História Suddenly - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Hot, Inglaterra, Intercâmbio, Mentiras, Romance, Sexy, Surpresas, Traição, Viagem
Visualizações 56
Palavras 1.185
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Saga

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente mais um capítulo! Se alguém estiver gostando e quiser que eu continue comente! Bjjocas

Capítulo 5 - O jantar


Fico alguns segundos no meu quarto parada sem reação. Eu nunca devia ter aberto a boca. Ele consegue mexer comigo, e isso me deixa irritada, já que ninguém tem esse poder sobre mim. Prometo para mim mesma não ser mais afetada por aquele sorrisinho ou olhar. Se isso continuar, vou tem que ir embora ainda hoje dessa casa! Desço as escadas e me deparo com grandes olhos negros. Uma mulher de cabelos descoloridos  e curtos está parada no meio da escada:

- Oi Mia! Prazer em te conhecer! Meu nome é Summer, namorada do Louis. 

Ela esta sorrindo com a boca pintada de vermelho e, pela primeira, me sinto bem com algum sorriso nessa casa. Seus olhos estão traçados com um delineador gatinho e seus ombros estão tatuados com rosas vermelhas. Ela é linda

- Oi! Prazer em te conhecer também- Sorrio agradecida por ter alguém do mesmo sexo que eu.

- Ia te chamar para descer, mas já que te trombei aqui, vamos!- Ela pega o meu braço e laça no dela- James desceu agora todo risonho, não deixe ele brincar com você, viu?! Ele é muito idiota quando quer- concordo em silêncio com aquela sábia mulher.

Quando chegamos na sala de jantar, tento não olhar para James. Dou um sorriso para Stive e vejo que John está conversando com Louis. Cutuco o seu braço e ele se vira rapidamente.

Assim que me vê fica pálido por alguns segundos e depois sorri. 

- Mia? Nossa que surpresa! Não acredito nisso, que coincidência!

-Pois é! Nem acredito que vou ficar esses meses na casa dos seus amigos que você comentou no avião

Ele esta sorrindo, mas percebo que seus olhos estão distantes.

-Pois é... Mia eu preciso te falar qu...

- O que John?- Interrompe James colocando o seu braço em meu ombro. 

Olho assustada para ele, e James continua com os olhos fixos em John:

- Nada, esquece- ele diz olhando para James.

Naquele momento eu não estava entendendo mais nada, nem meu nome. 

-Ok...O que ta rolando?- pergunto olhando para os dois, que continuam se encarando.

- Nada não, vem, deixa eu te mostrar o seu lugar na mesa- diz James pegando na minha mão e me guiando

Mas que...? Em um momento ele estava todo sarcástico comigo, outro, sedutor-pelo que meu cérebro inventou- sarcástico de novo, e agora esta me guiando para o "meu lugar". Se continuar assim, não vou aguentar mais nenhum dia nessa casa, ou eu vou pirar!

Depois de me sentar, ao lado de James, Summer me perguntou:

-Mas me conta Mia! O que te levou a querer ficar esses meses aqui na Inglaterra?

Termino de mastigar a comida e respondo:

-O meu sonho desde criança era conhecer a Inglaterra e quando o avião pousou, me senti realizada!

James da um risinho e revira os olhos. Vou enfiar o garfo na cara dele.

-Isso é verdade- comenta John apontando o talher para mim

- Que legal! Espero que você goste daqui, amanhã eu posso te levar para conhecer um pouco a cidade- diz Stive

- Eu adoraria- respondo com sinceridade.Vai ser ótimo conhecer o lugar que vou passar os próximos meses.

- Bom! Amanhã depois do café nós saímos então.

Concordo com a cabeça e a sala fica em silêncio.

- Então Mia- James diz- pelo que entendi lá encima, você tem namorado, né?- Quase cuspo a minha comida -então... como os dois vão ficar por tanto tempo sem transar?- Ele me olha com um sorriso entre os lábios se divertindo do meu constrangimento. Eu simplesmente não estou acreditando nisso.

Todos da mesa voltam a cabeça sobre mim e quero morrer, e antes que possa dizer alguma coisa Louis interrompe:

-James! Isso é coisa de se perguntar na mesa para a pobre garota? Da um tempo!É o primeiro dia dela aqui em casa- Agradeço em silencio  Louis e continuo olhando fixamente para a minha comida com o rosto vermelho

- Calma! Só estou puxando assunto como você me pediu! 

Ele da uma risada e coloca a sua mão na minha coxa. Nesse momento deixo a minha faca cair e me desculpo pelo barulho. O que ele esta fazendo?! Tento tirar com delicadeza debaixo da mesa,mas ele aperta e não solta. Dou uma olhada de alerta e ele não larga. 

Neste momento, o que eu mais queria era estar de calça. Me praguejo por ter a ideia estúpida de colocar um shorts assim que cheguei. A casa estava com o aquecedor muito alto e minha perna precisava respirar um pouco. Só de pensar que ele está sentindo minha pele arrepiada com seu toque me da vontade de sumir.

Retomamos a conversa e James começa a descer e subir a mão em minha coxa bem devagar de leve. Começo a me remexer na cadeira e ele ri baixinho. Por que ele está fazendo isso comigo?! Quero dar um tapa na mão dele mas sei que chamaria a atenção de todos, e é o que eu menos preciso no momento.

Stive começa a falar um pouco de seu novo projeto de ciência, mas não consigo prestar o mínimo de atenção no que ele esta dizendo. James fica nesse movimento por alguns minutos e quando apertava um pouco dava um pulinho na cadeira, arrancando um sorriso dele. Até que uma hora ele começa a subir demais e dou um salto. Todos da mesa me olham e eu digo que tenho que ir no banheiro. Enquanto procuro a porta ouço James rir e fico imaginando o quanto deve estar se divertindo por saber que mexe tanto comigo.

Depois que todos terminaram, ajudo Louis a levar os pratos à cozinha:

- Olha, se o James estiver te perturbando ou algo do tipo é so me avisar, ok?- alerta Louis enquanto limpa um prato

-Sim, claro- respondo sem olhar para ele- pode deixar

Terminando de limpar os pratos resolvo subir e ligar para Ken. 

Conto-lhe sobre a informação errada na ficha e ele me assegura, dizendo que amanhã ele providenciaria outra Host Family para mim. Agradeço e desligo o celular. Mando uma mensagem de boa noite para a minha mãe e aviso que já havia falado com Ken. 

Visto o meu pijama e quando me sento na cama alguém bate na porta.

-Pode entrar!- digo me cobrindo um pouco com o cobertor

- Mia, eu o James e o John vamos para uma festa agora. Quer ir?- Pergunta Stive

-Obrigada pelo convite, mas hoje vou descansar um pouco- digo batendo de leve na cama

- Você que manda! Até amanhã!- Ele diz e bate a porta

Estou tão cansada que nem consigo pensar em levantar para fazer xixi, ainda mais ir numa festa. No Brasil já não era muito chegada em festas e baladas, nada que um belo filme na Netflix  não resolva o meu tédio a noite.

Me cubro com o cobertor e em questão de segundos eu durmo.

Sou acordada com um barulho vindo no andar de baixo no meio da noite. Pego meu celular e vejo que são 4:30 da manhã. Ouço a voz do James e Stive. E outra que não reconheço.

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...