História Suddenly Happened - Jikook - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Vhope
Visualizações 62
Palavras 2.768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiieee

Tudo bom com vocês? O coração ainda tá batendo? Kkkk

Capituloooo! Milagres acontecem..e pq eu tô dizendo isso?..talvez tenha a ver com a fanfic? Ou somente mais um motivo para você ajudar os bolinhos e votar no mama? Eis a questão🍃

Leiam as notas finais⭐

Boa leitura☺❤🌈

Capítulo 45 - Far from me better...


Fanfic / Fanfiction Suddenly Happened - Jikook - Capítulo 45 - Far from me better...

                 P.o.v jungkook 

~ depois de ter mandado aquele áudio, deixou lágrimas de desespero e medo caírem..primeiro uma carta , depois uma ligação perdida..aquilo era demais para jungkook , só queria cuidar do jimin e jimin naquelas situações estava sim precisando de proteção, as vezes aparenta ser rude por aceitar os cuidados dos hyungs mas só dar atenção a um (no caso do jimin é claro) mas o que ele pode fazer se foi o amor que o fisgou? Aceitar não é a palavra certa aliás..isso não existe no dicionário de jeon jungkook.

Sexta-feira 00:05

Eu não estou conseguindo admitir o que está escrito aqui,por tantas horas que eu estou só na frase "quero que você seja feliz " eu não tô entendendo...isso é um término? Tudo isso é minha culpa? Ele quase se matou...eu tô com medo.

~ primeiros áudios - 29/10

_____________________________________________

Áudio: Eu estou na rua..acabei de ler sua carta e eu não tô bem..- ri em meio a surpresa que tive de ter recebido essa notícia inesperada.

Áudio: realmente não sei o que eu vou falar nesses áudios mas vou chorar se você me afirmar que tá terminando comigo..

Áudio: vou chorar se você falar de novo tudo o que está nessa carta...que quer que eu seja feliz sem você e arranje outra pessoa,só se você me ligar e falar isso que eu nunca mais ligo ou mando mensagem pra você...bem arriscado mas eu sei que você não vai fazer isso...

Áudio: eu sei que você me ama o bastante pra não se atrever a fazer isso...e também queria saber se VOCÊ TÁ LOUCO? Porque tipo..

Áudio: EU TE AMO CARALHO...não sei mais o que fazer,quem matar..pra ficar claro que eu te amo..

Áudio : isso era pra ser fofo mas eu não tô conseguindo..sabe porque?? Eu tô com medo..

~ secou suas lágrimas andando de volta para casa devagar para dar tempo de falar tudo o que queria.

Áudio : medo de perder você de verdade, e você não tá ajudando..eu tô fazendo o meu melhor pra ficar sabendo se você está bem..tentando não arriscar nem um fio de cabelo seu...

Áudio : Jimin..esse amor eu nunca vou deixar morrer..vou fazer esse amor durar pra sempre, e não me diga que é impossível..pois não é - respiro fundo.

Áudio : estou tentando não me alterar contigo..isso é raiva sim ,não tô acreditando, não consegui engolir suas palavras nessa carta..

Áudio : "não confie em loucos" omma que me ensinou..e você está louco,eu sinto muita saudade  mas se eu me deixar levar por ela essas cartas nunca teriam sido enviadas ou nem vivo eu estava...

Áudio : Park Jimin é a razão de eu acreditar no destino..- ri alto nas ruas silenciosas - parece estranho até porque..estamos separados por causa dele..mas não vou perder as esperanças..

~ terminando esse último áudio olhou o celular que pelo brilho da tela reduzido podia ver o reflexo da lua em sua tela..levantou o olhar para o céu vendo a mesma..sorriu estava sensível naquele momento,voltou a andar guardando o celular.

Apesar de querer falar tudo o que estava engasgado e ditar mais de 50 maneiras do porque amar jimin , precisava medir suas palavras para não piorar oque já estava ruim. Sua caminhada era longa , pela tarde da noite não havia ninguém nas ruas...só ele,a brisa gelada avisando que a madrugada estava perto, a luz da lua,a cor alaranjada das lâmpadas no final da rua escura. E seus pensamentos não eram concluídos...já estava com dor de cabeça e queria chorar por não saber como chamar atenção de seu namorado.

Áudio : não sei porque você tá fazendo isso consigo mesmo , me sinto insuficiente em não conseguir amar você o bastante..não poder cuidar de você. Perguntar se você está bem eu não vou ,já me respondeu isso na carta...

~ quando deu por si já estava na frente da mansão..e layla no portão provavelmente o esperando por não ter avisado que ia sair.

Áudio : tenho que ir meu anjo..mas amanhã eu continuo a mandar okay?..só pra lembrar.  

Áudio : te amo mochi..

_______________________________________

~ Jimin esconde o celular no bolso da calça indo em direção a porta de entrada da casa , layla como tinha dito ainda estava lá o olhando a cada passo qué dava.

- jeon jungkook aonde você estava? - fala alto ,a pior voz do mundo é a dela.

- só fui dar uma volta...- passei a mão no cabelo dela mesmo não querendo, se eu fazer isso ela cala a boca.

(...)

                  P.o.v jimin

Eu já estava mofando lá naquele quarto sem poder andar e ficar drogado de remédio toda hora , até que a linda e maravilhosa enfermeira me liberou pra ir pra casa..bom.. não pra minha porque eu preciso de cuidados especiais e "blá, bla bla " então eu tenho que ir pra casa de alguns dos meninos, a do tae eu não quero ir se nao vou ficar segurando vela , o que me resta é o suga porque também  não quero atrapalhar namjin.

- SUGAAAAAAAA - gritei ele , que estava mechendo no celular e falando com alguém.

- VOCÊ VAI LÁ PRA CASA ,OK? affs, cala a boca agora que eu tenho que falar com o moço aqui - sai da sala com a pessoa.

- te amo sugui-..- parei de falar quando ele tirou o sapato e ameaçou tacar.

Finalmente eu ia sair daquele muquifu com cheiro de dipirona e pessoas mortas saindo dos quartos...eu Tava tão ocupado pensando nos meninos ou até a maior parte só dormindo por causa dos remédios..ou até  como eu lidaria com meus problemas que até esqueci do kook..não foi fácil e não estou falando que gostei até porque não é rápido assim que se deixa de amar uma pessoa..só estou fazendo isso pensando nele..

~ 10 minutos depois..

- jimin coloca o sapato..n-não esse não O OUTRO PÉ JIMIN O OUTRO PÉ..- o garoto sabe que eu tô drogado e quer que eu diferencie a direita da esquerda.

- calmô..AE PRONTO - sai andando pra fora do quarto, mesmo sabendo que eu podia cair.

- se eu te contar...que o lindo do Nam Joom me emprestou o carro dele pra te buscar ,você acredita? - fala animado, rodando a chave do carro nos dedos com o chaveiro, bem retardado o Nam entregar a chave de um Hb20 pro suga.

- se for pra morrer eu fico aqui..- sorri depois de ver a cara dele, quando ouviu oque eu falei.

~ como todo hospital,suga tinha que pegar a autorização para pegar a alta do jimin já que ele Tava como responsável e acompanhante dele. Pegaram e foram direto pro carro começando a dirigir.

Eu...eu tenho medo do que eu posso fazer..de que possa ser bom pra mim e ruim pra ele. Em nenhum momento estou falando que me sinto bem em me esquecer do kook, em me esquecer de tudo que a gente passou..meu coração doí só de imaginar. Mas toda ação tem sua consequência e essa parece ser a minha.

E eu acho que oque estou fazendo é o certo , tudo desde conseguir ocupar minha cabeça com qualquer coisa. Se eu consigo isso é porque eu quero esquecer ele? -respiro fundo - ou só tô tentando não me machucar..

- S-suga me ajuda a esquecer o kook..- arrisco um palpite , até porque de qualquer jeito ele ia tocar no assunto algum dia.

- ué, mas porque você quer esquecer ele?..- fala olhando pra frente..dando ênfase no final.

- porque eu sei que ele pode ser mais feliz sem mim em Seul..sem eu prendendo ele , e não quero ser um peso pra tudo que ele ainda vai fazer...- falei baixo, era embaraçoso falar disso.

- pensei que você o amava...- olha pra mim de relance.

- e eu o amo...mas olha aonde eu tô e olha aonde ele tá,nem nos falar estamos mais..- olho para os meus pés, depois de ver um casal na rua.

- aí você desiste...hum..- da uma risada no final.

- eu que nem namorando com o jungkook tô, conheço ele bem melhor que você..- vira pra mim..sorrindo.

- e ele deixa bem claro que nunca desiste...ou tô mentindo?..- buzina pra alguém na rua, pior é que é verdade..mas que porra o kook nunca desistiu..porque tem que ser tão difícil assim!.

- não não tá..mas que merda..- massagiei a cabeça.

- eu entendendo o que você quer fazer,mas eu e o jungkook temos certeza que você não vai conseguir..- da ênfase em "jungkook",não eu tenho que esquecer ele..

- como você é um ótimo amiguinho, não vai mais tocar no nome dele e nem me lembrar dele, OK?...- sorri,enquanto ele semicerrava os olhos.

- cofcof, corrigindo.." Você vai me ajudar a não fazer mais bosta e perder o amor da minha vida , OK? "..- eu não falo mais nada.

- aish...

Não quero criar falsas esperanças mas só vou fazer o que me vier primeiro pela frente. Me olhei no retrovisor do carro..tô parecendo uma bolinha kkkk,duas blusas de frio e uma toca , se eu não tivesse posto ia escutar um monte..já escutei..

" Pode colocar essa toca, porque eu ainda não recebi pra tá comprando remédio e nem a gasolina " 

TO me sentindo uma criança...mas eu relevo.

~ já tinham chegado,suga estava terminando de fazer a baliza.

- suga..sabe o que eu acho?..- falei tirando o cinto de segurança.

- qui' foi?..- fala tirando a chave do contato.

- eu acho que deveria existir um remédio pra esquecer as pessoas..assim não teria que sofrer tanto assim,né? - sorri da cara de desgosto dele.

Sai do carro , indo abrir a porta pra mim me puxando..segundo ele eu não tenho forças pra nada.

- cala a boca..você tá retrocedendo..- sai me puxando pra dentro da casa dele.

~ já dentro da casa de yoongi, tudo estava arrumado para receber Jimin..comida extra, toalha nova tudo preparado. 

~ não foi uma boa idéia ter deixado o Jimin subir as escadas para o quarto sozinho. O ruim para jimin que está nessa missão falível de "esquecer jungkook" é que aonde eles passam deixam momentos marcantes para eles mesmos..

Enquanto subia devagar por causa da sua pressão, lembrou dos beijos e do desejo que ele e jungkook tiveram no corrimão da escada..quase desmaiou.

Subiu correndo se jogando na cama , bloqueando novamente todos pensamentos , porque não acabou no corrimão..mas naquele dia só tinha começado e foi na cama de Yoongi..que com as palavras de jimin:

"Graças a Deus que ele não descobriu, é nois Jesus! " 

~ 24 minutos depois 

Olha o chão...que legal 

A janela..interessante...

Vento..passarinho..sol...

Legal..

NÃO NÃO DÁ DESISTO AAAAAA

eu,uma cama,coberta, televisão,café com leite..CADÊ O JUNGKOOK AQUI? 

É tão difícil cara,não tô me aguentando ,mas..mas eu tenho que me segurar, não ir pra Seul e morrer..mas que vida merda..

- jimin..se eu te mostrar uma coisa você promete pra mim que não vai brigar?? - suga aparece na porta com o celular na mão.

- pelo amor de deus yoongi, o que que tu fez? - me sentei olhando ele,que semicerrava os olhos.

- teve um dia que rua fui comer fora e acabei vendo você e o kook debaixo de uma árvore lá na pracinha e..filmei..- solta um sorriso bobo olhando para o celular..

- Há não...porqueeeee - começou a rir provavelmente do meu desespero.

- não vai chorar não né? - se senta do meu lado.

- não..mostra logo!! - me descobri, tanto medo desse "vídeo".

~ yoongi deu play no vídeo..

~ jungkook estava encostado na árvore  mexendo no celular..jimin tava correndo em direção do mesmo..levantou o olhar para jimin sorrindo..o puxando pra um abraço,um abraço demorado que durante o ato sorriam e davam breves risadas..até jimin separar e dar um selar demorado nos lábios de kook; jungkook que pela surpresa do beijo sorriu durante o mesmo..

~ Depois de ter separado, continuaram se olhando ainda com os dois corpos colados e narizes rentes um ao outro..jungkook fez careta e os dois riram se sentando na grama.

- desliga..- jimin pediu sorrindo..seu coração se aqueceu em ver aquilo.

- porque? Ainda tem uma parte que você bate nele e ele fica bravo..- continua vendo.

- desliga por favor..- tampo o celular só escutando as risadas do jungkook pelo áudio.

- eu tenho que tentar esquecer ele , entende?...- me deito de novo na cama, aí meu coração..jungkook..porque eu te amo?.

- tá...vai descansar que você tá voltando a ficar pálido..acho que é efeito dos remédios..- me dá um beijo na cabeça e sai.

Não quero mais pensar em nada..nem no kook nem em nós..só preciso dormir e recomeçar tudo de novo..em como esquecer ele. Em como conseguir esquecer aquele abraço..o perfume e seus beijos.

Só tentar esquecer...


                   P.o.v jungkook

~ estava na cozinha..vendo a correria que estava no ambiente..layla mandava e mandava , os cozinheiros suavam de tanto ir e voltar. Uma das correrias de um casamento é o recheio do bolo..jungkook não ligava pra isso é nem queria que tivesse bolo então ele está "cagando e andando" para isso,mas pelo contrário..layla quer tudo nos mínimos detalhes, convidou mais de não sei quantas pessoas, o vestido já estava pronto , flores pagas fora a decoração..e claro, a comida..

~ ele só estava ali para marcar presença mesmo..porque estava triste..

~ vou te contar o que aconteceu na noite passada...

~ depois de ter adentrado a porta de casa , foi para o quarto de fininho..porém,renato e mais alguns homens o pararam..como a postura que tinha não era nunca de se curvar e se rebaixar..o que fez foi levantar mais a cabeça ainda é observar o que eles fariam.

" passa essa porra de celular agora jungkook..." - um dos moços falam estendendo a mão para pegar.

- " não.." - falou e saiu andando...não estava preocupado com nada até o momento que o puxaram de novo , e como eram eram espertos o quarto de Layla era no andar de baixo junto com a Raquel que naquela noite tinha saído. Tamparam sua boca com panos enquanto um o segurava pelas costas , outro batia em seu estômago..não o feria tanto por causa de seus músculos, mas ainda sim cospia sangue durante os socos.

" me entrega..agora!" - oque estava batendo em jungkook ainda pede o celular,e entregou depois de dar um soco no queixo do rapaz.

" todas as vezes que você pegar seu celular , qui seja pra olhar as horas..você tá ferrado na minha mão " - Renato fala saindo e fumando seu charuto. 

~ depois dessa noite ele tomou um banho rápido..o sangue da sua boca já tinha parado o que fez no momento foi só dormir.

~ e pela primeira vez na vida..se deu por vencido porém teimoso...e nunca..nunca desiste. Teimoso porque ia pegar o aparelho de volta  não importa quantas vezes o batam ou quanto sangue ele vomita...ele não ia desistir do seu amor e apanharia até terminar de falar o que tem pra falar.

- kookie.. recheio de abacaxi é bom..- me dá uma colherada , quebrando meus pensamentos na mesma hora.

- também acho...- pelo tanto de esforço que fazia pra tentar disfarçar sua voz que estava rouca, por tanto tempo estava cosaindo sangue  isso não facilitava suas cordas vocais.

- vou dar uma saída layla..tô com dor de cabeça..- consegui a enganar

- ok..tchau.

Subi correndo as escadas entrando no escritório do meu tio , a procura do meu filho..chamado celular..tenho que falar com o Jimin.

Enfiei o celular dentro da calça e desci as escadas..olhei aos lados e vi Renato me olhando com o palito de dente na boca..escroto?claro.

Corri o mais rápido possível ,senti passos atrás de mim..isso só me fez correr mais e mais.

Passei do portão mas não parei de correr , como não conhecia nada ali em Seul eu só corri..entrando em várias ruas saindo em morros e várias lojas. Quando me acalmei e não vi mais ninguém me perseguindo, respirei fundo pegando meu celular é acabei me sentando na calçada..a dor da minha pele toda dolorida era mais forte..isso porque só foi no estômago que me somaram. 

~ desbloqueou a tela...

_______________________________________

Áudio : oii jimiin...estou muito bem e quero que você esteja..

Eu sei que mentir não é comigo..mas se eu deixar o jimin mais preocupado comigo não vai ser nada bom pra ele..e nem pra nós..

Áudio : pensei muito essa noite...Há, você é um anjo..porque alivia minhas dores pensar no seu sorriso...

Áudio : aliás..vai ser um pouquinho chato mas..vou ressaltar uns motivos e maneiras de o PORQUE DE AMAR PARK JIMIN...kkk

 Áudio  : primeira...

 Áudio : a voz..a..essa voz! Saudade dela..me acalma tanto..tudo o que ela trás, as risadas..tudo..

Áudio  : sorriso...esse sorriso é como se fosse meu solzinho, ilumina minhas manhãs...

Áudio  : abraço..meu coalinha , dono do melhor abraço do mundo..o único que consegue transmitir tudo ;amor , carinho e proteção em um único abraço..

Áudio : olhar.. uma das coisas que eu mais admiro muito você é o seu olhar..me traz conforto me faz bem..duas bolinhas Aaaaaa

~ 4 áudios de... (??) Não sei quantos mais...cada detalhe é apreciado por ele mesmo em estados..críticos.

















Notas Finais


Oi amorees..

Uma semana e dois dias..Poisé

TO triste com o spirit e esse problema não é só comigo , vários users estão tendo problemas nas atualizações.

Espero que tenham gostado mesmo assim!
💕 vou começar o outro ainda hoje pra voltar no ritmo que vocês gostam haha🍃

Obg por ler☺💜🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...