História In The Name Of Love - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kanye West, Kim Kardashian, Kylie Jenner
Personagens Justin Bieber, Kanye West, Kim Kardashian, Kylie Jenner, Personagens Originais
Tags Kim Kardashian, Kylie Jenner
Exibições 173
Palavras 2.188
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura meus suvacos fedidos

Capítulo 20 - I hate you Jeremy


Fanfic / Fanfiction In The Name Of Love - Capítulo 20 - I hate you Jeremy

  “Porque você não pode por um curativo na dor. Você nunca poderá concertar um coração..”

  Kylie West Povs

-Filho?- Um homem perguntou se levantando do sofá

-Você conhece ele? - perguntei sussurrando para Justin

-Ah meu deus, filho- O homem falou veio ate Justin e o abraçou, mais o mesmo continuava sem mecher um músculo - como você cresceu, nem parece mais aquele menininho fofinho de 4 anos

-Pai quem é ele? - Perguntei confusa indo ate meu pai que estava jogado em sua poltrona fumando seu charuto

Parecia que Justin havia voltado a vida,vi odio em seus olhos. Ele empurrou o homem e suspirou

-Kylie vamo embora- falou frio

-Ué você não quer matar a saudade do seu pai?- O homem perguntou

-Eu não tenho pai. No momento em que você saiu pela quela porta pra foder suas vadias e viver sua vida você deixou de ser meu pai- Justin falou e se virou para o homem

-Filho eu quero que você saiba que eu me arrependo todos os dias de ter deixado você e sua mãe- o homem falou em um tom triste.

-Você sabe tudo que eu e ela tivemos que passar? Voce sabe quantas noites em claro ela passou trabalhando pra poder me alimentar? Você sabe quantas noites tivemos que vadiar pelas ruas no frio pois ela não tinha mais como pagar o motel? Você sabe quantas vezes ela deixou de comer algo pra me dar? A MINHA MÃE SE PROSTITUIU POR SUA CAUSA!-Juston gritou putasso. Gente,nunca vi o loirinha assim

-Perdão filho- O homem sussurrou

-E isso que você tem a dizer Perdao? PERDÃO NÃO VAI TIRAR A SUJEIRA DO CORPO DA PATTIE POR TER VENDIDO O MESMO!- Gritou e deu um soco no rosto do homem

-Justin!- falei e levei minhas mãos ate a boca.

-Eu ja perdi a conta.. De quantas vezes ela tentou se matar. Ela entrou em depressão umas 5 vezes. Ela chorou,todas as noites desde que você nos deixou,e chora ate hoje. Eu quase perdi,a unica pessoa que eu tive na vida por muitos anos,POR SUA CAUSA- justin falou e deixou uma lagrima escapar,mais secou a mesma rapidamente

-Justin.. Eu era jovem. So queria curtir minhs vida- O homem falou calmo

-Ta mais A criança de 4 anos não tinha culpa. Eu não tive culpa de nascer. Eu nao tive culpa da Pattie engravidar. Eu não tive culpa de nada! Eu sinto tanto nojo Jeremy,não de você,e sim de mim,por ter o mesmo sangue que você,por ter o mesmo sobrenome que você. Eu não te odeio Jeremy,pois você não merece meu odio. Você mereçe morrer sozinho.- Justin falou frio

Olhei pro meu pai e ele estava segurando o riso. Dei um tapa na nuca dele fui ate Justin,abracei seu braço e dei um beijo em sua bochecha

-Justin..

-Papai papai!- Duas crianças gritaram entrando na sala

-Quem fez isso em voce papai?- Uma menininha loirinha perguntou

-São naturais?- o menininho perguntou vindo ate mim e apontou para os meus seios. Fiquei boquiaberta com a pergunta e Justin segurava o riso,dei um tapa na nuca dele e ele deu um tapa escondido em minha bunda

-Esses são seus irmãos Justin. Jasmyn e Jaxon- o homem falou cabisbaixo

-Ta explicado- sussurrei

-E serio,são naturais? - "Jaxon" repetiu

-Jaxon!- O homem o reprendeu

-Jax  vem aqui e para de dar em cima da minha filha- Meu pai falou e o menino foi ate ele

-Ela não é sua filha- Jaxon falou e se sentou no colo de Kanye

-Claro que é-Meu pai falou mechendo no cabelo do pequeno

-Não é não,ela é branquinha,e o senhor e pretinho- O menino falou brincando com as correntes de meu pai

-Ela é branquinha por causa da mãe dela,minha esposa- Kanye falou

-Mais o senhor disse que não tem esposa- Pela primeira vez,a garotinha falou. Ja esqueci o nome dela. Jasmyne? Jaqueline? Justina? Jurema? Neide? Irene? Ah meu deus Irene. NUNCA VA NO SALÃO DA IRENE PELO AMOR DE MADONA. Olhei pro meu pai e ele sorriu falso pra mim

-Sorte sua Kanye Omario West que eu não estou falando com a minha mãe- falei e Cruzei os braços

-Por que você não ta falando com sua mamãe?- Jaxon perguntou e veio ate mim

-Porque ela é uma vadia-falei simples e recebi um olhar furioso de meu pai - ué  to falando a verdade

-O tio Kanye também  disse que não tem uma filha - A menininha falou

-Disse é? - Perguntei e senti a mão  de Justin em minha cintura, o olhei e seu olhar era tipo "se segura"

-Sim, e que também não tem família - falou

-Mentirosa, ele não disse isso. Ele disse que não tem uma filha, mais sim, uma princesa - Jaxon falou emburrado

-Princesa o caral.. amba aqui e rainha monamour - falei e Justin caiu na gargalhada

-Retardado- Sussurrei e revirei os olhos

-Papai tem certeza que o senhor esta bem? - A garotinha.. JAZMYN. LEMBREI É JAZMYN. Jasmyn falou  preocupada e colocou a mão no rosto de seu pai

-Absoluta- o homem falou sorrindo

-Se quiser a gente quebra o viadinho no cacete - jaxon falou  indo ate os dois

-Não precisa. So me dêem um abraço que ja esta otimo - O homem falou e abriu os braços pedindo abraço. Os pequenos se aconchegaram nos braços de seu pai

-Amamos você papai- os pequenos falaram juntos

-Tambem amo vocês - o homem falou.

Suspirei me lembrando dos meus momentos assim com meu pai..

  Flash Back On
   Priscilãinocente
    14 anos atrás...

-Eu vou pegar a gordinha - Kanye falou sorrindo quanto procurava sua pequena

-Eu não sou gordinha - A menina falou saindo de baixo da cama emburrada

-E gordinha sim, é a minha gordinha- Kanye falou pegou a menina e fez cócegas em sua barriguinha a fazendo dar um soltar e gostosa gargalhada

-P-para eu to braba com você - A menina falou rindo

-Me da um beijo- kanye falou sorrindo enquanto fazia a massagem em sua pequena mulher

-N-nunca- Falou rindo. - T-ta bom- A garota falou e de um selinho em seu pai

-Te amo magrela- Kanye falou sorrindo

-Te amo gordão - A pequena falou e deu um lindo sorriso

   Flash Back Off

  Flash Back On
   10 anos atrás...

-Pai eu não sei se consigo- Kylie falou nervosa

-Claro que consegue amor- O homem falou tentando acalmar sua filha

-E se não gostarem de mim? - A menina perguntou com lagrimas nos olhos

-Filha, é impossível não gostar de você

-Certeza?

-Absoluta. Agora vá para aquele palco e mostre para o mundo como uma garotinha de 10 anos faz suas rimas- Kanye falou orgulhoso fazendo  Kylie sorrir. A menina abraçou seu pai rapidamente e foi para o palco

   Depois do show

-Querida, você foi incrível- Kanye falou abraçando sua pequena

-Obrigada pai, por nunca desistir de mim.  Eu te amo muito - a garota falou chorando de alegria

-Eu também te amo muito minha pequena Kyzzle - kanye falou emocionado

   Flash Back Off

Quando sai de meus pensamentos percebi qude o loiro ja não estava do meu lado

-Cade ele? - Perguntei

-Saiu correndo a uns 5 minutos enquanto você babava- meu pai falou simples

O olhei com os olhos semiabertos e corri pra fora. Apesar de estar de alto salto, corri bem rápido. Desci e fui ate as vadias que estavam ensaiando

-Viram o Bieber? - perguntei ofegante

-No escritório dele Senhora Kyzzle- Pérola falou

-Valeu- falei e subi correndo ate escritório dele

Bati na porta duas vezes e entrei.
Justin estava jogado em sua cadeira virado de costas para a porta fumando um charuto olhando para seu imenso quadro escrito "BIEBER". Eu que dei. Adoro dar coisas pra ele. Hahaha. Ergui um pouco minha saia fui ate o loiro e me sentei em seu colo, de frente para o mesmo, com as pernas em volta deu seu quadril. Justin levou sua mão livre a minha coxa e acariciou a mesma sem tirar os olhos do quadro

-Sabe.. Ja faz tempo que não fodemos nessa mesa- Falei e ele me olhou com um pequeno sorriso

-Você quer que eu te foda aqui? - Perguntou inocente

-Quero- Falei e mordi seu lábio o puxando para mim

-Como é que é? - Perguntou

-Quero que voce me foda senhor Bieber - Falei e levei minha mão ate seu membro

-Com força? - Perguntou acariciando minha bunda

-Me deixe ficar sem andar por uma semana - Falei em um tom sedutor. O loiro sorriu como se tivesse aprovado aquilo deu um tapa forte em minhs bunda, me fazendo arfar, se virou e me colocou sentada na mesa

O puxei pela nuca e devorei seus lábios. Nem precisei pedir passagem pois Justin queria aquilo tanto quanto eu. Levei minha mão debaixo de sua blusa e fui puxando para cima. Encerramos o beijo Justin ergueu os braços, e eu tirei sua blusa. Ele me beijou de novo e eu não hesitei. Levei minha mão dentro de sua cueca e massagiei seu membro ja petrificado o fazendo gemer entre o beijo. Encerramos o beijo e Justin tirou meu cropped logo caindo de boca em meu seio direito enquanto apalpava o esquerdo com força me fazendo arfar e gemer baixinho. Justin brincava com o bico de meu seio com o dedão me fazendo ir a loucura. Puxei seus cabelos o fazendo olhar pra mim e o beijei. Depois de um longo beijo, Justin me deitou e tirou minha saia junto com a calcinha. Ele deu um beijo em minha vagina me fazendo soltar um alto gemido, abriu uma gaveta pegou uma camisinha, abriu a mesma com a boca, tirou sua calça e sua cueca deixando de fora seu membro ereto, botou a camisinha, me puxou pelo quadril e me penetrou de uma vez so me fazendo soltar um grito e cravar as unhas em seu ombro, arranhando o mesmo em seguida. Justin tirava e botava seu caralho e isso estava me torturando

-Me fode direito- falei entre gemidos

Justin me olhou, sorriu malicioso e me pentrou. Suas estocadas ficavam cada vez mais fortes e eu gemia cada vez mais alto. Não me importo se alguém ouviu. Somos jovens. Não a nada de errado em querer se divertir. E também, aqui é a nossa boate, nos mandamos aqui.

-Awn.. Awn Jus.. Ohh.. Isso.. M-mais.. Awwn.. Mais forte Jus- gemi

-Como quiser - Justin falou, me beijou e aumentou a força

  Kanye West Povs

-Sabe cara.. Eu me arrependo tanto de ter deixado ele - Jeremy falou cabisbaixo

-Oh irmão não fica assim. Ele so ta magoado- falei

-Sabe Brow.. Eu era novo,queria curtir minha vida,e eu passei muito tempo achando que eu tava certo.. mais ai um vazio foi nascendo em mim,e esse vazio ficava cada vez pior. Mais sabe..eu tinha tanto medo. Porra uma crianca? Como eu iria cuidar de uma criança?

-Cara.. Eu te entendo. Lembra que depois que a Kylie nascesse eu iria embora? Então. Mais quando eu ouvi aquele chorinho,e vi aqueles olhinhos,meu coração bateu de um jeito.. Que  porra parecia que ia rasgar meu peito. Eu me senti um completo otario por pensar em deixar aquela coisinha branquinha e miudinha. Sabe.. As pessoas dizem que é ruim ter filho quando é adolescente. Mais se não fosse aquela pirralha manhosa,eu não seria quem eu sou hoje. Se hoje eu tenho um pingo de caráter,e graças a ela. Se hoje eu assumo meus atos e graças a ela. Se hoje eu acordo de manhã,e graças a ela. Pois eu não sou ninguem sem aquela restinho de punheta

-Porra cara,não acaba comigo assim- Jeremy disse e nos rimos

-Vai falar com ele?- perguntei

-Preciso falar com ele- Jeremy disse e nos levantamos.

Chegamos no escritório do Bieber, e quando fui abrir a porta ouvi gemidos. Olhei pro Jeremy e encostei a cabeça na porta

-Ohh.. Ohh.. Isso.. Isso Kylie.. Sua boca é maravilhosa.. isso.. Ohh porra- ouvi gemidos masculinos que provavelmente eram do Justin

-Ele ta ocupado- Falei

-Mais eu preciso falar com ele agora!- Jeremy falou e abriu a porta e entrou.- filho

Ouvi um grito feminino,e comecei a rir.

-Caralho mano- Justin falou ofegante- Pode nem foder em paz mais mano

-Bem feito- Falei entrando no escritório de olhos fechados. Não quero ver o Bieber pelado

-Bem feito nada. To no meu escritório na minha boate- bieber falou e eu so conseguia rir

-Para de rir Kanye Omario West!- Kylie falou

-Oh deus- falei rindo e respirei fundo retomando forças- Vamos Jeremy,deixa eles foderem em paz

Puxei Jeremy  e sai

-Você não se importa da sua filha estar transando com uma cara que nem é namorado dela?- Jeremy perguntou me acompanhando de volta ao meu escritório

-Sabe Jeremy.. Kylie foi impedida de fazer e de falar o que queria a vida toda. Eu quero que ela tenha boas lembranças quando for idosa. Não quero impedi-la de se divertir- Falei calmo me sentando em minha cadeira

-Kanye..

-Ta tá,eu quero arrancar a rola do Bieber fora e colar a vagina da Kylie com cola quente

-Sabia..

 


   


Notas Finais


Spoiler do proximo cap: Ceis vão odiar o Bieber

Gente,so eu achei muito fofo o que o Kanye falou?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...