História Suki Desu - O fio do destino - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Aizen Sousuke, Byakuya Kuchiki, Ichigo Kurosaki, Isshin Kurosaki, Kenpachi Zaraki, Kon, Orihime Inoue, Personagens Originais, Renji Abarai, Rukia Kuchiki, Shihouin Yoruichi, Urahara Kisuke
Tags Bleach, Ichigo, Ichihime, Ichiruki, Rukia
Visualizações 49
Palavras 509
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo Minna o/

É a minha primeira fanfic aqui, tenho 3 capitulos escrito atualmente e pretendo atualizar ela 3 vezes ou mais por semana, que Kami me ajude s2.

Espero que gostem e vamos sofrer um pouquinho nela, mas prometo momentos apaixonantes que farão com que vocês me perdoem pelo sofrimento rs.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Suki Desu - O fio do destino - Capítulo 1 - Prólogo

 

Sou Ichigo Kurosaki, tenho 19 anos e atualmente faço medicina na faculdade de Kararuka e sou o Shinigami responsável da cidade. Minha vida é a de um humano comum, sem lutas contra inimigos, se bem que não me consideraria um humano comum, visto que em 19 anos da minha vida eu não dei um beijo, até agora eu espero a minha princesa encantada (Se mulher tem príncipe encantado, homem também pode Tsc Tsc) chegar montada em uma Lua, cientificamente falando isso é impossível, mas eu imagino minha princesa chegando de todos os jeitos, porém ela passa por um portal uma vez a cada vinte mil anos (Não é exagero, é a mais pura realidade), Kuchiki Rukia, a mulher que sou apaixonado desde o primeiro encontro onde Rukia matou aquele Hollow, mesmo que inconsciente dessa paixão.

— Ceifeira de almas? - Ichigo chama preocupado.

— Você é um tolo, como pode pensar que era pareo para um Hollow, você realmente pensou que acabaria com tudo se desse sua alma, uma alma não o satisfaz por muito tempo, se não parar de interferir vamos acabar como comida dele. - Rukia tenta se levantar, porém o ferimento era grave. — Estou muito ferida pra lutar, você quer salvar sua família?

— É claro que eu quero, se tem um jeito então me diga como.

— Será apenas temporário, mas você precisa se tornar um ceifero de almas, você deve pegar minha Zanpakutou e enfia-la no centro de seu ser, afim de que eu possa despejar meus poderes em você, não posso garantir que viverá, mas senão funcionar, isso não importa.

— Então me de essa espada, Ceifeira de almas.

 — Meu nome é Rukia, Rukia Kuchiki.

Enquanto Ichigo segurava a espada para alinha-lá ele diz: — E o meu nome é Ichigo Kurosaki e ali ele vira um Shinigami.

Na verdade ali foi o marco inicial para o destino de duas pessoas serem unidas por um laço vermelho, um laço que jamais se romperá.

Ichigo sentiu uma nostalgia enorme ao lembrar desse encontro, não era o primeiro, mas era aquele em que Rukia ficou marcada para sempre nele. Nem acreditava que daqui a pouco reencontraria o amor de sua vida, mesmo que talvez fosse por um dia, era melhor do que ficar sem vê-la. Queria poder dizer todos seus sentimentos, mas o medo de não ser recíproco ou dela se afastar era maior, porém ele faria o melhor para divertir Rukia neste dia.


Você tem que ser você
Não há quem possa te substituir
Por isso, não seque, flor solitária!
Quase nunca recebe a luz
Você é como uma flor que nasceu
E que se abriu nas sombras
Enraizada e imobilizada em um lugar não desejado
Desabafe os sentimentos que tentou ocultar
Aguentarei tudo, até as dores e os sofrimentos
Por isso não chore, Flor solitária
Ainda é cedo para secar
Quero ver você de novo com seu jeito ingênuo
Quero dar força para você
Mesmo que eu me torne inimiga
De todo o resto do mundo vou proteger você até o fim
Você deve perceber que não há outro

 


Notas Finais


Esse foi nosso pequeno prólogo, apenas para dar uma nostalgia danada do primeiro ep *-*
Domingo eu estarei postando o proximo e ele estará bem engraçado, como esperado de Ichigo e Rukia. Espero que gostem.

Letra da musica do final: Ichirin no hana (2º abertura de bleach)

Se puderem deixar comentários, agradeço.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...