História Sugar Place - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Logan Lerman
Personagens Logan Lerman, Personagens Originais
Tags Aventura, Drama, Logan Lerman, Revelaçoes, Romance
Visualizações 9
Palavras 1.255
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi docinhos❤❤

Atenção:Este capítulo irá causar ainda mais raiva de um certo personagem 🤔🤔

Boa Leitura❤❤

Capítulo 28 - Minha decisão


Fanfic / Fanfiction Sugar Place - Capítulo 28 - Minha decisão

Pov Demetrius

Lá estava eu,agachado,esperando minha morte...mas ela não apareceu.Levei alguns segundos para processar o que estava acontecendo. 

Angeline entrou em minha frente para me salvar...Ela deu sua vida por mim... 

Eu menti,a enganei e ainda tentei matar alguém que ela amava,e mesmo sabendo disso ela salvou minha vida. 

O corpo de Angeline caiu para trás me empurrando junto,a espada atravessada em sua barriga perfurou meu ombro. 

-NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOO-Laura grita e corre junto das outras,puxando a espada e tirando o corpo de cima de mim

-ACORDA POR FAVOR!-ela chorava segurando o corpo inconsciente e ensanguentado

-VIU O QUE VOCÊ FEZ?-Ela gritava para Aleph que estava de joelhos com os olhos cheios de lágrimas-É TUDO CULPA SUA!

Tento me aproximar do corpo mas Laura me empurra. 

-FICA LONGE DELA,VOCÊ TAMBÉM TEM CULPA!

 -Acalme-se Laura-Gwendone e Ashley também estavam sentadas chorando em cima do corpo

-NÃO VOU ME ACALMAR-ela grita-A CULPA É TODA DE VOCÊS-ela dizia olhando para mim e para Aleph-SEUS ESTÚPIDOS, ELA AMAVA VOCÊS E NÃO QUERIA QUE VOCÊS ACABASSEM SE MATANDO...E OLHA O QUE ACONTECEU...VOCÊS MATARAM ELA!

-E-Eu não queria que isso acontecesse-Aleph dizia em meio a soluços-A raiva me cegou,n-não queria magoá-la ou feri-la... 

-VOCÊ E SEU TIO SÃO MAIS PARECIDOS DO QUE EU PENSAVA...E VOCÊ, DEMETRIUS-ela me olha com desdém-VOCÊ É DOENTE...ELA TE AMAVA MUITO E  TUDO O QUE FEZ FOI ENGANA-LA ...CADA COISA QUE VOCÊ FEZ ESTAVA A MATANDO POR DENTRO,ANTES DE ALEPH CRAVAR ESTA ESPADA,ELA JÁ SE SENTIA MORTA... 

-VOCÊ NÃO SABE O QUE ESTÁ DIZENDO-digo com raiva-Eu fiz de tudo para salvá-la,eu a queria ao meu lado...Se esse idiota do Aleph não tivesse me atrapalhado no dia do baile,ela não teria sofrido tando,estaríamos junto com os pais dela em Sweet Valley...

-Então agora a culpa é minha?-Aleph pergunta-Angeline nunca fugiria como uma covarde...

-VOCÊ NÃO CONHECE A MINHA ANGELINE-grito-Eu a conheço desde criança,eu sei o que ela pensa...

-PAREM COM ESSA DISCUSSÃO BOBA!-Gwendone grita-AO INVÉS DE SE LAMENTAR E JOGAR A CULPA NO OUTRO,PENSEM EM ANGELINE-ela respira fundo-A espada atravessou o corpo mas não o coração,talvez ainda esteja viva...Jeremy por favor examine o corpo...Por favor, salve minha amiga

-Sim, menina Gwendone-ele responde 

Ele checa o pulso e a respiração.Em seguida olha o ferimento e respira fundo. 

-Ela ainda está viva,porém o ferimento é grave e o veneno ainda está fazendo efeito...Luigi poderia pegar alguns materiais para mim? 

-Sim-ele responde 

-Não podemos deixa-la aqui no meio do jardim,exposta a germes-Ashley diz 

-Você tem razão-Jeremy concorda 

-Meu quarto-digo e todos me olham-Levarei ela até meu quarto

Me levanto e a pego no colo,Laura me olha com raiva.Começo a andar rumo ao quarto com Angeline em meu colo, seu corpo estava ficando frio e seu rosto pálido. 

-Aguente firme,meu doce-sussurro para ela-Vai ficar tudo bem...

Pov Aleph

Todos seguiram Demetrius até o quarto,eu fiquei para trás totalmente envergonhado e com raiva de mim mesmo.Eu deveria ter parado quando Angeline mandou mas não consegui, só queria ver Demetrius morto. 

No que eu estava pensando?Que mataria Demetrius e seria feliz para sempre com Angeline?

Ela nunca vai me perdoar e também não me importo com isso,a única coisa que me importa é que ela fique bem.Porque se ela morrer,sou capaz de fazer alguma besteira. 

Fico parado na porta do quarto enquanto Demetrius deita o corpo de Angeline na cama e em seguida deposita um beijo em sua testa.  

-Os dois para fora agora-Ashley manda-Não quero energias ruins aqui e também não quero que se matem no corredor por isso fiquem o mais distante possível

Me sento no chão a frente do quarto, Demetrius fica encostado perto da porta.Luigi aparece segurando alguns materiais e Ashley fecha a mesma nos impedindo de ver qualquer coisa lá dentro.

Abraço minhas pernas e apoio a cabeça nos joelhos me segurando para não chorar e rezando para todos os deuses possíveis. 

-Pare de chorar igual uma menininha-Demetrius diz me fazendo olhá-lo-Controle-se. 

-Me deixe em paz -digo -Como pode ser tão frio em uma situação como essa? 

-Se desesperar não resolve nada, além disso,não fui eu quem a feriu. 

-CALA A BOCA DEMETRIUS!-grito impaciente-Eu não devia ter deixado a raiva me consumir,eu me aproveitei da sua fraqueza em relação ao estado de Angeline e me aproveitei do seu momento de cansaço, não foi uma luta justa...Devia ter parado quando ela mandou...

-Foi muito nobre da sua parte propor uma trégua...Mas sabe que ela se sentia frágil quando dormiu com você,não sabe?-ele disse-Ela não te ama de verdade,isso é passageiro...Ela se sentia só e por isso ficou com você,você foi só um substituto...E agora que estou de volta ela não precisa de você...

-Você não perde a oportunidade,não é,Demetrius?-digo-O símbolo do seu reino era uma cobra?

Ele ri e se senta ao meu lado. 

-Um de nós terá que desistir,ela não vai querer que essa briga dure por mais tempo e não vai querer escolher-ele diz por fim-Se quer sua Jelly feliz,sabe o que é o certo a se fazer...

Ele se levanta e se afasta.

Demetrius realmente é um demônio sem alma com cabelo tingido mas o que ele disse me fez pensar.Eu sempre fui um intruso nessa história,sempre tentando fazê-la cair nos meus encantos quando sabia que ela tinha um noivo,ela disse não se arrepender em ter dormido comigo mas sei que no fundo ela se arrepende,ela ama esse cabeça de tomate desde pequena e mesmo que ele não a mereça,me pego pensando em desistir.

Meu coração dói em pensar em entregá-la a outro,mas eu tinha que parar de ser egoísta,tinha que pensar nela.

"Será que devo desistir?"

Esperamos por longos minutos ou horas até alguém de dentro do quarto dar sinal de vida.Ashley sai do quarto e nos olha apreensiva.

-Meninos-ela começa-Perdoem a Laura,ela geralmente é um doce de pessoa mas quando ela fica com raiva... 

-Como está Angeline?-Demetrius pergunta 

-Não se apresse-ela diz-O curandeiro fechou o ferimento,por centímetros não atingiu o útero,provavelmente vai ficar uma cicatriz horrível...O veneno está se dissipando lentamente,Jeremy está tentando achar um ingrediente para acelarar a cura,tenho certeza que iremos encontrar-ela dizia isso como se quisesse convencer a si mesma

Ela pega minha mão e com a mão livre segura a de Demetrius,ela se segurava para não chorar. 

-Por favor, se for para brigar,briguem como antes,com xingamentos e sarcasmo-ela continua-Angeline ama muito vocês dois-ela olha para Demetrius-Mesmo com seus erros e defeitos-ela respira fundo e volta a olhar para frente-Além disso,se ela escolher um.. Eu estou disponível para o outro. 

-Você não tem jeito-Demetrius diz rindo fraco 

-Você também não,tomatinho 

-Será que eu posso vê-la-pergunto 

-Tenta.Eu fico aqui tomando conta de Demetrius-ele revira os olhos

Me levanto e abro a porta do quarto. 

-O que faz aqui?-Laura pergunta 

-Quero falar com ela-digo-Por favor

-Vamos Laura-Gwendone tira Laura do quarto junto com Jeremy e Luigi

Me aproximo da cama. 

Angeline "dormia" serenamente,seus cabelos estavam espalhados pelo travesseiro,seu vestido estava manchado e rasgado,mesmo assim estava linda.

Nunca acreditei em milagres e minhas esperanças de Angeline acordar eram nulas. 

-Angeline-digo me agachado ao lado da cama e segurando sua mão-Desde a primeira vez que te vi,eu me encantei com você...Quando nos encontramos depois que você fugiu de Alan, eu me apaixonei pela guerreira que você é por trás desta aparência angelical... Você mudou minha vida,me fez ter esperanças de que eu poderia ser feliz novamente...-começo a chorar-Me desculpa pelo que eu fiz,não queria te machucar...a raiva que eu estava sentindo junto com o ciúmes quando te vi sorrindo de modo tão terno para Demetrius me deixou louco...Eu te amo muito-Beijo seus lábios gélidos que estavam semi-abertos-Me perdoe se eu tiver que me afastar de você,é para o seu bem...

Deito minha cabeça em sua barriga e começo a chorar novamente.A essa altura eu já tinha tomado minha decisão...

CONTINUA


Notas Finais


Qual será a decisão tomada por Aleph?Ele deve mesmo desistir?🤔🤔

Como alguns já devem ter percebido,eu mudei o final da fic😁😁Por favor não me matem😐😐

Até a próxima❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...