História Summer House - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Jeon Jungkook, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Min Yoongi, Namjin, Namjoon, Park Jimin, Rapmonster, Seokjin, Suga, Summer House, Taehyung, Vkook, Yoogi, Yoonseok
Exibições 55
Palavras 2.441
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIII
Bom, eu acho que isso é um novo começo não é mesmo pessoinhas?
Exatamente, voltamos.
Esse é um começo totalmente diferente.

Pra quem ta lendo isso pela primeira vez... É o seguinte, essa fanfic esta sendo reescrita.

Eu ainda to mudando algumas coisas mais já tem até o terceiro cap pronto, fiquem felizes.
A capa ta mudada tbm. Eu refiz ela, me digam com a sincera opinião de vocês o que vocês acharam. Pq se ão eu volto com a antiga sem problemas.

Leiam as nota finais.
(sim, a sinopse ta meio bosta)

Eu vo para de fala e deixa vcs com a fic.

Capítulo 1 - Capítulo Um


O dia começava a escurecer, dezoito horas mais ou menos.

Estava dentro do carro dos meus pais indo para um pequeno condomínio onde passaria minhas férias da faculdade.

Olhava pela janela, o céu vacilava entre tons laranja e roxo, estava a bons minutos olhando a janela com meus fones no volume máximo.

-Está ansioso Tae?- perguntou minha mãe quebrando totalmente meu encanto com a vista.

-Todos os anos no verão eu fico longe de casa. Por que eu estaria ansioso? – Disse abaixando um pouco o volume do celular.

- Vai que esse ano você conhece alguém. – Disse minha mãe pegando um pequeno espelho na bolsa e me olhando através dele.

- Pode parar com isso, não achei ninguém até hoje e não é em uma viagem boba que vou achar. – Disse me ajeitando no banco e guardando o celular.

Eu fazia faculdade na ArtsAcademy. Era uma das melhores faculdades de Seul na questão de artes.

-Estamos chegando. – Anunciou meu pai.

Olhei no horizonte e vi algumas luzes azuis e verdes, provavelmente indicando o lugar aonde era o condomínio.

Algumas semanas antes foram liberadas listas definindo os ‘’moradores’’ de cada casa. Por mais que estudássemos no mesmo campus, nunca havia falado com nenhuma das pessoas com que dividiria a casa, muito menos escutado o nome de uma delas.

Depois de dez minutos estávamos na entrada no condomínio.

-Tae. – Disse minha mãe. – Cuidado, não esqueça nada quando for embora.

-Pode deixar mãe. - Disse fechando a porta do carro. Vi algumas pessoas entrando no condomínio, todas conversando e rindo, um deles me chamou a atenção. – É só um mês, não vou perder nada. –Disse piscando.

- Ta bom, então se cuida. – Disse meu pai.

- Obrigado. – Dei um beijo na testa de minha mãe.

Eu me virei e fui em direção a alguns grupos. Não reconheci ninguém entre as rodinhas, minha sala tivesse mais de 25 pessoas, não falava com quase nenhuma.

-Taehyung? – Disse um cara com o cabelo preto atrás de mim.

-Sim?

-Oi, Min Yoongi. Prazer. - Ele estendeu a mão.

- Você vai ficar na casa sete, certo? – Lembrei vagamente de ver o nome dele na lista

-Sim. É aquele lá. – Disse ele apontando para a última casa.

- Eu já te vi em algum lugar. – Disse encarando Yoongi.

- Me lembro de te ver também, mas não lembro aonde. – Disse ele rindo.

Continuamos andando em silencio.

A casa era branca com pilares brancos do lado da porta, janelas grandes, parecia ter no mínimo dois andares. A porta era relativamente grande com uma maçaneta dourada e alguns degraus que levava a ela. Todas as outras eram exatamente iguais.

-Você conhece alguém que vai ficar com a gente? – Perguntou Yoongi quebrando o gelo.

-Não.

-Qual curso você faz? – Disse ele encostando na maçaneta.

-Foto...

-Ta mãe eu sei, não precisa se preocupar. – Disse um homem saindo da casa interrompendo completamente minha fala. Yoongi deu um pulo quase caindo dos pequenos degraus. – Oi. – Ele estava totalmente atrapalhado com alguns livros na mão e o celular sendo segurado pelo ombro. Ele usava uma camiseta Polo rosa, calça branca e sapato social. – Daqui a pouco eu te ligo, beijo. – Ele desligou o celular guardando-o no bolso logo depois. – Yoongi e... - Ele apontava para mim com uma grande cara de interrogação.

- Kim Taehyung. – Disse.

- Podem entrar. Deixem suas malas em qualquer lugar da sala e se arrumem pra a festa de boas vindas. Mais tarde vamos decidir quem dividirá o quarto com quem. – Ele saiu um pouco da frente da porta para que pudéssemos entrar.

- Cadê... ? – Quando me virei para a porta novamente não havia mais ninguém lá.

-A casa é grande mesmo. – Disse Yoongi mais a minha frente.

Logo a esquerda da porta estava à sala. Havia um sofá branco, duas poltronas, tapete cinza, uma pequena lareira e logo acima uma TV de no mínimo 40 polegadas.

A direita ficava uma grande mesa de vidro com oito lugares, logo atrás estavam alguns baquinhos próximos a um balcão, onde ficava a cozinha.

À frente da porta havia uma escada larga com corrimões no mesmo tom de branco, ao lado dela ficava uma porta onde provavelmente era um pequeno banheiro.

Não tinha ninguém na casa, apenas eu e Yoongi.

- Nunca fiquei em uma casa tão grande. – Disse deixando minhas malas na ponta da escada.

Contei todos os conjuntos de malas que haviam por ali, eram cinco, todos já haviam entrado ali e saído para a festa.

- Você vai na festa? – Perguntou Yoongi.

- Sim. E você?

- Também. – Ele estava abaixado buscando alguma coisa em sua mala. – Pode ir se arrumar primeiro. Estou procurando meu tênis, não lembro onde deixei...

-Ok. - Disse pegando minha roupa e indo em direção ao pequeno banheiro.

[...]

Estava pronto, vestia uma blusa branca, meu casaco de couro preto com alguns botons, minha calça rasgadas no joelho e meu tênis Converse vermelho.

Sai do banheiro com a muda de roupa que havia tirado.

- Deixaram isso para você. – Disse Yoongi, que agora estava totalmente pronto com uma blusa preta e branca e um Adidas nas mesmas cores, ele apontava para o violão encostado na parede.

- Esqueci no porta-malas do carro. – Lembrei do que minha mãe tinha me dizendo para não esquecer nada. Parabéns Taehyung. É assim que se deixa uma mãe orgulhosa, pensei.

- Você toca? – Disse um cara pouco mais baixo que eu descendo as escadas. Ele estava com uma blusa branca, cabelo bagunçado, tênis vermelho e calça também rasgada. Ele tinha cabelo loiro, o que junto com sua beleza chamavam a atenção.

- Tento. – Disse.

- Park Jimin. – Disse ele vindo em minha direção e estendendo a mão.

- Taehyung. Kim Taehyung – Disse apertando a mão dele. Nossos olhos se encontraram, não conseguia parar de olhar ele. Sua feição. Ele chamava atenção muito facilmente.

- Bom, a festa já começou lá em baixo. – Disse Yoongi fazendo com que nossas mãos se soltassem rapidamente.

 Nós saímos da casa e fomos em direção às luzes que piscavam ao horizonte.

 

[...]

 

- Jimin, - Disse um cara correndo em nossa direção, ele tinha uma pequena franja, usava um casaco jeans, uma blusa branca, uma calça preta e uma bota amarela. – estão te chamando. – Ele apontou para uma mesa onde estavam algumas garotas

- Vão indo, o Hoseok e o Namjoon já estão lá. – Disse Jimin se virando e correndo atrás do outro cara.

- Bom, lá vamos nós. – Disse Yoongi. – Você vai gostar do Hoseok.

- Você conhece ele? – Perguntei caminhando em direção a mesa que Jimin havia apontado.

- Digamos que ele é mais que um amigo. – Yoongi sorriu e abaixou a cabeça.

Quando chegamos à mesa havia cinco lugares vazios.

- Podemos. – Perguntei puxando uma das cadeiras.

- Sim. – Disse um cara com camiseta estampada. Seu cabelo era raspado nas laterais e um castanho claro em cima. – Prazer, Namjoon. Quem é você?

Em uma as pontas estava o cara que havíamos visto na entrada da casa, eu sentei a direita de Namjoon, na frente dele estava outra pessoa com a cabeça baixa, provavelmente mexendo no celular, que Yoongi não fez a mínima cerimônia de sentar ao lado, algumas vezes apareciam pequenas covinhas entre a franja que cobria seu rosto.

- Kim Taehyung. – Sorri

- Olha amor, ele tem o mesmo sobrenome que a gente. – Ele sorriu e encarou o de camisa rosa. – Engraçado.

- Você estava com Yoongi na porta de casa, não era? – O de camisa rosa sorriu, o que fez com que seus dentes brancos brilhassem. – Acho que não tive tempo de me apresentar, SeokJin. Ou se preferir apenas Jin.

- Aquele mexendo no celular é o Hoseok. – Jimin apareceu por trás de mim com o outro que o tinha chamado. – Eu acho que os outros você já conhece. Taehyung, bem vindo ao nosso boygroup.

Todos riram.

 

[...]

 

- Vocês vão querer dançar? – Perguntou Namjoon, olhando diretamente para mim.

- Eu não sei dançar. – Disse Yoongi bebendo o ultimo gole de alguma coisa que ele havia pedido.

- Como não. No fundo, todos sabem dançar. – Disse Jimin levantando e vindo em direção a mim e a Yoongi. – Pelo menos uma dança robô. – Disse ele sorrindo e dando um pequeno tapa nas costas do Namjoon.

- Aquilo foi uma vez só, e no ano passado Jimin. – Respondeu ele rindo.

- Nem você Taehyung? – Disse ele encostando-se a minha cadeira, todos me olhavam esperando uma resposta.

- Eu vou tentar. – Disse levantando. Olhei em meu celular, nove horas, não era tão tarde. Mas sentia que a festa estava só começando.

Todos que estavam na mesa levantaram, o que mexia no celular era alto e usava agora seu chapéu , uma blusa branca, uma calça preta e um tênis preto.

O movimento da festa aumentava cada vez mais. Nunca havia visto tanta gente assim, até mesmo no campus.

 

 [...]

 

Mal dava para acreditar que dançamos até as duas da manhã, estávamos completamente cansados, mas riamos e contávamos piadas no caminho de casa.

- Nossa. - Disse Jimin já na porta de casa – Não consigo acreditar que ficamos cinco horas dançando. Namjoon, a chave ta com você? – Perguntou Jimin batendo a mão nos bolsos.

- Sim. – Disse Namjoon, que agora passava por todos nós aos bocejos.

-Nós precisamos decidir sobre os quartos. – Disse o Jin.

Fomos direto para a sala. Sentei em uma das poltronas enquanto os outros se jogavam no sofá e até mesmo no chão.

 A sala ficou em silêncio, parecia que todos haviam apagado.

- Os quartos. – Disse Yoongi que bocejava de cinco em cinco minutos.

- Bem lembrado Yoongi. – Disse Namjoon.

-Temos três quartos lá em cima. Dois com duas camas e um com três, cada um tem um banheiro. Vocês vão querer fazer por sorteio ou escolha?

-Sorteio. – Dissemos todos em couro perfeito.

- Ta bom.

Todos pegaram alguns papeis que estavam ali por cima e começaram a escrever os nome

- Me dêem todos os papéis. – Namjoon pegou todos os papeis e jogou em cima da mesa do centro.

Ele pegou os papeis.

Jungkook e Hoseok.

Jin, Suga e Namjoon.

E por fim, eu e Jimin.

 

[...]

 

- Bom,- Disse Namjon na ponta da escada. – o quarto de vocês é a primeira porta a direita. – Ele entregou a chave para Jimin que esperava eu pegar minhas coisas. – Boa noite. – Ele se virou e subiu as escadas.

- Você apaga as luzes? – Perguntou Jimin do segundo degrau da escada.

- Pode deixar. – Peguei meu violão e apaguei as luzes da parte de baixo da casa.

Estava tudo complemente escuro, escutei Jimin terminando de subir as escadas.

Mal conhecia todos, mas sentia que dali poderia nascer grandes amizades.

Respirei fundo e fui para as escadas.

O segundo andar era menor, tinham quatro portas, duas à direita e duas à esquerda. Na parte final do corredor ficava uma pequena varanda.

- Taehyung. – Chamou Jimin. – Nosso quarto é esse. – Ele estava na frente de uma das portas da direita.

Aproximei-me da porta, o quarto tinha duas camas, um guarda roupas embutido, uma pequena TV na parede em frente às camas, uma escrivaninha com abajures do lado de cada cama, uma janela ampla com cortinas até o chão. Havia também outra porta do lado da porta principal onde era o banheiro.

-Com qual cama você quer ficar? – Disse Jimin.

- Posso ficar com essa. – Disse apontando para a cama a minha esquerda.

- Você vai querer tomar banho primeiro?- Perguntou Jimin pegando uma pequena muda de roupas de sua mala.

- Pode ser. – A coisa que eu mais queria naquele momento era um banho, havia passado quase que a noite toda dançando e bebendo.

Peguei minha toalha, uma cueca e uma calça de moletom cinza e segui para o banheiro.

Enquanto a água esquentava, tirei minhas roupas deixando-as do lado da porta.

 

[...]

 

Depois de 10 minutos sai do chuveiro, peguei minha toalha, coloquei minha calça e sai do pequeno banheiro.

- Eu não posso sair daqui. Eu não vou sair daqui... Alô? Alô? – A voz de Jimin era tremula, parecia que ele estava chorando.

-Jimin? – Perguntei passando a toalha por meu cabelo. Não tive resposta, apenas pequenos soluços.

Coloquei as roupas que havia tirado em um pequeno sexto de roupas ao lado de minha cama.

-Você está bem? – Perguntei indo até a cama dele.

- Sim. – Ele tentava disfarçar a voz de choro.

- Jimin... Eu não sou burro. – Disse, escutei uma risada vinda do meu colega. – Pode me dizer o que ouve.

Ele respirou fundo e levantou, virando-se para mim lentamente. Seu rosto estava inchado.

- Eu levei um fora.

-Como?- Perguntei, não queria soar como intrometido, mais ele precisava de ajuda.

- Meu... – Ele respirou fundo.

-Namorado? – Perguntei.

- Meu namorado, - ele falou ‘’namorado’’ como se fosse à coisa mais complicada do mundo – ele falou que estava saindo com outro e que se eu não voltasse para Seul ao amanhecer ele terminaria comigo. Olha... - Disse ele passando pela cama e indo até o banheiro. – Não conte para ninguém sobre isso. Você e o Hoseok são os únicos que sabem nessa casa. Então finja que nada aconteceu. Por favor. – Ele se virou e foi para o banheiro.

 

 [...]

 

Jimin saiu do banheiro com uma cara totalmente diferente.

- Você vai dormir assim?- Disse ele apontando para a parte de cima de meu corpo. – Não que eu me incomode. – Ele sorriu.

Estava sem nenhum tipo de cobertura na parte de cima do corpo, senti meu rosto ficar vermelho. Levantei rapidamente para pegar qualquer camiseta na mala.

- Calma, não é por que eu sou gay que eu vou abusar de você enquanto você tiver dormindo. – Disse Jimin rindo.

- Não tenho medo.

- Quatro e meia. Você ta com sono? – Perguntou Jimin se jogando em sua cama.

- Um pouco. – Coloquei a camiseta e voltei para minha cama.

- A gente pode conversar? – O eye smile de Jimin desapareceu totalmente.

- Tudo bem. – Bloqueei o celular e virei para Jimin que fazia o mesmo.

- Se você não quiser ouvir gayzisses, não precisa me dar atenção.

- Tudo bem.

- Ele é um filho da puta. – Jimin começou a soluçar novamente.

 Não sabia que ele seria capaz de xingar alguém daquele jeito, mais deixei ele continuar o desabafo.

 

[...]

 

- Eu acho que é só isso mesmo, você é um ótimo ouvinte Tae. – Disse Jimin, sua cara de sono era aparente. A voz dele soava mais tranqüila.

Comecei a ouvir a respiração cansada de Jimin, até que ele adormeceu.

Ouvi um pequeno bocejo. Olhei meu celular, eram quase seis horas da manhã. Comecei a mexer no celular até adormecer.

 


Notas Finais


Então... Eu falei que eu não ia muda mta coisa.
Me digam oq vc acharam por favor.

ROUPAS DO CAP:
Yoongi: https://d.wattpad.com/story_parts/186013040/images/141763d9f1071ef6.jpg

Jin: https://pbs.twimg.com/media/Chbqiz4UUAAujHK.jpg

Taehyung: http://data.whicdn.com/images/145124048/superthumb.jpg

Jungkook: https://pbs.twimg.com/media/Cra3GYnWEAAfT8g.jpg

Jimin: https://67.media.tumblr.com/179df1d7c06df259a3ddfab6c4890f60/tumblr_nv4e22e9jg1toos4no1_500.png

Namjoon: https://40.media.tumblr.com/be6a4f3417abc46ac769481fba27234d/tumblr_inline_nzplt39cXV1taflgk_540.jpg

Hoseok: http://data.whicdn.com/images/176359763/large.jpg


Obrigada.
Bjoooss

~Leh
[email protected]_}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...