História Suddenly It Becomes​ All 2 - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Visualizações 3
Palavras 843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 41 - 41


Dois meses depois..

#September

"Já se passou dois meses... Você continua nesta maca hospitalar sem responder minhas cartas, minhas perguntas, sem falar suas idiotices, me chamar de Smurfeth e me zoar pelo meu tamanho mínimo. Você faz tanta falta Daddy...
Sinto falta de ver você e mamãe se pegando pela casa e você sem esconder o que sentia, eu e Dylan reclamamos muito por isso Hahaha.
A atenção que você nós dava sempre, adorava sair em família, brincar de tudo, parece tanto uma criança retardada que sempre faz de tudo para ver todos felizes e bem.
Sinto falta de quando fica bravo por eu te chamar de Reuri Eduardo Estilosa e quando tiro notas baixas.
Te amo, papai. Você é tudo pra mim e eu vou sempre te agradecer por ganhar uma corrida por mim e Dylan para que chegássemos ao mundo.
Espero que mamãe leia está carta para você.
Com amor, Darcy Evelyn xX"

"Por que tem que ser tão cruel? Dois meses sem ver, falar e tirar brincadeiras com meu pai, é como viver no inferno. Ir para escola e todos perguntarem "como está seu pai?" E começar a chorar, não é normal, é? Me sinto sentimental.
Quer dizer, sinto sua falta, sinto um vazio por acordar e não passar a mão em seus cabelos lambuzados por uma língua molhada de vaca, zoar por você ser tão mulherengo e mimar tanto minha mãe, ter ciúme da minha namorada ao ver você beijar ela (mamãe, aliás, um beijo pra você que está lendo).
Qual é? Sinto mesmo falta de você me apoiando e dizendo que torce por mim no futebol, e quero dizer que a cada gol que faço, é dedicado a você, que me anima todos os dias e é meu herói desde sempre. Falta de você me dando broncas por tirar notas baixas na escola... Mas sei escrever essa carta, contar até 50 (haushauhaushaus), onde moro, minha história e isso é o suficiente. Bom.. Que fique claro três coisas: ainda vou te dar muito orgulho, tenho a melhor família e eu te amo, pai!.. Volta logo =[
Dylan Felipe xX"

-Gostou, amor? Eles fizeram com muito carinho e se esforçaram para ficar com a letra bonitinha, você iria gostar.

Sorri. Ele não sorriu mostrando suas covinhas.

-Sinto sua falta! Só para me animar, dê um sorriso, só um, para que eu volte a ter esperanças e... Mande tirar os tubos de alimento, o que vai levar ao seu funeral... Eu não quero isso! Não quero!

Tentei conter as lágrimas. Escuto passos, mas continuo de cabeça baixa.

Xxx: Sente muita falta dele, não é?

É o Zayn.

-Sinto.

Ele senta ao meu lado e me abraça de lado.

Zayn: Calma, ele vai ficar bem. Logo vai estar aí, feliz como sempre.

-É o que eu mais quero no mundo!

Deitei minha cabeça em seu ombro e liberei minhas lágrimas, mas logo ás limpei.

Zayn: Vim te dar uma noticia.

-Diga.

Zayn: Não tem jeito. Durante esses dois meses lutei pra conseguir a moto de volta, mas não dá, simplesmente apreenderam, e não vou à liberar por nenhuma quantia já que ele estava sem capacete e carteira.

-Mais essa!

Cobri o rosto com as mãos.

Zayn: O jeito é deixar a motorcycle e quando o Harry acordar ele compra outra.

-Mas.. Não tem nenhuma outra opção? Como.. Dez mil?

Zayn: Eles deixaram bem claro, nenhuma quantia. Eu até tentei dez mil, vinte mil e tals, mas eles não aceitam.

-Céus.. Mas, se a culpa é minha, eu vou concertar essa besteira.

Zayn: Não é culpa sua!

-A Anne disse que é.

Zayn: Mas você não estava com ele e nem fez nada, ele só foi comprar bebidas, só! Não escute a Anne agora, ela vai se arrepender de tudo que está falando.

Abracei ele.

-Obrigado por tudo Zayn.

Zayn: Não é nada... Bem, os meninos estão ai, vou os chamar.

Saiu da sala e logo voltou com os outros.

Todos: Oi.

-Oi.

Liam: Como esta?

-Levando...

Liam: Não fique assim.

-Bem, e como está com o Rudd, Molly e Daf?

Liam: Eles estão bem. Só estava preocupado com a Molly se coçando demais.

-Oh, dizia isso para o Harry, mas ele disse que é quando está nova demais e tem pelos e pele sensíveis, então coçam, só não sei se ele estava mentindo.

Riram.

-E como estão meus bebês?

Louis: Darcy está desanimada para tudo, sabe o quanto ama esse pai, Leila disse que já à viu chorando varias vezes por falta dele, Dylan também está assim, mas consegue se distrair as vezes, e Zack quando saí da agência passa lá para visitar os irmãos, passa quinze minutos triste pelo pai e volta para o apartamento.

-Darcy e Dylan estão brigando muito?

Louis: Não, uma vez ou outra pelas discórdias das escolhas dos filmes, o que é normal, mas sempre estão apoiando um ao outro quando chorando e quando vão dormir.

-Não estão dando trabalho, estão?

Louis: Claro que não.

-Obrigado meninos. Harry vai gostar de saber que estão me ajudando, enquanto ele dormia. Quando acordar, vou contar tudo.

Liam me olhou como "ela ainda tem esperança".

Niall: Sente muita falta dele?

-Sim. Sabiam que está chegando o dia do nosso aniversário de namoro?

Louis: Oh.

-Sempre comemoravamos em viagens.

Mordi o lábio inferior pra não chorar.

Liam: Também sentimos falta dele.

____________



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...