História SuperCorp AU - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Alura Zor-El, Kara Zor-El (Supergirl), Lena Luthor, Lucy Lane, Maggie Sawyer
Tags Kara Zor-el, Lena Luthor, Medieval, Supercorp
Visualizações 434
Palavras 1.774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Festa, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Seventeen


Lena acorda lentamente e vê Kara adormecida ao seu lado, um sorriso toma conta de seus lábios, mas na mesma velocidade que nasce ele morre, ela lembra do assunto da segunda esposa… quem será a escolhida?

" Quem vai ser essa? Será que os soberanos não estão felizes comigo? Devem achar que eu não sou o suficiente para a futura rainha, com razão… ela deve ser magnífica, muito bela, a altura de Kara … " - Lena pensa e acaba divagando, Kara acordou e viu Lena encarando a parede com um rosto pensativo e triste.

- Amor…- Kara chama a atenção da morena que sacode a cabeça se livrando dos pensamentos, olha para a esposa e da um sorriso fraco. - Anjo, ainda não se sente bem?

- Não, já estou bem graças a você… eu te amo. - Lena diz se agarrando mais em Kara.

- Eu também te amo, sei que algo está te incomodando, me diga… - Kara se levantou ficando encima de Lena, ela acaricia seu rosto com um sorriso largo.

- Nada meu amor, estou com saudades dos seus carinhos… - Lena diz e beija Kara enrolando suas pernas em torno da cintura da loira.

- Ah é? Eu estou a sua disposição… - Kara diz no ouvido de Lena, suas mãos vão para baixo do vestido da morena acariciando suas coxas, Lena troca as posições ficando por cima da loira, ela começa a dar leves reboladas sem quebrar o beijo.

- Ah, Rao … Lena, hum… - geme manhosa, seu membro já estava dando sinal de vida, Lena sai de cima de Kara e escuta a loira reclamar.

- Não, volte aqui… - Kara diz manhosa tocando em seu membro.

- Tire a roupa, agora. - ordena Lena, Kara arqueia a sobrancelha e Lena lhe fuzila com os olhos, Kara levanta e tira toda a sua roupa ficando apenas de cueca,seu membro estava bem destacado na cueca. Lena tirou sua roupa a jogando no chão ficando só de calcinha, Kara foi empurrada para cama onde caiu sentada, sua boca formou um perfeito "O",mas Lena atacou seus lábios com urgência, ela começou a acariciar o membro de Kara por cima do pano, Kara gemia entre os beijos.

- Aaah!! Le-le-Lena, Oooh!! - Kara geme manhosa, suas mãos para a bunda da morena e aperta com força fazendo Lena arfar, a mão de Kara rasteja para dentro da calcinha de Lena, a excitação da morena molha a mão de Kara que sorri largo, seus beijos passam para o pescoço da morena, Kara começa a estimular o clitóris de Lena fazendo a mulher gemer.

- Karaa, meu Deus!!! - Kara ameaça penetrar os dedos mais Lena segura sua mão a tirando de sua intimidade e escuta o protesto de Kara.

- Hey… - Kara diz indignada e Lena sorri, a mesma se ajoelha no meio das pernas de Kara, ela pega o cós da cueca a puxando para baixo, Kara levanta o quadril para que a cueca saia com facilidade. O membro de Kara está ereto e pulsante, Lena segura a base do pênis com cuidado e faz um movimento lento, sobe e desce, Kara tomba a cabeça para trás e fecha os olhos soltando uma lufada de ar.

- A-a-mor… - Lena chama a atenção de Kara, corada, ela não sabe como falar isso, mas Jess só disse o básico à ela, sem parar o movimento de vai e vem.

- Diga anjo… - Kara geme, ela olha para Lena e estranha a postura da mulher, Lena está corada e mordendo o lábio inferior, parece tensa ou nervosa não sabe diferenciar. - Tudo bem amor?

- Si-sim… err, Kara eu nunca fiz… Ah, eu-eu-eu… não, nunca fiz isso… desculpe. - diz tensa e envergonhada.

- Oh! Você está a vontade? Se você sentir nojo ou desconforto, não quero que faça… - Kara diz sorrindo, ela entende e não vai obrigar Lena à fazer algo que não quer,que não gosta, acima de tudo ela respeita sua esposa.

- Não, não, não é isso… - Lena se apressa em dizer balançando a cabeça freneticamente. - E-e-e-e-eu, não sei fazer…

- Ah, eu vou te guiar... Ok? - Kara pergunta e Lena assente, Kara coloca sua mão por cima da de Lena e faz movimento firmes e rápidos em seus membro, Lena observa a expressão de prazer no rosto de Kara e sorri, quando as mãos sobem Lena aperta a cabeça que sai o pré gozo.

- Aaaah!!! - Kara geme, Lena se posicionar mas para frente e lambe o glande rosado. - Isso amor…chupa por favor…

Kara pede manhosa tombando a cabeça para trás, ela solta a mão de Lena deixando ela punhetar seu membro sozinha, ela pegou o ritmo muito bem, começou a chupar a cabeça do membro de Kara bem devagar, Kara não iria aguentar por muito tempo, precisava de mais.

- Porra Lena! Isso, isso, porra Aaah!! - Kara geme palavrões e Lena fica surpresa, ela não se lembra de Kara falar palavrões, mas continua seu trabalho, Kara pega os cabelos de Lena formando um rabo de cavalo desajeitado com sua mão, e começou a impulsionar fazendo-a engolir quase todo seu membro, Kara não estava forçando muito pois Lena ia engasgar ,e quer que seja bom para ela também. Kara iria gozar, mais não queria gozar na boca de Lena, puxa o cabelo de Lena com delicadeza fazendo-a parar e lhe olhar com um semblante confuso, os olhos de Kara estavam escuros de desejo e luxúria, a loira levanta puxando Lena junto e lhe tasca um beijo com urgência, ela começa a acariciar seus seios os apertando de leve.

- Aaah! - Lena geme alto, Kara desliza sua mão até a bunda de Lena a apertando e puxando mais para si, o membro de Kara bate contra a barriga de Lena, a morena pode sentir o membro pulsar, Kara escorrega as mãos para as coxas de Lena a erguendo, de Imediato as pernas de Lena se enrolam na cintura da loira, Kara passa a beijar o pescoço e dar chupões no colo de Lena. Kara vai até o sofá que tinha alí afrente da cama, ela senta lá e segura a base de seu membro encaixando na entrada de Lena, o membro não tem problemas para entrar pelo fato de Lena estar extremamente molhada, Kara coloca seu membro de uma vez porém com delicadeza.

- Aaaaaah!!! Por Rao!!! - Lena geme alto ecoando por todo o quarto, Kara pega e aperta a cintura da morena a erguendo e enterrando seu membro o mais fundo possível em Lena.

- Isso, Aaah!! Vai, isso!! Quica gostosa!! - Kara diz e geme, ela dá um tapa na bunda de Lena fazendo Lena gemer alto.

- Oh, Kara, rápido por favor… - implora Lena em busca de alívio.

- Vocês é tão gostosa, Aaah! Eu vou te fuder todo o dia, Isso, PORRA!! - Kara diz, ela ajuda Lena a se erguer e cair no seu membro, Kara já não era mais tão delicada, ela estocava em Lena com força e rapidez, dando tapas em sua bunda, deixando chupões pelo pescoço e colo, apertando os seios da morena e dando chupões, Lena está achando aquele lado de Kara maravilhoso.

- Aaah! Tão grande, tão grosso… isso, mais forte, aaaaaah! - Lena gemia descontroladamente, Kara está possessa de desejo.

- Ooh! Quica gostosa!! Aaah!! Me diz, a quem você pertence Lena? Me diz para quem você vai gozar, quem é sua dona?… responda!! - Kara diz enrolando seus braços na cintura de Lena fazendo-a parar de se mexer, então ela começa a estocar com violência, ela rebolava fazendo Lena gemer alto e manhosa, as unhas da morena marcaram a costa, braços, colo e abdômen da loira.

- Vo-vo-você, Ooh!!! Só você!! É pra você,amor!! - Lena diz sofrida, assim que Kara escuta dá um sorriso e continua a estocar forte e com rapidez.

- AAAAAH!!! - ambas gritam e explodem em um orgasmo intenso,o gozo de ambas se misturam, Lena se deixar cair nos braços da loira afundado seu rosto na curva do pescoço de Kara, a loira abraça Lena esperando a respiração descompensada se acalmar, Kara ainda estava dentro de Lena, deixando quentinha e confortável, seus corpos estavam cobertos por uma camada de suor.

- Vamos tomar banho? - Kara pergunta ainda ofegante, Lena está tão molhe que apenas assente, Kara levanta e tira seu membro de dentro da morena fazendo-a gemer baixinho. Kara vai até o banheiro e enche a banheira, coloca alguns sais de banho, desliga a torneira e sente a temperatura, Lena ainda estava agarrada a ela como um coala, Kara sobe os degraus de vagar para não escorregar, a água está geladinha, coloca primeiro um pé e um arrepio percorre se corpo e um sorriso nasce em seus lábios, ao sentir a água gelada Lena se agarra mais em Kara fazendo a loira rir. Kara se senta na banheira, ela molha a esponja e começa a passar no corpo de sua amada, até Lena tirar seu rosto da curva do pescoço da mulher e lhe encarar.

- O que foi amor? … se eu passei dos limites hoje, peço desculpas, não vai se repetir. Eu te machuquei? Ou te ofendi? Desculpe eu deixei me levar, eu… - Lena não respondia nada, o que deixava Kara nervosa, a loira começou a pedir desculpas, falar rápido e divagar, Lena sorriu e lhe deu um beijo apaixonado.

- Você é tão perfeita, tive tanta sorte de ter você… eu te amo! - diz sorrindo largo.

- Ah, eu também te amo! … mas sobre… - Kara ia começar com as paranóias quando foi cortada por Lena.

- Não, não, foi surreal, eu amei cada segundo… você é maravilhosa… - Lena diz acariciando o rosto de Kara mas seu sorriso vai morrendo no final.

- mas? O que há meu anjo? - Kara pergunta preocupada.

- Ah, Kara, eu sei sobre a sua segunda esposa… - conta abaixando a cabeça em tristeza.

- Oh, isso… não se preocupe Lena, não terei uma segunda esposa. - conta Kara sorrindo e dando um beijo na ponta do nariz da morena.

- Não? - Lena pergunta confusa levantando a cabeça. - Por quê?

- Não quero, não preciso… me responda uma coisa, por que eu teria outra se eu tenho Lena Luthor? Hum.. só você, é só você que eu quero meu anjo… eu te amo e nada e nem ninguém vai me fazer ter outra. - Kara diz carinhosa, Lena sorri largo e abraça Kara, o resto do dia passou assim, elas se amando descontroladamente, Katie foi a noite acompanhada por Lilian que levou uma bandeja com comida, já que as ninfomaníacas não saíram do quarto nem pra comer, Katie dormiu com as mães recebendo todo o amor  carinho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...