História Suicide Girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Morte, Sad, Sad Girl, Suicide-girl, Suícidio, The Sad Girl, Tristeza
Exibições 21
Palavras 1.251
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Suicide Girl - Capítulo 1 - Capítulo Único

Era mais um dia como qualquer outro , eu acordo...e morro mais uma vez isso resume minha vida .

Você quer saber o por que ?  Então lhe contarei o motivo ...

-Todo mundo me odeia ,Eu fui excluida na escola , minha familia esta muito ocupada , meus amigos...eu ja tive amigos ? Ah sim ja tive alguns ...mas eu os afastei ...

Ando em direção ao banheiro como eu fazia toda manhã e me olho no espelho ...eu sou horrivel , eu sou feia , eu sou gorda , eu tenho olheiras de tanto chorar .

 -Eu não aguento mais ...-lagrimas começam a sair dos meus olhos e quando eu percebi estava de joelhos aos prantos no chão ...ninguem ouviu meu choro mais uma vez , assim como não me ouviram chorando a noite toda ....todas as noites....


 Escuto um barulho , e meu celular . 

E so uma mensagem da minha "melhor amiga " , aproveito e vou olhar as outras mensagens e vejo que tem mensagens dos meus melhores amigos virtuais , obviamente são meus melhores amigos so por que são virtuais ... eu sou imsuportavel nenhum deles me suportaria na vida real eu sei disso .

Desligo o celular sem responder nenhuma das mensagens , eles tambem não responderam nenhuma das minhas mensagens nos ultimos dias , como eu ja disse eu sou imsuportavel.


Me arrumo para ir para a escola , mais uma vez , esse ciclo vicioso esta me matando .



Minha carona chegou e eu estou indo para aquela tortura de novo , quem me leva e a mãe da minha prima ...acho que eu sou um incomodo na vida das pessoas ultimamente todos me tratam como se eu fosse um infortunio ...e eu sou mesmo... eu atrapalhei por anos a vida da minha tia , eu atrapalhei a vida dos meus pais quando eu nasci não importa oque eles digam eu sei que eles ainda seriam motoqueiros e seriam mais felizes se eu não tivesse nascido .


Sou tirada de meus pensamentos quando percebo que o carro parou .

-Venho te buscar as 11:30 - diz a mãe da minha prima , acho que estou a imcomodando a fazendo me trazer hoje ja que a filha dela vai faltar aula hoje 

-OK tchau -disse e sai do carro e fui para a minha sala , ninguem falou comigo nem um pequeno "bom dia" , como eu odeio a escola , eu tambem teria faltado aula se eu não tivesse que fazer prova


Ja era 12:00 e a mãe da minha prima não chegou minha amiga de outra turma me deu carona e eu fiquei o caminho inteiro pensando :

"Minha existencia e tão desnescessaria que ate esquecem de me buscar "


Eu sou uma pessoa inutil ...

Eu me odeio...

Eu quero morrer ...


Depois que chego em casa ligo para meu pai que esta viajando a trabalho .

Troco de roupa e vou em direção a casa da minha avó , quando eu chego eu finjo que almocei so pra não deixar suspeitas ja que eu resovi parar de comer ...eu não me importo se eu morrer por isso eu não aguento mais me olhar no espelho e pensar "Eu sou gorda ,eu sou horrivel , eu sou uma aberração " independentemente do que as pessoas digam eu me acho feia e gorda as pessoas normalmente dizem que eu sou magra e bonita mas eu acho que elas devem ser segas ou algo do tipo pra acharem isso ,depois tento conversar animadamente e quando me canço volto para casa.

Depois que voltei de viagem eu descidi ser feliz , animada e alegre perto da minha familia ,eu cansei de ter ameaças dos meus pais dizendo :

"Converse e seja educada com seus parentes ou eu vou tomar seu celular pelo resto da sua vida "

 Mas não foi por essa ameaça que eu tive essa mudança...eu so não quero deixar minha familia triste...mesmo que isso me destrua por dentro eu vou fingir ser feliz e animada e não magoar minha familia .


 ''Eu ja não converso com meus amigos tanto quanto antes , eu ja não sou mais oque eu era , eu ja não aguento mais magoar todo mundo "

E com esse pensamento começo a chorar ....eu não aguento mais !

Vou em direção a cozinha abro uma gaveta de onde eu tiro uma faca afiada e a guardo no meu bolso, vou em direção ao meu quarto onde eu escrevo um texto em um papel .

Coloco meu caderno onde escrevo meus pensamentos , poemas e todas as coisas confusas que tem na minha mente e o coloco sobre minha estante e coloco o papel em cima , tranco a porta do quarto me sento na minha cama e faço um corte profundo no meu pulso  e pela primeir vez na vida eu dou um sorriso verdadeiro , por que eu sei que esse e o fim...


        ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Em um hospital no centro da cidade uma familia se encontra chorando na sala de espera , uma garota acaba de tentar cometer suicidio .


Uma pessoa entra no quarto da garota enquanto chora , os medicos disseram a ela que a amiga não tinha muito tempo , ela perdeu muito sangue .

A pessoa não consegue dizer nada , so consegue chorarpode ouvir sua amiga dizer 

-Se isso parar ...-disse se referindo ao aparelho que media seus batimentos cardíacos que estavam muito lentos  - Você sentiria minha falta ? -disse e seus batimentos pararam completamente deixando a pessoa que desesperada chorando .

A pessoa sai do quarto deichando lá o cadaver de sua amiga morta  e vai em direção a sala de espera onde todos os parentes e "amigos " da garota se encontravam , a pessoa pode ouvir alguem perguntar :

-Oque será que a levou a fazer isso ?

-Ela  estava triste... não ... Ela era triste 

-Erá ?

-É...agora ela esta morta .


Diz a pessoa sem demonstrar emoção , porque pela primeira vez percebeu que a amiga estava falando serio quando dizia que queria morrer  ...a, pessoa se sentia culpada a amiga ja havia dito indiretamente milhares de vezes que iria se matar so que ninguem acreditou que ela estivesse falando serio .

     ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Era o velorio da garota , ninguem dizia nada , todos apenas choravam , a pessoa que mais chorava era a melhor amiga , ela se culpava ...se cxulpava por não ter a ajudado , se culpava por todas as coisas ofensivas que ja tinha dito a ela brincando , se culpava por não ter percebido e pior se culpava  por achar que a culpa era toda dela ...mas mal sabia ela que a morte da amiga tinha sido consequencia de 7anos de tristeza , exclusão social na escola e sua auto estima baixa .


   ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mais tarde acharam o papel e o caderno , o caderno estava cheio de coisas perturbadoras sobre suicidio e mortes e o papel era uma carta de suicidio .


"Pai ....mãe me desculpem por ser uma pessima filha .

Tia desculpa por atrapalhar sua vida por 12 anos 

Amigos desculpem por não ter contado a vocês sobre minha tristeza , não se culpem por favor  vocês não tem culpa, e desculpa por ser uma pessima amiga 

Filosofo desculpa por ter brigado com você sem motivo  e nunca ter pedido desculpas 

"Brian desculpa te chamar te afastar quando eu estava triste (e sim,  eu estou me referindo vc assim so pra descontar as vezes que vc me chamou de gisele sendo que eu prefiro a Letty )

Professor desculpa por desistir de tentar .

Desculpem-me por atrapalhar suas vidas ."




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...