História Suicidal boy (jikook) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Gay, Jikook, Jungkook, Suícidio, Tortura, Tristeza
Visualizações 125
Palavras 1.509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeeee chegamos a 30 favoritos!!!! Então esse capítulo vai ser especial! As respostas que vcs tanto esperam estão aquiiii!!
*AVISO*
Vai ter cenas fortes!!

Capítulo 13 - Cortes profundos...


Fanfic / Fanfiction Suicidal boy (jikook) - Capítulo 13 - Cortes profundos...

POV Jin 

Eu não tinha entendido nada quando o Jungkook pediu para aperta o passo, mas fiz e logo chegamos em minha casa. Quando entramos, minha mãe estava sentada no sofá lendo um livro e meu pai estava também no sofá mas só que no computador. 

Jin - oi omma!! Jungkook essa é a minha omma! 

Jiwoo - me chame de jiwoo! - ela estende a mão e kookie a aperta.

JK - é um prazer conhecê-la sr. Jiwoo!

Jw - o prazer é todo meu Jungkook!

Meu pai também se apresentou e depois nós subimos para meu quarto.

Jin - pode deixar sua mochila em cima da cama.

JK - ok!

Eu sentei em minha cadeira da escrivaninha e Jungkook na ponta da minha cama.

Jin - Jungkook....eu quero falar um negócio com você!

JK - ok! 

Jin - aquele garoto, o Yoongi. Vc o conhecia? 

JK - é uma longa história Jin!

Jin - pode me contar! Somos amigos, somos?

JK - sim claro! Mas...

Jin - se não quiser contar eu entendo!

JK - sim. Eu posso contar! É que ele era, ele era... Ele era meu namorado!

Jin - nossa! Mas porque odeia tanto ele?

JK a história é o seguinte....

Flash backs on

No dia do término...

Era 9 horas da noite e estava eu e o Yoongi deitados no sofá da minha sala. Isso foi depois do acidente do meu tio e minha irmã!

Yoon - quer fazer alguma? - pergunta fazendo carinho em meus cabelos.

Jk - não estou com vontade hoje! - falo frio olhando para tv mas minha mente estava em outro mundo.

Yoon - qual é Jungkook!? Desde que ouve o acidente você haje diferente comigo! - ele levanta do sofá puto.

JK - voce fala como se fosse um acidente qualquer!! - levanto do sofá também.

Yoon - tchau! - ele sai pela porta sem falar mais nada.

Eu começo a chorar. Me ajoelho sentado no chão. O certo era você me apoia Yoongi, mas você só pensa em si mesmo!!

Vou até o banheiro na pia. Eu jogava água no meu rosto para me acalmar mas não adiantava! Eu n conseguia parar de chorar, na minha cabeça escutava a voz da minha irmã pedindo ajuda para a matéria, dizendo que se apaixonou por um garoto na escola. Eu não estava mais aguentando isso! Acabo socando o espelho da pia até quebrar, pego seus cacos e começo a me corta. Os cortes eram profundos e dolorosos! Não mais que a dor de dentro que eu sentia. E como se toda minha felicidade cai-se em um buraco sem fundo e lá fossem destruídas como o espelho que eu quebrei! Eu sentia pânico e desespero! Queria que tudo acabasse bem. As vezes imagino uma família feliz! Eu, meu tio e minha queriada irmã que eu mais amava nesse mundo! Foi como mil facadas quentes e enferrujadas entra-se em meu peito, aprofundando o corte até me atravessar por inteiro!!

O banheiro estava todo sujo de sangue e os cacos de vidro caídos no chão sangrento e eu deitado nele. Minha cabeça girava e girava. Acabo levantando e me limpo do sangue.

JK - droga! Eu vou procurar o Yoongi e resolver aquela situação nem um pouco confortavel! - passo uma água no meu rosto e me seco.

Eu já sabia pra onde ele tinha ido. Quando ele tá puto da vida, vai até um bar com festa aqui perto para beber um pouco!

Antes de sair pego meu casaco e meu celular, coloco ele no bolso e abro a porta. Sai do apartamento, estava escuro e silêncioso na rua. Era um carro ou outro que passava!

Chego no bar e a música estava bem alta! Procuro ele por toda a parte e não o acho. Decidi ir até o banheiro...

Quando chego lá vejo ele se pegando com dois caras! 

Meus olhos começaram a encher de lágrimas e eu sentia raiva ao mesmo tempo!

JK - YOONGI??

Na hora o filho da puta para de beijar os dois caras.

Yoon - J-Jungkook n-não é o que você pensa! - ele vem até a mim mas eu o empurro para longe.

JK - NÃO TOCA EM MIM SEU DESGRAÇADO!!! - os dois caras sai do banheiro antes que sobre pra eles.

Yoon - deixa e explicar kookie!!

JK - NÃO ME CHAMA DE KOOKIE! NUNCA MAIS VAI ME CHAMAR ASSIM!!

Yoon - você vivia sendo grosso comigo! 

JK - isso não é desculpa para me trair! - eu ia sair do banheiro mas o mesmo me puxa pra dentro de volta.

JK - ME SOLTA SEU IMUNDO!! - eu o empurro de novo.

Yoon - então vai ser assim!? - ele me empurra com força fazendo eu cair no chão.

JK - droga Yoongi! - me levanto é dou um soco bem no seu nariz!

Ele me segura contra a parede e começa a socar minha barriga. O pior é que ele tocava em meus cortes enquanto me segurava na parede e aquilo doía muito! Não mais do que o meu coração...

Eu o chuto com força e ele cai no chão. Tento sair dali mas sinto alguém me puxar e me jogar contra o espelho grande do banheiro. O espelho quebra todo e minha cabeça sangrava muito, eu sentia o sangue descer pelo meu corpo, sentia muita dor, até tudo apagar.....

Quando acordo, tento me acostumar com a luminosidade do lugar e quando vejo, estava em uma sala branca. Percebi que estava em um hospital!

- senhor Jeon.

JK - o-oi

Enfermeira - você bateu com a cabeça em um espelho com força mas nada muito grave aconteceu

Era o que ela achava...

Enfermeira - logo logo você podera sair! - ela sai do quarto e eu fico lá sozinho....

Agora sim eu estava sozinho. Não tinha ninguém no hospital preocupado comigo! Perguntando se é tava bem. Eu não tinha mais ninguém....

Flash backs off 

Eu já estava chorando com a história do Jeon. Sento do seu lado e o abraço com toda força do mundo!

Jin - agora você não está mais sozinho Jungkook! E nunca mais vai está!

Jk - e-ele ainda t-teva a cara de pau de falar comigo depois do que ouve! - ele soluçava com o choro.

Jin - você já contou isso pro Jimin? - pergunto fazendo carinho em sua cabeça.

JK - não mas ainda vou! 

Jin - sempre quando precisar de apoio, eu vou está aqui! Sempre vou está com você!!

JK - obrigada Jin! Você é como um irmão mais velho!

Jin - disponha! Agora vamos voltar a fazer o trabalho? 

JK - sim. - enchugo as lágrimas do acastanhado e fomos estudar para a prova


POV pai do Jungkook (John)

Eu sou o pai dele e ainda sinto raiva dele! Sinto um ódio que me domina por inteiro! Sinto vontade de fazer alguma coisa ruim com ele.

Um grande amigo meu conseguiu me tirar da cadeia. Todo o tempo que fiquei lá, só pensava em matar o meu filho! Eu descobri que minha filha morreu e meu irmão também ( o tio que cuidava do Jeon) isso faz sentir mais raiva ainda dele!! Graças a ele minha família foi destruida! Ele vai pagar por isso! Eu estou na cidade onde ele mora e perseguindo ele. Acabou que quando fui em uma lanchonete, vi ele com um garoto. Ótimo! Parece que temos uma vítima!! Acabou que ele me viu então eu fui embora. Se não eu ia matar ele ali mesmo! Sempre o odiei por ser gay!! Quando descobri ele tinha 8 anos...

JK - pai? - ele me chamou, eu estava assistindo tv na sala.

John - o que foi filho? 

JK - eu preciso te contar uma coisa...

John - pode falar! 

JK - e-eu sou gay!

John - VOCÊ O QUE?? - me levanto do sofá bruscamente!

JK - e-eu sou..

John - NÃO REPITA ESSA PALAVRA!!

JK - me desculpa...

John - me diz que é mentira isso!! - andava de um lado para o outro.

JK - não é papai! - ele abaixa a cabeça.

John - não me chame mais assim!! - o pego pelo braço e jogo no chão.

JK - papai, o que vc está fazendo?? - ele chorava.

John - já falei pra não me chamar de pai!! - começo a tirar meu cinto.

JK - pap... - eu bato com o cinto em suas costas e ele dá um grito de dor.

Eu o pego pelo braço e levo até a cama. Tiro sua roupa e a minha calsa junto com a cueca.

JK - papai o que vc vai fazer?? - ele chorava muito! Mas eu nem ligava! Só sentia raiva!

Comecei a enfiar meu membro na sua boca até sua garganta pequena de uma criança de 8 anos!!

JK - p-para e-eu imploro - ele estava vermelho de tanto chorar!!

Tirei meu membro de sua boca e enfiei dentro de seu buraco com muita força fazendo o mesmo dar gritos pedindo ajuda para Deus e chamava sua mãe toda hora!!

Jonh - i-isso é pra você aprender ooh!! - ainda o penetrava

JK - AAII A-AAI PARAA AAII!! - ele chorava e gritava ao mesmo tempo! Acho que os vinhos podiam escutar. Mas foda-se!!

Depois de gozar dentro do mesmo, tirei meu membro e coloquei a calça de volta!! 

Logo escuto a sirene da polícia! Jungkook estava em um canto sem roupas chorando MUITO! É eu tava fudido...



FLash backs off

















Notas Finais


Gente eu tô chorando muito mesmo!! Sorry a qualquer erro estou com muito sono!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...