História Sun And Stars - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100
Tags Clexa, Drama, Romance, The 100
Exibições 46
Palavras 1.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Orange
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Oi gente tudo bem cm vcs? Comigo tá tudo bem.
Gente mais um capítulo, é importante vocês acompanharem comentarem e favoritem essa história ou infelizmente vai ter que terminar antes do tempo.
Esse projeto é muito importante para mim e só vocês podem me ajudar, me digam o que vocês acham e o que posso melhorar.
Um beijo espero q gostem.

Capítulo 3 - Eu conheço esses olhos verdes


   
Anya


Acordei com várias batidas na porta parecia mais que alguém ia quebrar a porta. Olhei pra Lexa que tava dormindo ao lado, ela tava tão linda nua aqueles cabelos negros caídos e aquela pele morena faziam ela se tornar mais linda ainda.
As batidas na porta insistiam e dessa vez dava pra ouvir a voz do Lincoln.
- LEXA ACORDA, PORRA.
Em vez de bater Lincoln abriu a porta com muita raiva, olhou pra mim sem me reconhecer direito, já estava colocando minha roupa ele não se importou comigo apenas chamou Lexa.
- Hey acorde. - empurrou o ombro de Lexa até ela acordar. - anda acorda sua preguiçosa.
Lexa acordou um pouco tonta sem saber o que estava acontecendo.
- o que está acontecendo? Por que você está aqui Lincoln? - Lexa colocou o cabelo pra trás e pós a mão no rosto.
- Estamos com problemas Lexa, nosso pai nos mandou ir até o porto e esperar o Lord Tywin e Lord Eddard. - Lincoln olhou para mim. - você, saia daqui.
- Anya por favor nós nos vemos depois, eu prometo. -Lexa pulou da cama e beijou minha mão eu apenas sai.


Lexa


- Lexa o que foi aquilo? - Lincoln perguntou perturbando. - aquela é a Anya? A Anya q você costumava brincar e que nossa mãe proibiu?
- Sim é ela mesma. - nem mesmo olhei pro Lincoln apenas vesti minha roupa peguei minha capa preta com o símbolo da minha casa atrás. - Lincoln me ajude, prenda aqui.
Lincoln prendeu minha capa no meu gibão de couro cinza.
- Lexa você sabe que não pode ficar com ela. - chegou mais proximo de mim. - Nós vamos nos casar.
Peguei minha faca e a prendi nas minhas costas e a espada deixei do lado direito assim ficava mais fácil se precisasse usar.
- Eu sei disso, mas talvez esse dia nem chegue, nunca se sabe Lincoln.
Fomos andando para fora do castelo até o pátio, o portão principal já estava aberto e nossos cavalos já estavam prontos, apenas subi sem dizer uma só palavra.
Lincoln me olhou sorridente. - como você acha q são esses Lords? 
- Com certeza velhos, gordos e bêbados… esses homens sulistas nunca sentiram o gosto do inverno, vamos mostrar a eles como somos. - sorrimos juntos e saímos em disparada para o porto.


Clarke.


Já havíamos chegados e nada dos nossos anfitriões nos receberem, achamos que pontualidade não era seu forte muito menos compromisso, era de se esperar se homens do norte.
Meu pai perdeu o castelo e todo o oeste para um lobo maldito sem escrúpulos e agora nos tínhamos que nos refugiar na casa de um nortenho estranho.
A filha do Lord Eddard parecia mais nortenha que sulista com aquelas botas e aquela capa pesada ela se aproximava de mim, com certeza queria uma amiga já que estávamos indo para o mesmo lugar desconhecido.
- Você não está com frio vestindo esse vestido? Aqui não é muito para usar finos vestidos de seda. - a garota se sentou ao meu lado.
- É por isso que estou perto da lareira, não fazia idéia que aqui era tão frio. - Olhei ao redor da pensão.
- Aqui é o norte garota, achou que encontraria praias ensolaradas e campos verdes? - a garota começou a rir da minha cara.
- Eu não acho nada. - Apenas abaixei a cabeça e esperei.
Ao longe alguém batia na porta.
-Lord Eddard, Lord Tywin os filhos do senhor Titus acabaram de chegar está na hora de irmos.
Ao chegar do lado de fora vi cinco homens não aparentavam ser cavaleiros mais possuíam espadas e elmos estavam carregando o estandarte dos Redtree. Um jovem bem vestido com a cabeça raspada, estava com a espada em suas costas desceu do cavalo, a jovem continuou no cavalo seria com seu manto sobrinho seus ombros. As mulheres da ilha pareciam ter um costume diferente do normal.
A garota olhou nos meus olhos e permaneceu com um olhar penetrante ouvi apenas do garoto dizer.
- Eu sou o Lincoln Redtree, filho do Lord Titus e vim recebe - los.
- Então Lord Titus mandou seu herdeiro para nós buscar, que homem mais honrado, mesmo não podendo sair do seu castelo mandou seu filho. - Lord Eddard sorriu.
- Na verdade senhor, eu sou a herdeira do Lord Titus. - a garota desceu do seu cavalo caminhando até seu irmão ficando frente a frente com meu pai. - Eu sou a Lexa Redtree, filha de Lord Titus e herdeira da ilha da árvore.
Lord Tywin apenas deu as costas e montou em seu cavalo, Lord Eddard sorriu e a comprimento, parecia q a jovem não correspondia as expectativas dos Lords. Então cada um apenas caminhou até seu cavalo e todos estavam prontos para ir até o castelo.
Um empregado meu pai trouxe um cavalo para mim.
- Senhora.
- Sem carroagem? - disse segurando as rédeas.
- A forma mais rápida de viajar aqui e a cavalo se torna mais rápido minha Lady. - Lady Lexa falou olhando pra mim, nem se quer reparei quando ela chegou perto de mim.
Ela tirou sua capa e me deu.
- Aqui minha Lady, é bom usava- la por cima do seu vestido, está bastante frio e pode chover… ninguém quer q você fique doente.- sorri e olhei de novo os olhos dela, aqueles olhos verdes parecia que eu já conhecia.
- Obrigado Lady Lexa... sou a Clarke.
- Apenas Lexa é um prazer Clarke. - Lexa segurou minha mão e deu um beijo gentilmente.
Subi no meu cavalo e apenas ouvi Lexa dizer já lá na frente ela tinha uma habilidade especial em andar a cavalo e eu achava isso bonito.
-AS LADYS VÃO NA FRENTE COM MEU IRMÃO JÁ QUE SÃO MAIS LENTAS, OS SENHORES E LORDS VÃO NO MEIO E MEUS GUERREIROS VÃO ESTA DIVIDIDOS EU VOU ATRÁS PARA GARANTIR QUE NINGUÉM SE PERCA. - apenas a olhei enquanto passava por mim, a obedeci e fui para a frente junto com as outras garotas.
Essa garota me deixava intimidada, não sei se era o seu jeito de ser e a maneira brusca que vivia ou se era seu jeito gentil em tratar as pessoas.


Lexa


- Jon, quem é aquela garota de cabelo loiro? - Jon era um amigo que sempre me acompanhava nas viajens ele sabia quem era os Lords sabia tudo que eu não sabia na verdade.
- Lexa aquela é a filha do Lord Tywin. - Jon tirou o elmo e me olhou. - Ela é uma das suas pretendentes.
- Jura? Talvez eu me case com ela Jon, gostei dessa garota. Tem algo nela que me faz ficar bastante intrigada, como se eu já a conhecesse.
- Talvez vocês já tenham se conhecido por aí. Você já viajou tanto. - Olhei para ela e por coincidência ela olhava pra mim.
- Não Jon, é como se eu já conhecesse a minha vida toda. 
- Coisas assim acontecem Lexa, quem sabe os deuses não fizeram vocês se encontrarem de novo nessa vida.
- É talvez, mas não vamos dizer mais nada. Não conte nada pra ninguém. - Olhei meu irmão e ele conversava com a garota que se vestia como nortenha. - Não sabemos com quem estamos lidando, precisamos ter cuidado. 
   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...