História Summertime. - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Califórnia, Diversão, Jungkook, Namjoom, Park Jimin, Romance, Suga
Exibições 62
Palavras 1.159
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Obrigada por lerem! Postarei mais um capítulo mais tarde :3
Desculpem os erros, fiz no celular! Desculpem pela qualidade da imagem!

Capítulo 18 - Preciso das minhas amigas.


Fanfic / Fanfiction Summertime. - Capítulo 18 - Preciso das minhas amigas.

- Danyella On. -

Gelei. Como assim noiva? Ele vive de papinho com Beatrice, como pode ter uma noiva?!

Eu: Noiva? Ah, meus parabéns. - disse tentando disfarçar. - E quando será o casório?

Nam: Ainda não marcamos a data, mas já está tudo certo. Vamos nos casar. - disse mostrando a aliança no dedo de noivado. -

Ele sorriu e ela saiu com um sorriso só. Parecem felizes, mas não consigo entender o que ele quer com Beatrice.

Namjoon: Ela está por aqui para me ajudar com algumas coisas da casa, Nam mora em Riverside. - disse sorrindo. -

Eu: Ah, parece ser uma boa pessoa. Mas, você já contou para Beatrice? Vejo que vocês dois se falam bastante...

Namjoon: Ah, foi uma noticia recente e eu mesmo gostaria de contar para ela.

Eu: Tudo bem, eu tenho que ir agora, comprar umas coisas para o aniversário da Luna. - disse sorrindo. - Pode aparecer lá no dia 15, vamos planejar algo legal para fazer, está convidado.

Namjoon: Ótimo, irei sim! Mande um abraço para as meninas. - disse andando. -

Eu deveria contar para Beatrice? Não, ele mesmo disse que iria contar. Continuei minhas compras em paz pensando: O que devemos fazer para Luna?

- Luna On. -

Não recebi mensagem alguma de Yoongi. Ele simplesmente sumiu do meu mapa. Eu estava sentada no quarto olhando meu celular, quando ouvi a porta da casa bater. Fui correndo ver o que era, e era Mia andando rápido para subir as escadas de um jeito muito estressado.

Eu: Como foi o almoço? - disse sorrindo. -

Mia: Não quero falar sobre isso.  - disse andando direto. -

Ela passou direto e entrou no quarto jogando a bolsa e os sapatos no chão e se deitando na cama.

Eu: O que aconteceu? - disse entrando no quarto. -

Mia: Definitivamente, agora eu tenho certeza que ele gosta de mim.

Eu: E isso não é otimo? Por que não chama ele para vim aqui hoje de noite?

Mia: Porque eu vou sair com Hoseok. - disse sentando na cama. -

Eu: O que?! Mia você precisa sair dessa! Esse amor de primo de vocês dois tem que acabar!

Mia: Não é tão fácil assim, Luna! Eu gosto dos dois... A minha vida toda sempre gostei, mas Jin deixou bem claro que na época não queria nada.

Eu: Naquela época, isso foi há o que? 10 anos atrás?! Qual é, Mia!

Mia deitou a cabeça no travesseiro  e começou a chorar baixo. Me aproximei alisando seus cabelos devagar.

Eu: Ei... Não quero te forçar a fazer nada, só quero que tome a atitude certa. Não quero que depois fique arrependida com algo que fez. Pode sair com Hoseok, eu ajudo a escolher sua roupa!

Me levantei e mexi em sua bolsa, achei de cara um vestido lindo para ela usar. [1] Ele era um preto básico, mas que revelava ser simples porém atrativo. Era perfeito para a ocasião. 

- Mia On. - (Noite)

Então era isso. Eu ia sair com Hoseok para jantar, mas não parava de pensar em Jin. Coloquei um vestido Preto e desci com Luna.

Luna: Aqui está minha mais nova obra de arte! 

As meninas me olharam surpresas.

Danyella: Meu Deus, Mia. Duas vezes em apenas um dia, não  acha que tá querendo causar demais não? - disse  rindo. -

Julie: Eu perdi algo importante? - disse sentando na mesa. - Você está linda, Mia.

Eu: Perdeu sim! E nem adianta fugir que quando eu voltar, vou querer saber de tudo o que aconteceu para você dormir fora. - disse rindo. -

Julie: Nossa, não me prenda, senhora policial. -disse rindo. -

Rimos por alguns minutos e logo ouvi a buzina do carro de Hoseok.

Luna: Está pronta? Quando passar por aquela porta, você fica por conta própria.

Concordei com a cabeça e as meninas vinheram me dar um abraço em grupo para dar sorte. Entrei no carro e ele beijou minha mão.

Eu: Para onde vamos? - disse sorrindo. -

Hoseok: É um restaurante meio longe da praia, mas que você vai amar. Tem os melhores sabores da cidade nele.

É, realmente amei. O seu interior era lindo, sentamos do lado da janela de vidro que dava para ver a rua, e começou a chover, dando um clima super romântico.

Eu: E então, Hoseok? Como vai a vida?

Hoseok: Vai bem, e não consigo esconder o motivo que realmente chamei você aqui hoje.

Estranhei. Ele tinha pedido champanhe e não outra bebida. Isso devia ser bebido em momentos de comemorações. Será que ele vai me pedir em namoro?

Hoseok: A verdade é que tem uma coisa que preciso te contar, mas não sei como dizer e há tempos quero contar isso...

Sim, ele vai assumir!

Hoseok: Mia, você é uma pessoa muito legal e sempre esteve ao meu lado quando eu precisei, sempre me apoiou e sempre me falou tudo, e acho que agora é minha hora de falar.

Não perdi o momento. Quando ele disse isso, voei sobre ele para beijá-lo. Ele ficou surpreso e percebi em seus olhos. Ele gosta de mim, só preciso ouvir um "eu te amo" saindo de sua boca. Uma silhueta conhecida estava parada observando essa cena e quando parei, vi quem era. Jin estava com um guarda-chuva observando congelado o que estava acontecendo. Não.

Eu: Jin... - falei baixo. -

Ele deu meia volta e saiu andando. Não não não. Isso não pode estar acontecendo. Me levantei e fui correndo atrás dele.

Eu: Seokjin! Jin! Para, por favor! - levando chuva. -

Ele se virou e olhou para mim, não estava me sentindo bem.

Jin: Agora eu sei como é sentir ver alguém que se ama nos braços de outra pessoa.

Ele continuou andando e não pude fazer mais nada além de gritar muito.

Eu: Jin! Jin, por favor! - gritando. -

Ele foi embora. Entrei no restaurante e peguei minhas coisas. Hoseok se levantou e segurou meu braço.

Hoseok: Para onde você vai?

Eu: Hoseok, eu preciso pensar, me desculpa por isso...

Soltei o braço e fui embora. Ele também não veio atrás. Comecei a chorar que nem criança naquela chuva que não parava. O que foi que eu fiz?! E onde porra eu estava?! Entrei em ruas que nao fazia ideia onde eram e seu ja havia passado nelas. Fiquei tonta e minha visão começou a embaçar. Não via ninguém que eu pudesse me escorar no momento, não tive outra chance a não ser me jogar no chão. Não senti minhas pernas e meus olhos estavam abertos tentando enxergar, mas eu só via pingos de chuva e uma sombra entrando na rua e se aproximando de mim.

Eu: Quem é... Você... - gaguejando. -

Era um rapaz, de cabelos castanhos, me apaguei de vez e só ouvi uma coisa:

Garoto: Kim Taehyung, e eu vou te ajudar.

Apaguei e so pude pensarem uma coisa: Preciso das minhas amigas.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...