História Suicide - Kihyun - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X, Super Junior
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Min Hyuk, Show Nu, Won Ho, Yesung
Tags 24k, Drama, Jinhong, Kihyun, Monsta X, Romance, Suicide, Super Junior
Visualizações 115
Palavras 531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Como um cacto


Fanfic / Fanfiction Suicide - Kihyun - Capítulo 24 - Como um cacto

Sook on*

Entro em casa e vejo Wonho e Jisoo assistindo a um filme.

W: Oi Sook, que bom que chegou! - disse sorrindo abertamente

Apenas solto um "oi" e subo para meu quarto, onde me deito na cama e me permito chorar. Eu não posso acreditar nisso.

Essa é a primeira vez que eu derramo desse jeito, palavras confusas, sentimentos escondidos... Isso não pode estar acontecendo, tudo não passou de uma mentira.

Nossa história foi bem clichê, eu sei. Eu sei que você me amou, mais não do jeito que eu te amei.

Eu era apenas uma garota cheia de problemas, porque foi aparecer naquele dia e não me deixou morrer? Sinceramente Kihyun, eu preferia morrer do que ver o que vi a minutos atrás. Nossa história acaba aqui, uma história que teve um final trágico. Você não era o cara certo pra mim, mais posso confessar uma coisa? Eu nunca soube quem era o cara certo pra mim.

Olho para a minha barriga e meu coração se despeça ainda mais, porque justo agora?

Juras de amor e toneladas de planos para o nosso futuro eram ditos por você, porque entrou na minha vida cuspindo mentiras e continuastes fazendo isso?

Assim como um cacto, você, Yoo Kihyun, machuca as pessoas que possuem a curiosidade de te conhecer, de tocar e de conviverem com você. E, ao contrario de machucar apenas os dedos daqueles que tocam essa planta, você consegue ser ainda mais cruel e ir além.

Quem dera se apenas os meus dedos estivessem sangrando... 

※ 2 dias depois ※

Me levanto atordoada em meio a tantos cobertores e travesseiros diante de mim, sinto meus pés encostando naquele chão gelado e faço uma leve careta de reprovação.

Tratei-me de me arrumar logo, hoje iria sair com Minhyuk já que a cafeteria não abrirá hoje.

Já pronta, pego minha bolsa colocando o necessário dentro e saio de casa. Ao chegar na praça marcada pelo mesmo, o avisto de longe. 

M: Fico feliz que tenha vindo. - sorriu

Demos um breve abraço e saímos dali, caminhando em direção a loja de milk shakes. Após chegarmos, me sento em uma mesa com ele, logo fazendo nossos pedidos.

M: Como está em relação "aquilo"?

S: Ah Minhyukiie... - o vejo abrir um sorriso ao ouvir seu nome daquela maneira - Confesso que está sendo um pouco difícil... - encaro minhas mãos, que agora se encontravam molhadas pelo suor por conta do nervosismo, era assim toda vez que tocava nesse assunto. 

M: Ah meu anjo... - sorriu e segurou minha mão - Vai ficar tudo bem huh? - diz cada palavra de forma mais doce que conseguia, sem desviar seu olhar do meu, sorrio para ele. Assim as bebidas são postas na mesa.

S: Wow, isso é maravilhosamente gostoso. - digo fazendo Minhyuk rir - Dá até dó de tomar isso aqui.

M: Mais te garanto que o gosto é melhor do que a aparência. - sorriu e toma um pouco do seu, logo faço o mesmo. 

E quando me dei conta, já estava escurecendo. E nosso dia foi assim, em meio a brincadeiras, conversas... Pequenas atitudes que fazem a diferença no nosso dia a dia. 


Notas Finais


Me desculpem pelo capítulo, não saiu como eu queria, ficou um coco.
Mais mesmo assim, obrigado por lerem até aqui. Comentem! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...