História Summer Love - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Amizade, Drama, Romance, Superação
Visualizações 211
Palavras 2.509
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Harry pisou feio na bola, mas está pagando caro por isso!
Pietra está desabando...
Samantha está adorando ver o circo pegar fogo...
Sophia vai ter seu bebê...

Capítulo 41 - Consequences


Fanfic / Fanfiction Summer Love - Capítulo 41 - Consequences

Harry saiu apressado da piscina, depois de tomar consciência de ter feito a maior burrada de sua vida.

Estava decepcionado com Pietra, mas transar com Samantha não o tornava melhor.

Devia ter evitado isso e agora não sabia como consertar as coisas.

Pìetra o odiaria por ter ficado com Samantha, dentre todas as garotas daquela escola, tinha que ser justo a Samantha?

Esbarrou em Niall quando ia para seu armário.

_ Ei calma! – Niall disse brincalhão – parece que está fugindo do diabo!

_ Desculpa Niall... – ele continuou andando.

_ O que há de errado com você e cadê a Pietra?

_ Pietra ficou na minha casa, dormindo. – ele desviou o olhar – eu resolvi vir mais cedo.

Nesse momento ele viu Pietra no corredor e vinha em direção aos dois.

Mas antes que a garota pudesse se aproximar, Samantha passou por eles e sorriu para Harry.

_ Da próxima vez não deixe marcas Harry! – ela disse maliciosa.

Niall e Pietra puderam ver a marca vermelha no pescoço da garota e ambos encararam Harry, incrédulos.

Harry fechou os olhos em desespero. Como explicar isso?

Uma parte dele queria matar Samantha por ter dito aquilo e tinha certeza de que fez isso de proposito.

Mas outra parte dele reconhecia que teria que arcar com as consequências de seus atos.

Quando abriu os olhos sentiu o ar faltar ao ver a dor nos olhos de Pietra, que estava claramente tentando segurar as lágrimas.

_ Eu sinto muito! – foi tudo o que ele conseguiu dizer.

Pietra o esbofeteou sem dó e correu para longe deles.

Todos no corredor pararam para olhar a cena. Harry levou a mão ao rosto e respirou fundo. Aquele seria um longo dia!

_ O que você fez Harry? – Niall perguntou assustado.

_ Não quero falar sobre isso. – ele bateu a porta do armário.

_ Mas eu quero! – Niall não se importou – você estava na piscina e a tal Samantha também, eu presumo. Estava com os cabelos molhados e tinha aquela marca no pescoço...ah meu Deus Harry! Você deu uns amassos na rainha do gelo?

_ Niall, pare...

_ Como teve coragem? Tudo bem que a garota é um avião de tão linda mas...a Pietra não merece isso. Eu pensei que você a amasse...

_ Niall...

_ Agora essa garota vai ficar por ai se gabando e esfregando sua traição na cara da Pietra e...

_ NIALL!!! – Harry gritou.

_ Que é ? – o garoto levou um susto, assim como várias pessoas que passavam pelo corredor.

_ Apenas...feche a sua boca. Ok? - pediu com o maxilar travado.

Harry saiu andando apressado enquanto Niall ficou parado no mesmo lugar, sem entender nada.

 

Pietra correu até ficar sem fôlego e as lágrimas começarem a embaçar suas vistas.

Não havia lugar para onde correr, não podia fugir daquela dor que rasgava seu peito.

Aquela imagem de Samantha dizendo a Harry para não deixar marcas da próxima vez!

Haveria uma próxima vez? Como odiava aquela garota! E Harry nem se deu ao trabalho de negar!

Acordara aquela manhã, se descobrindo sozinha na cama de Harry.

Ele havia saído sem nenhum recado, sem nem mesmo dar bom dia.

Por que ele iria mais cedo para a escola, sem acordá-la?

Descobriu o motivo assim que entrou no corredor e o viu...com Samantha!

Harry tinha os cabelos úmidos, o que significava que esteve na piscina.

Não pode deixar de notar que Samantha também tinha os cabelos úmidos e aquela garota era a rainha da chapinha, estava sempre com os cabelos perfeitamente escovados. Mas naquela manhã, estava com cabelos úmidos e desalinhados e aquela expressão de satisfação na cara, dizendo a Harry para não deixar marcas da próxima vez!

Pietra chorou ainda mais ao imaginar que os dois estavam na piscina, transando feito loucos e rindo da cara idiota dela. Enquanto ela remoía sua culpa por ter beijado Louis mais uma vez. De todas as garotas no mundo, por que Harry escolheu justo Samantha?

_ Pietra? Você está bem? – era Helena.

_ Eu quero morrer! – ela chorava compulsivamente.

_ Aconteceu alguma coisa com Harry? – Helena a abraçou – me diz o que está acontecendo. Por que está chorando assim?

_ Harry é um cafajeste! Ele está me traindo com aquela vadia da Samantha!

_ Quem te disse isso?

_ Acabei de ver os dois...depois de terem ficado se pegando na piscina...

_ Pietra...o que está dizendo não faz o menor sentido! – Helena acariciava os cabelos dela – Harry é louco por você.

_ Ele deixou uma marca do pescoço dela...vai lá e veja você mesma!

_ Talvez você tenha entendido errado as coisas...

_ Ele não negou, apenas pediu desculpas... – e ela chorou mais.

_ Venha, vamos sair daqui. – Helena disse quando as pessoas estavam começando a cochichar – vamos matar aula e você vai me contar direitinho o que está acontecendo .Ok?

_ Não quero prejudicar você Helena...vamos pra aula!

_ Tem certeza que quer fazer isso. Temos aulas com Harry e Samantha...talvez seja melhor esfriar a cabeça e...

_ Não vou fugir! – ela limpou as lágrimas com raiva – se ela quer guerra, vai ter guerra.

Helena abriu a boca para falar alguma coisa mas se calou. Pietra parecia despedaçada mas ainda assim decidida a enfrentar aquilo. Fez o que qualquer amigo teria feito, ficou ao seu lado, para ampará-la quando ela desabasse. E Helena sabia que ela desabaria!!!!

Pietra lavou as lagrimas no banheiro e retocou  a maquiagem com a ajuda de Helena. Respirou fundo e entrou na sala de aula.

Samantha estava ao lado de Nathan e os dois cochichavam e riam , olhando em direção a ela.

Pietra quis voar no pescoço dela, mas respirou fundo e entrou na sala.

Harry estava quieto, cabisbaixo e quando a viu, havia alivio e desespero naqueles lindos olhos verdes. Ele também havia chorado, ela podia notar isso. Pietra passou reto e sentou-se o mais longe possível dele.

Helena beijou Niall de leve e foi sentar-se junto a amiga. Não a deixaria sozinha e Niall entendeu isso.

Tyler e Sophia não estavam entendendo nada, mas antes que pudessem perguntar alguma coisa, o professor entrou na sala.

Durante o intervalo, todos estavam na mesa de sempre. Quando Harry se aproximou Pietra se levantou e saiu, sem dizer nada.

Todos encararam Harry como se esperassem uma explicação.

_ Não me olhem desse jeito! – ele reclamou.

_ O que você fez? – Helena perguntou – eu a encontrei no estacionamento aos prantos quando cheguei.

_ Ele deu uns amassos na rainha do gelo...na piscina! – Niall contou.

_ O que? – Tyler e Sophia disseram ao mesmo tempo.

_ Cala a boca Niall! – Harry resmungou. – você não sabe o que realmente aconteceu.

_ Eu sei que a Samantha tem uma marca enorme no pescoço, que alias está fazendo questão de mostrar para todo mundo, sem esquecer de mencionar quem fez a tal marca. – Niall não perdoou – você é novamente o assunto do dia meu amigo!

_ como teve coragem de fazer isso com a Pietra? – Tyler o encarou.

_ E justo com essa...Samantha! – Sophia estava indignada – eu esperava mais de você Harry!

_ E quem são vocês para me julgar? Sophia só sabe reclamar que Liam não lhe dá atenção. Niall fica se engraçando com as “fãs” e sendo beijado pelo corredor. Sabia disso Helena?  - disse maldoso - Deviam cuidar da sua vida e me deixarem em paz!

Harry saiu da mesa e caminhou para fora, sob os olhares surpresos dos amigos. Quem era aquela pessoa malvada que havia possuído o amigo educado e gentil que eles conheciam?

_ Sobre ser beijado nos corredores... – Helena encarou Niall.

_ Eu posso explicar! – ele disse e ela riu – talvez não possa!

_ Devo me preocupar? – ela bateu nele.

_ Não, amor...algumas garotas malucas me agarraram no corredor. São minhas fãs e eu não pude evitar. Mas não aconteceu nada.

_ Acho que devemos procurar a Pietra. – Tyler interrompeu a discussão do casal – vocês dois vão ficar bem, mas nossa amiga parece estar desabando nesse momento.

_ Tyler está certo. – Helena beijou Niall  - eu me acerto com você mais tarde!

_ Isso foi uma ameaça? – ele riu malicioso.

_ Você não tem jeito mesmo Niall... – ela o beijou longamente.

 

Algum tempo depois, outra aula.

Samantha estava na porta da sala quando Pietra chegou.

_ Quer sair da minha frente?

_ Não me odeie por desfrutar do seu lindo namorado...ele é uma delicia! – Samantha provocou e outras garotas riram.

_ Pode desfrutar o quanto quiser, já que agora ele não é mais meu namorado! – Pietra disse.

_ Ele te deu o fora depois que descobriu que pode ter coisa melhor?

_ Talvez ele apenas goste mais de vadias!

As pessoas ao redor riram e começaram a cochichar.

_ Quem você pensa que é para me chamar de vadia? Sua santinha do pau oco!

_ Que nome eu deveria dar para uma garota que fica dando em cima do namorado dos outros? E você nem me conhece para poder me julgar. Vadia sim!

_ Pois fique sabendo que essa vadia aqui fez seu namoradinho gozar gostoso na piscina. - Samantha disse com o nariz empinado - Talvez se você fosse uma vadia pra ele, Harry não precisaria procurar diversão em outro lugar!

Pietra socou a cara dela!

Não deu para segurar mais. Não um tapinha como deu em Harry, mas um soco com os punhos fechados mesmo.

Sophia que vinha entrando segurou Pietra quando ela ameaçou avançar novamente sobre a garota.

Samantha estava furiosa e empurrou Pietra com força, fazendo com que ela caísse levando Sophia junto.

_ Ai minha barriga! – Sophia chorava ao perceber que estava sangrando – meu bebê!

_ O que aconteceu aqui? – Harry e Niall acabaram de chegar.

_ Precisamos levar Sophia ao médico, agora! – Pietra disse tentando disfarçar o quanto estava assustada.

_ Eu levo vocês. – Harry se ofereceu de imediato.

_ Você não! – Pietra o encarou com raiva – pode ficar com sua nova namorada. Niall leva a gente.

Niall não esperou pela discussão e pegou Sophia no colo, já saindo em direção ao estacionamento.

_ Você vem Pietra? – Niall gritou de longe.

_ Reze para não acontecer nada com o bebê de Sophia! – Pietra ameaçou Samantha, ignorando Harry ao seu lado, parecendo muito confuso - ou você vai descobrir o que é o inferno na terra!

Olhou demoradamente Harry, que estava com uma cara surpresa e magoada. Pensou em mil coisas para dizer a ele, mas apenas se virou e seguiu Niall.

 

Horas mais tarde, Pietra andava pelos corredores do hospital ansiosa. Niall e Helena haviam saído para comer alguma coisa e Tyler estava foleando a mesma revista há mais de meia hora, provavelmente não estava vendo nada.

Sophia foi internada com urgência e agora estava na sala de parto. Pietra decidiu que era hora de avisar Liam. E não foi surpresa quando pouco tempo depois , ele entrou no hospital desesperado, sendo seguido por Louis e Zayn!

_ O que aconteceu? Como ela está?

_ Ela sofreu uma queda na escola – Pietra ocultou sua culpa nisso – agora está na sala de parto.

_ Podemos entrar? - Liam disse ansioso.

_ Acho que não – ela disse – temos que esperar noticias do medico.

_ Onde está o Harry? – Louis quis saber.

_ Ocupado! – ela desconversou.

_ Pietra? – ele estranhou aquilo – o que aconteceu?

_ Longa historia Lou... – ela baixou os olhos.

Ele ia dizer algo quando o médico apareceu sorrindo .

_ Vocês estão acompanhando Sophia Smith?

_ Sim, sou o noivo dela! – Liam disse – como ela está?

_ Sophia está repousando agora, o pior já passou – o medico ainda sorria – parabéns papai, é um lindo garotão!

_ Meu filho nasceu? – ele estava incrédulo – mas já estava na hora? Correu tudo bem?

_ O apressadinho veio uma semana antes do previsto, mas os dois estão muito bem!

_ Eu posso vê-la? Posso ver o meu filho? - não parara de sorrir.

_ Claro que sim, mas ela precisa repousar, então será uma visita breve!

Liam seguiu o medico para ver Sophia e o filho.

Pietra finalmente conseguiu respirar aliviada.

Jamais se perdoaria se algo acontecesse ao bebê por causa da briga com Samantha.

A garota desabou na poltrona mais próxima e se permitiu chorar.

Sentiu braços em torno de seus ombros e escondeu o rosto no peito de Louis. Ele acariciou seus cabelos sem dizer nada e ela ficou grata por isso. Só precisava daquilo para as lágrimas desabarem incontroláveis. Chorou por tudo que havia acontecido nas ultimas 24 horas. Chorou por saber que isso o magoava também, por saber que ele a amava e ela jamais o amaria da mesma forma. Chorou por amar Harry desesperadamente e por ter certeza de que ele não era mais seu, por saber que ele havia transado com Samantha na piscina do colégio onde ela estudava, como se esperasse que ela descobrisse sua traição. Chorou por quase ter tirado uma vida por aceitar provocações daquela vadia.

Louis sentia o corpo de Pietra sendo sacudido pelos soluços em seus braços. Não fazia ideia do que estava acontecendo para que ela ficasse assim tão desesperada. Queria não sentir-se tão impotente diante daquela dor em seus olhos, queria saber as palavras certas para dizer mas não conhecia tais palavras. Então apenas a envolveu com seus braços, beijou seus cabelos e esperou que ela se acalmasse. Uma coisa naquilo tudo não fazia sentido. Onde diabos estava Harry? Uma de suas melhores amigas acabava de ter um filho, sua namorada estava ali se debulhando em lágrimas, todos os amigos estavam ali...o que poderia ser mais importante do que isso?

Harry ficou chocado demais com a raiva estampada no rosto de Pietra, quando recusou sua ajuda para levar Sophia para o hospital. Olhou Samantha com desconfiança e sabia que ela tinha parte naquilo, principalmente depois que Pietra a ameaçou. Depois de ouvir as desculpas melosas dela, ele decidiu que ninguém podia impedi-lo de ir ao hospital ver sua amiga.

Chegou lá no exato momento em que o médico dava a noticia a Liam, de que seu filho havia nascido e Sophia passava bem. Harry ficou aliviado com a noticia, mas seu coração se despedaçou mais uma vez quando viu Pietra desabar em uma cadeira e começar a chorar compulsivamente e foi pior quando Louis a abraçou , e ela escondeu o rosto no peito dele.

Observou aquela cena, sentindo que ele próprio estava chorando suas próprias lágrimas. Sabia que  havia causado uma grande dor a ela com aquela historia com Samantha. Odiou Louis naquele momento pois  invejava o amigo por estar no lugar que devia ser dele. Não suportava ver Pietra nos braços de Louis, não sabendo de todo o sentimento que havia envolvido naquele abraço.

Afastou-se sem que ninguém percebesse sua presença ali.

Era provável que nenhum de seus amigos o queria por perto naquele momento.

Nunca se sentiu tão sozinho na vida.

 

Naquela noite, Harry acordou aos gritos depois de um pesadelo assustador com Troy.

Por um momento torturante, estava de volta ao sótão, preso no escuro, machucado, assustado e gritando por socorro!!!

E era como se novamente ninguém pudesse ouvi-lo ou ajudá-lo...


Notas Finais


E as coisas não param de dar errado...
esperando pelos comentários....
love always


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...