História SuperfícieTale - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Ação, Frans, Superfície, Undertale
Visualizações 19
Palavras 890
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Luta, Magia, Saga, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não sei o que botar aqui~~

;u;

Capítulo 1 - Um Recomeço


Fanfic / Fanfiction SuperfícieTale - Capítulo 1 - Um Recomeço

 Era um Belo dia... Um Ano Se passou Pós os Monstros serem Libertos...Todos Estão Felizes, e uma Nova Espécie acabou Surgindo em Meio as outras, Chamadas De híbridos.  Muitos Híbridos Tem o poder de um monstro e o físico de um humano, a parte ruim disso Tudo, é que Alguns Humanos Sentem Medo, e até preconceito com Híbridos...Então os Humanos estão em uma fase de "Ninguém confie Em Ninguém", Porém Meu pai disse que isso é apenas uma Moda passageira.

Meu Nome é Frans, Sou um híbrido, Filho de Sans conhecido também como o Monstro mais forte do Subsolo, e de Frisk a salvadoras de todos Os monstros.

                                                                                          9 Anos atrás

  Meu Pai disse que Eu Vou Fazer Novos Amigos Nessa nova vila, Que serão tão Bons que vou acabar Esquecendo Meus antigos amigos, E Ele estava certo... Meu Primo Pépi Esta Empolgado, Estamos Feliz como quase sempre.

A Fase de Mudança finalmente acabou, e Estamos Morando em uma casa Enorme, Eu e Pépi olhamos da Varanda da casa as crianças Brincando, Mas nunca tivemos coragem de descer lá pra brincar com elas... Até que um dia:

 Estava Jogando vídeo Game Na Sala, Eis que Pépi aparece dá porta que dava na cozinha

- Quando Vai ser Minha vez?!  

Ele diz Essas Palavras Meio Ofegante, e eu não sei como ele estaria cansado, já que nem saíamos de casa direito, Então resolvi Perguntar.

- Quando eu Perder...Por que você esta cansado?

Ele responde com um Leve Sorriso, mas ainda Muito ofegante

- Eu tava Brincando...Meus amigos já foram pra casa... Mas agora eu só quero Descans...

Eu interrompo Ele, Quase grito de tanta Ansiedade.

- Você Fez Amigos?! Você Me leva pra Conhecer Eles?!

Eu Sempre Fui Muito amigo de Pépi, Meu pai Sempre dizia que ele Era Igual o tio Papys, E ele realmente era, Sendo assim ele disse que Sim, porém não imediatamente.

- Eu levo! Só que eles foram pra casa, Mas Me Lembra, que amanhã Eu te levo pra Brincar, Cara, Eu juro!

Naquele dia Eu não conseguia Dormir de tão Feliz, Não parava de pensar naquilo, eu até Sonhei que Eu Estava Brincando pela primeira vez com os garotos daquela Rua.

Após a Noite se passar, eu aguardei o Pépi, Estava Esperando até que ele achasse que seria Uma Boa Hora pra Ir pra fora Brincar, até quando deu Três Horas da tarde, Pepi Me chamou pra sair, Só faltava Meu coração Pular do Peito, Descemos as Escadas e  saímos pra rua, o Pépi olha pras crianças que lá estão e diz:

- Pessoal Esse é Meu primo, Frans Wadson!

Ele Abre seus braços Em minha direção, eu acho que nunca fiquei tão Vermelho na minha vida inteira, Eu apenas fico quieto, e meu primo continua falando

-Ele vai Brincar com a gente.... Mas do que vamos Brincar? 

As crianças começam a discutir do que iriam Brincar, Até que eles chegam em uma conclusão de Brincar de Esconde-EscondeElas escolheram a pessoa que iria procurar os outros participantes, Como não sabia o nome de ninguém eu não sabia quem era, eu apenas corri juntamente ao Pépi, mas com o tempo ele acabou se afastando de mim...Eu me escondo atrás de uma casa, e eu sento no chão, eu naquele momento entendi por que o Pépi estava tão Ofegante...

-Cara, como o Pépi fica fazendo isso o tempo todo?

 Eu acabei Vendo uma Silhueta Crescendo a minha esquerda, eu não sabia se era o cara que estava me procurando, Mas por mesmo assim eu Corri, com todas minhas forças, Eu sai de trás da casa e corri olhando pra lua que estava nascendo, Tudo parecia que estava em camera lenta...Ela estava muito bonita, Más pra estragar eu acabei Tropeçando em um Cesto de Roupas do lado de uma outra casa

-Agh! 

Eu Estava deitado no chão, eu vi meu joelho e ele estava sangrando...a Silhueta estava se aproximando...Dessa vez era a tal pessoa, não só sua sombra, Ele se aproximou Lentamente demais, eu até suspeitei, eu Me levantei mancando e tentei fugir mas caí de novo...Eu Olhei pra trás e o garoto estava na minha frente, eu acho que nunca gritei tão alto

-Aaaagrh!

Ele segurou minha mão, era um garoto da minha altura com um cabelo Longo

-Hey, Calma carinha Haha

Ele segurou minha mão e me puxou, ele botou meu braço atrás de seu pescoço e me levou em frente minha casa, ele fez que todas as crianças parassem de brincar, tudo por minha culpa

-Puuts Mano! Tá doendo Muito?

Ele pergunta com suas mãos na cabeça, parecia se importar

-Não...Dá pra segurar haha

Disse isso segurando meu choro, Não pelo machucado, e sim por ter arruinado a brincadeira

- A próposito Meu Nome é Ray Storm! Pode me chamar só de Ray mesmo...Qual é o seu nome?

-Ah o-oi Ray!... meu nome é...meu nome é Frans...Frans Wadson

Pépi aparece de algum lugar

-Vocês vão ser Bons Amigos!, Hey Ray, pode ter ganhado dele na brincadeira, te desafio vencer ele no Vídeo Game!

Eu paro de segurar o choro, e perco a vontade de chorar

-Haha! Quero Ver!

*Uma das crianças olha no seu relógio de Pulso*

-é, tá tarde...Tchau pessoal!

Todas as crianças vão em suas casas, menos Ray e Pépi

 

-A gente se vê Frans e Pépi!

 

Ele sai de lá também...

 


Notas Finais


Cof Cof

Eles não vão se pegar tá?

Cof Cof

7u7


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...