História Sumblime - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Restart
Tags Koba, Pe Lanza, Pedro Lucas, Thomas
Exibições 9
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Você fez meu mundo virar de cabeça pra baixo


Fanfic / Fanfiction Sumblime - Capítulo 6 - Você fez meu mundo virar de cabeça pra baixo

PEDRO LUCAS

 

SABADO [08:30am]

 

 

-Thomas pega minha mala por favor? – Flor me olhava enquanto falava.

-Você ta abusada – Thomas abraçou ela. – Mas olha pra mim se não vai babar.

-Ta louco – ela saiu andando.

-Senti o clima – George me abraçou.

-Qual é ? – falei saindo do abraço.

-Então quer dizer que não tem clima?

-Que clima? – Falei me fazendo de desentendido.

-Clima? Claro que tem clima, olha o solzinho saindo – Koba chegou sorrindo.

-Já sei, ta feliz por causa da Luiza – Lanza colocou os óculos escuros.

-Todos se deram bem ontem menos eu – George cruzou os braços  e me olhou – Principalmente você.

-Do que vc ta falando? – O encarei.

-Você pegou a gostosona da fotografa e eu me dei mal.

-Ó respeitoo – Lanza falou levantando o dedo.

-A idai ? Falei o que eu acho – George saiu nervoso – To saindo.

-Você pegou a flor ? – Lanza me olhou surpreso.

-Bem que eu desconfiava. – Koba cruzou os braços

-Ai ó, vamos deixar o garoto em paz ? – Thomas me defendeu.

-Esse cara ta viajando, vamos embora – Sai logo em seguida.

 

São Paulo (depois da viagem)

 

-Bom meninos – flor desceu do carro – vou passar as fotos para o produtor de vocês e depois a gente conversa. Tchau – ela me olhou e sorriu.

-Tchau – falamos em coral e eu sorri para ela.

 

O foda é que ela é linda e mexe comigo de uma maneira impressionante. Fato é que agora voltamos para Sampa, e para a realidade, vai levar um tempo pra assumir nosso caso para as pessoas, até por que ela ainda tem que terminar com esse Thiago mala. Mas por ela eu espero.

Pera ai ? por ela eu espero? Mas eu e ela ainda não falamos sobre o assunto. Mas o pior é que ta mexendo comigo de uma maneira louca.

 

 

 

            Floriana

 

 -Chegueei?? – Abri a porta da sala e nada de alguém responder. – Becca?

-Ela não está, ela saiu – Thiago apareceu no corredor.

-O que você ta fazendo aqui? – falei assustada.

-Flor. Vamos conversar? – Ele pegou na minha mão.

-A gente conversou – Falei largando a  mão dele. – Como você sabia que eu chegava hoje?

-Aquilo foi uma discussão. Eu imaginei você disse uma semana. Ou seria ontem ou hoje que você estaria aqui.

-Por isso mesmo, aquilo foi uma discussão, achei que você tivesse entendido – Dei de costas.

-Eu entendi que eu fui um canalha com você – ele me abraçou por trás – eu nunca deveria ter feito aquilo, nunca deveria nem ter sido tão agressivo com você.

-Não mesmo – Falei saindo do abraço – Eu to cansada, preciso dormir.

-Eu te faço uma massagem. – Ele se sentou.

-Thiago acabou. – falei olhando pra ele.

-Você não pode me largar assim, e os longos quatro anos que passamos juntos?

-É longos quatro anos que eu fui cega. Não quero mais. Fui clara?

-Olha eu entendi. Você está cansada, Conversamos depois com mais calma. – Ele falou me dando um beijo na testa – Eu vou embora, pensa direito nisso a gente tem muita coisa pra viver ainda juntos. Eu te amo – ele saiu andando sem me deixar falar nada.

Após ele sair, fui tomar um banho para relaxar, pensando nos segundos daquela viagem, e no carinho que o Pedro me tratou, parecia um sonho. Que infelizmente eu tive que acordar.

Deitei na cama e deu uma cochilada.

 

[18:45]

 

-Como assim você chegou e não me falou nada? – Becca abriu a porta do quarto e gritou me acordando.

-Você não tava em casa – espreguicei-me. – Alias, Thiago tava aqui – revirei os olhos.

-É ele passou a manhã infernizando, esperando a senhorita chegar. – Ela se sentou na cama – Eu não ia ficar aqui respirando o mesmo ar que ele né. Resolvi ir visitar a minha tia.

-Entendi – Me sentei  cruzando as pernas – Me conta como foi passar uma semana sem mim?

-A, eu já to acostumada né – ela fez bico – mas fiquei com saudade – ela me abraçou. – Me conta como foi a viagem isso sim!

-Ai foi ótima – eu sorri.

-E esse brilho nos olhos e no sorriso tem nome? – Ela me olhou desconfiada.

-Pedro – fiz careta. – A gente ficou.

-Sério? – ela falou surpresa – E o Thiago ?

-Terminamos, alias, não sei sabe?  O Pedro bagunçou tudo não gosto do Thiago como eu achei que gostava.

-Você não ama ele você quis dizer né?

-É .. sei lá. A agressividade dele foi me afastando dele, e o Pedro na viagem foi tão carinhoso, tão amigo tão companheiro, que quando eu fui ver aconteceu.

-Amiga cuidado pra isso não ser carência, ou pior, já pensou o Thiago descobre? – ela falou séria – Maaas, me conta ele beija bem ? tem pegada?

-Aii quanta pergunta – eu sorri e ela também – Bom, ele beija super bem, sim tem pegada e o Thiago é passado. Vamos  ver o que rola daqui pra frente né.

-É amiga, falando em rolar daqui pra frente. – Ela me olhou – O Thomas me chamou pra sair;

-Sério ?que legal – Falei feliz.

-É mas o Lanza também – ela disse confusa.

-E você vai com qual?

-Eu não sei, foi tão de-repente. Ai me ajuda, com qual eu saio?

-Pera. Eu acho o Thomas super legal, engraçado e o Lanza é mais centrado, porem muito brincalhão. Mas quem tem que saber qual é o melhor pra você, é você mesma amiga, eu não posso falar pra você qual é o melhor.

-Verdade, agora eu estou completamente confusa. Os dois mandaram mensagem de uma vez.

-é amiga. Ai complica.

 

 

Thomas

 

-Pronto, mandei mensagem pra ela – Falei vitorioso.

-Eu também – Lanza falou me encarando – Vamos ver quem ganha essa aposta.

-GENTE – koba gritou. – Vocês não acham que estão exagerando?

-Isso vai dar uma confusão – Pedro falou concordando com to Koba.

-Se o Lanza parasse de palhaçada não seria exagero. – Falei nervoso.

-Palhaçada ? – Ele se levantou. – Nunca que ela vai querer  sair com você.

-Eu me interessei por ela primeiro – Falei sem medir palavras.

-Mentira que foi eu! – Lanza gritou.

-Você nada! – Gritei.

-HEEEY ! – Koba gritou.

-Acabou a briga! – Pedro Lucas me olhou sério e depois olhou pro Lanza. – Coisa de criança.

-Ele começou! – falamos juntos.

-Não importa quem começou. – koba falou – eu vou tomar banho por que isso ta ridículo.

- É vou cuidar das donzelas.,- Pedro sentou na cama.

-Valeu paizão,. Me cuido sozinho – Lanza deu um tapinha nas costas dele e saiu.

-Ela me respondeu! – Falei pegando o celular.

-Nem quero saber – Pedro Lucas me olhou.

-Valeu amigo! – falei fazendo chantagem e ele deitou.

-Boa noite. – Ele se cobriu.

“Oiie, eu ia adorar sair contigo.”

“sério?”

“Sim ué. Vamos aonde?”

“Vamos assistir um filme?”

“Acho ótimo! J

“Amanhã?”

“Oito horas?”

“ótimo”

“beijos e até amanhã a noite”

“beijos linda, boa noite”

-Aaah moleque! – comemorei.

- A pizza chegou? – koba saiu com uma toalha na cintura e outra secando o cabelo.

-Não – falei.

-e por que essa felicidade? – Ele sorriu.

-Rebecca aceitou sair comigo – Bati palmas.

-Isso ainda vai dar rolo. – Ele se sentou.

-Ué por que? – Falei sem entender.

-Você ta enrolando a menina por causa de uma aposta.

-Eu me interessei por ela, a aposta quem fez foi o Lanza, e eu ganhei. – Pisquei o olho.


Notas Finais


O Capitulo dessa semana meninas e meninos e etc rsrs. Espero que gostem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...