História Superando Limites - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Drama, Luta, Nalu, Romance
Exibições 25
Palavras 697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Fantasia, Hentai, Luta, Magia, Suspense
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então... essa é minha primeira fic, espero que gostem. Qualquer coisa so perguntarem ai embaixo.

Capítulo 1 - Cap 1 -- A partida


Fanfic / Fanfiction Superando Limites - Capítulo 1 - Cap 1 -- A partida


 ---Magnólia---

NATSU ON
   *eu fui fraco, fraco por não proteger pessoas importantes para mim, por conta dessa minha fraqueza...o velhote...ele.. arrgh, não gosto de lembrar, nós tivemos muitas baixas, certamente tem gente mais forte que o Zeref e os sprigans por aí, fora que o Acnologia conseguiu escapar. Se aparecerem pessoas mais fortes, o que nos vamos fazer, não quero sentir a dor de perder mais pessoas importantes, ja tomei minha decisão.*
 
--Mente do Natsu--
    Zeref: Tem certeza disso Natsu? Você sabe que muita coisa pode mudar nesse tempo.
    Natsu: To sabendo, mas eu tenho que fazer isso, vou sair da guilda por um tempo, treinar, e só quando sentir que estou forte, voltarei
    Zeref: Tudo bem meu irmão, você que sabe, sempre vo te apoiar. (deu um meio sorriso)
*Pois é, depois que eu derrotei zeref, ele selou minha parte demôniaca e veio junto, ele agora vive no meu subconciênte, no nicio não gostei nada disso, mas depois de um tempo vi que o que ele fez foi em parte por mim, fora que ele não é o retardado dissimulado que todos pensam que ele é.*
Natsu: Então ta decidido, vou ficar mais forte ( cara de decidido )
NATSU OFF
AUTOR ON
Ao chegar na guilda Natsu abriu devagar a porta, o que deixou todos com uma pulga atrás da orelha, afinal, sempre que a porta quebra, tem dedo do natsu. Passou cumprimentando todos e foi até o Gildarts que havia se tornado mestre com a morte de Makarov. Lucy percebeu a face preocupada do rosado, então seguiu ele até a sala de Gildarts, quando ele entrou, a loira encostou na porta para tentar escustar algo da conversa:
Natsu: Ei Gildarts, pensei bastante nisso, e... eu vou sair um tempo da guilda para treinar.
Gildarts: Oe garoto, você ja é bem forte, para que isso tão repentinamente?
Natsu: Forte Gildarts?! Não pude proteger meus amigos, muitos se machucaram, ATÉ O VELHOT... (começou a se exaltar mas foi interrompido por um soco no estômago de Gildarts)
Gildarts: Já falei para você tirar esse peso das suas costas, você não é o cupado de nada, você praticamente derrotou o Zeref sozinho Natsu, sem você com certeza teriamos perdido.( deu um forte abraço no rosado ) Se você quiser partir, pode ir Natsu, as portas estarão abertas quando você voltar garoto.
Natsu: G-Gildarts... Você ( ja estava com os olhos cheios de lágrimas ) T-Tá, eu prometo, vou voltar mais forte, e a gente ainda vai lutar muito ( deu um grande sorriso )
Gildarts: E você vai perder como sempre HAHAHAHA ( disse se vangloriando ) e relaxe, não vou falar com ninguem da sua partida ( viu o rosado com a cara de satisfeito)
Ja fora da sala uma certa loira ouvia tudo estatica, o rosado pela qual ela nutria um sentimento mais forte do que a amizade estava partindo, ela não poderia deixar isso assim.
LUCY ON
*Não posso deixar o Natsu ir embora, não agora que finalmente temos paz, sem batalhas, sem ninguem para nos atrapalhar. Não sei o que é isso, mas ja tem algum tempo que sinto algo diferente pelo Natsu, e não é uma amizade nem nada do tipo, acho que é... ( foi interrompida dos seus pensamentos quando a porta foi aberta )
Natsu: Luce, o que ta fazendo aqui?
Lucy: N-Natsu? Ehhh, eu?! Mas é claro que eu vim... ( não sabia o que falar ) Sabe que eu esqueci?! To bem distraida essas dias. Hahahaha (fingiu uma risada)
Natsu: Ta bom então. Tchau ( se virou para ir embora )
Lucy: T-tchau né.
*O que você ta fazendo lucy, não deixa ele ir, fala algo, faz algo. Arrrgh To muito nervosa*
LUCY OFF
AUTOR ON
Derrepente Lucy sente algo levantar seu queixo, quando ela percebe é Natsu que se aproxima cada vez mas, e da um demorado e caloroso selinho na sua boca.
Natsu: Ei Luce, eu sei que você tava ouvindo ta bom, eu prometo, vou voltar, então por favor, me espera.
Lucy: N-Nat...su ( disse que o olho cheio de lágrimas enquanto via o rosado se distanciando e indo em direção a porta da guilda )
 

 


 


Notas Finais


Espero que tenham gostado :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...