História Suicide Love - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Jimin, Jungkook
Exibições 103
Palavras 1.291
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoje é o NIVER DO MINIE! HOJE ELE FAZ 22 (NA COREIA) E BOM,EU IA TERMINAR AMANHA MAS ESSE SERA UM PRESENTEN PARA ELE! (VAI Q UM DIA ELE LEIA MINHA FIC?) ( ME DEIXEM SONHAR! SONHOS PODEM SE TORNAR REALIDADE)

BOA LEITURA E LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 8 - Me perdoe. Me ame. Eu te amo. (Final)


Fanfic / Fanfiction Suicide Love - Capítulo 8 - Me perdoe. Me ame. Eu te amo. (Final)

Jimin dormia no chão,já tinha se passado algum tempo e ele estava tendo um sonho....estranho.

- Jimin!

- Taehyung?

- Jimin!

- eu estou aqui!

- estava com saudades!

- eu tambem.

Taehyung vestia uma roupa  longa,todo branco e estava descalço.

- por que veio para cá? Ainda não chegou sua hora!

- fiz coisas horríveis,mas agora podemos ficar juntos.

- não! Você ainda tem muito o que fazer Jimin!

- mas eu quero ficar contigo!

- não podemos ficar juntos! Eu reencarnarei em outro corpo,e serei muitos anos mais novo que ti.

- eu posso te esperar.

- quando eu nascer você já será muito velho meu amor. E eu sei que tem alguém que te ama tanto quanto eu.

- quem?

- quem sempre esteve ao seu lado.

E assim surgiu uma imagem de Jungkook e Jimin em momentos alegres,ficaram olhando até chegar nos momentos de amor.

- ele te ama muito Jimin.

- mas...

- eu sei que sente minha falta, mas saiba que sempre estarei aqui para você e que não precisa se preocupar. O Jungkook ama muito você, e eu sei que você também o ama,apenas fica tentando me trazer de volta,mas, eu não voltarei , Minie.  Você tem que me deixar ir.

- entendo. Eu te deixo ir.

Taehyung deu um último beijo em Jimin e foi embora para sempre.

- ahhhhhh. -gritou. Sonhou com Taehyung,mas não foi um sonho,foi  mais real do que imaginou.

Olhou no celular e viu que era 1:57,ligou a TV e viu que passava um notícia no jornal.

"Jovem é atropelado as 1:30 da madrugada..."

Junto da reportagem apareceu uma foto dele e ao ver,Jimin sentiu seu coração acelerar.

Não acreditava,havia causado aquilo,havia feito Jungkook sair de casa e ido para as ruas tarde da noite.

Começou a entrar em pânico,precisava fazer algo,precisava ver Jungkook.

Hospital Geral de Seul. Pensou.

Pegou sua blusa e foi a pé em direção ao hospital.

Chegou e uma enfermeira veio em sua direção ja que ele estava muito ofegante.

- precisa de algo senhor?

- Preciso ver o garoto do acodente.

- por aqui,venha.- a moça levou Jimin até uma cadeira e leve falou.- ele ainda está na cirurgia,foi coisa grave,quando ele terminar venho lhe avisar.

- obrigada.

Jimin pensou em diversas maneiras daquela cirurgia dar errado,pensava que Jungkook poderia morrer e já se encontrava chorando ao pensar nisso.

- desculpa Kook,eu que fui o culpado por tudo. Desculpa mesmo. Eu não devia ter te magoado.- chorava mais,rios saíam de seus olhos.

(...)

Já haviam se passado minutos,que para Jimin pareciam uma eternidade, se sentia cada vez mais culpado.

Já havia perguntado para a enfermeira sobre Jungkook umas mil vezes,e a cada "aguarde" se sentia mais e mais aflito e culpado pensando nas diversas maneiras da cirurgia ter dado errado.

- senhor...?

- Park.

- senhor Park. Pelo que a enfermeira Kim me falou você é o responsável pelo garoto do acidente,certo?

- sim. Sou eu mesmo. Como ele está doutor?- perguntou afoito.

- calma meu jovem,ele está melhor mas,não está curado. Sofreu um pequena pancada no cérebro e terá de ficar alguns dias aqui.

- tudo bem,eu posso ir ve-lo?

- sim. Mas não fique muito em cima dele pois ainda está cansado.

- ok. Obrigado doutor.

- de nada.

Jimin foi até até quarto que o doutor havia lhe falado e entrou,quis chora ao ver Jungkook com alguns aparelhos ligados a si.

- kook?  - perguntou baixinho.

- Chimchim...?- abriu os olhos devagar se acostumando com a luz.

- Me desculpa,eu não devia ter te magoado. - começou a chorar enquanto se sentava na cama.

- tudo bem. Eu errei,eu fui insensível com voce.

- não. Voce estava certo,eu amava o Taehyung, mas, eu não o amo mais,eu te amo. Eu amo  Você.

- eu tambem te amo Jimin. Mas é difícil. Eu ja te dei uma chance e tenho  medo de dar a segunda e me arrepender.

- eu errei,e errei muito. Muito mesmo,mas,eu juro que te amo,de verdade.

- vou pensar. Me de um tempo para pensar.

- eu esperarei quantas luas for preciso para ter o seu amor.

Jungkook sorriu para Jimin e adormeceu. Estava cansado e precisava descansar o máximo possível. Jimin apenas ficou olhando Jungkook dormir e depois se deitou em um sofá indo dormir também.

...





Haviam se passado alguns meses e Jimin estava indo bem no requisito "reconquistar Jungkook " ,nao era facil pois Jungkook nao queria se deixar levar tao facilmente.

Os pais de Jungkook ja sabiam sobre o mais velho e sabiam o quanto Jimin queria reconquistar Jungkook, até apoiavam.

A tia de Jimin queria que os dois namorassem e que ficassem juntos.

...

- eu te amo tanto Jungkook.

- não está mentindo?

- não. Eu estou falam realmente sério,eu realmente te amo Jungkook. Sempre te amei,mas,não queria me entregar a outra pessoa tão facilmente como me entreguei para Taehyung.

- as vezes eu duvido de suas palavras.

Jungkook e Jimin estavam sozinhos na casa de Jimin, assistiam a um filme de ação.

- eu posso lhe mostrar que realmente te amo?

- se conseguir me mostrar isso,eu fico contigo.

Jimin não respondeu,apenas juntou os lábios e começou um beijo com Jungkook que abriu a boca deixando a língua de Jimin entrar e começar um osculo excitante.

Pararam o beijo por falta de ar e Jimin disse:

- fica comigo?

- para sempre.

Juntaram as bocas de novo e começaram um beijo mais excitante ainda.

Jimin deitou Jungkook no sofá e parou o beijo.

- seja meu está noite.

- serei seu por todas as noites.

Fim....





 

































Só que não!

Jimin voltou a beijar Jungkook e retirou sua bermuda o deixando apenas de cueca e blusa. Parou o beijo e retirou sua blusa e sua calça,Jungkook apena olhava o abdômen definido do outro enquanto suas bochecha tomavam um tom vermelho ao ver Jimin sem cueca.

Jimin retiro e blusa de Jungkook e sua cueca o deixando nu igual a si,abaixou-se e começou a marcar o pescoço nu de Jungkook enquanto este só sabia gemer alto.

Jimin parou o beijo e levou dois dedos a boca de Jungkook para este chupar.

Jungkook meio envergonhado lambida os dedos os deixando bem molhados,quando Jimin acho que ja estava bom retirou os dedos e levou um até a entrada de Jungkook, enfiou e Jungkook sentiu um leve incômodo , introduziu o segundo é Jungkook deu um leve gemido de dor. Após um tempo Jimin começou a fazer movimentos de tesoura enquanto Jungkook gemia de tesão.

Ao achar que ja estava bom,Jimin retirou os dedos e ouviu um gemido de reprovação de Jungkook, que gemeu ao sentir outra coisa ser introduzida.

O pequeno buraco virgem de Jungkook fez Jimin sentir ainda mais vontade de entrar em Jungkook.

- hab...pode...ir...

Jimin começou os movimentos de vai e vem lentos,mas a pedido de Jungkook eles foram aumentando e o cheiro de sexo ja se fazia presente.

Mas não era sexo. Não era apenas uma foda. Era amor. Estavam fazendo amor. Estavam se amando.

Jimin foi o primeiro a chegar no clímax e cobrir o interior  do mais novo.

Jimin começou a masturbar Jungkook Jr rapidamente ele chegou no seu limite apertando o membro de Jimin.

Jimin saiu de dentro do outro ficou por baixo fazendo jungkook deitar em cima de si.

- eu te amo.

- eu tambem te amo Chimchim.

- não sei como você aguentou firme firme forte até aqui.

- eu dei meu melhor para tentar fazer voce me amar.

- eu sei. Você é um suicida mesmo.

- meu amor suicida.

Ambos riram e deram um beijo antes de pegarem no sono e dormirem.

E essa história ainda não terminou... ainda tem muito pela frente....


Notas Finais


Obrigado atodos que leram,estou muito feliz,agradeço aos comentários e favoritos,agradeço a vocês que me esperaram pacientemente. Obrigado por gostarem dessa minha obra. E eu tenho mais algumas que também tem drama,tenho uma (além dessa) que são jikook que ja estão terminadas e estou começando outra que tem o casal principal sendo jikook.

Sentirei falta de vocês queridos leitores mas ainda tenho muitas histórias tristes para virem,espero que tenham gostado desse final e eu AMO MUITO VOCEEEEEES♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...