História Suddenly It Becomes​ All 2 - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Visualizações 12
Palavras 716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ficção

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 43 - 43


Sim, Anne foi ao hospital.

Flashback on.

Harry: Mãe, que história é essa que você xingou a Isa?

Anne: Você não perde tempo mesmo né garota?

Rolei os olhos.

Anne: Sim, dei certas broncas nessa...

Harry: Mãe! Ela não tem culpa e para de tratar ela assim. Sei que você ama a Isa. Vocês sempre foram tão amigas.

Gem: Também não sei pra quê essa bravura da mãe.

Gem me abraçou por trás e beijou minha bochecha.

Harry: Vai mãe, fala com a Isa de novo, quero levar ela lá em casa ainda.

Me virei pra ela e abri os braços.

-Vai deixar no vácuo, sogrinha?

Anne me abraçou.

Anne: Desculpe, querida...

-Nem lembro mais disso.

Anne: Feliz Harry?

Harry: Me sinto maravilhoso..

Flashback off.

E agora estamos em Londres. Eu, Harry, Darcy e Dylan. Zack negou vir, preferiu ficar com a casa só pra ele e Sarah. Harry acha que nunca vim aqui ou não lembro, ele quer me levar a todos os lugares, inclusive agora na London Eye.

Harry: Medo de altura?

-Deve ser, olha meu tamanho.

Harry: London Eye!

-Ah.. N-não, imagina.

Disse a garota que está já sentada, trêmula e querendo vomitar.

Harry: Vem aqui, medrosa.

Passou o braço em volta de meu pescoço e eu abracei sua cintura.

-É lindo aqui de noite.

Harry: Também adoro à vista daqui à noite.

Sua mão acariciava meus cabelos lisos. Olhei um pouco para baixo e vi o quanto é lindo por ali.

Harry: Quando trouxe as crianças, Darcy vomitou e Dylan nem quis vir.

-Está vendo, eu sou corajosa.

Harry: Oh claro..

Me deu um selinho.

Harry: Agora vamos comer algo.

Descemos e ele puxou minha mão até onde estava às crianças.

Darcy: Eu quero ir no parque.

Harry: Por que não vai na London Eye?

Darcy mostrou o dedo do meio pra Harry e ele gargalhou.

Dylan: Vamos logo!

Entramos no carro e Harry deu partida para um parque, estacionou na frente e entramos.

Darcy: Quero ir no pula-pula.

Dylan: Pra isso temos o chão, não gastem dinheiro.

Harry se segurou para não rir.

Harry: Vamos Darcy, escolha logo qual vai querer.

Saíram em direção aos brinquedos. E eu não evitei olhar a calça de Harry, especificamente sua bunda. Por conta da calça de moletom cinza, ficou um pouco grande.

-Então?

Dylan: Crazy-Dance!

Puxou minha mão, me obrigou a comprar os ingressos e agora na fila desse brinquedo assustador.

-Dylan, eu tenho medo!

Dylan: Eu te abraço.

Harry: Tem certeza que vocês vão nesse?

Parou ao nosso lado.

-Não, você também vai.

Apertei a mão do Harry. Assim que chega nossa vez, sentamos os três bem perto e eu fiz questão de ficar nas cadeiras com Harry e Dylan.

Dylan: Você vai ver mãe, é muito bom.

-Ta, se eu não gostar quero meu dinheiro de volta, seu filho da mãe.

Dylan: E do pai.

As cadeiras começaram a girar ao som de "WILD", dava voltas dando a impressão que as cadeiras iriam se bater, e eu não parava de gritar, Dylan ria e Harry ficava com cara de machão.

Assim que descemos, Darcy nos esperava.

Darcy: Ahhhh que vacilo, queria ter ido.

Dylan: A próxima é nós!

Bateram as mãos.

Harry: Okay e agora?

-Antes de comer, quero que ganhe um pandinha de pelúcia pra mim.

Passei meus braços em volta de seu pescoço e ó beijei.

Harry: Então vamos.

Caminhamos até a "barraca" e foi Harry X Dylan, jogando bolinhas vermelhas pra ganhar presentes para mim e Darcy. Até que Dylan ganha um pequeno panda de pelúcia.

Dylan: Pra você mãe.

-Onw!

Beijei várias vezes sua bochecha, enquanto Harry ficou morrendo de raiva.

Harry: Mais uma! Vou ganhar pra você, Darcy..

Darcy: Okay, eu acredito em você, paizinho!

Mas uma vez Dylan ganha o urso de pelúcia e entrega a Darcy.

Dylan: Vai querer um também, pai?

Harry: Cansei disso, vamos em outro brinquedo!!!

Saiu andando até o "bumper cars".

Harry: Eu e Darcy contra você e Dylan.

-Okay.

Ele está sendo exatamente igual nos jogos ou na F1, sim, é guerra lá em casa nesses dias. Harry e Darcy VS Eloisa e Dylan. Somos de times diferentes, então sempre assistimos e brigamos juntos, resultado: dormimos todos brigados e no outro dia está todo mundo se amando e sendo bonzinho um com o outro.

Entramos nos carros, Harry iria dirigir pra Darcy, mas Dylan quis ir pra mim.

Dylan: Só tentaremos bater o carro deles e deixar preso.

-Você é mau.

Dylan: Não, eu sou filho de Eloisa Smith.

-É assim que se fala.

Beijei a bochecha dele.

Harry: BOA SORTE PRA VOCÊS, FRACASSADOS! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...