fechar a mesma

-Onde você tava? - A voz rouca de Justin soou pelo movel. Bom.. Acho que ele não ta feliz

-Fui dar uma volta - Falei e me virei

-Com quem? - Perguntou vindo ate mim

-Ta vendo alguma coisa aqui? - Perguntei mostrando minhas mãos para ele- Entao né - Falei bufei passei por ele e subi as escacas

-Desculpa aê por me preocupar com você - Falou se fazendo de vitima enquanto vinha atras de mim

-A questão meu amor, não é você se preocupar, isso é muito fofo, mais a questão é que é ridículo você ter esse ciumes escroto se a gente não tem nada. Se não assume não atrapalha. Ou soma ou some. Aqui é oito ou oitenta monamour. Agora me abraça que eu to morrendo - falei me virei com os olhos marejados e o abracei forte

-Não vou nem falar nada- O loiro me pegou no colo e me beijou intensamente.

-Me perdoa- Perguntei o olhando fundo nos olhos enquanto ele me levava pro quarto

-Pelo? - Perguntou confuso e me deitou na cama ficando em cima de mim

-Por uma decisão que eu talvez vá tomar- falei e acariciei sua nuca

-Você ta me assustando Kylie - falou e se sentou na cama

-Perdão - Falei sentei em seu colo e o beijei intensamente enquanto roçava nossas intimidades

   Uma semana depois..

E o grande dia chegou. Aproveitei que Justin foi viajar e pedi para pegarem minhas malas. Me despedi de Vanessa e de Pattie mais antes de ir deixei uma carta na cama de Justin, peguei uma blusa dele também e fui embora com um aperto no coração

   Kardashians House

Sinceramente me arrependi quando descobri que meus pais haviam voltado para a casa da minha avó, onde a porra do progama de merda é gravado. Quando entrei minha tia Khloe quase me matou pulando em mim

-Awn minha restin de punheta tava com tanta saudades de você - falou me tirando o ar por causa do abraço apertado

-Tambem- falei e forcei meu melhor sorriso

-Oi filha- Kim falou saindo da cozinha

-Oi- falei baixinho

Gente nem adianta me xingar nos comentarios, porque eu fiz isso pelo meu pai.

   Justin Bieber Povs
     3 dias depois..

-Ky? - Perguntei assim que cheguei em casa.

Subi pro quarto e vi um papel em cima do mesmo e comecei a ler

  -Lembra que eu pedi perdão por uma decisão futura minha? Então, perdão Justin, mais meu pai precisa de mim. Não me odeie pois você sabe que eu te adoro mais que tudo. Você é a minha loirinha. Meu garoto. Minha Biba. E eu so queria mesmo agradecer por você ter cuidado tão bem de mim nesses esse meses maravilhosos. Você me ajudou a mostrar meu verdadeiro eu para o mundo, e eu so tenho que agrader. Cê num ta entendendo nada né!? Lerdinho lindo do meu core!  Eu voltei para a casa dos meus pais. Mais relaxa iremos continuar saindo juntos, dormindo juntos, se falando  se divertindo, e principalmente se pegando. Eu te asdoro muito Mona. Pega meu numero novo: 93657544. Não me odeie. Promete que não vai trocar por outra patricinha? LOVIU MONAMUR- li em voz alta- Ass: Amor da sua vida.

Ela é muito burra mano. Mete boca ai nos comentários que ela merece.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...