História Suicídio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Poesia
Visualizações 25
Palavras 383
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Poesias
Avisos: Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Minha prof de português mandou a gente fazer um poema, e já que eu tava bem pra baixo, eu fiz este. Espero que goste.

Capítulo 1 - Suicídio- Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Suicídio - Capítulo 1 - Suicídio- Capítulo Único

Suicídio 


Pela escuridão da noite

Tudo se resolve

A rua fica mais calma

Pois o barulho se dissolve


Pela escuridão da noite

Meus sonhos são assombrados

Me sento na cama

Por um pesadelo acordado


De dormir, ainda sou incapaz

Porém, a dor que sinto

Somente mais sono me traz

Mas a angústia é mais forte

E me causa uma insônia voraz


Durante escuridão da noite

Tudo é silencioso

As sombras em meu quarto

Só o tornam mais tenebroso


A vontade de viver se esvai

Os objetivos são poucos

Da cabeça, nenhuma ideia me sai


Acendo a lâmpada do quarto

A luz, um alívio seria

Porém, minha alma ainda continua fria


A cafeteira logo pego

Para tentar me esquentar

Apesar de saber

Que de nada vai adiantar


A vida castiga

Não tem dó ou piedade

E não irá resistir

Quem não tiver força de vontade


Isso, a vida já me tomou

Todo a desgraça, todo o erro

Por muito tempo me acompanhou


Uma ideia que pode com tudo acabar

Em minha mente

Começa a se formar

A vida não se importa

Se, de mim, eu a tirar?


A angústia me acompanha

Nunca quis me abandonar

Então, quem mais é que ganha

Se eu me suicidar?


Uma arma em minha gaveta

Antes usada para me defender

Poeira agora acumulava

Se ninguém nem perceber


A arma em minha mão

Posiciono o gatilho

Levarei até a boca

Para eternizar minha decisão


Aperto os olhos para não ver

A cano da arma nas mãos de quem

Uma atrocidade irá cometer


Me esforço para não escutar

O tambor da arma

Com seis balas

Sendo arrumadas para atirar


Me esforço para não sentir

O gosto do ferro

Que minha boca está a invadir


Me preparo para atirar

Quando, de meus olhos

As lágrimas começam a rolar


O gatilho, tento então puxar

Porém, um barulho

Me impede de continuar


De repente, ouço um latido

Um cachorro filhote

O tempo todo me encarou

Então, antes de eu cometer um erro

Esse cachorro, a minha vida salvou


Um cachorro que alguns dias atrás

Consegui adotar

Na esperança 

De ter alguém para me acompanhar


Largo a arma

Sua cabeça acaricio

E então, de repente

Vai embora todo o frio


O filhote me ajudou a ver

Apesar de haverem alguns problemas

Não devemos esquecer

De que a vida sempre vale a pena


Notas Finais


Então, já não estou mais tão pra baixo e já deixo a mensagem. A vida vale a pena. Comentários são sempre bem vindos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...